Clube do Bolinha – Ton Carvalho: Dos palcos do Rio para o Qatar

1
100
Advertisement
 Hoje o BPM entrevista o ator Ton Carvalho. Ele está fazendo parte de um programa cultural inovador em Doha, no Qatar, com shows ao vivo em um Shopping Center.

 BPM –  Fale sobre a sua trajetória: você é ator e artista circense, dava aulas no Rio de Janeiro….

 Ton – Meu nome artístico é Ton Carvalho, tenho 30 anos, sou natural de Aparecida do Norte, interior de São Paulo. Comecei a fazer teatro em Aparecida em 2001, onde fiz meu primeiro curso, depois disso nunca mais parei de fazer teatro e trabalhar com arte, como artista. Me formei em turismo em Aparecida e la comecei profissionalmente trabalhando em cima cia de eventos, e foi la onde aprendi a fazer malabares, andar de perna de pau, e me envolver também com o circo.

 Trabalhei como ator em 2008,2009 e 2012 em Estocolmo, na Suécia em um parque e foi uma experiência incrível. Mu mudei para o Rio em 2009 , depois do meu segundo ano na Suécia, e desde então estou vivendo no Rio. Lá eu trabalho como ator, fiz faculdade Bacharel em teatro, estou cursando a licenciatura em artes Cênicas e também dava aulas no Projeto social chamado Favela Mundo. Dou aulas de teatro neste projeto desde 2012. É muito difícil vir de fora e ser ator no Rio, mas graças a Deus, todo esse tempo consegui sobreviver  e sempre estive trabalhando com arte e fazendo o que eu amo.

 BPM –  Como surgiu a oportunidade de ir para o Qatar?

 Ton – Tenho um grande amigo artista chamado Jefferson, também de Aparecida do Norte, que mora em Berlim há 9 anos. Foi através dele que eu vim parar no Qatar. A  Premium Group, que tem sede em Berlim e Qatar, chamou esse meu amigo para trabalhar no Qatar e fazer parte do entretenimento da equipe neste novo projeto no pais. Eles precisavam de mais artistas, atores que trabalhassem com público e com uma boa disponibilidade corporal. Meu amigo me indicou para a Cia, assim como indicou outros 5 brasileiros, no total somos 7 do Brasil aqui.

Eu mandei meu material e curriculum, fiz um video de apresentação, eles gostaram, e hoje estou no Qatar, trabalhando e bastante feliz com a oportunidade.

 BPM –  Como está sendo a experiência de se apresentar em um ambiente totalmente diferente do brasileiro?

 Ton – A experiência está sendo incrível. Aqui o ator está em cena o tempo todo em contato com o publico, show time o tempo todo. Trabalhar de frente para o público. Uma experiência incrível pois tem gente do mundo todo, o que faz ser enriquecedor tanto pessoalmente como no profissional.

 É bem diferente trabalhar aqui, o público é seco, pois nunca viram isso antes,  não

estão acostumados. Estamos sendo a novidade do país, estamos formando esse público, essa plateia de teatro e de shows ao vivo! Já teve algo aqui de entretimento , mas não como agora, num super palco, com cantores, circo, atores e etc.

 Embora seja tudo novo, o público tem nos recebido bem, não é um público caloroso como no Brasil , mas nos recebem bem. Eles amam tirar fotos, tiram muitas fotos o tempo todo de tudo que veem, muito gostoso o trabalho.

 BPM – Quais são os seus planos  depois de Doha? Vão levar o espetáculo para outro país?

 Ton – Já faz 5 meses que estamos aqui, e nosso contrato é de 6. Devo renovar o contrato e fazer mais uma nova temporada de 6 meses, ou seja, vou passar esse ano todo aqui. Em junho acaba a 1 temporada, devemos ter 20 dias de férias e depois recomeçamos uma nova temporada.

 Ainda não sei dizer se a cia pensa em estar em outros países, por enquanto acredito que deva se criar uma raiz aqui no pais, se estabelecer com essa nova linguagem, e ai então, quem sabe eles possam pensar em levar a idea para outros lugares, mas quanto aos planos da CIA  eu realmente não sei.

 BPM –  O que está achando de trabalhar e morar em Doha? 

 Ton – Fiquei feliz e estou aproveitando a oportunidade e aproveitando o que a cidade e meu trabalho pode me oferecer. A cidade é pequena, e tem muita, mas muita coisa em construção para copa de 2022, então acredito que futuramente a cidade terá mais opções de entretenimento para todos que aqui moram. Por enquanto tenho aproveitado as folgas para descansar e fazer os famosos passeios de turistas.

 Amo meu trabalho, amo ser artista,  e como disse anteriormente, tudo esta sendo novo, para nos artistas também, muitas coisas ja foram construídas e trabalhadas, outras ainda serão criadas, mas estou adorando tudo, trabalhamos com o publico diariamente e todo dia é um novo dia, um novo público, uma nova plateia. Quando se ama o que faz, tudo tende a ser mais tranquilo e gostoso. Estar longe de seu país, longe de casa não é fácil, mas quando se ama seu trabalho, você tem a possibilidade de estar bem e fazer bem em qualquer lugar.

 BPM –  Como os locais vem o teu trabalho? É levado a sério como uma arte, você vê interesse ou apenas pelos turistas?

Ton – É difícil falar sobre isso, porque na verdade é uma questão de cultura do país, eles não estão acostumados com esse tipo de arte, muitos deles nunca viram isso antes, nunca tiveram essa oportunidade de ver um artista, uma perfomance ou um show na sua frente.

 Para eles é algo novo e surpreendente, as vezes eles nem sabem como reagir, por exemplo: quando você assiste a um espectáculo, no final você costuma fazer o quê ? Aplaudir!!!

 Aqui, isso não é comum para eles, nos apresentamos muitas vezes e não ouvimos o aplauso no final, mas porquê?  Porque eles não estão acostumados, eles não sabem que se aplaude o artista após a apresentação.  Hoje em dia, como muitos deles ja viram, eles ja estão nos aplaudindo e se acostumando com isso.

 Os turistas adoram, sempre vemos pessoas de outros países, e é fácil perceber, uma pessoa que ja conhece esse tipo de trabalho, ela vê e observa de uma outra maneira, mas as pessoas do Qatar mesmo veem de outra forma, tudo uma questão de cultura mesmo.

 BPM – Deixe um recado para os brasileiros que possam estar procurando por oportunidades semelhantes. 

 Ton – Todo artista luta por um lugar ao sol. O artista busca fazer sua arte e ser valorizado por isso. Estamos vivendo num momento muito difícil no Brasil, e no Rio de Janeiro estamos passando por uma má gestão na prefeitura do qual esta afitando diretamente na cultura da cidade infelizmente. Sempre esperamos ter uma boa oportunidade para mostrar o trabalho, e neste momento estou tendo a minha aqui no Qatar  e por isso estou fazendo o melhor que posso de mim.

 Para todos aqueles que procuram uma boa oportunidade, não somente na carreira artística, mas como em qualquer outra, o grande segredo na minha opinião é não desistir, um dia sua hora chega. Temos sempre que estarmos nos aprimorando, buscando novos caminhos , correndo atras, estudando, persistindo. É difícil, pode demorar, mas se você correr atrás de verdade, um dia seu sonho pode se tornar realidade.

 Seja verdadeiro com você e com seu trabalho  e sempre respeite o próximo, estamos todos no mesmo barco. Evoé, viva a arte e a cultura!

Assista abaixo o vídeo do show Pulse, no Qatar.

1 COMMENT

  1. Gostei muito desde site pois além de mostrar experiências de viagem,ensina as pessoas que querem viver,trabalhar ou estudarem outros países inclusive de rígidos padrões religiosos,de leis e costumes.No meu caso aproveito as dicas de viagem,pois os livros não dizem tudo e também confirmo a minha opinião de certos países que andei além de poder transmitir para outras pessoas.Parabéns Ann.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui