BrasileirasPeloMundo.com
Nova Zelândia

Tudo sobre roadtrips em família na Nova Zelândia

Tudo sobre roadtrips em família na Nova Zelândia.

Você já se imaginou juntando a família e saindo em uma viagem de carro pelas estradas fantásticas da Nova Zelândia? Bem, Roadtrips são atividades em família bem populares nas terras dos Kiwis. Neste exato momento, milhares de famílias estão planejando suas roadtrips para o próximo verão, e garantindo histórias e experiências memoráveis em família.

E antes que alguém me pergunte se roadtrips são recomendadas para todas as idades? – Sim! Durante a nossa, encontramos desde viajantes solitários, casais, famílias cheias de crianças, casais idosos, e afirmamos sem medo de errar que há roteiros interessantes para todas as idades e gostos. Muita gente deve estar se perguntando: como assim? Isso é seguro? Qual a estrutura que os neozelandeses disponibilizam para esse tipo de viagem? Onde dormir no fim do dia? O que fazer durante a viagem? Como se alimentar? Dentre outras dezenas de dúvidas que vão chegar em forma de comentários no final desse post. Mas vamos tratar o assunto com calma, vou tentar contar todos os detalhes com base nas minhas experiências em roadtrips nesse post, e se for necessário, podemos nos aprofundar estendendo o assunto para um segundo post. De antemão já posso afirmar que a Nova Zelândia é extremamente preparada para esse tipo de aventura. Pessoas do mundo todo viajam para o país para ter essa experiência em família. Por isso, vou começar tratando do assunto ponto a ponto, com informações importantes para quem tem curiosidade de saber como se preparar para esse tipo de viagem.

Transporte: Claro, a comodidade de uma roadtrip vai depender de quanto você pretende investir. Você pode usar o seu carro  (dormir no carro ou montar sua barraca de camping, como pode ver na foto abaixo), pode comprar ou alugar um carro adaptado (existem vários à venda, esses são usados principalmente pelos backpackers), ou alugar uma copervan (esses apesar de serem pequenas, são confortáveis e possuem toda estrutura com camas, fogão, geladeira e etc) ou um fantástico motorhome (esse é praticamente uma casa móvel, com banheiro e tudo, como se pode ver na primeira e última foto desse post).

Banheiros Públicos: A terra dos Kiwis é repleta de banheiros públicos. Nos lugares mais remotos é possível encontrá-los. Existem até aplicativos de celular que mostram onde fica o toilette mais próximo. Ou seja, a segurança do seu xixi gratuito, está garantida, caso opte por um transporte que não tenha um banheiro próprio.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Nova Zelândia

Roadtrip3
Eu e nossa tenda de camping em nossa primeira roadtrip na Nova Zelândia. Fonte: Arquivos Pessoais

Campings: A Nova Zelândia também oferece uma variedade enorme de lugares seguros e estruturados para estacionar ou seu motorhome, carro, ou montar a sua barraca. Só para ficar claro que estacionar não será um problema, são milhares de opções em todo país. Veja o mapa disponibilizado pelo departamento de conservação que mostra todas as possibilidades, clicando aqui . Mas o mais legal de tudo: você vai encontrar vários lugares gratuitos, esses geralmente possuem apenas os espaços para estacionar, mas não vão faltar campings com banheiros, espaço para cozinhar, onde você paga uma taxa simbólica, que é especificada na entrada do camping, e pode desfrutar das facilidades oferecidas. Mas se preferir uma comodidade maior, opte pelos Holidays Parks, esses possuem toda estrutura com banheiros, internet, salas de tv, cozinhas equipadas, lavanderias. É como se fosse um hotel sem quartos, nesse estilo cobra-se um pouco mais, mas nada exorbitante.

Alimentação: Esse é um dos pontos importantes e que merecem uma atenção maior, pois estocar comida é essencial, raramente você vai encontrar um lugar para comer nos campings, ou seja, na maioria das vezes a única opção é cozinhar, ou dirigir até a cidade mais próxima em busca de um restaurante. Isso pode ser caro e frustrante, levando em consideração que na Nova Zelândia tudo fecha muito cedo. O ideal é planejar um cardápio objetivo, como macarronada, sanduíches e assumir a aventura de cozinhar na estrada.

O que fazer além de dirigir?: Isso não será um problema, principalmente se você gosta de aventura. O ideal é definir um roteiro diário, e priorizar, pois, principalmente na Ilha Sul, existem milhares de placas informando atividades, paradas para mirantes e coisas interessantes. Tudo muito bem sinalizado, referindo distâncias e detalhes. Mas minha dica mais valiosa é: procure os Centros de Informações, chamados de I-SITE. Cada cidade tem o seu. Nesses lugares encontramos mapas locais, panfletos, podemos reservar passeios e atividades, solicitar informações, resumindo: é uma agência de turismo com serviço gratuito. Nesses locais também é possível encontrar suvenirs locais, além de muitos outros viajantes na mesma situação que você. Uma ótima oportunidade para se fazer amizade com uma família nativa, ou até mesmo reservar uma atividade em conjunto.

Como foram nossas RoadTrips?

Paradas para refeições. Photo By Juliana Richter
Paradas para refeições. Photo By Juliana Richter

Já fizemos duas roadtrips de longa duração na Nova Zelândia: a primeira, fizemos de carro, sozinhos. Jogamos tudo no nosso carrinho velho e, no fim do dia, montávamos nossa barraca e dormíamos. E a segunda, foi uma roadtrip em família, com os meus sogros, e foi um pouco mais sofisticada, pois alugamos um motorhome daqueles completos. Para quem não sabe do que se trata, motorhome é esse carro-casa da foto: tem camas, cozinha, eletrodomésticos e banheiro. As estradas Neozelandesas são repletas desse tipo de carro, além de divertido, é economicamente viável para grupos maiores em relação a economia de hospedagens. No fim das contas cada roadtrip uma teve sua vantagem, e ambas deixaram o gostinho de quero mais. Fizemos 70% do Litoral Neozelandês, e se juntarmos tudo, foram um total de quase 2 meses e meio morando num carro. Claro, foi exagerado, pois a viagem acaba cansando bastante. Hoje recomendaria, para uma família, algo de no máximo 2 semanas.

Eu não tenho filhos, mas recentemente ajudei no planejamento de uma roadtrip para um casal de amigos que tem crianças, e a viagem foi um sucesso. É uma perspectiva interessante para os pequenos, mas o segredo não está em simplesmente alugar um motorhome e sair sem rumo. Para adultos, isso pode parecer legal e relaxante, mas se a viagem conta com a presença de crianças, o seu roteiro deverá ser super bem planejado. O desafio é manter a emoção e sentimento de admiração pela viagem, com paradas estratégicas, senso informativo a respeito das paradas, e criação de higthlights diários, para que sua roadtrip não se torne uma viagem baseada em longos trechos dirigindo.  Existem muitos detalhes positivos e negativos que eu gostaria de acrescentar a esse post, mas, em um balanço geral, os pontos positivos se sobressaem!

Bem, se você ainda não fez sua roadtrip, espero que esse texto tenha lhe motivado de alguma forma. E, e se você já viveu essa aventura, não deixe de nos contar suas experiências nos comentários. E, se quiser saber mais sobre a Nova Zelândia, acesse nossos outros posts.

Related posts

Por que há tanta tristeza em países felizes?

Vanessa Coelho Trajano

Dicas para escolher uma escola de inglês na Nova Zelândia

Natália Souza

Imigrantes, quem somos nós?

Vanessa Coelho Trajano

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação