Quatro motivos para morar em Alberta, no Canadá

15
6831
Advertisement

O Canadá é o segundo maior país do mundo; perdendo apenas para a Rússia, ele possui uma área de 9.976.139 quilômetros quadrados. A maioria dos canadenses (80%) vive em cidades. De acordo com as estimativas de 2002, 34% da população vive nas três maiores cidades: Toronto, Montreal e Vancouver, localizaras nas províncias de Ontario, Quebec e British Columbia, respectivamente. Por esse motivo, as outras províncias Canadenses acabam ficando um pouco esquecidas.

Eu moro em Edmonton, capital da província de Alberta, há quase 10 meses e adoro não só a cidade, mas a província como um todo. E essa opinião não é só minha. Em 2014, a pequena cidade de St. Albert, com apenas 64 mil habitantes, foi considerada a melhor cidade do Canadá para se viver  e, em 2015, a mesma cidade foi considerada a melhor cidade canadense para se criar filhos.

image
Região do River Valley em Edmonton, Alberta

Alberta é uma das 10 províncias do Canadá; está localizada a Oeste do país; é a quarta província canadense mais populosa, com 4,196,457 habitantes (dados de julho de 2015). Nesse post irei enumerar e explicar 4 vantagens de se morar em Alberta.

01. Impostos

Moradores de Alberta pagam os menores impostos do Canadá, graças ao programa do governo local, conhecido por Tax & Revenue Administration (TRA). Isso reflete em valores de juros mais baixos, gasolina mais barata, melhores condições para pequenos e micro empreendedores e outras economias diárias que fazem muita diferença no final do mês.

Apesar de todos os Canadenses pagarem o imposto geral, o GST (Goods and Services Tax) no valor de 5%, aplicado em todas as compras de bens e serviços, Alberta é a única província do país que não cobra imposto Provincial, o PST (Provincial Sales Tax) no valor de até 10% em cima do GST.

 

02. Emprego

O Canadá é um país maravilhoso, mas nem por isso é imune de problemas como violência, criminalidade, desemprego e até corrupção. Não tem como ser perfeito, por mais que se tente. No quesito emprego, a província de Alberta tem os melhores índices do país.

Em 2014, a taxa de pessoas empregadas só em Alberta subiu 2,2% em relação a 2013, para ter uma ideia, a província de Sakatchewan, segunda colocada no ranking, teve um aumento de apenas 1% de empregados. No mesmo ano, Alberta teve uma das menores taxas de desemprego do país, apenas 4,7%, enquanto a taxa média de todo o país foi de 6,9%. Veja todos os dados de 2014 aqui.

image

Para quem não sabe, o Canadá é um grande produtor e exportador de petróleo e as principais reservas desse combustível fóssil se encontram aqui, em Alberta. Dessa forma, a província é simplesmente essencial para o desenvolvimento econômico do país. E não é só isso, segundo pesquisas, a média salarial de Alberta é melhor do que nas outras províncias, já que em um mesmo emprego pode-se ganhar em média até $3,00 a mais por hora trabalhada.

03. Clima

Não é segredo para ninguém que o inverno Canadense é muito rigoroso ( em alguns lugares as temperaturas podem chegar até -50C) e bem longo (podendo durar até 8 meses em algumas regiões). O inverno de Alberta é muito frio e tem muita neve, mas poderia ser bem pior!

image

Mesmo que os cientistas afirmem que a teoria do wet cold e dry cold – frio seco e frio molhado – não passa de um mito, a crença popular é que o frio de Alberta é classificado como seco, o que na prática significa que é mais fácil de se esquentar ao adentrar num ambiente interno aquecido. Talvez seja porque nos lugares secos, acumulamos menos umidade nas roupas durante o inverno e, assim, nos aquecemos mais rápido.

Apesar do frio e da neve, Alberta é a província que, em média, mais recebe luz solar durante o ano. Calgary é considerada a cidade mais ensolarada do Canadá, já que recebe 2,396 horas de sol, que correspondem a 333 dias ensolarados por ano (dados de uma pesquisa comparando dados de 1981 à 2010).

Além disso, Alberta tem um céu maravilhoso e um pôr do sol fantástico quase todos os dias, e ainda é possível ver o espetáculo natural da Aurora Boreal de quase toda a província, quando os níveis de magnetismo da Terra estão altos.

image

04. Montanhas

As Montanhas Rochosas, cartão postal do Canadá, estão localizadas, em grande parte, na província de Alberta. Então, durante o inverno não faltam coisas para se fazer. Principalmente para quem gosta de esportes como snowboard e esqui, Alberta é o cenário perfeito: neve, montanhas e resorts, por aqui temos de tudo. E até para quem é mais tranquilo e nada radical, em Alberta também é possível desfrutar das famosas hot springs, que são piscinas naturais de águas termais.

image
Ponte sobre o Bow River, na região de Banff, Alberta

As montanhas e cidades turísticas do inverno, como Jasper e Banff, duas cidadezinhas super charmosas no interior da província, também são adaptadas para as outras estações do ano. Depois que a neve derrete, é possível explorar, caminhar pelas trilhas e até praticar mountain bike. Os lagos que antes eram usados para a patinação no gelo, abrigam canoas, pedalinhos e até barcos maiores. Sem falar que a região montanhosa e a vegetação de taiga e tundra, repleta de pinheiros e muitos animais selvagens de várias espécies, são um atrativo à parte.

image
Bow River aos pés das montanhas rochosas, durante o verão

15 Comentários

  1. Bom dia Elisa,
    Ano que vem estarei aí no Canadá com minha família de uma vez por todas, porém ainda estou escolhendo o lugar, essa cidade de St. Albert me cativou muito, parece ser tranquilo para crianças (tenho um de 7 e outro de 8), está na lista. Tudo vai depender da aceitação de algum college e melhorar um pouco meu nivel de inglês.Caso eu me decida por aí, vou precisar de algumas dicas suas, e por favor, permita-me solicitá-las, pois quanto mais perto chega a hora mais nervosismo dá.
    Boa sorte pra você na sua nova jornada.
    André

    • Oiii André,
      Que coisa boa vcs virem pra cá!
      St. Albert é uma cidade bem legal. Eu moro em Edmonton, que é bem perto..
      Se você quiser algumas dicas, entra no meu blog http://www.elisabrenner.com lá tem um monte de coisa, mas se tiver alguma dúvida além do que já tem lá, pode me mandar um email (preencha o formulário do blog)
      Boa sorte pra vcs tbm!
      Elisa

  2. Olá Elisa! eu e meu marido estamos querendo se mudar para st albert. gostaria de saber se você tem informações a cerca de empregos. É uma boa cidade para imigrantes conseguirem emprego.
    Obrigada!
    Stefany

  3. Oi Elisa, tudo Bem?
    Estou em contatos com alguns colleges para ir jogar basquete em Alberta
    Gostaria de saber algumas coisas pq tenho uma noiva
    Ela não fala inglês e queria que ela estudasse aí para conseguir algum trabalho
    De puder me responder por e-mail
    Te agradeço
    Um abraco Jones

  4. Olá, primeiramente parabéns pelo blog.O texto traz exatamente o que eu procurava.
    Eu e meu namorado estamos pensando em nos casar e migrar para o Canadá, e como não temos nenhum conhecido estamos reunindo todas as informações possíveis para tomar uma decisão sensata. Moramos no Rio de Janeiro e hoje estamos em busca de uma vida tranquila e um lugar onde possamos aumentar a família sem se preocupar com tamanha violência da nossa cidade atual.Eu me formei em contabilidade e quero tentar validar meu diploma, meu namorado faz adm mas é eletricista e gostaria de saber como as coisas ai funcionam tanto para ele poder trabalhar como pra eu validar meu diploma.Estamos procurando tudo para escolher a melhor província de acordo com as nossas necessidades.Você teria alguma dica a mais para este jovem casal?
    Bjos, obrigada.

    • Ola Tamires,
      Obrigada pelo comentário e pela visita.
      Eu não sei como funciona para convalidar o diploma de contabilidade aqui. Para a maioria das profissões não é possível convalidar e tem que voltar para a faculdade e estudar tudo de novo.
      Alberta é uma Província fantástica, super tranquila e segura. Dá uma olhadinha no meu blog pessoal que lá tem várias outras dicas. http://www.elisabrenner.com
      Obrigada,
      Elisa

  5. Olá ELISA muito bom seu poster ótimas informações, são sugestivas de um modo geral. Agradeço pelo seu empenho em nos trazer este conteúdo, que reforçou o meu desejo de imigrar pra ALBERTA,não conheço a província mais sobre tantas pesquisas que fiz sobre o CANADÁ Alberta sem dúvidas é minha preferida, gostaria de manter contato você e sua família fazer amigos é sempre bem vindo!! não uso skyp apenas wahtsap e facebook instagran desde já agradeço atenciosamente em meu nome e de minha família PASTOR Emax Pereira
    instagran pr_emaxpereira wahtsap 15-99137-6704 facebook pr-emax pereira Deus abençoe você e sua família!!

  6. Elisa, boa noite. Meu nome é Jéssica, sou professora de inglês. Estou procurando e pesquisando bastante a respeito do Canadá, e a província Alberta sempre foi o local que mais me chamou atenção. Tu sabes me dizer como é a área de educação, mais especificamente curso de línguas, e fotografia que possa me ajudar a conseguir um emprego? Eu estou arriscando em ir sem emprego e tentar algo pessoalmente. E passar esse tempo procurando um emprego nessas duas áreas.

    • Olá, Jéssica
      Como eu não trabalho na área, eu não sou a pessoa mais adequada para te responder; mas eu sei que tem muita escola de inglês (principalmente escolas ESL) por todo o Canadá, em Alberta, não é diferente. Sobre fotografia, eu realmente não tenho ideia.
      Quanto a procurar emprego pessoalmente, desde que você tenha um visto de trabalho, eu não acho que você teria nenhum problema.
      Obrigada pelo comentário e pela visita ao blog. Espero ter ajudado

  7. Olá Elisa,

    Parabéns pelo blog, e obrigada por compartilhar tantas informações conosco. Cada vez mais apaixonada por essa cidade.
    Será que você consegue me responder se durante o mês de Abril o tempo é muito frio? Eu queria muito conhecer a cidade toda e inclusive os lagos no Parque Banff, Lake Louise e Moraine, mas receio que ainda estejam congelados e gostaria muito de vê-los naqueles tons azuis. Você acha que vale a pena arriscar ou dificilmente eu conseguiria durante o mês de Abril pegar nesses tons?
    Obrigada e mais uma vez parabéns!

  8. Olá Elisa,

    Eu vivo no Rio de Janeiro a 43 aninhos, rsrs… e não consigo tirar da minha cabeça a ideia de ir embora da cidade que já foi maravilhosa, pois para mim já deixou de ser a muito tempo.

    Sou profissional da área de gás natural a 22 anos e também estudante do penúltimo período de engenharia de petróleo e gás profissão pela qual sou apaixonado e onde for gostaria de continuar exercendo.

    Sabe me dizer se nesse seguimento as disponibilidades de vagas são boas e por onde devo me orientar ???

    Muito obrigado e tudo de bom pra vc e sua família.

  9. Olá Elisa,

    Eu vivo no Rio de Janeiro a 43 aninhos, rsrs… e não consigo tirar da minha cabeça a ideia de ir embora da cidade que já foi maravilhosa, pois para mim já deixou de ser a muito tempo.

    Sou profissional da área de gás natural a 22 anos e também estudante do penúltimo período de engenharia de petróleo e gás, profissão pela qual sou apaixonado e onde for gostaria de continuar exercendo.

    Sabe me dizer se nesse seguimento as disponibilidades de vagas são boas e por onde devo me orientar ???

    Muito obrigado e tudo de bom pra vc e sua família.

  10. Estou chegando na fronteira Sweet Grass, montana EUA e Coutts, alberta Canada. Rodovia duplicada, acabamento modesto, mas de larga engenharia rodoviária, sonorizadores nos bordos internos dos acostamentos. Pradaria sóbria de relevo macio quase nivelado liberando vistas da vastidão agrícola e aveludada. A fronteira povoada e irmanada se divisa de longe, donde se divisa uma torre esférica, já dentro de Coutts. O Canada é católico. Meu instinto religioso como que procura na torre uma cruz. Adentro o lugar rico. A torre que divisei de longe está ao lado do cemitério, mas sorri para o mundo, talvez para dizer que a morte é paradoxalmente um momento solene e definitivo de qualquer humano. Estou na 3rd st West. Meu instinto continua inexorável, porquanto não é meu, é de um amigão que não tenho vergonha de falar: Jesus Cristo. Os Céus conversam conosco sempre de modo enigmatíssimo. Ao final da rua vejo uma outra torre…e nada de cruz, apenas uma grande suntuosa construção assim encimada. Mas os trovões silenciosos da verdade me ecoam humildes: bem ao lado da grande construção, há uma como que em ruínas mas encimada por uma cruz que eu alegre procurava!!…lá estava…lá estará para sempre ainda que não materializada…fiquem com Deus…:)

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui