BrasileirasPeloMundo.com
Jordânia

Jordânia – O Oásis do Oriente Médio

A pergunta que mais ouço por aqui e ainda talvez a que mais me engasgue para responder é ‘por que a Jordânia?’. Há 9 meses eu venho formulando esta resposta, talvez mais para meu próprio conhecimento do que para os outros. Pois bem, vamos do começo.

Como uma boa graduanda, no ano passado, meu último ano de faculdade, aquele sutil desespero sobre meu futuro veio à tona junto de uma ‘coceira no pé’ que eu vinha tendo desde meu último intercâmbio, em 2012. Foi então que decidi procurar por oportunidades fora do Brasil.

Beuínos em Wadi Rum

Oportunidade esta encontrada graças à AIESEC, uma ONG estudantil o qual eu fazia parte desde 2011 e que também foi responsável pelo meu intercâmbio anterior.

Confesso que a Jordânia em si foi uma escolha quase aleatória. Digo “quase” porque de fato eu procurava um bom estágio, independente de onde fosse, mas eu estava (sempre estou, diga-se de passagem) inclinada a lugares exóticos, fazendo vista grossa à vagas em países mainstream. Mas estava determinada a fazer a experiência valer a pena em qualquer lugar. Enfim, foi quando encontrei a vaga na Discover Jordan Tours, uma oportunidade que se encaixava com as minhas expectativas.

Mar Morto - O ponto mais baixo da terra

Ao contrário do que acontece com a maioria das pessoas, a ideia de morar no Oriente Médio nunca me assustou, pelo contrário. Se era o exotismo que eu procurava, parei
no lugar certo. Estava em busca de todas diferenças possíveis que uma cultura poderia me oferecer. Em busca de aprendizado.

Um oásis em meio à zona conflituosa do Oriente, é o que dizem sobre a Jordânia. Me atrevo a concordar. Eu, junto ao senso comum, devo admitir, nunca pensei que este
pequeno país que faz fronteira com Israel, Iraque, Síria e Arábia Saudita, pudesse ser tão pacífico e se manter neutro à seus barulhentos vizinhos.O impacto cultural existe para todos. Por mais aberta que seja sua mente, algumas coisas simplesmente são difíceis de entrar e os primeiros dias não foram fáceis, admito. Mas ainda assim, me senti positivamente surpresa.

As Pessoas

Sunitas e liberais, é como os jordanianos se definem. Comparado à alguns países da mesma região, a Jordânia, de fato, não é tão conservadora, mas tem as restrições morais de qualquer país com população islâmica superior a 90%. No entanto, nada opressivo.

Além de me sentir muito bem-vinda pelas pessoas as quais eu conviveria dali para frente, Amã, a capital, tem muito mais vida do que eu esperava. A Jordânia é um local de paisagens incríveis e uma diversidade muito grande de pessoas, nacionalidades, ambientes etc., o que possibilita o contato não só com a cultural árabe, mas com outras regiões do mundo, melhorando ainda mais a experiência e instigando a viver novas.

Como bons brasileiros que somos, sempre nos achamos em qualquer lugar do mundo. Aqui não podia ser diferente. Na esperança de poder encontrar alguns ‘gatos pingados’ do Brasil por aqui, encontrei uma comunidade inteira. Brasileiros e seu senso de união.

O Tesouro - Petra

A Comunidade Brasileira na Jordânia (CBJ) reúne hoje em torno de 250 pessoas vivendo em Amã, mas, segundo estimativa do Ministério das Relações Exteriores, 1.120
brasileiros vivem em solo jordaniano, ainda que não envolvidos nas atividades da CBJ.

Diferente do meu caso, o que trouxe a maioria dos brasileiros para cá foram suas raízes. Grande parte descendentes de palestinos, estes vieram com suas famílias morar no país vizinho ao seu território e hoje são cidadãos jordanianos. “Árabes abrasileirados” ainda é a melhor definição que pude ouvir de um dos membros. Ainda que os traços, os hábitos e até mesmo a religião remeta à suas origens, cada um tem uma pitada tupiniquim e o jeito único e alegre de ser dos brasileiros, e isso é o que nos une. E é isso também que me faz sentir que ainda que com “meu povo”, estou vivendo uma realidade e experiências completamente novas.

O Lugar

Da estonteante e árida paisagem desértica do Deserto de Wadi Rum aos recifes de coral do Mar Vermelho. A Jordânia, em uma área territorial semelhante (mas ainda menor) que o Estado de Santa Catarina, abriga uma variação de biomas impressionante.

Wadi Ibn Hammad - Paisagem tropical de um dos mais belos vales da Jordânia

As atrações vão desde ruínas romanas à vales e montanhas de incrível beleza natural, passando por sítios sagrados, como Monte Nebo e Rio Jordão, uma vez que a Jordânia faça parte da Terra Santa. Logo, seja você aventureiro ou peregrino, a Jordânia de alguma forma vai te agradar.

Não digo que a Jordânia é um país subvalorizado, mas sim, desconhecido. Muita gente se quer sabe onde fica. No entanto, nestes exatos nove meses que estou aqui posso
assegurar a intensidade desta aventura. Vale a pena descobrir a Jordânia.

 

Related posts

Turismo na Jordânia

Gabriela Lirio Delfino

Jordânia – Ramadã – O Mês Sagrado

Raisa Jorge

Licença maternidade pelo mundo

Ann Moeller

24 comentários

karla Fevereiro 3, 2014 at 2:58 pm

Muito legal aMEI !!!!!!!!!!! tENHO VONTADE DE IR AI ESTA TAO PERTINHO DIZEM TER UMA PAISAGEM LINDA 😉

Resposta
Raisa Fevereiro 5, 2014 at 3:33 pm

E tem mesmo, Karla. Venha e será mais que bem vinda! (:

Resposta
Carla Fevereiro 3, 2014 at 4:17 pm

Oi Raisa, que texto interessante e muito bem escrito. Ja estive em Amã, Mar Morto, Petra… e voltei na viagem que fiz lendo o seu texto. Foi exatamente tudo o que você narrou. Sou sua vizinha aqui na Arábia Saudita 🙂 Parabéns pelo texto, gostei bastante.

Resposta
Raisa Fevereiro 5, 2014 at 3:40 pm

Obrigada, Carla!

Resposta
Monica Bateman Fevereiro 3, 2014 at 4:44 pm

Ainda não conheço a Jordania mas já esta no meu bucket list! Parabéns pelo texto! Bj

Resposta
Raisa Fevereiro 5, 2014 at 3:41 pm

Obrigada, Monica!
Será muito bem vinda (:

Resposta
Ana Carina Fevereiro 5, 2014 at 10:25 am

Raissa ameeeei, o texto ,amei as fotos quero ir pra Jordania já!!
Tenho muita curiosidade e nao sei nada daí, muito legal seu ponto de vista e ainda ressaltar sobre a comunidade brasileira aí. Mas afinal, os brasileiros precisam de visto pra visitar a Jordania, quais são as recomendações, tem que tomar alguma vacina, ou coisas do tipo??
Beejos e parabéns pelo texto!

Resposta
Raisa Fevereiro 5, 2014 at 3:45 pm

Obrigada, Ana Carina!
Brasileiros precisam de visto, mas o mesmo pode ser emitido na sua chegada aqui, no aeroporto. Não precisa solicitar no Brasil. Você precisa apenas da vacina contra febre amarela, seguindo requerimento para conseguir o visto. Mas tudo isso é muito tranquilo, coisa simples e rápida.
Venha! (:
Um beijo.

Resposta
Ana Cristina Kolb Fevereiro 7, 2014 at 9:36 pm

Seja bem vinda Raisa ao BPM, me alegro desde de ja de conhecer mais sobre este pais, que voce tao bem disse, que é desconhecido.
Tive uma aluna maravilhosa da Jordania, ela foi minha aluna nas areas de gerenciamento de eventos e organização de exibições e congressos. Me lembro até hoje do projeto maravilhoso que ela apresentou com um evento de “Festival de Casamento, ela foi inclusive muito elogiada pela organisacao de turismo do pais e queria inclusive coloca-lo em pratica. Mas arranjou um super emprego nos USA e la se foi! Gostei muito do seu texto e me alegro desde de ja pelos próximos posts. Namasté 🙂

Resposta
Lola Maria Fevereiro 9, 2014 at 10:06 pm

que coisa linda. Você sabe que eu deixei de ir a Jordânia por medo. São tantas as histórias que ouvimos que acabamos não viajando. Parabéns pelo post.
Beijos

Resposta
Minha Jordânia brasileira | Infinita Rayway Fevereiro 21, 2014 at 10:12 pm

[…] mencionei aqui (claro que não me lembro), mas sei que mencionei no Brasileiras pelo Mundo, que encontrei alguns brasileiros aqui. Leia-se, centenas […]

Resposta
Fati Souza Dezembro 13, 2014 at 6:48 pm

Parabéns Raisa pelo excelente texto sobre a Jordânia!! Tenho muita vontade de conhecer este país especialmente agora que irei casar com um jordaniano!!!

Resposta
Rita Oliveira Janeiro 27, 2015 at 2:57 pm

Raisa, como esta a situacao hoje na Jordania, temos uma proposta de trabalho nesse país, a situacao é mais tranquila que nos paises vizinhos?
Rita

Resposta
marl Fevereiro 18, 2015 at 4:51 pm

parabéns Raisa……pela coragem conheci um amigo pela internet ele sempre me convidando para conhecer mais tenho muito medo…..q conselho vc me daria

Resposta
Vitória Julho 4, 2015 at 10:11 pm

Olá! Estou pensando em passar um tempo na Jordânia, mas não conheço ninguém vivendo no país e continuo em busca de mais orientações! Nós poderíamos conversar por e-mail?!

Resposta
Letícia Oliveira Janeiro 8, 2016 at 11:59 pm

Olá Raisa!!É a minha primeira vez lendo o blog e já fucei muitão (haha) e adorei saber que mora na Jordânia, tenho um grande interesse por países do oriente e um grande amor pela Jordânia, parabéns pelo texto, continue escrevendo sempre sobre sua vida ai e caso tenha mais coisas sobre publique!!Parabéns mais uma vez pelo texto e parabéns as meninas e ao blog no geral, adorando tudo!!

PS:Espero um dia poder conhecer ou até quem sabe conhecer a Jordania <3

Resposta
Leandro Medeiros Abril 21, 2016 at 12:42 am

Oi Raisa, tenho tendo sonhos frequentes com
A Jordânia, mesmo sem conhecer nada sobre esse país. Fico sonhando que estou trabalhando e vivendo com pessoas muito felizes, será Q é meu destino ir morar nesse país einh? Você tem contato de empresas que contratem brasileiros ? Beijos e boa sorte aí.

Resposta
Flávia Janeiro 15, 2018 at 2:26 am

Olá, Raisa!! Eu conheci um jordaniano pela internet e tenho vontade de conhecer a Jordânia!! Porém, li que precisa tomar vacina da febre amarela para conseguir o visto!! O problema é que eu tomei a vacina há uns anos atrás, acredito que em 2000!! O que aconteceu é que passei muito mal com essa vacina!! Sendo assim, eu preciso tomar a vacina?? O que vc acha??

Resposta
Liliane Oliveira Janeiro 15, 2018 at 3:32 pm

Olá Flávia,
A Raisa Jorge parou de colaborar conosco e, infelizmente, não temos outra colunista morando no país.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Vera Fevereiro 14, 2019 at 4:23 am

Estou morando na Jordânia mas ainda não sei onde fica a comunidade brasileira 🤔

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 14, 2019 at 11:32 pm

Olá Vera,
A Raisa Jorge parou de colaborar conosco e, infelizmente, não temos outra colunista morando no país.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Vera Fevereiro 14, 2019 at 4:26 am

Flávia se você já tomou a vacina não precisa mais tomar porque a vacina é dose única basta ter um comprovante da vacina e tirar a carteira internacional

Resposta
@alyssacoelho_ Junho 25, 2019 at 2:03 pm

Brasileiros que moram am Amã – Jordânia deixe seu Instagram ou e-mail! Estou indo para lá e quero conhecer alguém que fale português rsrsrs vejo todos os dias os comentários

Resposta
Liliane Oliveira Junho 25, 2019 at 2:20 pm

Olá Alyssa,
A Raisa Jorge parou de colaborar conosco e, infelizmente, não temos outra colunista morando no país.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação