Custo de vida no Porto

14
2661
Fonte: https://pixabay.com/
Advertisement

Para o planejamento de mudar de país, muitas coisas entram na nossa pesquisa, como estudar o costume, comida, melhores regiões para morar, questões relacionadas à trabalho, porém, a coisa mais importante é o custo de vida da cidade. Muitas colegas  do BPM já escreveram sobre o custo de vida em inúmeras cidades do mundo, e em todos os textos, a palavra principal e provavelmente é a que você não quer ouvir é: depende. O custo de vida é algo que irá depender de muitos e muito fatores, por exemplo, irá variar desde o tipo de vinho que você gosta de beber até o bairro que você irá morar. Sei que essa é uma resposta bem frustrante e por isso vou tentar deixar o máximo de ideias de valores neste post, até mesmo sites para que você possa fazer uma pesquisa mais específica.

Portugal, em geral, tem um custo de vida bem barato (ainda mais para nós brasileiros acostumados com altos preços em tudo!). O Porto, então, quando comparado com Lisboa, tem valores ainda um pouco menores (usei a palavra “ainda” porque depois de ganhar pela terceira vez o prêmio de “melhor destino europeu”, esses valores só vem aumentando). Então, pegue a calculadora e vamos começar o cálculo ?

MORADIA

Caso você queira alugar um apartamento, já falei um pouco disso (aqui). O valor, logicamente irá depender da região que você queira morar. O centro no Porto e a região da Foz são pontos caros, e o aluguel pode iniciar a partir de 500-800 euros. Mas, se você procurar em outros pontos da cidade e em regiões mais afastadas, te garanto que são boas áreas e os valores estão por volta de 350-450 euros.

TRANSPORTE

No Porto há uma espécie de “bilhete único”, como na cidade do Rio de Janeiro. O cartão daqui se chama Andante e você pode utiliza-lo no ônibus, metrô e no trem (até certo ponto). Você irá pagar dependendo da região que vai se deslocar (aqui). Por exemplo, para eu ir para o trabalho, passo por 3 regiões e meu bilhete custa mensalmente 37 €, já para uma pessoa que mora mais perto, e anda em duas regiões, esse valor fica em torno de 30,30 €.  Então a questão da moradia, e do trabalho terão que estar bem amarradinhas para se gastar menos.

SUPERMERCADO

Em relação as compras de mês, você pode ter uma ideia através dos sites dos maiores supermercados de Portugal. Continente (aqui) e Pingo doce (aqui). Mas as coisas tem um bom preço, e uma pessoa gasta mais ou menos 90-100 euros/mês. (Lembrando que vai depender se essa pessoa não tem grandes luxos). Se seu grande luxo, for relacionado aos vinhos, não se preocupe, os vinhos bons que no Brasil custam por volta de 70-100 reais, por aqui ficam em  torno de 2,99-4,99€. Outra questão importante, são as “marcas brancas” ou “marcas próprias” do supermercado. Normalmente os produtos são bons e um preço muito mais em conta, ou seja, suas compras saem muito mais baratas. Um exemplo, é o leite condensado da marca Nestlé que custa em torno de 1,39 €, mas no caso da marca do próprio mercado Continente, o valor fica em 0,99€; outro exemplo é o feijão preto, 0,5 kg da marca Caçarola, que sai por 2,19 €, enquanto do Continente sai por 0,95€. Te garanto que esses produtos não deixam nada a desejar para “os de marca”.

LUZ

A questão da luz muda um pouco quando comparada ao Brasil: Nós temos somente uma empresa para fazer o serviço, e ficamos nas mãos dela. No Porto, tem-se algumas companhias (Edp, Endesa, Galp) que disponibilizam esse serviço e você poderá escolher pelo tarifário (cada empresa terá um) e pela questão de voltagem máxima, que o imóvel irá receber. Isto tudo é decidido na hora de assinar o contrato e já falei mais sobre isso (aqui). Porém, dar exemplos de valores é algo bem difícil, porque irá depender de uma série de fatores, por exemplo: da empresa contratada, da estação do ano, do tipo de aquecimento da casa, se esta tem exposição a luz solar … enfim, mas para você ter uma ideia bem simples de valores, em uma casa, para duas pessoas, na primavera, com todos os equipamentos elétricos, os valores ficam por volta de 45-50 €.

ÁGUA

A companhia de água da região do Porto é pública (Águas do Porto). Diferente de muitos prédios do Brasil, que a conta de água vem associada ao condomínio, de acordo com o gasto geral do prédio, por aqui os valores são indivíduais, e você pagará somente pelo o que utilizar. E mais uma vez esse valor irá depender da sua conscientização com o uso da água. Em média, uma casa para duas pessoas esses valores ficam em torno de 16-20€.

TV À CABO + CELULAR + INTERNET

Incluí esses serviços juntos, porque normalmente as vantagens serão maiores se você os fizer com a mesma empresa. Sempre há promoções, e para isso antes de assinar você deve pesquisar bem os serviços propostos por cada uma delas. As principais empresas são Vodafone, MEO e NOS. Os valores de Tv à cabo, celular e internet (100 mb) custa em torno de 60-75€. E mais uma vez esses valores irão depender da empresa que você irá escolher, além das promoções vigentes no período, do número de celulares associados, canais “pay per view” etc.

ESCOLA E SAÚDE

Caso você tenha filhos, não se preocupe com mensalidades escolares. As escolas públicas funcionam bem e oferecem atividades variadas. Grande maioria da população estuda nelas. Caso você prefira uma escola particular, prepare o bolso, esses valores podem chegar até 600€/mês. A Saúde também você não terá com que se preocupar pela qualidade, porém apesar de ser público as consultas médicas são pagas. Uma consulta médica custa 4,50€, caso haja necessidade de emergência, nos hospitais esse valor chega à 20 €. Em relação à pré-natal/ pós parto que muita gente se preocupa com gastos,  também não haverá problemas, você pode saber mais por (aqui).

LAZER

A cidade do Porto conta com muitas atividades gratuitas, principalmente por ter muitos parques, praia, praças e turistas ! Os restaurantes tem para todos os gostos (já falei deles por aqui), e os pratos vem com quantidades generosas e podem variar de 4,50-20,0 € por pessoa. Há muitas “promoções” na hora do almoço, e há restaurantes  que você come um menu completo (couvert, entrada, prato principal e sobremesa mais uma bebida) por 15 €. O ingresso do cinema (inteira) sai em torno de 7-8 €, o ingresso de show,fica em torno de 30-50 €, quase o mesmo valor para os festivais de verão que acontecem no Porto e Lisboa nos meses de julho-agosto.

Por fim, só quero lembrar, mais uma vez, que esses valores são referentes a região do Porto, e esses custos podem alterar, dependendo de pessoa para pessoa. 

Tem mais ideias de valores para incluir neste post ?! Deixe seu comentário !

14 Comentários

  1. Prezada Priscila:
    És pessoa de valor porque procuras o teu aperfeiçoamento cultural e profissional.Expuseste bem o custo de vida na cidade do Porto.Parabéns.

  2. Priscila, muito bem detalhado. Mas em relação aos salários? Dica difícil calcular o custo de vida sem conhecer o salário médio por ai. Obrigada por todas essas informações. Daniela

  3. Oi Priscila, boa noite. Sou nutricionista também, formada em 2008, pós graduada em nutrição clínica pelo ganep sp.
    Tenho trinta anos, marido e uma filha de um ano. Estamos pensando em passar um tempo em Portugal, meu marido trabalhando e eu gostaria de tentar um mestrado. Você teria alguma dica pra me dar? Sabe se podemos trabalhar na área aí?
    Muito obrigada,
    Ana Flavia

    • Olá Ana, para trabalhar na área de nutrição você deve fazer equivalência do seu diploma. Sem essa equivalência, e sem um registro na ordem dos nutricionistas não poderá trabalhar. Já o mestrado é uma boa ideia, mas por aqui ele é pago, exceto que você ganhe uma bolsa. Seria bacana tentar entrar em contato com professores da área e vê a disponibilidade de editais para essas bolsas. Um abraço !

  4. Meus parabéns pela sua matéria mesmo nunca ter saído do Brasil, suas dicas me foram muito úteis, e com elas pude até estudar outros assuntos relacionados, por suas explicações e sugestões no clique(aqui). Útil, muito obrigada, mas a minha pergunta no caso seria, Como começar a procurar agências de empregos que nos levem a uma oportunidade de trabalho, em Portugal? No caso porto, pois não temos descendência, e mesmo se aver não conseguiríamos provar, qual seria a quantia? Para começar do zero, se no caso fosse para ir como turismo? Depois como procurar emprego? Ai existe agências? Em fim a sede de procurar crescer fora do Brasil e grande, mas se arriscar sem ter certeza de pelo menos um acerto, no caso um emprego, fica impossível tentar ou até mesmo conseguir entrar no país né. Obrigada des de já pela resposta é atenção.

    • Daiana, obrigada! Em relação as suas colocações não é acoselhavél vir à turismo e depois tentar ficar aqui, o serviço de estrangeiro esta cada vez mais rígido. Por aqui tem um site muito famoso de empregos que é o netempregos, seria interessante você se cadastrar e começar a ver por lá. Como você não tem a cidadania, o interessante seria realmente sair do Brasil com um emprego, uma carta da empresa para conseguir o visto de trabalho e não passar por porblemas aqui. Sim, existem “agências de emprego”, mas em caso de profissoes regulamentadas, eles pedem a equivalencia do diploma (medicina, nutrição, odonto, geografia…); se não for o caso de um diploma, o seu cadastro é realizado como tendo o segundo grau.

  5. boa noite , estou tirando minha cidadania portuguesa sou professor de educação fisica vi que tem bastante emprego nessa area no site netempregos e tambem faço reparo de smarphone , notebook e impressora gostaria de saber qual ramo seria melhor?

    • Luciano, acredito que para trabalhar na área de desporto você deva fazer a equivalência do diploma, assim como todos os profissionais da área de saúde. Porém este processo é demorado. Em relação à reparos de notebooks, smartphone, vejo lojas dessas por aqui, mas não sei como é o campo. Um abraço, boa sorte !

  6. Prezada Priscila,
    Bom dia.
    Sou militar reformado do Exército e minha esposa é advogada. Com o Visto D7. Posso residir em Portugal durante quanto tempo? Com relação ao recebimento dos meus proventos, no Brasil sou isento de pagar imposto de renda. Utilizo o banco Bradesco. Posso utilizar os serviços do Banco pelo aplicativo normalmente e existem agências do Bradesco, em Portugal? Com uma renda de R $8.000,00 dá para viver sossegado? A minha esposa consegue fazer a equivalência do diploma de advogada? Desculpe, por tantas perguntas. Muito obrigado pela atenção. Roger Loures

    • Olá Roger,
      Com o visto D7, pelo que sei, ele tem validade inicial de 1 ano e depois renovado de 2-2 anos. Depois de 6 anos de residência em portugal você poderá pedir a nacionalidade. Aqui não há banco bradesco. Uma renda de 8 mil reais dá em torno de 2.160 euros, e você e sua esposa viverão muito bem. O salário mínimo está em torno de 600 euros. Para direito, pelo que eu saiba existe um acordo Brasil-Portugal não havendo a necessidade de equivalência. Um abraço!

  7. Olá,
    Eu tenho 18 e tenho cidadania portuguesa.
    Tenho muita vontade de fazer faculdade em Portugal, mas estou bem confuso de como funciona tudo. Por ter cidadania só posso entrar pelo concurso nacional? E se sim como proceder?
    Obrigado

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui