EUA – Estudando roteiro em Los Angeles

0
215
Advertisement

Eu sempre adorei escrever e assistir a filmes e seriados de tv, mas pra ser honesta nunca pensei que um dia eu acabaria estudando roteiro em Los Angeles, justamente a cidade que abriga Hollywood! Depois de trilhar esse caminho que pra mim parecia um sonho impossível me sinto quase na obrigação de contar pra todo mundo como fiz isso acontecer.

Para começo de conversa, eu nunca encontrava nas agências de intercâmbio o que eu queria. Os cursos de cinema ou eram muito curtos ou eram muito caros e eu sempre tinha a impressão de que eles eram mais pra “turista ver” do que pra profissionais com uma certa bagagem elevarem seus conhecimentos ou mudarem o foco de suas carreiras.

Resolvi pesquisar por conta própria em sessões intermináveis no Google. Queria algo que fosse profissionalizante, durasse mais ou menos um ano e fosse possível de pagar. Depois de passar quase dois meses lendo sobre o assunto e me frustrando muito com as opções que eu encontrava, acabei me deparando com a UCLA Extension.

Ligada à uma das maiores universidades do mundo, ela oferece cursos de extensão ideais pra quem quer mais prática do que teoria. Foram tantas as razões para escolhê-la que até fiz uma lista:

1. A UCLA Extension fornece visto de estudante F1 (a NYU e a Emerson College oferecem um Certificate bem parecido, mas não dão o visto)

2. Não tem prova pra entrar. Eles apenas pedem diploma da faculdade, extrato bancário provando que você tem condições de pagar o curso e pontuação no TOEFL.

3. Você é considerado parte da comunidade UCLA​, não apenas alguém de fora que faz algumas aulas noturnas. Isso inclui acesso à toda parte recreacional (6 piscinas, academia, aulas de ginástica, marina na praia etc), descontos de estudante nos transportes, cinemas e lojas de computador.

4. Você pode trabalhar por meio período dentro do campus​. O salário dos alunos do Extension é mais alto do que os dos alunos de graduação, porém há menos oportunidades. No Catering da UCLA, onde trabalhei por 9 meses, você ganha por volta de $16/hora.

5. Ao final do Certificado você pode tirar o OPT, uma permissão pra trabalhar por um ano na área que você estudou. Para quem não sabe, visto de trabalho é algo super difícil de conseguir nos EUA, então essa chance de trabalhar legalmente é um grande diferencial.

6. E claro, o preço. Bom, é complicado dizer apenas que é barato ou caro, afinal, tudo depende do seu ponto de vista. Mas posso dizer por experiência própria que o preço do Certificate de Screenwriting pelo menos não é muito diferente de uma pós-graduação numa faculdade privada em São Paulo. Sem contar que você pode trabalhar no campus enquanto estuda e pode morar na Co-op, um dormitório pra estudantes que tem um preço bem camarada.

Mas o motivo mais importante foi o programa do curso que eu achei incrível! Como fiz faculdade de Audiovisual, roteiro não era uma coisa totalmente nova pra mim. No entanto, tudo que eu tinha aprendido eram noções muito básicas. Mesmo nos cursos livres de roteiro no Brasil, é difícil encontrar um conteúdo mais aprofundado.

Isso é uma coisa maravilhosa do curso na UCLA Extension. Além das aulas em que desenvolvemos roteiro de longa metragem ou de televisão, tem também aulas específicas pra diferentes elementos da escrita como criação de personagem, diálogo, estrutura, gêneros…

O formato das aulas nos incentiva a ter mais confiança e menos apego ao ego! Isso porque na maioria das aulas a mecânica era trazer algumas páginas novas do roteiro em que estávamos trabalhando e ler junto com a classe toda, designando personagens pros outros alunos lerem. Imagina você mostrar seu trabalho para um bando de desconhecidos, numa língua que não é a sua, e ficar aberto à todo tipo de crítica, opinião e olhar torto?

Acho que grande parte do aprendizado foi por causa dessa pressão. Você sabe que não pode trazer qualquer tarefa mal feita para a sala de aula porque todo mundo vai ver. Tem ​também aquela ​motivação pessoal de finalmente estar aprendendo aquilo que sempre quis aprender. ​Mas no final das contas, os alunos e professores são muito compreensivos e parecem até admirar essa nossa coragem de escrever numa língua que não dominamos completamente.

O fato da universidade ficar em Los Angeles também é interessante, já que a cidade respira cinema e tv. É fácil encontrar pessoas fascinadas pelo assunto, seja por trabalho ou por paixão mesmo. Tem sessões gratuitas de pré-estreias em todo lugar, com direito a ver os atores de pertinho atravessando o tapete vermelho.

Diversos estúdios oferecem tours onde você pode ver como é o trabalho nos bastidores. Também da pra ir na plateia da gravação de sitcoms e programas de variedades, como o The Voice ou o Jimmy Kimmel Live. Tem ainda livrarias e bibliotecas especializadas no assunto. Enfim, pra qualquer pretenso roteirista, é uma maneira de respirar o assunto 24 horas por dia!

Agora que já terminei o curso, fiz dois estágios em produtoras muito bacanas e estou aqui ainda, no período de OPT, posso dizer sem titubear que valeu a pena!

Se você quiser ler sobre a UCLA Extension, clique aqui.

Se você quiser saber mais, leia sobre o curso de Screenwriting aqui.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui