Sistema de ensino na Costa Rica

0
79
Fonte: Arquivo pessoal
Advertisement

Conforme a Constituição da Costa Rica (artículos 76 a 89), a educação no país é compulsória e gratuita nas fases Pré-escolar e Educação Geral Básica, bem como o espanhol é o idioma oficial. Além de que, as escolas devem ensinar o dialeto às crianças que vivem em regiões onde há um dialeto próprio, como nas comunidades indígenas, por exemplo, onde ainda se mantém o ensino do idioma de cada comunidade.

A taxa de analfabetismo no país, segundo o Banco Centroamericano de Integración Económica (BCIE), é de 3,2% (considerando a população daqueles acima de 15 anos), o menor índice da América Central. De acordo com a UNESCO, um país é considerado livre do analfabetismo quando atinge uma cota de 5% ou menos da polução que ainda não tenha sido alfabetizada.

A estrutura do sistema de educação na Costa Rica é organizada pelo Consejo Superior de Educación (CSE), e se divide em 4 níveis: Educação Pré-escolar, Educação Geral Básica, Educação Diversificada e Ensino Superior.

Educação Pré-escolar

Formada por: Ciclo Materno Infantil e Ciclo de Transição. A idade mínima para o ingresso no Ciclo Materno Infantil é de 4 anos e 6 meses. Já para ingressar no Ciclo de Transição é de 5 anos e 6 meses. Em ambos os casos o estudante deve ter essa idade completa até 15 de fevereiro do ano letivo corrente.

As escolas podem nominar esses níveis de maneira diferente, na escola do meu filho, por exemplo, o Ciclo Materno Infantil é chamado de Kinder, e o Ciclo de Transição é Preparatória. Preparatória, como o nome sugere, é uma preparação para o ingresso no primeiro ano do ensino fundamental, ou seja, é uma maneira de fazer uma transição suave da educação mais lúdica para a educação menos lúdica. Na Preparatória eles já aprendem a ler e escrever, além de ter mais tarefas que são enviadas à casa.

Aqui estamos falando daquelas crianças que já estão em idade obrigatória de ir à escola. Já as creches são conhecidas como guarderias, e recebem crianças desde os 4 meses (a licença maternidade na Costa Rica é de 4 meses). As guarderias não são gratuitas, e os que precisam fazer uso delas devem arcar com os custos da mesma que não são muito baratos.

No tocante escola particular, o pessoal daqui costuma dizer que escola particular que não é bilíngue, não é boa. Nas escolas bilíngues, as aulas do Pré-escolar são ministradas todas em inglês, assim como as atividades de casa também são em inglês. Meu filho, que estuda em uma escola bilíngue, precisou aprender os dois idiomas, espanhol e inglês, de uma vez.

Educação Geral Básica

Divide-se em Primeiro, Segundo e Terceiro ciclo. E estes ainda se dividem em:
• Primeiro Ciclo: 1°, 2° e 3° ano de escolarização
• Segundo Ciclo: 4°, 5° e 6° ano de escolarização
• Terceiro Ciclo: 7°, 8° e 9° ano de escolarização

Nesses ciclos os estudantes têm aulas de espanhol (gramática), estudos sociais, geografia, história, educação física, dentre outras do currículo base. As escolas podem agregar disciplinas, mas não podem dispor menos do que diz o currículo. Nas escolas particulares algumas matérias, como matemática, são ministradas em inglês.

Educação Diversificada

Divide-se em Rama Académica, Técnica e Artística. A educação diversificada é uma continuação do nosso ensino fundamental (10°, 11° e 12° anos de escolarização).

A partir do 10° eles têm aulas de química, física e a diversificação é por conta de cada escola – na escola do meu filho eles têm aulas de português, robótica e tecnologia.

A partir do 12° temos o Bachillerato Internacional, um programa educativo que pode ser oferecido em inglês, espanhol e francês, e é uma porta de entrada para grandes universidades – aqui tem relatos de estudantes que foram aceitos em algumas das principais universidades dos USA como Harvard, Princeton, Yale e Stanford.

Ensino Superior

Divide-se em Parauniversitaria e Universitaria. A Parauniversitaria, com cursos de 2 ou 3 anos, destina-se aos alunos que vêm da educação diversificada. Equivalente aos nossos cursos técnicos, é um nível intermediário entre a educação diversificada e o ensino superior universitário, e oferece diploma de nível diplomado. Uma lista das instituições que oferecem esses cursos pode ser vista aqui.

Os cursos universitários são os mesmos que conhecemos no Brasil, e os alunos se formam em licenciatura, engenharia, medicina e bacharelado. A Costa Rica possui em torno de 50 universidades privadas. Já as universidades estatais são 4:

UCR – Universidad de Costa Rica
ITCR – Instituto Tecnológico de Costa Rica
UNA – Universidad Nacional de Costa Rica
UNED – Universidad Estatal a Distancia

As disciplinas são por créditos. Cada crédito tem um valor em colones e o aluno paga o valor de créditos por colones, isso faz com que a pessoa estude de acordo com o que possa pagar. Todas as faculdades são pagas, mesmo as estatais. E os cursos de pós-graduação para estrangeiros são permitidos desde que seja validado o diploma de graduação, mas isto é papo para outro texto.

As bolsas de estudos são chamadas de beca. Cada universidade tem seus requisitos para conceder ou não as becas que são, na maioria das vezes, destinadas a estudantes com recursos financeiros limitados, àqueles que se destacam por sua excelência acadêmica ou ainda àqueles que estudam determinadas áreas de interesse institucional.

O calendário na Costa Rica é parecido com o brasileiro, começa em fevereiro e vai até o comecinho de dezembro, salvo as escolas americanas que seguem o calendário americano, iniciando em setembro.

Na empresa onde trabalho praticamente todo mundo é no mínimo bilíngue, com o inglês que foi aprendido na escola. Eu conversei com colegas de trabalho que estudaram em escolas públicas e os relatos são diversos, na opinião deles, tem as escolas que são excelentes e tem as escolas que não são tão boas assim. Conheço pessoas que estudaram em escolas públicas e, por elas não serem tão boas assim no quesito inglês, acabaram estudando o idioma por conta própria.

As escolas particulares têm um ranking anual, o de 2017 você pode consultar no EKA (não encontrei algo semelhante para as escolas públicas). As mensalidades têm preços bem variados e, portanto, é bom consultar o que a escola oferece e o que irá ser pago.

E vale informar que aos estrangeiros as escolas aplicam uma prova para avaliar e nivelar o aluno.

Leia mais sobre o aluguel na Costa Rica!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui