Escócia – Sua oferta de emprego é legítima?

14
667
Crédito: pixabay.com
Advertisement

Quando escrevi meu texto sobre Aberdeen, comecei a receber – e ainda recebo – diversos comentários de pessoas que estavam com propostas de emprego de companhias localizadas na cidade, pedindo minha ajuda para verificar a legitimidade delas.

Realmente Aberdeen é conhecida por trazer muitos estrangeiros para trabalhar na indústria energética, pois mão de obra qualificada no setor é muito procurada e, dependendo do cargo, há escassez de pessoal. Mas é sempre bom tomar cuidado quando se recebe uma oferta de emprego, principalmente vinda de um outro país. Obviamente ela pode ser – e todos esperamos que seja – legítima, mas são comuns casos de fraude usando este tipo de atrativo.

Eu não posso checar a legitimidade das empresas para os leitores, mas considerando a repercussão, resolvi escrever este texto com algumas dicas que podem auxiliar na verificação. Então antes de aceitar aquela vaga que parece dos sonhos e começar a fazer as malas, observe alguns pontos importantes e tome algumas ações que podem evitar dor de cabeça.

Você foi selecionado!
Que bacana. Mas você passou por algum processo seletivo? Se você nunca teve nenhum contato com a empresa, não fez entrevista ou algo do tipo, como a empresa miraculosamente está te oferecendo a vaga? Empresas fazem um processo sério, e se você está longe o mais comum é ter pelo menos uma entrevista por video-conferência. Foi assim que eu fiz a minha quando morava em outra cidade no Reino Unido. No ano passado escrevi sobre a minha experiência com a busca por empregos no país, e o fiz justamente na tentativa de ajudar a entender como funciona a divulgação de vagas e os processos de seleção nestas terras. Desconfie de vagas em que tudo o que você fez foi responder algumas questões por mensagem instantânea por exemplo, ou nem isso.

Se você fez sim alguma entrevista ou passou por uma seleção, mas ainda tem dúvidas da veracidade, siga as dicas abaixo.

A empresa realmente existe?
O primeiro passo é saber se a empresa é real. Procure por canais de comunicação oficiais: site e contas verificadas em mídias sociais. Também são sinais positivos menções a ela em imprensa especializada do setor, registro em câmaras de comércio e órgãos oficiais da cidade ou país onde ela se localiza.

Aqui no Reino Unido as empresas que desejam contratar cidadãos não-europeus devem possuir uma licença emitida pelo UK Visas and Immigration. A lista de quem tem tal licença é de acesso público e constantemente atualizada.

A empresa existe, sim!
Ótimo. O próximo passo é verificar se o e-mail veio dela mesmo. Muitos golpes utilizam o nome de empresas reais para dar mais veracidade. Não se acanhe e entre em contato direto pelos canais oficiais. Pode ser por e-mail ou mesmo por telefone (desde que sejam diferentes dos que você recebeu na oferta, claro). Mesmo que a ligação para fora do país tenha um custo alto, é melhor pagar por esta tentativa do que cair em um golpe. Se a oferta é real, a empresa não terá motivos para negar esta informação a você.

Busque por casos similares
Com uma simples busca online é possível saber se já foram registrados casos de ofertas fraudulentas em nome desta empresa e encontrar os tipos mais comuns de mensagem utilizados em golpes online que você pode usar para comparar com a que você recebeu.

Sinais de alerta

  • A oferta veio através de um endereço de e-mail genérico (Gmail, Yahoo, Hotmail, etc) em vez de um de domínio próprio da empresa.
  • Da mesma forma, o único site da empresa não é de domínio próprio e está registrado em algum portal ou sites de blog, tipo Blogspot e WordPress.
  • O e-mail não se dirige a você, mencionando o seu nome. No lugar vem algo como “Dear Applicant” ou “Dear Candidate”.
  • A mensagem cita ou pede para você acessar algum link suspeito.
  • Solicitação de dados como número do cartão de crédito e senhas.
  • Solicitação de dinheiro para garantir a vaga, o visto, ou para qualquer outra atividade relacionada à seleção ou a oferta. Empresas legítimas não pedem nenhum pagamento adiantado.
  • Erros gramaticais na mensagem.
  • Falta de assinatura corporativa no final da mensagem com dados de contato.

A quem procurar em caso de fraude

O Reino Unido conta com o Action Fraud, um centro para denúncia e prevenção de fraude e crimes cibernéticos.

Se a alegação é que encontraram seu currículo em um site de empregos, entre em contato com este site. Os melhores contam com equipes anti-fraude que verificam as empresas cadastradas e suas vagas.

Não quero com este texto desencorajar aqueles que desejam uma experiência profissional no exterior, mas mudar de país é um comprometimento gigante, então prevenção é fundamental.

Aos que receberam ofertas legítimas, boa sorte com a nova oportunidade!

14 Comentários

  1. Daniela já li todos os seus posts que são incrivelmente esclarecedores. Eu sou brasileira e no momento moro em Cabo Verde. Preciso urgentemente tornar meu inglês fluente, então estou planejando passar um tempo na Escócia aceitando o convite de um amigo.
    Eu sou formada em comunicação social com grande experiência em projetos de educação para a cidadania. Eu gostaria de saber das possibilidades de conseguir algum tipo de trabalho para complementar renda enquanto eu estivesse estudando. Você sabe que brasileiros têm sempre muitas habilidades mas eu não sei como isto funciona ai. Inclusive penso em trabalho não especializado. Tenho 55 anos.

    • Oi Maria, obrigada pela visita!
      Vai depender do seu passaporte. Se você tem cidadania europeia, pode buscar emprego sem nenhuma restrição.
      Se você não tem a cidadania europeia, normalmente você não pode trabalhar se está estudando um curso de idiomas.
      Recomendo a você acessar a página do governo para mais detalhes.

          • Oi Meninas tava lendo o blog pra olhar outro País mas como sou apaixonada pela Escócia acabei parando aqui e lendo a pergunta da Maria Aparecida… Fiz intercâmbio uns anos atrás (passa tão rápido, mas parece que foi ontem)… Acabei optando pela Escócia… De fato não me arrependi, porque a terra é linda, as pessoas são muito mais amigáveis.. O sotaque é muito fofo, mas pra aprender inglês e se comunicar com pessoas que nunca foram a Escócia, tive dificuldades quando saí daí… Nada que não pudesse ser adaptado. Mas no geral amo a Escócia e sinto muitas saudades ❤️

  2. Olá, Daniela!
    Estou refazendo meus planos mas ainda não consegui tem uma resposta clara, ou não entendi. Será que você pode me ajudar’
    Quero saber qaunto dinheiro eu tenho que comprovar ter disponível para uma estadia de um mês? Como é feita esta compravação? minha ideia é viajar com com um valor em especie 500 ou 600 euros e usa o cartão visa. Como é feita a compravação de recursos financeiros.

      • Maria, na minha época tinha um valor pré estabelecido, algo em torno de 600 libras por mês de permanência tinham que estar numa conta bancária no momento de solicitação do visto vc apresenta os saldos da conta numa declaração assinada pelo banco (dá trabalho, mas vale a pena).

        • Oi Thea!
          Ótima informação! Esta declaração do banco tem que ser em inglês?
          Você diz que dá trabalho, como assim? Você pode me explicar o processo? Como você fez?
          Obrigada.

  3. Oi Daniela li aqui todas as suas dicas e a minha pergunta é um pouco diferente, ver se pode me ajudar. Pra trabalhar na áera de estetica é bom na Escócia?

    • Oi Anna, não estou familiarizada com esta área para poder dar informações a respeito.
      Sugiro verificar nos sites de emprego do país a oferta de vagas para este tipo de trabalho, talvez possa ajudar.
      Obrigada por visitar o blog!
      Daniela

  4. Olá Daniela desculpa encomendar você eu gosto muito da Escócia e gostaria de saber se ai na Escócia há trabalho para o meu marido ele técnico de eletricista também telecomunicações e também de eletrônica se me puder informar agradeço .

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.