Vou casar com um francês, e agora?

6
2266
Advertisement

Eu sempre fui romântica e sempre imaginei como seria o dia do meu casamento: flores, champanhe, família, amigos e muito amor ao redor disso tudo! Acontece que acabei não me casando e me mudei solteira para a França por causa do meu trabalho.

Mas a vida nos prega peças, encontrei minha cara metade do outro lado do oceano, me apaixonei e fui morar junto com meu namorado francês. Pois é, não podemos dizer que nunca faremos tal coisa pois um dia você acaba fazendo. Eu sempre dizia: “Eu??? Morar junto com alguém antes de casar ? NUNCA!”. E esse meu nunca acabou se tornando realidade. Mas contrariamente ao que eu pensava, eu adorei “morar junto com meu namorado” e recomendo!

Tudo estava indo muito bem: eu e meu namorado no nosso próprio canto: nossas regras, sonhos e desafios!! Até que um dia comum, ele vira pra mim e do nada me pergunta: “Cherie, quer casar comigo?”. E esse dia comum passou a ser um dia super especial!

Até que uns dias depois do pedido “caiu a ficha”: “Vou casar com um francês, e agora!?!?” Agora preciso arrumar toda a minha documentação pra casar aqui na França! Preciso descobrir como são os casamentos e como as noivas se vestem. Definir a festa, convite, convidados e quais são os costumes franceses diante de um casamento. Não porque eu quero fazer igual mas sim porque eu quero saber como fazer para que seja um dia lindo e especial!

Sendo assim, no texto de hoje vou explicar pra vocês qual é o procedimento para se casar aqui na França e como fazer para reconhecer o seu casamento no Brasil ! Tudo isso em “apenas” 6 etapas!

1) Ir na “Mairie” da sua cidade para se informar sobre o procedimento.

A “Mairie” ou “Hotel de Ville” é a prefeitura da cidade, e é lá que acontecem os casamentos civis na França. Nesse dia eles vão perguntar a nacionalidade de cada um dos noivos, e vão explicar em detalhes o procedimento para o casamento e quais documentos são necessários.

Em grandes linhas, é tudo muito simples: a) preparar a documentação dos noivos, b) escolher os padrinhos, c) 2ª reunião na Mairie, e d) casar!

2) Preparação dos documentos.

No meu caso, eu sou brasileira e meu namorado francês. Sendo assim, a documentação necessária para cada um é:

1) Para o noivo: 

Certidão de nascimento e comprovante de residência.

2) Para a noiva, a lista é um pouquinho maior:

2.1) Certidão de nascimento original com data de validade inferior a 6 meses!

Para a certidão de nascimento, você possui 2 escolhas: pedir pra alguém do Brasil ir no cartório solicitar uma cópia e depois te enviar pelos correios. Ou utilizar o site do cartório e fazer a solicitação e pagamento on-line! Eles enviam a documentação para o mundo inteiro.

2.2) Tradução da certidão de nascimento por um tradutor juramentado.

Encontrar um tradutor juramentado na sua cidade e solicitar a tradução! Você encontra a lista de tradutores juramentados na mairie da sua cidade.

2.3) Certificado de costume

O certificado de costume para casamento é um documento que apresenta o resumo da legislação brasileira aplicável a casamentos realizados na França. Para solicitar, você pode ir pessoalmente no consulado ou solicitar através de uma carta pelos correios.

Eu solicitei pelos correios e demorou 30 dias. Todo o procedimento para solicitar esse certificado está disponível no site do consulado brasileiro, clique aqui para acessar.

2.4) Certificado de celibato

Esse é o certificado de que você é solteira. Da mesma forma que o certificado de costume, você pode ir pessoalmente no consulado ou solicitar através de uma carta pelos correios.

Eu também solicitei esse certificado pelos correios e demorou aproximadamente 30 dias. Todo o procedimento para solicitar o certificado de celibato está disponível no site do consulado brasileiro, clique aqui para acessar.

2.5) Cópia autenticada do passaporte

2.6) Cópia autenticada do titre de sejour (um documento de identidade para estrangeiros) válido

Para autenticar as cópias da sua documentação, você deve ir no que chamamos de “Notaire” que é o mesmo que os cartórios no Brasil.

E finalmente:

2.7) Cópia do comprovante de residência na França.

Pois é, se você é estrangeiro e quer se casar na França, você deve morar aqui. Se o seu futuro marido for francês e vocês morarem em outro país, vocês precisarão de explicar o porque de quererem casar por aqui.

3) Escolha dos padrinhos

Para o casamento do civil, cada um dos noivos devem possuir no mínimo 1 e no máximo 2 padrinhos que devem estar presentes no dia da cerimônia com a carteira de identidade.

Uma cópia da identidade de cada um dos padrinhos deve ser entregue na Mairie.

4) Reunião na Mairie com a documentação

Depois de estar de posse de todos os documentos listados acima, vocês devem marcar uma reunião na Mairie de onde vocês vão se casar. Essa reunião é chamada de “Depot de dossier” e o casal deve comparecer junto. Durante a reunião, eles analisam toda a documentação, te entregam alguns papéis para assinar, te perguntam se o casal vai querer fazer um contrato de casamento, e se vai querer trocar alianças.

Se toda a documentação estiver OK, eles perguntam: vocês querem casar quando? Você escolhe a data e hora que quiser, dentro do período de funcionamento da Mairie.

Se tiver algum problema com a documentação, será necessário corrigir e marcar uma nova reunião para um novo “Depôt de dossier”!

5) O casamento!

Depois de efetuar os 4 passos acima, é só esperar o GRANDE dia e comparecer na Mairie 15 minutos antes da hora marcada e pronto: enfim casados!

6) Reconhecer o seu casamento no Brasil

Para reconhecer o seu casamento realizado na França no Brasil, é necessário ter a seguinte documentação: 1) cópia integral da certidão de casamento francesa expedida há menos de 6 meses, 2) cópia da certidão de nascimento dos noivos expedida há menos de 6 meses e 3) original ou cópia da identidade dos noivos.

Depois de ter a documentação em mãos, será necessário marcar uma reunião no consulado para entregar a documentação e solicitar o certificado. Para mais informações, deixo aqui o link do consulado.

Alguma dúvida ? Deixe seu comentário por aqui!

Até mês que vem!

Compartilhe
Texto anteriorNoruega – Turismo
Próximo textoCuriosidades sobre a Croácia

Marcella é engenheira e carioca. Descendente de italianos e apaixonada por Minas Gerais. Adora sol, praia, viajar, cozinhar para os amigos e é muito ligada a sua família. Em 2014 foi transferida pela empresa para a cidade Clermont-Ferrand na França. Acabou se apaixonando e decidindo ficar por lá. É fundadora da empresa Adoro Brasil onde o objetivo é divulgar a cultura brasileira pela França e pelo mundo. Apesar de longe ainda se sente presente na vida de todos no Brasil. Obrigada tecnologia!

6 Comentários

  1. Gostei, para quem tiver intenção de casar na França, basta acompanhar o roteiro apresentado pela autora, Marcella, não tem erro, muito bem explicado, bastando apenas, arranjar o parceiro/a e boa sorte.

    • Marcia, eu não tinha. Casei com visto de turista e depois tive que voltar ao Brasil para pedir o titre de séjour. A papelada foi feita por aqui pelo meu namorado, na época e passamos a entrevista separados. Ele aqui e eu no consulado da França.

  2. Marcelle, também estou noiva de um francês e só estou em dúvida quanto ao depois do casamento. Existe cidadania na França ou só tenho os mesmos direitos que ele pelo processo de Naturalização .
    ? Aguardo sua resposta

    • A naturalização e cidadania é a mesma coisa e só pode ser pedida após 4 anos de casamento e de residência na França. Com o casamento você terá obtitre de sejour que te dará quase todos os mesmos direitos que um francês. Mas não poderá votar. Ser funcionária publica, trabalhar em outro país da europa, por exemplo.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui