Estudar no Uruguai

9
21463
Advertisement

Dentre as muitas coisas que eu gosto do Uruguai, está a educação.

Apesar de ouvir dos uruguaios que ela está decadente comparada ao que já foi, eu ainda me surpreendo com muitos aspectos.

Acho legal por exemplo, o uniforme das crianças do ensino público que é constituído de um jaleco branco e um laço azul. Me explicaram que o avental branco serviria para cobrir as roupas dos estudantes na intenção de igualá-los socialmente, já que sem poder ver as roupas não se pode fazer distinção entre quem tem mais dinheiro do que tem menos. É um motivo encantador não é?

Outro fato excelente é que nas universidades há vagas para todo mundo. Mesmo nos cursos mais procurados não existe impedimento para se matricular. Entretanto, nos primeiros semestres dos cursos públicos mais procurados é comum que as salas fiquem abarrotadas e o conforto não reine nas acomodações. Esta situação vai se normalizando com as desistências que acontecem durante o ano letivo.

Como há vagas tanto na universidade pública como na privada, não existe vestibular, algo um pouco estranho para nós que estamos acostumados a esse processo e que inclusive faz parte dos nossos méritos. Aqui o mérito está em terminar a graduação e por isso o trote, aquele tipo de rito onde os mais velhos pintam e sujam o calouro, aqui é feito ao terminar o curso.

Ter acesso à universidade pública pode ser muito interessante e para poder usufruir desse benefício alguns quesitos precisam ser preenchidos. Sendo um estrangeiro, para poder estudar na Udelar, a Universidade da República do Uruguai e única universidade pública do país, é necessário revalidar o ensino médio, nesse link tem mais detalhes. 

Também é exigido que a pessoa comprove residência no país superior a três anos. O aspirante a vaga que ainda não tem os três anos de residência pode entrar com um pedido que será analisado e votado pelo conselho da universidade, mas não é garantia de que poderá ingressar. Aqui encontrará mais informações sobre o ingresso para quem é de fora. 

Leia também: custo de vida no Uruguai

Nas universidades particulares pode-se ingressar sem ter os três anos de residência. As mais conhecidas são ORT , Universidad Católica , Universidad Montevideo e Universidad de La Empresa.

Fonte: www.elobservador.com.uy

Vale lembrar que para entrar em qualquer uma das universidades será necessário revalidar o ensino médio, esse procedimento exige que certos documentos sejam protocolados no Brasil e depois no Uruguai, por isso se certificar com detalhes sobre cada papel exigido economizará uma dor de cabeça tardia.

Muita gente que pretende se mudar para o Uruguai já está formada e quer continuar estudando. As mesmas universidades mencionadas acima oferecem cursos de pós-graduação em diversas áreas. É só entrar nos links e procurar pela parte de postgrados.

Para realizar a pós é preciso ter a revalidação da graduação. Algumas universidades permitem que o aluno comece a pós e vá revalidando a formação durante o curso. De toda forma, indico orientar-se direitinho na instituição escolhida antes de vir com a cara e a coragem!

A revalidação só pode ser solicitada na Udelar. Este processo costuma ser burocrático, detalhado e um pouco demorado, embora estejam melhorando o trâmite. Alguns conhecidos conseguiram revalidar em 6 meses, o que me pareceu uma maravilha, considerando que o meu levou 2 anos.

Para saber mais sobre o processo de revalidação sugiro entrar nesse link , procurar o endereço físico do curso a ser revalidado e ir pessoalmente no setor que se chama bedelia. Lá terão atendentes com informações detalhadas que poderão ajudar em cada situação específica.

Mais um aspecto da educação daqui que eu gosto é o preço! A primeira vez que fiz um curso em Montevidéu foi de extensão na área da psicanálise e achei o preço muito bom, era um terço do que eu havia pago na mesma área no Brasil.

A princípio pensei que era uma característica daquele instituto em particular, mas esse ano a doce surpresa se repetiu ao me matricular num instituto psicanalítico distinto. Conversando com outros brasileiros radicados aqui e de áreas profissionais diferentes, a maioria tem a mesma impressão, de que é possível continuar se atualizando sem comprometer o orçamento.

Leia também: como abrir conta bancária no Uruguai

Para quem vem com vontade de mudar o rumo profissional ou se descobrir nele, existem opções voltadas para a inserção rápida. São cursos de duração curta, com objetivo de profissionalizar o trabalhador.

Um deles é o Bios que oferece cursos particulares em diversas áreas como tecnologia, finanças, comunicação, moda, dentre outros.

O outro é a UTU – Universidad del Trabajo, é uma instituição pública de ensino científico e tecnológico. Em alguns cursos se parece ao ensino técnico profissional e em outros se parece a um curso de tecnólogo e nestes é necessário revalidar o ensino médio para poder ingressar.

Como, dependendo do curso modificará a documentação e idade exigidos para o ingresso, sugiro começar por este link. Também é possível entrar em contato através do whatsapp fornecido pela página. Dentre as diversas áreas que a Utu dispõe estão jornalismo, agrária, artes, administração, construção, gastronomia, informática e muito mais.

Preciso deixar claro que os cursos que elenquei são os que mais escuto falar. Entretanto, seguramente existem muitos outros locais bacanas dos quais não tenho conhecimento. Minha intenção é ajudar a quebrar a inércia das primeiras buscas, pois é difícil encontrar informações quando não sabemos por onde começar.

Arregaçar as mangas atrás de mais dados será o começo dessa jornada e eu te desejo muito boa sorte!

9 Comentários

  1. Nossa, muito obrigado!
    Vanessa, seu texto é realmente um oásis a quem procura um overview sobre o processo de continuação dos estudos no Uruguai.
    Ficou uma dúvida: você acredita que os certificados/diplomas/títulos das instituições privadas têm o mesmo peso/reconhecimento da Udelar aí?

  2. Oi Vanessa! Seu texto é muito explicativo, gratidão! Me formei há pouco tempo e Psicologia e estou procurando pós graduação na área pelo Uruguai, vc teria dicas? Também me interessei pelo curso em Psicanálise, vc poderia passar mais detalhes como lugares e valores? Te agradeço muito!!

  3. Oi Vanessa, tudo bem?
    Obrigada pelo post! Queria saber como fazer a pós graduação por aqui e ele caiu como uma luva… Me surpreendeu que na metade descobri que você é psicóloga! Haha
    Sou estudante de psicologia no Brasil, e conheci o Uruguai recentemente. Estou apaixonada!! Se não for esforço, queria te perguntar sobre como está o cenário da profissão no país, para saber se vale a pena pensar em fazer um mestrado por aqui.
    Gosto da área clínica e venho me especializando em Terapia Cognitivo Comportamental…

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.