Peru – Particularidades

5
319
Miraflores em um dia de inverno (foto: arquivo pessoal)
Advertisement

Normalmente, quando pensamos em países da América Latina, acreditamos que tudo possa ser igual ao Brasil, mas basta cruzarmos a fronteira que começamos a ver que não é bem assim.

Abaixo, apresento quatro particularidades que nem sempre aparecem quando pesquisamos sobre o Peru:

1 – Influência norte-americana

Lima é a capital do país e está totalmente ligada à cultura norte-americana, no sentido de desenvolvimento, padrões de vida, comida e produtos.

Com exceção do centro histórico da cidade, todo o resto foi projetado usando-se padrões semelhante aos americanos. Bairros como Miraflores, Surco e San Insidro, têm uma arquitetura semelhante às cidades estadunidenses, possuem praças a cada 3 ou 4 quarteirões, e as casas são cercadas por gramados,  e até mesmo algumas flores que sobrevivem ao tempo frio e úmido que faz nesses locais.

Em polos comerciais, há grandes edifícios de estrutura totalmente moderna e bastante iluminados. Há alguns lugares em Lima que me fazem lembrar Chicago.

Também vemos a influência dos Estados Unidos quando falamos em dinheiro. Em todo país, você pode fazer suas compras usando Novo Sol (moeda local) ou dólar. A maioria dos estabelecimentos registra suas compras nos dois valores.

Os eletrônicos e eletrodomésticos são inteiramente relacionados a padrões americanos. Acredito que, as pesadas cargas de impostos praticados e exigidos pelo Brasil, acabe afastando o interesse dos peruanos por nossos produtos.

Agora, uma coisa nada relacionada a cultura nenhuma, principalmente a americana, é o trânsito!! É uma loucura!!

2 – Gastronomia – a melhor da América Latina

Quem não teve uma amiga que já te disse assim: “Se vai ao Peru, leve miojo?”

Muitos não sabem que, por exemplo, em setembro deste ano, foi anunciado que a melhor comida, melhor chef e restaurantes da América Latina são peruanos. Na classificação geral, o Peru se destacou conquistando o primeiro e o segundo lugares.

A comida não costuma ser cara, e temos a sorte de ter por aqui mais de quinhentos pratos típicos, cuja diversidade de preparo de alimentos com peixes, frutos do mar, milhos e batatas é imensa. A saber: no Peru, atualmente, existem mais de 3000 tipos de batatas catalogadas (mais sobre gastronomia aqui e aqui).

O prato mais conhecido é o ceviche, que possui algumas variações, podendo ser ele puro (somente com peixe) ou misto (com frutos do mar). Um fato curioso é que os peruanos não o comem à noite por acreditarem que os melhores peixes são servidos durante o dia.

Outros pratos também muito conhecidos são: lomo saltado, leche de tigre, leche de pantera, chincarónes, ají de galinha e chanco al palo (é porco assado em grelhas fincadas no chão).

3 – Patrimônios históricos

Quando pensamos em Peru, logo nos lembramos  de uma das 7 maravilhas do mundo: Matchu Picchu.

Enquanto o Brasil possui 13 Patrimônios da Humanidade assim classificados pela UNESCO, atualmente o Peru conta com 11,  que são, em sua maioria, relacionados à cultura Inca.

São eles: a cidade de Cusco, Santuário Histórico de Machu Picchu, Sítio Arqueológico Chavín, Parque Nacional Huascarán, Zona Arqueológica Chan Chan, Parque Nacional Manú, Centro Histórico de Lima, Parque Nacional Río Abiseo, linhas geográficas de Nazca e Pampas de Jumana, Centro Histórico de Arequipa e cidade Sagrada de Caral-Supe.

Para muitos destes locais, ainda não se tem ainda uma resposta precisa acerca de como se desenvolveram suas construções.  Não se sabe como foi possível o corte, preciso e reto, de grandes pedras e seu empilhamento sem utilização de cimento ou algo similar. Tampouco sabe-se como se formaram os desenhos encontrados em Nazca. Para muitos, as respostas a essas formações encontram-se na possível existência e/ou visitas de extraterrestres, segundo acreditam muitos peruanos.

Pesquise mais sobre estes patrimônios e torne sua viagem ao Peru mais atrativa e cultural.

4 – Clima
Se você quer calor, venha ao Peru! Se você quer frio, venha ao Peru!

Escrever sobre clima não é uma tarefa fácil, devido à grande variedade de micro climas encontrados no país.

Em cidades próximas a Lima, as estações do ano seguem definidas como no Brasil. Porém, quanto mais nos distanciamos da capital, mais as temperaturas parecem não se alterar, não importando em que época do ano estejamos.

O país é banhado pelo Oceano Pacífico. Em sua costa, a parte sul do país possui águas mais geladas que a parte norte. Entretanto, em algumas praias mais ao sul, faz calor durante o inverno. Outra área onde também faz calor o ano todo é na região desértica do Peru, assim como na sua região amazônica.

Importante saber que, por conta do deserto, nessa área há – por óbvio – baixa umidade do ar e altas sensações térmicas, contrastando com as temperaturas e sensações das regiões costeiras, que são mais amenas.

Ao longo da Cordilheira dos Andes o clima é totalmente diferente. É onde se encontra a montanha mais alta do país (Nevado Huascaran). Nos Andes, o frio e o vento são intensos, pois a altitude é de aproximadamente  5.000 metros. Em alguns pontos onde se encontra neve, a cadeia de montanhas é chamada de Cordilheira Branca) e, nos pontos onde não há neve, temos a Cordilheira Negra.

Ter em mente onde irá visitar antes de chegar ao Peru é importante, principalmente no momento de fazer a mala! Mas caso não saiba, sempre tenha uma muda de roupa para o frio e para calor, só assim poderá curtir o passeio sem  grandes surpresas.

Espero ter contribuído para despertar 0 desejo em você de conhecer mais de perto as particularidades do Peru!

Esperamos você aqui….

5 Comentários

  1. Lindo post!!!
    Estou com viagem marcada para o Peru em janeiro, ficarei em Piura por 6 semanas realizando trabalho voluntário com crianças, mas vou estender por até 3 meses e conhecer as cidades vizinhas e até o litoral do Equador 😀
    Seus posts fazem a diferença, porque pouco se fala do Peru e quando fala é apenas Machu Picchu. Mas vai muito além disso, quero provar tudo que eu tenho direito, que é diferente do Brasil, só acho que não vou conseguir comer o Cuy hahahah Não dá
    Mas os peruanos tem muita bagagem cultural, culinária, história, povo receptivos, .. que é desconhecido para o mundo,
    Parabéns!!! Continue apresentando as particularidades do Peru!
    beijos :*

  2. Olá Maria Isabel, tudo bem? Adorei seu texto e me trouxe informações bem realistas sobre o Perú. Talvez nos mudemos para Lima no final do ano e preciso ter noção dos valores dos alugueis em bairros como: San Isidro, Surco, San Borja, La Molina e Miraflores. Sabe me indicar alguma imobiliária em Lima ou site de imovéis que tenham imóveis de qualidade para alugar? Outro desafio também será escolher a escola para as crianças, então, estou bem preocupada em receber indicações de quem está vivendo aí sobre as melhores opções de escolas internacionais (qualidade de ensino x educação mais humana x custo). Se puder comentar sobre essas minhas buscas ou me indicar alguém com quem possa trocar email agradeço.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui