BrasileirasPeloMundo.com
Austrália

10 curiosidades sobre a Austrália

Está ficando cada dia mais popular ter familiares, amigos ou conhecidos que mudaram para a terra dos cangurus. Ainda assim, a Austrália continua sendo um grande mistério para a maioria dos brasileiros, que só descobrem umas verdades depois de virem pra cá! Segue a lista de 10 curiosidades que as pessoas não sabem sobre a Straya (apelido carinhoso tipicamente australiano):

1 – Não é tão fácil assim encontrar os símbolos da Austrália: ver um canguru ou um coala faz parte, basicamente, de um passeio programado ao zoológico, parque ou wildlife (que são parques privativos em que os animais vivem soltos). Eles não estão saltitando por aí ou dormindo em qualquer árvore na esquina perto da sua nova casa, muito pelo contrário. Tenho amigos que foram chegar perto de canguru mais de 1 ano depois de se mudarem. Em Sydney, o famoso Morissete Park recentemente proibiu a entrada de visitantes devido ao grande número de cangurus que adoeceram após a ingestão de comidas indevidas. 

Leia também: Principais desafios para se recolocar profissionalmente na Austrália

2 – É difícil encontrar australianos na Austrália: costumo dizer que encontrar um australiano é tão (ou mais) difícil quanto encontrar um canguru! Brincadeiras à parte, lembro de ter levado um susto quando conheci a CBD (centro) de Melbourne logo que cheguei: asiáticos, indianos, europeus e latinos por todos os lados! É bem comum ver letreiros de lojas e restaurantes em outras línguas (chinês, coreano, tailandês, vietnamita…) e muitas vezes sem nenhuma tradução para o inglês. Acostume-se.

3 – Aussies são muito gentis e simpáticos, mas não muito amigáveis: em quase 2 anos e meio de Austrália, posso contar nos dedos de uma mão quantos amigos eu tenho que nasceram aqui e, absolutamente todos, são filhos de imigrantes. É extremamente difícil conquistar a amizade dos australianos e passar a fazer parte de um grupo ”deles” (infelizmente). E já conversei com muuuuuitos amigos de outras nacionalidades, a impressão é exatamente a mesma. A exceção acontece quando você se envolve sentimentalmente com um australiano(a), daí tudo muda de figura. Apesar disso, sentir-se descriminada ou isolada não é muito comum pois estamos falando de um país totalmente multicultural.

4 – Tem praias pra todos os lados, mas… também tem neve! Minha primeira vez na neve foi aqui na Austrália, no estado de Victoria. Durante o inverno faz frio, muuuuuito frio no sul do país, com temperaturas negativas, inclusive! Turistas são pegos de calças curtas (não poderia perder a piada!) em pleno inverno em Sydney, quando as temperaturas não passam dos 15 graus e os ventos agravam ainda mais a sensação de frio. Vale dar uma conferida no clima antes de aproveitar as promoções de passagens na baixa temporada!

5 – Adivinhem qual a comida mais pedida na Austrália? Sinto desapontar mas a Bloomin’ Onion, a Ribs on the Barbie e o inconfundível pãozinho australiano do restaurante Outback Steakhouse não estão na lista dos pratos típicos daqui – aliás, o restaurante sequer é australiano de verdade! Fish and chips (o famoso peixe frito com batata frita) é o campeão nacional de pedidos! Outro vício: colocar abacate em absolutamente TU-DO (um cliente já me pediu macarrão com abacate!!!!).

6 – Shampoo roxinho Aussie e bronzeador Australian Gold: outras duas lendas urbanas produzidas pelos gringos! E não, você não vai encontrar por aqui. Por falar nisso, as mulheres aussies são as “loucas do bronze” e adoram ficar laranjas com fake tan (vai entender)!

Leia também: O que levar na mudança para a Austrália

7 – É possível encontrar cobras, aranhas venenosas e tubarões em Melbourne/Sydney, mas ninguém liga muito. Um belo dia a seguinte placa foi colocada na porta do elevador da minha escola de inglês: “não desça no segundo andar, cobra venenosa”. SIM! Uma cobra foi encontrada dentro da pia da cozinha, que fica em pleno centro de Melbourne! Uma das aranhas mais venenosas do mundo, a red back, é facilmente encontrada em obras e jardins. Placas e avisos sobre tubarão também são comuns em Sydney. A relação dos australianos com esses animais, no entanto, é de respeito, eles raramente matam um quando encontram.

8 – Austrália – sinônimo de surfistas, praias ensolaradas, festas, cerveja e muita diversão! Epa, epa, epa… não é bem assim! Primeira regra: não é permitido o consumo de álcool em locais públicos como praças e praias (não disse que não acontece, apenas que é ilegal). Festas normalmente terminam bem cedo para os padrões brasileiros e são poucos os lugares que ficam abertos depois das 3h da manhã. A falta de camada de ozônio por aqui é um grande problema e campanhas de conscientização para o uso de proteção solar estão espalhadas em todas as mídias. Por falar em praia, esqueça aquela ideia de água quentinha e cristalina, ao menos se vier pra New South Wales ou Victoria, pois o mar está quase sempre frio ou gelado.

9 – Água potável é fornecida gratuitamente em qualquer café, restaurante, pub ou balada. A famosa tap water, ou água da torneira, é tratada e potável, sendo servida para todos os clientes, sem que precisem pedir ou pagar por isso.    

10 – Os australianos não amam os cangurus. Infelizmente a relação deles com esses peludos está mais próxima ao ódio. Os “roos” são considerados pragas no interior do país pois, além de causarem muitos acidentes fatais nas estradas, eles literalmente destroem plantações e fazendas, comendo tudo o que veem pela frente. Outro motivo é justamente o fato de serem questionados o-tempo-todo sobre cangurus, por ser o animal símbolo da Austrália. Fazer o quê?!

E daí, como estão os teus conhecimentos sobre a Austrália? Já sabia de tudo isso ou descobriu quando chegou aqui? Alguma curiosidade que eu esqueci de comentar? Espero que tenha gostado!

Cheers mate!

Related posts

Onde morar em Sydney

Luciana Rodrigues

Melbourne, Sydney ou Perth?

Aline Arruda

Férias no Brasil após um ano fora

Lívia Campos

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação