Como são as festas espanholas de fim de ano

0
329
Pixabay
Advertisement

E já estamos no final do ano! Sinto o “cheirinho” do Natal no ar. Luzes pelas ruas, casas decoradas, lojas cheias e congestionamento por todos os lados. Férias das crianças, reuniões em família e muita comida. Acho que não importa onde você esteja, nesta época do ano, as pessoas estão mais felizes e caminham pelas cidades mais sorridentes.

Para ser bem sincera, o meu primeiro fim de ano na Espanha não foi muito animado. Achei horrível ter que vestir roupa de inverno, pois essa coisa de parecer uma cebola, faz perder um pouco o charme das festas. Principalmente no Ano-Novo, quando eu tinha o costume de vestir algo leve, branco, na praia, tomando algo bem gelado! Ter que vestir calça, bota, touca de lã e luvas para sair de casa, me deixou de mau-humor. Além, é claro, de ter sido a primeira vez longe de todos.

Com o passar dos anos fui me acostumando, como tudo na vida, e agora, ainda mais com filhos, já acho o Natal bem mais divertido. Claro que as saudades nesta época são mais fortes do que em qualquer outro dia do ano, pois começamos a pensar em toda a família reunida na casa dos nossos pais e a gente aqui, tão longe, “fazendo o que”? Pode passar 100 anos, mas sempre vamos fazer essa mesma pergunta, já que fim de ano é para estar nos braços da família, comer a comida da vovó, rir com os irmãos e fofocar sobre os últimos acontecimentos. E como para cada escolha há uma renúncia, aqui estou: outro Natal fora de casa. Sorte que com a internet podemos ver a festa pela telinha do telefone ou computador.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Espanha

Então, para vocês que estão do outro lado do oceano, vou contar um pouco de como é passar as festas de fim de ano na Espanha, com algumas curiosidades. Vou explicar de uma forma bem geral, porque, afinal de contas, cada estado tem seus costumes, que podem ser bem diferentes.

 

 

Aqui festejamos as três datas: o Natal (nochebuena), Ano-Novo (nochevieja) e o dia dos Reis Magos.

No Natal a festa é em família; passamos a noite do dia 24 e o almoço do dia 25 de dezembro com nossos entes queridos. Não são em todas as Comunidades (estados) que se espera a chegada do Papai Noel como o grande acontecimento. Ultimamente têm-se falado mais do Papai Noel, isto é, algo mais atual. Mais para frente explicarei que a troca de presentes é no Dia dos Reis Magos.

As casas são enfeitadas. Há presépios, guirlandas, luzes, e claro, o Papai Noel, sem esquecer da árvore de Natal. Na mesa, um cordeiro assado, ou peru e pescados. Muitos comem de entrada uma boa sopa de frutos do mar. E de sobremesa, torrones de diversos sabores e mazapanes. Para brindar, champanhe ou cava. E as 12 da noite, as igrejas celebram a Missa do Galo.

O Ano-Novo aqui é chamado de Nochevieja. É uma festa familiar, mas também muitos passam com seus melhores amigos. A reunião se dá em uma mesa grande, saboreando, principalmente, muitos frutos do mar e escutando música em um clima bem divertido. Pode ser na casa de um familiar ou em um bom restaurante. Muito vinho, champanhe ou cava para beber.

Às 23h59 todos já estão preparados com suas 12 uvas, olhando a televisão que, ao vivo, transmite da histórica Porta do Sol, em Madri, as badaladas do sino que anunciará os últimos segundos do fim de ano. Para cada vez que o sino toca, se come uma uva e pede-se um desejo.

Em minha primeira vez em terras espanholas foi impossível conseguir engolir as 12 uvas, mas agora, já estou bem treinada!

No dia 1 de janeiro as ruas estão vazias, o comércio fechado e muita gente, de ressaca. Então a celebração – e a comida – é feita em família; todos já à espera do Dia dos Reis Magos.
Para as crianças, o dia 5 de janeiro é mais que especial. Todas saem pelas ruas de suas cidades ver o famoso desfile das “Cabalgadas de los Reyes”. Carros alegóricos com diferentes temas, sendo muitos feitos de modo caseiro, que passam pelas ruas principais distribuindo balas a todos. Este é o anúncio que os Reis Magos estão perto e que durante a noite – a todas as pessoas que se comportaram bem – eles deixarão os presentes tão esperados. Aos mau-comportados, os Reis Magos deixam um pacotinho de carvão!

Durante os últimos dias do ano, muitos shoppings têm os três Reis Magos para que as crianças entreguem suas cartinhas com seus desejos. São poucos os lugares que encontramos o Papai Noel para poder tirar uma foto, como no Brasil.

Leia também: culinária espanhola

No dia 6 de janeiro, muitas famílias voltam a se reunir para comer o tradicional “roscón de los reyes” (um doce típico espanhol). Mas o que mais vemos são as ruas e parques das cidades cheias de crianças brincando com seus presentes novos! Já no dia seguinte, a rotina vai voltando ao normal. Muitos vão trocar os presentes que não serviram e as lojas, neste dia, estão lotadas.

Ainda temos alguns meses de inverno. Até o verão chegar, o melhor é esperar pela Semana Santa … mas sobre ela, contarei em um próximo texto.

– – –

Para saber mais sobre o Natal na Espanha saiba como são as Cabalgatas de los reyes e a Receita do “Roscón de los Reyes”

Leia também: Comidas típicas de Natal da Espanha e As 12 uvas da sorte na chegada do Ano-Novo na Espanha

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.