Peru – Alugar ou comprar um imóvel em Lima

0
232
Lima - Foto: Pixabay
Advertisement

Ao chegar em um país que não é o seu, sem possuir cônjuge nativo ou amigos, faça contatos com gente local e pergunte. Tente obter todo tipo de informação de ordem burocrática e da realidade cotidiana. Isso ajuda muito!

Quando for procurar um local para viver, em Lima, é importante estar atento ao seguinte:

1. O que há em volta do edifício ou da casa que pretende comprar ou alugar porque Lima é um canteiro de obras e uma construção demora e faz muito barulho, podendo acabar com a sua paz.

2. Procure ruas tranquilas e seguras, onde não haja muito tráfego de carros, porque aqui a buzina é um item essencial e eles fazem questão de usar a cada milésimo de segundo.

3. O Peru é um país sísmico, então o apartamento ou a casa precisa ter cumprido com as normas de segurança na construção.

4. Em Lima, a umidade é altíssima e existem bairros mais afetados do que outros. Por isso, muitas vezes, tudo enferruja, causa mofo, degradando mais rápido não só as estruturas da casa, mas também a mobília, além das suas roupas e sapatos. É necessário um desumidificador.

5. Os valores de aluguel, de compra de casa e carro estão todos cotados em dólar e são pagos em dólar, em quase todos os casos. E os valores de aluguel aqui são bem altos, principalmente nos bairros nobres.

Os documentos para quem pretende alugar uma casa ou apartamento são estes:

  • Comprovante de renda expedido pela empresa onde trabalha. Além disso, ela também terá que se responsabilizar por sua fiança e, mesmo tendo fiador, é necessário realizar um depósito na quantia de duas ou três vezes o valor do aluguel. Então se prepare para pagar no primeiro mês, de uma só vez, o valor de até quatro aluguéis.
  • O documento expedido pelo Peru, para estrangeiros residentes, chama-se carnet de extranjería. Se não possui ainda este documento, você poderá ir à imigração e pagar por um carimbo, em seu passaporte, da gerência de registro imigratório, que permite, por um curto prazo, assinar contratos com fé pública. Ir à imigração é um teste psicológico forte para saber se realmente está apto a morar aqui.
  • Comprovante de residência; sim, eles pedem isso, mesmo em se tratando de estrangeiro recém-chegado ao país. Neste caso, poderá ser o da empresa em que trabalha.
  • Para ligar luz e água é uma novela que precisa da ajuda do dono, senão fica impossível. Evite a dor de cabeça e já peça essa tarefa árdua para o responsável.
  • Também precisará da ajuda do dono, como um apadrinhamento, para contratar serviço de telefone e internet porque, caso não tenha como comprovar renda recebida no país, nos três últimos meses, é impossível fazer qualquer contrato com as prestadoras desse tipo de serviço.
  • O contrato será firmado em notaria (o cartório daqui) e as taxas cobradas são divididas pelo locador e locatário. Não esqueça o passaporte ou carnet de extranjeria. Essa parte não é muito cara!

Preste bastante atenção no tipo de contrato que irá assinar e nas cláusulas. Se possível, peça a um amigo peruano para ajudá-lo porque ele, certamente, saberá como evitar todas as enrascadas.

Existem apartamentos totalmente mobiliados (os chamados Full) e apartamentos com linha branca, os que possuem armários e itens de cozinha. Faça inventário de tudo o que estiver no apartamento ou na casa, para depois não pagar por ítem que não existia.

Para quem deseja comprar uma casa, está autorizado ao estrangeiro possuir imóvel, mas, quando for vender a casa, terá que possuir documento de identificação nacional (DNI), ou  o carnet de extranjeria dentro do prazo de validade ou, ainda, que tenha um visto em seu passaporte. Caso não seja mais residente e não possua mais esses documentos, pode ser difícil passar por toda a burocracia, na hora da venda do seu imóvel.

Para estudantes e pessoas que não possuem trabalho, ao chegar em terras peruanas busquem por roommates. Existem várias ofertas, principalmente em grupos fechados de expatriados nas redes sociais, como no Facebook (grupos: Flat and flatmates in Lima e Expatriates in Peru). Os valores do aluguel também são cobrados em dólar e não são  baratos (entre 300,00 e 400,00 Dólares o quarto, com direito a serviços). Todavia, são práticos, bem localizados, já com tudo que necessitará, também podendo ajudá-lo a formar sua rede social no país.

Os melhores bairros para morar em Lima são San isidro, Miraflores, Barranco e Surco.

Um conselho: Tenha algo perto da sua casa que se identifique para ir sempre. como um café , um parque… Isso ajuda no processo de adaptação! Eu adoro um café pero da minha casa que se chama Buena Vista, vou sempre.

Boa sorte e paciência para encontrar seu lugarzinho no Peru!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui