Hungria – Adquirindo a Cidadania

27
1210
Advertisement

Há um tempo, quando me casei aqui na Hungria, perguntei na Embaixada brasileira quando eu poderia tirar a nacionalidade húngara e eles me responderam que, de acordo com a lei brasileira na época, nunca, pois no Brasil a lei dizia que uma pessoa só pode ter dupla nacionalidade em caso de ter pai, mãe ou avós de outra nacionalidade ou se tiver nascido em outro país tendo pais brasileiros (caso dos meus filhos, que tem dupla nacionalidade porque, apesar de terem nascido na Hungria, eu sou brasileira). Caso a pessoa quisesse uma outra cidadania fora desse contexto, teria que abrir mão da brasileira. Isso pra mim estava fora de questão, então não pesquisei mais sobre o assunto.

Porém, há pouco tempo, eu fui saber que essa lei mudou. Quando coloquei a notícia no face, percebi que muita gente já sabia disso, mas eu ainda não. Bom, para as menos avisadas, como eu, vai a notícia: agora é possível adquirir uma segunda cidadania através de casamento também! É inclusive possível readquirir a cidadania brasileira perdida. Como diz aqui, no site do Itamaraty.

Sendo assim, na semana passada comecei a correr atrás disso e depois de exatamente uma semana, foram entregues todos os documentos necessários para que minha cidadania húngara seja aprovada. O processo foi muito simples.

Para ter a cidadania húngara, existe, no entanto, alguns requisitos. Não é para todos que é uma coisa tão rápida e simples de se resolver. Para mim foi muito fácil, pois, estando há 12 anos no país e depois de vários tipos de vistos que tive que fazer para me manter aqui, eles praticamente tinham todos os meus papéis necessários.

Os requisitos para quem quer adquirir a nacionalidade através do casamento:

-ser casada há mais de cinco anos;

-estar vivendo no país há mais de oito anos, sem interrupção de mais de seis meses;

-falar a língua húngara fluentemente (é preciso para poder fazer o juramento ao país, na hora de receber a cidadania, pois não se pode jurar algo que não se entenda).

Ter filhos húngaros, ajuda no processo.

Tendo essas qualidades, basta:

• preencher alguns papéis;

• tirar duas fotos 3X4;

• escrever um currículo em húngaro, de próprio punho;

• ter uma tradução oficial da sua certidão de nascimento brasileira (essa pode demorar um tempinho para ser feita, mas no meu caso já havia uma arquivada entre meus documentos);

• passaporte em mãos

• levar todos os documentos húngaros (certidão de casamento, cartão de endereço e a autorização para ficar no país)

Entregar tudo e esperar.

Os papéis serão revistos na hora da entrega e serão julgados durante um período de mais ou menos seis meses.

Agora é só aguardar o dia do juramento para pegar todos os papéis húngaros prontinhos!

É possível ler sobre isso no site da Embaixada da Hungria no Brasil também, onde eles explicam outros casos de cidadania, como por descendência, que passou a ser viável há pouco tempo.

Ter uma segunda cidadania, para mim, é algo que emociona. Vivendo na Hungria há tanto tempo, vejo-me como parte do país, sinto-me em casa. A cidadania não fará grande diferença na maneira que vivo, nem mesmo foi feita para facilitar as coisas, pois minha permissão já é algo bem prático e válido por muito tempo, mas é uma conquista, um reconhecimento que recebo desse país que passei a amar tanto.

Sinto-me muito feliz com essa chance e, agora, legalmente também, levarei a Hungria comigo aonde for. Sou parte dela, tanto quanto ela é parte de mim.

 

27 Comentários

  1. Oi Carol! Super informativo o seu texto. Como alguem comentou anteriormente, as leis em relacao a vistos na Europa sao relativamente parecidas, a da cidadania nao é diferente. Na Noruega o procedimento é quase o mesmo. Dá até pra pensar que a EU tem um procedimento padrão a esse respeito! 🙂

    Abracos!

    • Olá Denise! Eu acho bem capaz que seja um tipo de padrão sim, porque desde que a Hungria entrou na União, muita regra mudou nos vistos e permissões.
      É bom que um texto vai complementando o outro e juntamos as leis da UE… hahahah
      Da pro pessoal ter uma idéia legal, né?
      Beijos!

    • Chris deve ser muito bom sim. Ainda não recebi meus papéis, mas creio que a hora da decisão é como nascer ali, sua aceitação no meio daqueles que vc já aceitou como parte de sua vida. Deve ser muito emocionante. Estou aguardando, assim que fizer toda cerimônia eu conto como foi. 😉
      Beijos!

  2. Oi Carol! Que interessante! Eu estava procurando informacao sobre a cidadania Hungara e encontrei voce de primeira, fico muito feliz que voce ja é Húngara.
    O que gostaria de saber é se voce ja fez o juramento e como foi. Beijinhos Neide.

    • Nossa Neide, só agora estou vendo que tive mais comentários!
      O meu juramento vai ser na sexta-feira, depois vou fazer um texto contando, com certeza. 🙂 Esse texto acima eu fiz quando dei entrada nos papeis, depois disso demorou um tempo para eles julgarem meu caso e só agora recebi a resposta de que poderei fazer o juramento e aí passarei a ser húngara. 🙂

  3. Oi Carol:) preciso de umas dicas Tuas, na verdade ajuda mesmo:) Minha filha è Neta de Hungaros e estamos pensando em pedir a cidadania dela, mas o problema è o idioma, existe escola e alguma forma dela fazer intercambio ahi pra aprender o idioma antes de requerer a cidadania simplificada? ela tem experiencia em intercambio:) ficou um ano na nova zelandia!
    sera que em 3 meses ela aprenderia o basico que necessita na entrevista consular :/
    eu vivo aqui na Suiça e tenho um canal no youtube:)

    abraço e se puder responda no meu e-mail
    [email protected]

    abraço e obrigado.

  4. Olá Carol, adorei o seu Blog, Parabéns, meu marido hungaro moramos na suíça , somos casados a 6 anos e temos uma filha com 3, minha filha já tem a cidadania hungara, será que posso dar entrada na minha sem morar na Hungria, tabém não falo hungaro entendo algumas coisas, pq aqui falamos alemão, vc poderia me dar alguma opinião

    • Olá Ana!
      Desculpe a demora da resposta!
      Que eu sabe, precisa saber o básico da língua húngara para fazer a cidadania, mas cada caso é um caso e acho bom você perguntar para alguma autoridade húngara (embaixada ou consulado), que vai analisar o seu caso e dizer certinho o que você precisa. Não faz muito tempo que mudaram as regras sobre a nacionalidade e ficou mais acessível, então vale a pena dar uma olhadinha sim. 😉
      Boa sorte!
      Beijinhos!

  5. Carol, hogy vagy? rs! Muito bacana teu texto e emocionante ver o quanto você é húngara, rs. Cheguei até aqui por curiosidade. Namoro um húngaro há 1 ano e no momento estou em Székesféhervar, onde ele vive com família. Sucesso pra ti !

  6. Ola Carol 🙂

    sou Brasileiro e tenho um amigo que esta morando la a 1 ano, e eu gostaria de morar la tambem mas eu nao sei por onde comecar o que devo fazer pra mim conseguir um passe de um bom tempo la ou ate um permanente eu estou aprendendo a ligua já, gostaria da sua ajuda para que eu possa comecar a entender o que devo fazer desde ja fico grato.

    • Olá Walter!
      Para você morar na Hungria, existem vários tipos de vistos(estudante, trabalho, assentamento no país por ter família lá, esse era o que eu tinha antes da cidadania, e você pode ser convidado por alguém que mora na Hungria e que se responsabiliza por sua estadia aqui), além da cidadania. Vou te passar uns links, onde você pode pesquisar melhor onde você se encaixa para tentar um visto. Tb recomendo que você converse com um dos consulados húngaros no Brasil, ou a Embaixada. Eles sempre me ajudaram a pensar na melhor alternativa para que eu pudesse morar junto do meu, então, namorado.
      Tenho vários links a disposição numa das páginas do meu blog:
      http://carolbrasilhungria.blogspot.hu/p/sos-brasilhungria-aqui-eu-deixo-alguns.html

      OS links que vc está procurando agora:

      Informações sobre visto na Hungria:

      http://www.huembwas.org/consular/2/Consular_visa_max_90_days_en.htm

      Esse blog é da embaixada hungara em Washington, não do Brasil, porém contém muita informação sobre o visto, sendo assim, dá para ter uma base sobre o assunto. Para uma informação mais detalhada sobre vistos de brasileiros na Hungria, eu recomendo entrar em contato com algum consulado húngaro no Brasil.

      Embaixadas e Consulados húngaros no Brasil:

      http://www.consulados.com.br/hungria/
      Site da Embaixada da Hungria no Brasil: http://www.mfa.gov.hu/kulkepviselet/BR/pt/
      Telefone do Escritório Consular de SP: (11) 37368162

      Espero ter ajudado. 🙂
      Boa sorte!

  7. Ola, tudo bem?

    Por uma acaso voce conhece alguem que faz busca de documentação ai na HUngria?
    Nao sei se esse blog ainda é ativo, mais caso seja me passe seu contato via email caso possa me ajudar,
    Obrigada,
    Lilian

  8. Super adorei o texto <3. muito informativo e detalhado. Parabéns por essa grande conquista!

    Gostaria de fazer uma pergunta:

    Quando vc cita no texto sobre a tradução oficial da sua certidão de nascimento brasileira , você quis dizer sobre pegar sua certidão em português que é original do Brasil e traduzi-la para a lingua hungara? O melhor é procurar por um profissional de tradução ? é fácil de achar profissionais assim?

    Agradeço se puder responder e parabéns pelos textos são ótimos! <3 bjsss

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui