Dez pratos típicos franceses

3
3055
Queijos franceses: foto de arquivo pessoal.
Advertisement

Arrisco-me a dizer que todo mundo que pensa sobre a França, pensa em pelo menos 1 das coisas desta lista: Paris, moda, champagne, vinhos, queijos e muita, muita comida! Sendo assim, no texto de hoje vou apresentar quais são alguns dos hábitos alimentares franceses e listar exatamente 10 pratos típicos franceses!

Eu moro em Clermont Ferrand, na França há aproximadamente 3 anos e ainda me surpreendo com a culinária daqui. Uma das coisas mais interessantes, é que a gastronomia da região em que vivo, pode ser apreciada por pessoas de todos os gostos e bolsos.

Para introduzir o tema, gostaria de explicar como funciona uma tradicional refeição na França: aperitivo, entrada, prato principal, queijos, sobremesa e café, é quase um ritual! É claro que não podemos passar por todas essas etapas todos os dias, fazemos isso sempre em almoços/jantares comemorativos ou durante o final de semana. Você que é brasileiro e nunca veio para França, deve estar se perguntando: Como assim queijo entre o prato principal e a sobremesa? Não gente, não me enganei! É isso mesmo, comemos queijo logo antes da sobremesa. Exótico e delicioso, já adotei isso no meu dia a dia.

Nos restaurantes franceses, os pratos são individuais e você pode compor como preferir: entrada, prato principal e sobremesa; entrada e prato principal; prato principal e sobremesa. Fica a gosto do freguês e com ou sem o tal do queijo.

Bem, chega de blábláblá e vamos à lista dos 10 pratos típicos franceses:

1) Truffade – Região de “Auvergne
É obvio que vou começar pelo queridinho da galera de Clermont Ferrand: “Truffade” que é um prato bem quente feito com batatas e MUITO queijo. Vem acompanhado de salada e “charcuterie” (frios como salame e presunto). Em alguns restaurantes da cidade, eles dão como opção a carne de boi ou linguiça no lugar da “charcuterie“.

Truffade: Foto de arquivo pessoal

2) Aligot – Região de “Auvergne
Também de Clermont-Ferrand, “Aligot” é um purê de batatas feito assim como o “Truffade”, com muito queijo. Fica tipo um “puxa-puxa” e, obviamente é servido como prato principal acompanhado de salada e “charcuterie“. Parece comum, mas eu garanto que quem experimentar não irá se arrepender!

3) Quenelle – Região de “Rhones-Alpes”
Nada mais é do que uma pasta fabricada com trigo e algum tipo de carne, peixe ou frango que fica no formato de cilindro (tipo uma salsicha), assado em um maravilhoso molho. Muitas vezes, a “quenelle” tem pedaços de champignon no meio o que a deixa ainda mais saborosa. É simples, mas é uma delícia e eu ADORO!
Você encontra a tal da “quenelle” em diversos restaurantes de Lyon e arredores.

4) Cassoulet – Região de “Languedoc-Roussillon
Costumo dizer que o “cassoulet” é a feijoada dos franceses. É um prato feito com feijão branco no lugar do nosso feijão preto e um pedaço de pato ou linguiça para substituir nossas carnes da feijoada. Esse prato não possui acompanhamento. Podemos no máximo, pedir uma salada de entrada, já que é um prato bem pesado.
Você encontra vários restaurantes especializados em “cassoulet” na cidade de Carcassone e cidades próximas.

5) Moules et frites – Litoral francês
Moules et frites” é um pouco exótico para nós brasileiros: mariscos com batata frita. Confesso que demorei um pouco para provar e ao contrário do que eu pensava, aprovei! Os mariscos vêm em uma panela e as batatas fritas em um outro recipiente. Você come com as mãos (utilizando 1 casca do marisco como pinça para pegar os mariscos e as batatas) ao final, eles te entregam um lencinho para limpar as mãos.
Dizem que é um prato tradicional do litoral norte da França e da Bélgica, mas eu afirmo que no litoral mediterrâneo francês (Montpelier, Port-la-Nouvelle, Narbone) você encontra inúmeros restaurantes com esse delicioso prato.

6) Confit de canard – Sudoeste da França
Confit” é a forma em que se cozinha o alimento e “canard” é pato em francês. Sendo assim, o “confit de canard” é um pedaço de pato (geralmente coxa e sobre-coxa) cozido durante um grande período de tempo na gordura em uma temperatura que não passa de 85°C. Você encontra o tal do “confit de canard” em várias cidades da França, mas principalmente em Toulouse e cidades vizinhas.

7) Bouef bourguignon – Região de “Bourgogne”
É um dos meu pratos franceses preferidos: carne de boi cozida durante horas em vinho tinto. Uma variação deste prato é o “Fondue bourguignon” – fondue de carne. O truque é colocarmos na panela do fondue o vinho tinto e cozinhar a carne lá.

8) Flammekueche – Região de “Alsace
Alsace é uma região da França que faz fronteira com a Alemanha, por isso, os costumes alemães e Alsaciais se confundem um pouco. Não se assuste se encontrar pratos alemães na Alsace. “Flammekueche” é muito similar a uma pizza, mas o que muda é a massa por ser muito parecida com massa de pão e quase sempre ser coberta com “crème fraîche” – creme de leite.

9) “Cuisse de grenouille” – É francês?
Alguém come coxa de rã? Sim! Apesar de não ser um prato tipicamente francês, são eles os maiores consumidores dessa iguaria no mundo! Eles chegam a importar mais de 3 mil toneladas de coxa de rã por ano. “Cuisse de grenouille” é oferecido como prato principal e na maioria das vezes, acompanhado de batatas. Já provei diversas vezes e nenhuma vez me decepcionei!

10) Fromages – Toda a França!
Tudo bem, estou roubando pois “fromage” – queijo em francês, não é considerado um prato principal. No entanto, como falar em comida francesa sem falar do seu queridinho na gastronomia, o queijo! Ele faz parte de inúmeros pratos franceses e quase sempre acompanha as refeições. Como falei no início do meu texto, pode inclusive ser apreciado antes da sobremesa.

Bem, espero que vocês tenham gostado desses 10 pratos que escolhi apresentar para vocês. É claro que poderia listar ainda, outros 10 ou 20 pratos gostosos e curiosos, mas deixarei para uma outra ocasião!

Bon appétit e à bientôt!
Bom apetite e até mês que vem!

3 Comentários

  1. Texto bem interessante e muito esclarecedor.
    Faz a gente conhecer um pouquinho da gastronomia francesa.
    Dá vontade de experimentar todos os pratos.
    Gosto de todos, mas os meus preferidos são: trufades,aligot e o confit de canard.

  2. Destes 10 pratos relacionados, alguns eu conheço, e, gosto muito, principalmente os a base de “fromage”, e, também gosto muito do ritual para almoçar ou jantar, aliás, aprendi tudo com a Marcella.

  3. Muito esclarecedor o texto sobre gastronomia! Nos dá uma vontade louca de conhecer a França e sua gastronomia! Parabéns Marcella!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui