Dicas de turismo em Bangkok

1
295
Foto: Arquivo pessoal - entrada do Wat Pho (Buda deitado)
Advertisement

Quem já leu algum dos meus textos sabe que já moro há um pouco mais de 3 anos na França e que adoro viajar. Tenho a sorte em dizer que conheço muitos países e que toda essa diferença cultural me encanta! Mesmo que, a nossa amiga internet nos ajude a visitar tudo a qualquer momento, nada se compara a viajar, pois sempre aprendemos algo novo nos lugares em que visitamos.

Como dizem por aí, viajar para a Tailândia está na moda: todo mundo adora, tem sol, tem praia, as pessoas são simpáticas, a comida é boa e tudo é muito barato. Eu passei 10 dias do mês de abril em Bangkok e posso afirmar que tudo isso é verdade. Dito isso, gostaria de compartilhar um pouco sobre essa minha última viagem, minha primeira vez na Tailândia, mais precisamente: Bangkok! Vou listar 10 fatos curiosos para uma brasileira meio francesa e dentre eles, alguns lugares para visitar.

1- A Tailândia é parecida com o Brasil?
Não fui a turismo, fui a trabalho e desde que pisei na Tailândia, me senti em casa. Oi??? Como assim em casa? A Marcella só pode estar doida, ela está na Ásia e está dizendo que está em casa? Pois é, quem mora no Brasil deve achar a Tailândia muito diferente, mas pra mim, moradora da França, onde temos poucos dias de sol e quase nenhuma variedade de frutas, estar na Tailândia, é sim, estar em casa! Clima parecidíssimo ao do Rio de Janeiro, povo sorridente e muitas frutas. Matei minha saudade da tal água de coco que eu bebia quase todos os dias quando eu morava no Brasil.

2 – O povo é sorridente
Dizem que é por causa do sol. Não posso afirmar se essa é a razão de tanta alegria do povo tailandês, mas posso afirmar que a alegria desse povo nos contagia e que é super agradável trabalhar com eles.

3 – O tailandês fala inglês?
Pode ter sido sorte da minha parte, mas em todos os locais que eu fui os tailandeses falavam inglês. Não fui só em pontos turísticos não. Andei de táxi, frequentei restaurantes simples e nem um pouco badalados. Em todos esses locais, consegui me comunicar em inglês sem nenhuma dificuldade e o mais surpreendente, achei diversos tailandeses que falavam francês também!

4 – Existe engarrafamento?
Não é segredo pra ninguém que o trânsito de Bangkok é um dos piores do mundo e eu pude comprovar isso, demorando mais de 3h para fazer 60km. Por isso, sugiro que peguem sempre o metrô.

5 – Qual o preço do metrô?
Em Bangkok há algumas linhas de metrô. O preço do bilhete varia de acordo com o número de estações que você vai andar. Justo, não?

6 – Templos de Buda
Em Bangkok, existem inúmeros templos, mas se você tiver que escolher um, não deixe de ir no Wat Pho (Buda deitado). Ele fica aberto todos os dias das 8h às 18h. Para mais informações, acesse esse site.

7 – Onde comer?
É muito difícil sugerir um ou dois restaurantes em Bangkok já que a cidade é enorme e possui inúmeros restaurantes. Sendo assim, vou sugerir 3 restaurantes típicos que eu adorei:

1) Once Upon a Time – 32 Soi Phetchaburi
Um restaurante em uma rua bem pequena com uma decoração super diferente e encantadora. Exagerando um pouco, você se sente dentro de um vale encantado cheio de flores e plantas. Um clima super agradável e uma comida deliciosa! Veja o site do restaurante aqui.

Foto: Arquivo pessoal – Restaurante Once Upon a Time

2) Sit and Wonder – 58/12 Soi Thong Lor
Esse já fica num local mais movimentado, na região de Khlong Toei Nuea. É um restaurante pequeno, moderno e com diversas opções de pratos. Veja a página do restaurante no Facebook.

3) Unfashion Cafe – Ekkamai Soi 10
Mais um restaurante tipicamente tailandês e delicioso. Ele fica em uma galeria perto de diversos restaurantes, lojas pequenas e salões de beleza. Vale a pena, pois é diferente dos 2 restaurantes mencionados anteriormente e logo ao fundo possui uma loja de artigos de decoração. Acesse o restaurante no TripAdvisor clicando aqui.

8 – Hábitos alimentares
Vou citar pra vocês 4 coisas que os tailandeses fazem na hora de comer:

1) Eles não usam faca. Como os alimentos já vem praticamente cortados, os tailandeses usam sempre uma colher e um garfo na hora de comer e o engraçado, é que eles usam a colher para colocar o alimento na boca e o garfo para ajudar a colocar o alimento na colher.

2) Eles pedem diversos pratos, colocam no centro da mesa e todo mundo come um pouquinho de tudo.

Foto: Arquivo pessoal – almoço tailandês

3) Tudo é muito apimentado e eles comem inclusive frutas com açúcar e pimenta. Eu provei e adorei!

4) Se você pedir “delivery” (entrega), não se assuste se a sua comida vier dividida em diversos saquinhos plásticos, é assim mesmo.

Foto: Arquivo pessoal – delivery tailandês

9 – Onde comprar?
Vocês não podem deixar de ir no Chatuchak Market. É um mercado de céu aberto, enorme! Nele você encontra de tudo um pouco. Cada dia da semana, uma parte do mercado está aberto, porém todos os stands abrem aos finais de semana, sendo assim, sugiro que vocês deem uma passada por lá no sábado ou domingo. Além de muita bugiganga, você encontra muita coisa pra comer e diversos restaurantes. Não deixe de provar o sorvete de coco diretamente em uma metade de coco com coco fresco. Você poderá adicionar “topings” (coberturas) como milho e feijão. Essa eu deixarei para uma próxima vez!

Foto: Arquivo pessoal – Chatuchak Market

10 – Onde beber?
O que mais tem em Bangkok são bares e o que você não pode deixar de fazer, é ir em algum bar no alto de um prédio de aproximadamente 50 andares. Sendo assim, vou sugerir um dos que eu fui e adorei: Octave Rooftop Lounge & Bar. Veja a página desse bar aqui.

Espero ter ajudado com as 10 dicas acima! Quero voltar em breve à Tailândia, pois foi um país que me encantou com sua culinária e seu povo super sorridente e acolhedor. Um destino que realmente vale a pena colocar no roteiro.

Até mês que vem!

1 COMMENT

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui