Inglaterra – Os mercados natalinos

0
181
Mercado de Natal em Bristol - Foto de arquivo pessoal
Advertisement

O Natal está chegando, com ele os mercados natalinos. As decorações natalinas não nos deixam esquecer desta época do ano que é tão linda, iluminada e posso dizer que os ingleses gostam muito de Natal e de tudo que ele envolve. Os bares, pubs, restaurantes já começaram a reservar mesas e lugares para as celebrações desde setembro e quando chega dezembro, todos nos transformamos nos melhores ajudantes que Papai Noel gostaria de ter, não é mesmo?!

 As decorações das casas, as vitrines, as roupas com motivos natalinos, e eles têm, inclusive, um dia para competir sobre o melhor casaco natalino – o Christmas Jumper day é um evento que acontece em dezembro para angariar fundos para ajudar crianças – Save de Children, que este ano ocorreu no dia 16 de Dezembro.

Existem muitos tópicos que nos remetem ao Natal no hemisfério norte, mas hoje falarei sobre os German Christmas Markets, em português, os “mercados natalinos de influência germânica”que acontecem em algumas cidades do Reino Unido, como Londres, Birmingham, Glasgow, Manchester, Oxford, Bristol, etc… e segue uma lista dos mercados natalinos pelo Reino Unido para quem tiver interesse, pois são bem fáceis de achar e maravilhosos de visitar. Existem mercados natalinos com diversas influências, como os italianos, mas os mais marcantes pela parte inglesa do Reino são os alemães, e cada cidade marca a característica de uma lugar da Alemanha, como o mercado de Birmingham, que tem características de Frankfurt. Claro, eu imagino que os da própria Alemanha devam ter uma estrutura colossal e de deixar qualquer um de queixo caído, mas quando não se tem cão, se caça com gato, não é? E o Natal na Inglaterra não deixa nada a desejar.

O Natal pela ilha é daqueles saídos de filme, com cenário medieval, colorido e uma igreja na praça com suas mais diversas barraquinhas. Os mercados começam, normalmente, quatro domingos antes do Natal (o “advento) e podem terminar no dia 24 de Dezembro ou 6 de Janeiro, dependendo do país; contabilizam uma média de seis semanas de evento.

No ano de 2014, tivemos a oportunidade de ir aos Christmas Markets em Bristol e Manchester. No ano de 2015, visitamos o de Birmingham, que é bem perto da cidade onde moramos, e o de York. Os Christmas Markets sempre foram muito famosos por essa área – inclusive, na época da rainha Victoria – e, como eu já disse, podem ser temáticos de países como França, Itália ou Alemanha. As feiras alemãs são as mais famosas pelo reino e atraem tanto moradores quanto turistas para vivenciar essa tradição natalina e adquirir os presentes feitos pelos artesãos locais, que são disponíveis em abundância por toda a praça, além de poder comprar decoração para a casa.

Ano passado, escrevi sobre o evento natalino com inspiração na época vitoriana, que acontece aqui na região em que resido, passe no post (clique aqui) para relembrar um pouco do lindo Natal em Warwick e da festa que realizam para ligar as luzes da cidade. E se tiver curiosidades sobre o Natal, clique aqui no texto da Ann, nossa editora.

Diferente do Natal sul-americano, o daqui é bem frio, alguns anos neva, outros, não, mas ele é repleto de muitas camadas de roupas. Mas, se você acha que isto impede que a festa aconteça, está muito enganado, pois a maior diversão acontece e a céu aberto, aproveitando tudo que uma noite de fria de inverno pode vir a nos proporcionar. Estes mercados são atrações que esperamos por alguns meses, têm de tudo, desde bebidas quentinhas a shows para alegrar nossos corações em noites geladas; tem roda gigante para a diversão de adultos e crianças, tem barracas de alvenaria com decoração da estação, e as tradicionais salsichas alemãs, sem esquecer dos conhaques e as diversas marcas de cerveja.

Vale lembrar que estamos falando dos mercados natalinos que acontecem por todo o país, e que a capital tem suas versões, além do Winter Wonderland que é uma super feira de Natal que tem lugar apenas na capital, para a qual existe venda de ingressos para algumas atrações, sendo uma proposta diferente dos German Christmas Markets.

Os mercados de Natal estão sempre cheios em qualquer hora do dia, com pessoas fazendo suas compras de Natal e/ou decoração para casa, algo que levam bastante a sério na região, e as cores e animação não deixam você não se envolver. Teve um ano que sentamos em uma das estações apenas para comer algo e, quando vimos, ficamos algumas horas no local, foram algumas cervejas, bom papo e músicas temáticas para entreter, cantar e dançar, se quiser. O inglês é um povo com estereótipo de sério, não posso dizer que são os mais sorridentes do mundo – mas não são dos piores – e nestes momentos de celebração, a alegria (e o álcool) toma conta destes corpos e é possível ver e viver toda esta felicidade que é proporcionada por esta época do ano, afinal, o natal é época de renovar esperanças, não é mesmo?

O funcionamento do mercado é diário, sendo assim, todo dia é dia de celebrar o Natal. As lojas abarrotadas de clientes com suas compras dão espaço para os mesmos se divertirem, descansarem e apreciarem um happy hour em um banco no meio deste mercado tão especial, uma cerveja, uma bratwurst (em português, este é um tipo de salsisha alemã) e, por que não, uma musiquinha natalina, afinal, Santa Claus is coming to town (Papai Noel está chegando, né?).

E boas festas para todos! Ho ho ho!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui