Dicas para entrevista de emprego no exterior

O que fazer antes e durante a entrevista

0
193
Fonte: pexels.com
Advertisement

Uma entrevista de emprego no exterior pode trazer muita ansiedade e algumas inseguranças. Geralmente nos preocupamos demais com o idioma e esquecemos outras áreas que são tão (ou mais) importantes que isso. Por exemplo, a preparação, postura e atitude durante a entrevista e o seu acompanhamento depois dela contam muito. Entender como é o processo seletivo e as particularidades de cada país é fundamental para se sair bem.

Independentemente do país, uma boa preparação vai te dar confiança e tranquilidade durante a entrevista. Além disso, você estará fazendo tudo o que está sob seu controle durante o processo seletivo.

Apesar de eu compartilhar as minhas experiências pessoais no Reino Unido, muitas dicas que vou dar aqui podem ser aplicadas para entrevistas em qualquer país. Eu já usei essas técnicas em várias entrevistas, inclusive nas que fiz para conseguir meu emprego. Contei sobre isso aqui.

No Reino Unido, os tipos mais comuns de entrevistas são:

  • Baseadas em competências: focam nos conhecimentos e qualidades pessoais que o candidato precisa ter para o cargo. Você terá que convencer o entrevistador de que o que tem para oferecer de conhecimento e experiência é relevante para o cargo. A melhor maneira de fazer isso é entender bem a descrição da vaga e dar exemplos de onde você demonstrou experiência em áreas ou situações similares.
  • Técnicas: como o nome sugere, essas são geralmente mais usadas em entrevistas para áreas técnicas como tecnologia ou engenharia, onde você tem que demonstrar seus conhecimentos técnicos sobre determinado processo ou área de conhecimento.  

Como você pode se preparar para uma entrevista?

  • Pesquise sobre a empresa – para ter conhecimento sobre a empresa e poder ter uma conversa com o entrevistador durante a entrevista. Eles esperam que os candidatos tenham conhecimento sobre o que a empresa faz, sua missão, seus produtos e serviços, seus clientes, seus principais competidores e qualquer novidade que a empresa tenha lançado recentemente. Tudo isso pode ser encontrado no website institucional e em sites de notícias.
  • Entenda bem sobre o cargo para o qual você se candidatou – isso vai te dar uma boa ideia sobre o que o cargo precisa e entender exatamente o que o empregador procura. Você pode fazer isso lendo a descrição do cargo, pesquisando na internet e no LinkedIn de quem exerce aquele cargo e o que eles fazem.
Com o conhecimento da empresa e do cargo, você pode adaptar suas respostas e dar exemplos da sua experiência de acordo com o que lhe é perguntado. Com isso, você poderá provar que você é o melhor candidato para a vaga.
  • Prepare algumas perguntas para fazer ao final da entrevista – uma entrevista é uma via de mão dupla onde o empregador está avaliando se você é a melhor pessoa para o cargo e você deve avaliar se a empresa e o cargo são o que você realmente gostaria. Por esse motivo, faça perguntas para entender mais sobre a empresa, sua cultura e o que é esperado do candidato ideal para o cargo.
  • Prepare-se para as perguntas mais prováveis que seu entrevistador poderia fazer – desta forma, você está pronto e não se sentirá preso a dizer algo específico. Aqui na Inglaterra é comum o entrevistador querer exemplos de onde você demonstrou determinado conhecimento, como você lidou com certas situações, o que você faria se algum cenário ocorresse. Ou seja, eles tendem a ser bem pragmáticos para entender o perfil do candidato como um todo: suas experiências, atitudes e comportamentos.
  • Prepare sua vestimenta para o dia da entrevista – vista roupas confortáveis e apropriadas para a empresa e sua função em potencial. Em alguns lugares é importante vestir um traje social; já em outros, algo mais informal seria mais recomendável. Entrevistadores britânicos querem ver que você se dedicou para a entrevista e julgam seu interesse pela vaga também pela sua vestimenta. Ou seja, aparência conta muito e é a primeira impressão que fica. Evite perfumes fortes!

Por último, procure se informar sobre serviços de consultoria de carreira que podem ajudar na sua preparação e prática para entrevistas. Eu ofereço esse serviço e trabalho com profissionais no mundo todo; caso esteja interessado, entre em contato comigo e conversamos.

O que fazer durante a entrevista

Antes de mais nada, no dia de uma entrevista chegue no local com pelo menos 15 minutos de antecedência da hora marcada. Os britânicos são muito pontuais e chegar atrasado não causaria uma boa impressão. Além disso, você não quer correr o risco de pegar um engarrafamento, chegar na recepção e ter que esperar na fila para entrar no prédio ou ter algum outro imprevisto. Planeje-se para que isso não aconteça.

As dicas que vou dar aqui vão te ajudar muito se o inglês (ou o idioma local do seu país) não for sua primeira língua:

  • Demore o tempo que for preciso para pensar em uma resposta – não tem problema nenhum pedir um momento para pensar antes de responder uma pergunta. Isso vai te ajudar a ganhar tempo para organizar suas ideias e se expressar no outro idioma.
  • Tenha certeza que você entendeu as perguntas que lhe foram feitas – peça para o entrevistador explicar mais caso seja preciso, ou tente parafrasear a pergunta e veja se seu entendimento foi correto. Os entrevistadores preferem que você esclareça a pergunta do que tente responder rapidamente algo diferente do que eles perguntaram.
  • Não responda somente sim ou não – dê respostas completas, dê exemplos de onde você usou sua experiência e conhecimentos.  
  • Se você for perguntado sobre a sua experiência, fale sobre: a Situação em que você esteve, a Tarefa que você teve que desempenhar, a Ação que você tomou e o Resultado da sua ação. Essa técnica é chamada STAR e nos ajuda a ser concisos e completos com nossas respostas. É muito usada por aqui.
  • Se lhe perguntarem sobre conhecimento que você não tem, você pode dizer o que faria em determinada situação em que aquele conhecimento fosse necessário ou usar um exemplo pessoal. Diga também que você tem facilidade de aprender coisas novas rapidamente.
  • Seja positivo sobre as suas experiências – evite negatividade sobre você ou sobre funções anteriores que você teve. É muito importante que você esteja se sentindo bem e tenha uma atitude positiva mediante sua carreira e suas experiências profissionais. Veja o lado positivo de tudo que acontece com você e você vai “transpirar” uma energia boa para o entrevistador.
  • Evite mencionar salário e benefícios – a não ser que seja perguntado.  
  • Faça algumas anotações durante a entrevista – isso demonstra que você está prestando atenção e está interessado no que o entrevistador tem a falar.
  • Sorria – um sorriso pode ser uma ferramenta poderosa em uma primeira reunião. Mesmo se você estiver nervoso, sorria porque isso o tornará amigável e relaxado.
  • Perto do fim da entrevista, faça as perguntas que você preparou – nunca diga que não tem nada para perguntar. Isso faz com que você pareça desinteressado.
  • Ao encerrar a entrevista, sorria e diga que você está ansioso para receber o retorno do entrevistador – em uma entrevista em inglês diga: I am looking forward to hearing from you (Fico no aguardo do seu retorno). Pergunte qual é a previsão de retorno do entrevistador para você. Sabendo a data de retorno pode diminuir um pouco a ansiedade e expectativa que os processos seletivos geram.

Espero que essas dicas te ajudem a conseguir o emprego dos seus sonhos no exterior.

Adoraria saber o que você achou desse post! Deixe seu comentário aqui embaixo.

Boa sorte e sucesso!

Leia: Tudo o que você precisa saber para morar na Inglaterra!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui