Israel – A Festa de Shavuot

Junto com o calor e as flores por todos os lados de Israel  estamos chegando na festa de Shavuot.

Segundo a Tora ( velho testamento da Biblia), a festa deverá iniciar no 50º. dia da contagem de Omer (que deve iniciar no segundo dia de Pessach= Pascoa). Já estamos terminando a contagem de Omer para a chegada da minha festa predileta.

A Festa de Shavuot está próxima. Muitos dizem que esta festa deu origem ou início do povo judeu...

A Festa de Shavuot (que quer dizer Semanas) é conhecida também como a Festa de Pentecostes pela grande maoria dos que falam português.  Isto é, uma das três festas em que o povo de Israel deve peregrinar e festejar juntos no local designado para o culto, no caso, a Cidade de Jerusalém.

Shavuot celebra a Outorga da Tora no Monte Sinai. Isso foi realmente o começo de nossa identidade total como judeus e todo o povo judeu estava presente.  Mas também, dizem-nos os rabinos, as almas de todos os judeus que ainda nasceriam, incluindo todos os futuros convertidos ao Judaísmo.

Costuma-se comer alimentos à base de leite em Shavuot. Neste dia e hora de aproveitar uma boa lasanha ou uma torta de queijo .

A partir da outorga da Tora, passou a valer a obrigação de cumprir as leis da Cashrut (termo que se refere às leis alimentares do judaísmo) . Como a Tora foi outorgada no Shabat, nenhum animal podia ser abatido e nem os utensílios podiam ser casherizados, portanto neste dia come-se lacticínios.

flores

Um outro costume nessa festa e a leitura do livro de Ruth . A tradição se deve ao fato de que a história deste livro se passa basicamente no cenário do período dessa festa.

Visita aos Kibutzim (Kibutzim  = fazendas coletivas).  É costume nas festas a visitação ao kibutz ou kibutzim, aos produtores de derivados de leite e as fazendas para ver a colheita do trigo.

Visita aos Parque Nacionais - Como ainda é primavera em Israel e os campos ainda estão floridos, muitos israelenses optam para passear nos parques nacionais que estão sempre abertos durante as festas com exceção de Yom Kipur (Dia do Perdão).

O evento e tão especial porque celebra-se a época em que Deus  concedeu ao povo de Israel a Tora e os Dez Mandamentos.

 


Karla mora na cidade de Haifa, Israel, é assistente social e trabalha com Home Care.
Website:
País: Israel

Comentários

  1. karla diz

    E verdade esse pais e cheio de surpresas quem como ja me acostumei ate as vezes fico pensando horas como era antes ….;) Como a gente se acultura facilmente !!!!

  2. diz

    Adorei seu texto! Ainda nao conheci Israel mas com certeza vou conhecer! Eu faço arte marcial e temos um dojo ai, e nossa comunidade daqui sempre se organiza pra ir a Israel. Quero muito conhecer! Adorei conhecer sobre esta tradiçao! Obrigada Bjus

Trackbacks

Deixe uma resposta