O que as mulheres árabes usam por debaixo da abaya

8
2544
Aqui por exemplo, o toque de personalidade e charme com a bolsa azul
Advertisement

As mulheres árabes estão entre as mais vaidosas do mundo. Aposto que você não sabia disso, né? Duvida? Basta admirar a beleza de personalidades árabes como a princesa Ameera al-Taweel, da fashion designer Razan Alazzouni e da Rainha da Jordânia Rania Al Abdullah. Todas são vistas constantemente pelos holofotes da mídia sem a famosa abaya – aquele vestidão preto que cobre completamente os braços e as pernas (bom, cobre tudo). Essas personalidades são consideradas bem “moderninhas” para alguns e, ao mesmo tempo, ícones de admiração para outros na comunidade árabe.

Mas e aquelas que estão sempre no anonimato, de abaya? Você já se pegou imaginando como são essas mulheres? O que será que elas escondem por debaixo da roupa tão conservadora? De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Hospital Saudi-German em Dubai, uma mulher saudita, por exemplo, gasta em média 3.200 dólares por ano só em cosméticos. Sim, brasileiras: assim como nós, as mulheres árabes se preocupam muito com a sua aparência e são bastante vaidosas.

Mesmo muitas vezes estando completamente cobertas é possível reparar como as mulheres árabes gostam de se produzir, a começar pelos lenços que usam para cobrir os cabelos. Muitos dos lenços, também conhecidos por aqui como hijab, são coloridos, ornamentados com estampas de bom gosto e cheio de apliques. Alguns têm ainda bordados, pedras preciosas e já cheguei até a ver lenços nada modestos – como por exemplo das famosas Chanel e Louis Vuitton.

E se você é mulher, assim como eu (que sou curiosa demais), deve ficar se perguntando: mas e os cabelos delas? Como será que eles são? Eu já tive a oportunidade de ir a diversos salões de beleza e eventos privados na região e a portas fechadas, é um mundo de muita vaidade. Lá dentro a mulherada se despe do véu e da abaya. E acredite, eu mesma fico sempre boquiaberta – e todas as vezes tento disfarçar a minha surpresa – ao ver os cabelos lindos e bem tratados que as árabes têm. Será que tem algo a ver com a proteção do sol, vento e etc., por elas sempre usarem o lenço? Pode ser, mas é realmente uma grande surpresa ver aquela mulher completamente coberta e, de repente, ela tirar a abaya e o hijab e UAU!, ver aquele cabelão lindo, caindo como num comercial de xampu. A maioria das árabes que eu vi sem o véu tem o cabelo enorme – parece até uma grande ironia, já que elas têm que cobrir os cabelos durante boa parte do dia, devido aos ensinamentos da sua religião.

Desde que cheguei para morar no Oriente Médio, há mais de meia década atrás, sempre reparei durante passeios nos shoppings, por exemplo, que tudo o que aparece, tem que brilhar. Logo no início deu pra reparar que as árabes gostam de se arrumar bem. É bolsa, maquiagem, sapatos… Elas têm uma bolsa mais bonita que a outra. É impressionante ver que elas não podem mostrar muito, mas o que mostram é simplesmente fantástico. E a maquiagem? Muitas só deixam os olhinhos de fora, mas não é um olhinho qualquer não que está à mostra, meninas… Geralmente são aqueles olhos lindos, delineados, com aquela maquiagem caprichada que a gente só faz para eventos de gala e elas fazem para ir ao supermercado. Impossível não ficar imaginando como elas são debaixo daquele look preto total.

Arábes
Embalagem de amaciante especial para abayas: até aqui a maquiagem é impecável.

Eu mencionei os tipos de véus e acessórios, certo? Mas e as abayas? Novamente, é uma mais linda que a outra. Aqui na Arábia Saudita, assim como em Dubai, Kuwait e Qatar por exemplo, ao andarmos pelas ruas, mais parece que estamos em um verdadeiro desfile de moda. Na região, a cor preta segue reinando para as abayas – além de ser obrigatória em alguns lugares. Entretanto o festival de tecidos, modelos diferentes, aplicações (bordados, materiais, pérolas, pedras), são tantos, que é realmente de tirar o chapéu para elas por tanta criatividade. É impressionante que mesmo sendo obrigatório o uso de uma roupa totalmente preta, e por muitos considerada “sem graça”, as árabes conseguem, através dessa vestimenta, expressar um pouco da sua personalidade e colocar o seu toque pessoal em cada mínimo detalhe. Mabrook!

Abayas poderosas à venda com cristais Swarovski
Abayas poderosas à venda com cristais Swarovski

O que tem por debaixo da abaya? Tem uma mulher vaidosa, assim como eu e você, que se preocupa em estar com os cabelos, unhas e corpo bonito e que apesar das restrições, gosta de estar antenada com a moda. Ela gosta de se arrumar bem quando pode, se mostrar além da vestimenta tradicional imposta. Quando precisa se cobrir, faz de tudo para expressar a sua identidade nos mínimos detalhes.

Deixando de lado qualquer tipo de julgamento a qualquer cultura, por debaixo da abaya e do véu tem uma mulher linda, guerreira, forte e com uma história única, que merece, independente de que roupa ela use, todo o nosso respeito.

8 Comentários

  1. Oi Carla, tdo bem?
    Estou morando na Austrália e estou tendo a oportunidade de conhecer melhor essa cultura e a religião Islâmica, pois uma jovem que estuda na minha turma é da Arábia Saudita e pude conversar com ela e entender um pouco melhor.
    Ela me contou, que qualquer mulher que visite o país dela, mesmo sendo turista, obrigatoriamente precisa usar abaya e hijab enquanto estiver no país, é uma lei a ser seguida.
    Já que você mora no país, você também usa, certo? Como funciona de fato com quem visita o país?

    Adorei ler o seu post e saber mais desse mundo. Depois que conversei com a minha colega de classe, despertou o interesse de um dia poder conhecer este país.

    Obrigada.
    Bjs!

    • Oi Patrícia, isso mesmo. Na Arábia Saudita todas as mulheres precisam usar a abaya (aquele vestidão preto bem largo, que cobre completamente os braços e as pernas). Na região onde vivo não preciso usar o lenço na cabeça, porém em regiões mais tradicionais do país, o lenço se faz necessário. Não existe um visto de turista para o país (turista no sentido como conhecemos), a não ser através do visto de turista religioso (para os que são muçulmanos e vão conhecer a cidade sagrada). Outras maneiras de se entrar no país é indo viver lá (através de um trabalho local), ou através de uma viagem de negócios ou ainda indo visitar algum parente que esteja morando na Arábia Saudita. Eu conto muito mais sobre esse e outros assuntos em detalhes lá no CariocaTravelando.com Dá uma olhada lá!
      Um beijo grande e muito obrigada

    • Olá Renata,
      A Carla Ferreira parou de colaborar conosco, mas temos outra colunista na Árabia Saudita chamada Gabriela Lirio que talvez possa te ajudar.
      Você pode entrar em contato com ela deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
      Obrigada,
      Edição BPM

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.