Vistos para morar nos Estados Unidos

Lista com diferentes tipos de vistos e green card

2
690
Foto: pixabay.com
Advertisement

Conseguir um visto para morar nos Estados Unidos legalmente ainda é o sonho de várias pessoas, apesar do País estar passando uma fase instável devido ao atual presidente. Muitos brasileiros tem vontade de tentar uma vida melhor na terra do famoso “Tio Sam” e nessas horas, informação é tudo.

O BPM dispõe de vários textos sobre vistos, dê uma olhada para descobrir qual melhor se encaixa na sua realidade.

Segue a lista de vistos para morar nos Estados Unidos:

Visto de noiva K-1

“Um visto de noiva(o) ou visto K1 é o visto para noivo(a) de cidadão americano, para que possa viajar para os Estados Unidos com a finalidade de se casar e morar no país. Os vistos K2 são para filhos menores de 21 anos. Vistos de noivo(a) são diferentes dos outros vistos de não-imigrantes, como os vistos de turista ou negócios. Embora os solicitantes de vistos de não-imigrantes precisem comprovar fortes vínculos com o Brasil e a intenção de
regressar após uma visita temporária aos Estados Unidos, a lei de imigração dos Estados Unidos assume que os solicitantes de visto de noivo(a) têm a intenção de imigrar.”

Green Card após o casamento

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, casar com um cidadão americano não garante automaticamente o GC. Existe uma série de documentos, exames médicos e entrevistas que serão feitas até o governo decidir se irá te conceder o GC ou não, e isso varia de caso para caso.

Como renovar o Green Card depois de 2 anos de casamento

O primeiro passo é preencher a Petição para Remoção de Residência Condicional (Petition to Remove the Conditions of Residence, em inglês), também chamada de formulário I-751, que qualquer pessoa obtêm através do sítio eletrônico da imigração norte-americana, a United States Citizenship and Immigration Services (USCIS). O formulário está dividido em 11 partes, e caberá a você, peticionário, ou seja, a pessoa que quer remover o status de residente condicional, responder todas as partes que se aplicam ao seu caso. O formulário é bastante autoexplicativo para pessoas que dominam a língua inglesa, e, caso esse não seja o seu caso, a USCIS permite que um tradutor e/ou um advogado de imigração preencham o I-751 para você.

Green Card através de visto de trabalho

Para o empregador solicitar o seu green card precisa provar que não há outros funcionários americanos com a mesma qualificação que a sua. Isso não é uma tarefa difícil, especialmente em áreas de informática, engenharia e ciências médicas; áreas em que um grande número de brasileiros obtêm o green card.

Visto H4

visto H4 tem o intuito de dar permissão a familiares de estrangeiros que possuem o visto de trabalho temporário, tipo “H1B”, para que estes possam morar nos EUA como dependentes do parente que vem pra cá trabalhar. No entanto, quem recebe o visto H4 não recebe autorização para exercer atividade remunerada em território norte-americano. O H4 é pura e simplesmente uma autorização de acompanhamento de dependentes.

Visto F-2

O que eu posso e não posso fazer com meu visto? É o que passa na nossa cabeça durante a mudança para os Estados Unidos. Infelizmente, muitas vezes, com tantas mudanças acontecendo concomitantemente, acabamos esquecendo de procurar entender nosso visto. Vocês, que estão acompanhando seus respectivos maridos estudantes de MBA, terão em seus passaportes o visto F-2.

Visto U – Para vítimas de violência 

O visto U é concedido somente para as pessoas que colaborarem com as investigações policiais e durante os processos legais, muitas vezes criminais. Outro ponto muito importante é que a vítima colete, tenha evidências, provas de que  sofreu ameaça de vida ou recebeu mensagens perturbadoras e/ou de perseguição. Por isto se a vítima recebeu textos ou mensagens em aplicativos com conteúdo ameaçador ou acusatório,  aconselha-se que não se deve apagar nenhuma destas mensagens. O ideal é tirar fotos se for possível, pois são provas que vão lhe ajudar no processo.

Visto J-1

O visto J-1 é para aqueles que foram aceitos para participar em programas de intercâmbio nos Estados Unidos, de acordo com a lei de imigração dos EUA. Isso quer dizer que, antes de você solicitar um visto J junto à Embaixada dos EUA no Brasil ou em um dos Consulados norte-americanos, você precisa primeiro ser aceito em uma categoria de programa de intercâmbio, através de uma organização patrocinadora cadastrada junto ao governo norte-americano. Se você for aceito como participante num programa de intercâmbio, este patrocinador vai lhe informar sobre os procedimentos e documentos necessários para solicitar o visto J-1.

Permissão temporária para morar nos EUA através de Start-ups

Para obter o IER, o indivíduo interessado deverá possuir pelo menos 10% da participação societária na start-up e mostrar que tem papel ativo na operação da mesma. Para se classificar como uma “start-up”, a empresa precisa ter sido formada dentro do período de 5 anos que precede a inscrição para o IER, deve demonstrar potencial para crescimento rápido do empreendimento nos Estados Unidos e para criação de novos postos de trabalho. O novo regulamento disponibiliza várias formas para a empresa atender a esses requisitos.

Foto: pixabay.com

Formulário I-407 – Nova ordem Executiva nos EUA

Levando em consideração os últimos acontecimentos, é bom saber que caso você seja portador de Green Card, viaje para fora dos EUA e na volta seja barrado na imigração, o oficial de imigração que lhe entrevistar não pode te coagir a preencher e assinar esse formulário. A assinatura do mesmo deve ser voluntária e, legalmente falando, ninguém pode lhe prender por você se negar a assinar tal formulário, principalmente se a pessoa for menor de idade. Caso você seja “convidado(a)” a preenche-lo e não o faça, o oficial de imigração que lhe assistiu deverá lhe entregar um “Notice to Appear” (NTA) para uma audiência e um juiz de imigração irá determinar se você perderá o seu Green Card ou não. O juiz irá avaliar se você apresenta algum tipo de risco à segurança nacional ou se cometeu algum crime, por exemplo. Você pode até perder seu Green Card, mas antes disso acontecer haverá uma avaliação.

Infopass – Para obter informação sobre o seu visto

É através dele que se torna possível marcar uma visita a um dos escritórios da United States Citizenship and Immigration Services (USCIS), caso você precise falar com um oficial da USCIS, durante o processamento do seu caso. No entanto, para conseguir um “Infopass” é preciso seguir alguns passos.

Como tirar a cidadania americana

Para se naturalizar é necessário que o candidato tenha o GREEN CARD (cartão de residente permanente); seja maior de 18 (dezoito) anos; saiba ler, escrever e falar inglês; tenha conhecimento da história dos EUA; não tenha antecedentes criminais; tenha boa conduta moral e também se encaixe em um dos quesitos listados abaixo:

    • Seja residente por cinco anos, não ter se ausentado do país por mais de 6 (seis) meses e ter ficado nos EUA pelo menos 30 (trinta) meses.
    • Esteja casado (a) com um cidadão (a) americano (a) por 3 (três) anos e não ter se ausentado do país por mais de 6 (seis) meses e ter estado nos EUA pelo menos 18 meses.
    • Tenha prestado serviço militar no mínimo um ano.
    • Tenha sido casado com um cidadão americano que morreu prestando serviço à Pátria, independente da duração do casamento.

Leia mais informações no site da Embaixada Americana em São Paulo.

Compartilhe
Texto anteriorAfinal é Holland ou The Netherlands?
Próximo textoPratos típicos da Armênia

Ann é paulista de Santos e mora na Europa desde 1990. Já morou em Lisboa onde estudou Engenharia no Instituto Superior Técnico, Dusseldorf na Alemanha e está radicada na Inglaterra desde 96. É criadora & editora chefe das plataformas colaborativas Brasileiras Pelo Mundo e Brasileirinhos Pelo Mundo/ BPM kids (em breve online). É também proprietária do site Shops For Kids, um portal listando as melhores lojas infantis pelo mundo.

2 Comentários

  1. Olá Ann Moeller!
    Sou brasileira filha de americano, registrada legalmente! Nunca tive o interesse de ir embora do Brasil, entretanto, tudo mudou agora após o falecimento do meu pai, perdi minha mãe e meus irmãos já não moram mais aqui, estão na Europa! Sou casada, tenho filhos e condições de me manter nos E.U.A! Só que fiquei sabendo que agora após o falecimento do meu pai, só conseguiria este visto entrando com o processo na Côrte. Você sabe me falar se procede e se tenho chance de alcançar o merito? Uma vez, por se tratar de um processo oneroso!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui