Especial Natal – Hungria

14
358
Advertisement

A Hungria segue as tradições cristãs. Isso significa que o Natal é basicamente o que conhecemos, com algumas pequenas diferenças. Aqui nós arrumamos toda a casa no mês de dezembro, mas a árvore só se monta no dia 24. Existe um bom motivo para isso, mas vamos por partes.

No mês todo, costumamos fazer uma contagem regressiva, principalmente se tem criança na casa. Para isso, existem calendários especiais, com lugar para cada dia encontrarmos uma surpresa. O meu é feito de pano, como saquinhos, em formas natalinas. Ali, cada dia que passa, os anjinhos trazem uma surpresa para as crianças boazinhas da casa (tem que ser bonzinho, não só por causa do Papai Noel, mas pra ganhar guloseimas dos anjinhos também). Normalmente, nos saquinhos, encontram-se bombons, amendoim, amêndoa e qualquer outra coisa gostosa, sempre intercalada, para ser surpresa. As crianças já acordam animadíssimas para ver a surpresa do dia e contar quanto falta para o Natal.

Adoro fazer o calendário do Advento! Ainda como contagem, costuma-se ter no centro da mesa, um enfeite com 4 velas, uma para cada domingo antes do natal e a última, para a véspera. É muito gostoso acender cada uma delas, dá um clima lindo, natalino, na casa. Essa cerimônia é feita em alguns lugares da cidade também, normalmente fazem uma comemoração na praça da minha cidade. O último foi com show de laser e tudo. Um motivo gostoso para caminhar com as crianças
até o centro, mesmo estando frio. Se estiver caindo uns floquinhos de neve, melhor ainda!

Outra coisa interessante é que o Papai Noel não aparece no dia de Natal. Isso mesmo, ele não é o responsável pelos presentes aqui. Mas como é conhecido no mundo inteiro, foi incluído nas festas de maneira diferente. Ele aparece no dia 6 de dezembro, trazendo um tipo de bombom que é específico para o Natal: szaloncukor. Esse bombom é recheado com gelatina, tradicionalmente, mas hoje em dia já é possível encontrar de muitos sabores. O Papai Noel também pode trazer um pequeno presentinho, normalmente um brinquedinho mais simples, não “O” Presente de Natal.

christmas-993304_640

Mas então quem traz o presente de Natal? E a árvore? O presente e a árvore, são trazidos pelo menino Jesus! Por isso não montamos antes! Na véspera do Natal, colocamos a árvore na sala, sem enfeites. Normalmente as crianças vão passear por aí com o pai, enquanto eu termino os quitutes da ceia e quando elas voltam… tan tan tan tan… Ela está montada, com todos os presentes embaixo, como mágica… Tudo feito enquanto a mamãe tomava banho! Adoro a carinha deles olhando a árvore mágica!

Mas como eu faço com a história do Brasil que o Papai Noel é quem traz presentes? E os filmes? Bom, eu dei uma misturada nas lendas… Tudo acontece como eu descrevi, mas não quis deixar de fora o presente do Papai Noel lá fora no dia de Natal.

Quando eu era criança, meus pais e tios (nosso Natal reunia a família toda) colocavam os presentes num saco vermelho, lá fora e saíam correndo pela estrada do sítio (comemorávamos sempre no sítio da minha avó) com um sininho badalando, como se o Papai Noel estivesse indo embora. Era maravilhoso! Por isso faço algo parecido com meus filhos. Os presentes pedidos para o Papai Noel, coloco num saco vermelho e quando eles não estão vendo, um de nós sai com um sino, faz barulho lá fora e quando saímos, lá está o saco.

Nosso Natal tem menino Jesus, tem Papai Noel e tem muita, muita fantasia. Sempre foi minha data preferida e tento passar toda essa magia para meus filhos. Eles acreditam e se maravilham com cada milagre dessa noite. Com isso, espero passar a eles, um dia, todo amor que eu senti quando soube toda a verdade sobre o natal. Minha família fez milagres acontecerem na minha infância e, deram-me todo amor e a certeza da possibilidade de viver o “impossível”.

Dou uma sementinha de sonho para eles hoje, para que um dia eles corram atrás de suas próprias fantasias.

 

14 Comentários

  1. Que lindo, Carol! A maneira como você planta as sementinhas do sonho pros seus filhos é mágica! A gente tem que manter a magia, é isso que faz a gente vivo. As tradições húngaras parecem um pouco com as dinamarquesas. Estou adorando esses textos de Natal de todas! Bjs

    • Sim Cristiane, parece que o natal na europa é bem cheio de sentimentos, né? Não que no Brasil não seja, mas tem todo aquele clima, eles são cheios de costumes super antigos do país misturado com os costumes cristãos… Deixa tudo bem rico. 🙂

    • Obrigada Georgina!
      Adoro Natal e a história toda tinha que ser bem elaborada. ahahahah Que bom que ficou tudo tão encaixadinho. 😉
      Ah, meu filho escreveu uma cartinha pro menino Jesus, pedindo o presente e mandou um abraço pro Papai Noel. hahahaha Foi tão bonitinho!

  2. Ai, Carol, adorei o texto!
    Eu sempre adorei Natal. Essa época em que tudo fica cheio de cores e de pisca-piscas com enfeites e musiquinhas. Adoro!
    Achei muito interessante o jeito como a Hungria comemora o Natal. Espero ter a oportunidade de ver isso pessoalmente um dia!
    Beijo!

  3. Que delícia curtir com os filhos essas tradições do natal. Gostaria de ter curtido mais ainda quando os meus filhinhos ainda eram pequenos… Nesse Natal meu filho vai velho não vai passar conosco… Está viajando pelo leste europeu, pra tentar minimizar um pouquinho da dor da saudade, vim conhecer um pouco do país por onde ele vai passar e acabei achando o seu blog. Ele é muito gostosinho. Parabéns querida.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui