Curiosidades sobre o Natal na Inglaterra

1
144
Advertisement

Aqui na Inglaterra temos vários costumes para essa data tão simbólica, apesar dos ingleses não serem religiosos, apenas as minorias lotam as igrejas nessa época do ano, o Natal não passa despercebido, não não, há muito acontecendo.

Seguem algumas curiosidades sobre o Natal na Inglaterra:

1. Véspera de Natal – É muito comum os pubs estarem cheios. Sim, a data rima, mesmo que não, com beber no pub. Pense assim, celebrar sempre rs. Ah, algumas famílias vão à missa também.

2. Christmas crackers – São usados na hora da refeição, e é diversão pura. Cruzamos os braços e seguramos uma ponta, a outra pessoa faz o mesmo, em uma ciranda, todos juntos. Puxamos e bum…Depois de estourados, (eles tem uma polvorazinha dentro), abrimos (cada pessoa abre o seu) e dentro vem uma piada, sempre tão sem graça ou sem noção, que acaba sendo impossível não rir, uma coroa de papel, obrigatório em todas as cabeças presentes e um brinquedinho bem baratinho e simbólico.

3. Peru – Ele faz parte da maioria das mesas natalinas, acompanhado de couve de Bruxelas, cenouras, batatas ao forno e muito molho. Claro, que em cidades cosmopolitas como Londres, as mesas são variadas, de acordo com a cultura de cada família. Aqui em casa, começamos a refeição com carpa (peixe), tradição polonesa, passamos para o bacalhau e geralmente as sobremesas são uma mistura de opções brasileiras e inglesas.

4. Christmas Pudding – O pudim de Natal conhecido e apreciado pelos ingleses, é um bolo extremamente rico, com vários frutos secos, embebidos em licor, cozido. Tradicionalmente, que hoje em dia se vê pouco, leva–se meses para prepará-lo, mas claro, com a vida atual que levamos, é possível comprá-lo em qualquer supermercado. Eu particularmente não gosto, acho muito pesado.

5. Cheese & Crackers – Uma opção de sobremesa por aqui, essa eu adoro, é comer queijo com bolacha salgada. Vários tipos de queijos são servidos, incluindo sempre o delicioso e irresistível queijo inglês Stilton, do estilo Roquefort, Cheddar ( inglês) e alguns outros. Acompanhados de uvas e servidos com um bom vinho do Porto ou licor apropriado para sobremesas, não há maneira melhor de terminar uma refeição.

Cheese

6. Boxing Day – O dia a seguir ao Natal, dia 26 de dezembro também é feriado por aqui e mais importante do que o dia 24, a Véspera. É quando começam as liquidações de inverno, muito conhecidas pelos ótimos preços e reduções. Algumas lojas abrem as portas às 5h da manhã e a fila a essa hora, com um frio de rachar, já está de virar a esquina. Muitas pessoas compram roupa apenas nessa época do ano, portanto, chegar cedo para ter mais chance de encontrar o que se gosta e procura, é crucial.

7. Caminhar no dia de Natal –  Depois de uma rica refeição, mesmo com frio, que dependendo do ano, pode ser rigoroso, é hábito sair para dar uma caminhada, tomar um ar fresco e também para fazer digestão e se preparar para mais uma rodada de delícias e gulodices.

8. Discurso da Rainha na tv – Todos os Natais, a rainha Elizabeth vai ao ar dar um discurso sobre o ano que finaliza. Quem estiver assistindo tv não tem como não presenciar. Na verdade é mais uma tradição do estilo decorativa do que outra coisa.

9. Londres em Stand by – Dia 25 de dezembro é o único dia no ano que Londres dá uma respirada. Os transportes públicos param completamente. Não há metrô, nem ônibus e andar de carro pela cidade chega a ser surreal, sem os típicos red buses (ônibus vermelhos).

10. Carol Singing- É muito comum andar pelo centro da cidade nesta época do ano e passar por grupos de pessoas cantando músicas natalinas, a maioria angaria fundos,  doados pelas pessoas passando pelo local, para alguma instituição de caridade.

11.Nativity Plays (Presépios) – Nas escolas, todos os anos, os pequeninos geralmente na Reception class, (uma éspecie de ano zero na escola, quando as crianças de 4 anos começam a ser alfabetizadas), fazem a apresentação do nascimento do menino Jesus, para os pais e familiares. É sempre uma emoção ver os nossos se apresentando, que para muitos pode ser a primeira vez no palco.

1 COMMENT

  1. Esse negocio de nada funcionar no UK no dia 25 eh uma experiencia surreal pra quem vem do Brasil. E eh uma visao da cidade completamente diferente, adoro. Lembro do ano passado eu sair pedalando de Finsbury Park ate o Regent’s Park pelas faixas de onibus totalmente vazias, por Camden totalmente vazio, foi uma sensacao estranha e deliciosa ao mesmo tempo!
    E ai chegamos no parque onde estava um monte de gente aproveitando justamente a caminhada pos-almoco 🙂

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui