Noruega – Turismo: dicas de passeio em Oslo

0
386
Advertisement

Oslo é a maior cidade da Noruega, com cerca de 500 mil habitantes. A cidade encanta por cada detalhe. Muita arte, cultura e ciência, totalmente fascinante. No entanto, ao escolher visitá-la, você terá que saber qual é a estação de sua preferência, pelo simples fato de que a Noruega vivencia, muito bem, cada uma delas.

Se é inverno, o frio é congelante. Se é outono, a vista é maravilhosa, com as folhas caídas pelo chão e um friozinho considerado “bom”. Se é verão, as roupas são mais fresquinhas, podendo-se alcançar 28 graus, com direito ao famoso ”sol da meia-noite”. Isso porque, durante o verão, só escurece à meia-noite, porém, às 3 ou 4 horas da manhã já está claro de novo! Sinistro. Assim, escolha uma época e vamos lá! Para isso, listarei alguns pontos turísticos que você deve conhecer quando chegar na Terra dos Vikings.

Holmenkollen

É o ponto turístico mais famoso da cidade. Situado no topo de Oslo, o lugar oferece uma vista linda da capital. Aconselho ir quando o tempo estiver favorável, porque já aconteceu de chegar lá e só conseguir ver neblina. No Holmenkollen, ocorrem várias competições de esqui, um dos esportes mais populares da Noruega. Uma das atracões é a famosa rampa de saltos, construída para as Olimpíadas de inverno de 1992, com 120m de comprimento e 60m de altura. Caso queira subir para ter uma noção da altura enfrentada pelos atletas, é cobrada uma taxa. A área oferece restaurantes, pistas de esqui, aluguel de equipamentos, um museu sobre o esporte e um simulador. Por ficar isolado e distante, o metrô é a opção mais fácil para os turistas.

Palácio Real

Vir a Oslo e não conhecer o famoso Castelo é brincadeira, não é?

O Palácio se encontra no final de uma rua movimentada, chamada Karl Johans Gate, servindo como residência oficial da família real norueguesa. Foi construído no século XIX, cercado por lagos e jardins, além de um parque no estilo romântico. Nos arredores, há estátuas de reis e rainhas já mortos. Ao norte, fica a guarita de madeira, construída em estilo suíço. É legal a visita, pois você pode acompanhar a troca de guardas, em frente ao Palácio. Também é possível conhecer o seu interior, decorado sem ostentação. A visita ao interior é apenas possível durante certos meses.

The Viking Ship Museum (Vikingskipshuset)

O museu fica localizado em Bygdøy e mostra os melhores e mais preservados navios vikings do mundo. Três embarcações do século IX estão em exposição, com destaque para o Barco Oseberg, que possui quase 22m de comprimento e capacidade para 30 pessoas. O museu encontra-se aberto diariamente, porém o horário de funcionamento muda duas vezes ao ano: de maio a setembro, das 9 às 18 horas; e de outubro a abril, das 10 às 16 horas. O valor da entrada é de 60 NOK, por pessoa, equivalendo a 8€.

Aker Brygge

É um dos meus lugares preferidos, quando o tempo está bom, além de ser uma das localidades mais agradáveis de Oslo. Fica à beira d’água, com vários restaurantes, bares e discotecas; shopping center, hotéis, passeios de barco e banho de mar. Há vários festivais de música por perto, sem contar no maravilhoso restaurante situado no barco. O Aker Brygge era um antigo estaleiro que passou por um processo de revitalização, em 1982, e hoje recebe mais de 12 milhões de visitantes, por ano. A visita vale a pena porque, além do lugar ser badalado, os preços são normais, nada extravagantes. Pode ser acessado por qualquer meio de transporte, possuindo estacionamento pago e livre acesso ao caís.

Em seus arredores, fica o Nobels Fredssenter (Centro Nobel da Paz), um dos locais mais procurados pelos turistas.

Vigeland Sculpture Park (Vigelandsparken ou Frognerparken)

Localizado em Frogner, é um parque bastante movimentado. As esculturas são obras de Gustav Vigeland e o parque possui mais de 200 delas, por ele espalhadas. Em seu centro, há um monumento com 14m de altura, representando 121 figuras humanas feitas em bronze, ferro e granito. Outra escultura famosa é a Roda da Vida (Livshjulet).

O parque está aberto durante o ano todo. No verão, você encontra pessoas fazendo piquenique, tomando banho de sol ou, até mesmo, estudantes ensaiando animação de torcida. A sua temática é o ciclo da vida e a relação íntima entre o homem e a mulher.

Turismo em Oslo

Oslo’s Opera House (Norske Opera & Ballett)

É um lugar sofisticado e prazeroso, com arquitetura moderna e espelhada, representando a ”Parede da Onda”. Localizada em frente ao Fiorde de Oslo, tem vistas panorâmicas  sensacionais. A ópera foi projetada pela empresa de arquitetura Norueguesa Snøhetta e recebeu vários prêmios de prestígio. Ela oferece um programa rico, com três etapas: A Casa Principal (1369 lugares), a Segunda Casa (400 lugares) e o Estúdio (200 lugares). Caso precise de um guia, eles estão disponíveis em norueguês e inglês.

Museu do Navio Polar Fram (Frammuseet)

Localizado na ilha de Bygdøy, onde fica exposto o navio construído em 1892, o museu, fundado em 1936, é uma homenagem aos três maiores exploradores polares da Noruega. Pode ser facilmente acessado de ônibus, partindo do centro de Oslo, ou de balsa, durante o verão, saindo do pier da prefeitura. Fica aberto todos os dias, e é cobrada taxa para a entrada.

Museu do Folclore Norueguês

Localizado ao ar livre, prefira visitá-lo em dias ensolarados. Todas as construções são originais, trazidas de diferentes regiões da Noruega. É possível entrar nas casas, encontrando figurantes que simulam por lá morar. O museu, aberto em 1984, conta a história do país ao longo das décadas, dando uma boa noção de como os Vikings viviam. O que mais me chamou a atenção foram os detalhes da Igreja Viking.

Karl Johans Gate

Para quem quer ir às compras, essa é aquela rua que reúne marcas populares e caras, de H&M a Michael Kors. É a avenida principal de Oslo, começando na Estação Central e seguindo até o Palácio Real. Por ela, você encontra outros pontos turísticos como: Teatro Nacional, Parlamento, Parques, Hard Rock Caffe etc. No inverno, você pode usufruir de uma pista de patinação, como também dos enfeites e feiras durante a época do Natal.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui