Como conseguir o visto de estudante para o Reino Unido

1
1296
Fonte: pixabay.com
Advertisement

Conseguir o visto de estudante para o Reino Unido, incluindo além de outros países, Inglaterra e Escócia  é um processo complicado, burocrático e pode ser demorado. Por isso, ele deve ser feito sem pressa e com muita preparação para poder facilitá-lo ao máximo. Também é importante lembrar que o primeiro passo, ao requerer qualquer visto, é checar se seus documentos estão válidos. Passaportes normalmente precisam ter pelo menos 6 meses de validade na data de viagem.

No Reino Unido, o visto de estudante chama-se Point Based Tier 4 Student Visa que divide-se em estudantes gerais ou estudantes menores de 18 anos. Para começar, deve-se acessar o site do Visas4UK e criar uma conta. O governo do Reino Unido cobra um valor para todos os pedidos de visto que varia, de acordo com o país.

Para os brasileiros sai em torno de £353 ou R$1.435 (acesse o site do Home Office para confirmar os valores) e deve ser pago antes de qualquer outra etapa. Feito isso, é chegada a hora de preencher o formulário online que será entregue na embaixada ou consulado, junto com os documentos pedidos.

O formulário é longo, contém 10 páginas e pede informações pessoais como (nome, nacionalidade, número do passaporte, etc.), informações sobre a viagem (data planejada da entrada no Reino Unido, informações de todos os passaportes anteriores e do que está sendo usado, com quem você irá viajar, datas e destinos de todas as viagens ao exterior nos últimos 10 anos, etc.), informações de familiares como pai, mãe e filhos, e informações sobre sua universidade.

Neste último, o mais importante é o CAS. CAS é um número que sua universidade tem a responsabilidade de te dar, e que informa o governo o nome e duração do seu curso e todos os custos para a universidade que devem ser pagos. Não é permitido pedir um visto de estudante antes de 3 meses da data de início do curso. Portanto, muitas universidades dão este número por volta de 3 meses antes da data de início do curso.

Além do CAS, o formulário pede que você anote todos os custos que ainda não foram pagos à universidade. Dito isso, o governo do Reino Unido pede provas de que o requerente tem fundos suficientes para cobrir as somas restantes. Esta prova deve ser um extrato bancário ou carta do banco que mostra pelo menos os exatos valores restantes na conta bancária pelos últimos 28 dias da data de ida à embaixada ou consulado (que acontece depois de preencher o formulário).

Leia também: Tudo o que você precisa saber para morar na Inglaterra

Vou dar um exemplo para simplificar: o valor total de “tuition” para o primeiro ano é £15.000 (R$60.970) e o valor a ser pago pelo dormitório é £3.000 (R$12.195) totalizando £18.000 (R$73.165). Digamos que deste valor, já foram pagos os R$12.195 referentes ao dormitório e ainda falta pagar os R$60.970 restantes. Isso será escrito no seu formulário.

Após terminar de preencher o formulário, deve-se marcar um horário para ir à embaixada ou consulado do Reino Unido, entregar documentos, o formulário e tirar fotos e impressões digitais. Você marca este horário para o dia 1 de agosto. Isso quer dizer que você terá que ter um extrato bancário do dia 1 de agosto que mostra que os R$60.970 reais pendentes estão na sua conta desde os 28 dias anteriores. Se em qualquer desses 28 dias o valor de R$60.970 não estiver na sua conta, o seu visto será negado.

Todos os extratos devem mostrar nome, número da conta, data do extrato, nome do banco e valor presente na conta. Se o seu extrato for online, uma carta do banco devera ser entregue junto ao extrato para comprovar a autenticidade do documento.

Antes de marcar o horário na embaixada ou consulado também deverá ser pago um valor que servirá como seguro de saúde. Após pagar este valor, os estudantes podem usar o sistema público de saúde do Reino Unido. O valor gira em torno de £600 ou R$2.440, mas costuma variar, dependendo do curso (acesse o site do Immigration Health Surcharge para confirmar os valores). Feito isso, na embaixada ou consulado você terá que levar documentos como:

  • todos os documentos que foram pedidos e mandados para a universidade até aquele momento,
  • certidão de nascimento,
  • todos os passaportes antigos e,
  • documentos provando sua habilidade da língua inglesa.

Duas coisas importantes a se atentar é que todos os documentos devem ser originais e aqueles que estão em português, devem ser traduzidos para o inglês e devem ter a confirmação de autenticidade pelo tradutor e incluir a data de tradução, o nome, assinatura e dados de contato do tradutor. Além disso, o governo do Reino Unido pede um teste de inglês como comprovante de habilidade da língua inglesa, mas se o aluno estudou em uma escola de língua inglesa pelos últimos 5 anos, esse teste não é necessário; a sua universidade irá escrever esse detalhe no seu numero do CAS. Acesse este link para um lista completa de documentos pedidos.

Finalmente, após 5 a 10 dias úteis, é preciso retornar à embaixada ou consulado para pegar o visto. O visto que é dado neste momento está no passaporte e é válido por 10 dias. Dentro desses 10 dias é preciso entrar no Reino Unido e pegar um cartão chamado BRP card, que é o visto oficial.

Um aviso importante é que para cidadãos brasileiros: é necessário registrar-se com a polícia após a chegada ao Reino Unido. Deve-se levar o passaporte, o “BRP card”, a carta que comprova a aprovação do visto e duas fotos de passaporte. Lá paga-se £34 (R$122) em dinheiro e recebe-se um documento com um comprovante do seu endereço no Reino Unido que deve ser grampeado no passaporte. Se o estudante mudar de endereço (por exemplo, sair do dormitório da universidade e se mudar para uma casa com um amigo) ele devera voltar na polícia para atualizar o documento, mas não será mais necessário pagar os R$122 novamente.

Como foi avisado no início, é um processo complicado e cheio de regras mas se feito com calma e informação não será tão estressante.

1 COMMENT

  1. Olá, gostaria de saber o valor aproximado de escola particular para adolescente de 15 anos em Londres e se a matrícula somente é aceita no início das aulas?

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.