BrasileirasPeloMundo.com
Empregos Pelo Mundo Inglaterra

Emprego na Inglaterra: 10 diferenças culturais no escritório

Três da tarde no trabalho, é hora de fazer um chá. E enquanto abro a geladeira para pegar o leite penso que nunca imaginei que um dia fazer chá pudesse envolver leite. Aí o pensamento vai mais longe ainda e começa a registrar as diferenças culturais que já vivenciei por aqui. A mais impactante, talvez, seja a diferença de comportamento no ambiente do trabalho.

Já falei antes sobre como encontrar emprego em Londres, e então dessa vez decidi continuar a série de posts sobre emprego e contar o que te espera quando você conseguir um. Reuni neste post algumas das diferenças que eu mais noto em relação a quando trabalhava no Brasil. Não querendo falar que algo é melhor ou pior, se é certo ou se é errado, apenas experiências e fatos da vida cotidiana que adoro compartilhar. Então, sem querer generalizar, tentei reunir na lista abaixo o que você possivelmente terá de se acostumar ao trabalhar aqui na Inglaterra:

1. Pontualidade britânica – Não precisa nem falar muito, né? Aqui 9h é sinal de 8h45, não 9h15. Chegar atrasado no Brasil pega mal, mas não tão mal como aqui, onde as pessoas geralmente chegam mais cedo no trabalho para ler e-mails e tomar café da manhã. Na cozinha do escritório sempre tem uma torradeira para o pão de forma e uma chaleira para esquentar a água e fazer chá ou café. Se você der sorte ainda vai ter comidinhas como frutas, cereais e croissants.

2. E-mails – Só eu é que acho que os ingleses não vão direto ao ponto ao pedirem/perguntarem algo? É impressionante como os e-mails deles sempre tem frases como “eu apreciaria muito se você pudesse fazer tal coisa até tal dia, me avise se for um problema”. Por um lado, acho bom. Mas, às vezes, concordo com colegas de outras nacionalidades (os franceses, principalmente) que dizem que os ingleses ficam dando voltas até chegar no assunto. É difícil saber o que eles realmente estão pensando!

3. Almoço pá-pum – Os ingleses geralmente comem um sanduíche ou algo bem leve no almoço – a refeição principal aqui é o jantar. Marmita não é tão comum, mas tem gente que leva, já que as empresas não pagam vale-refeição. Também é normal sair para comprar algo na rua e voltar para o escritório e almoçar na sua própria mesa de trabalho. Por educação, as pessoas sempre perguntam se você querem algo. Mas eles mesmo brincam que a respota certa é sempre “não”.

4. Escova de dente pra que? – Nunca vi um gringo escovar os dentes depois da refeição. Uma vez, um ex-chefe meu perguntou se eu fazia isso todos os dias. Fiquei pensando se era uma forma de ele me chamar atenção por gastar tempo escovando os dentes (lembra que os ingleses nem sempre são diretos?) ou se ele estava impressionado mesmo!

5. “Making conversation” – Ou puxando assunto. Os ingleses fazem muito isso, mas geralmente são conversas que duram segundos. Por isso, quando na segunda de manhã as pessoas perguntarem como foi o seu final de semana, resuma-se a duas ou três frases. Não é para contar a vida. Aliás, contar a vida é algo que você só faz quando fica próximo do seu colega de trabalho – o que os ingleses tem de educados, eles tem de reservados.

6. Cada um cuida do seu –  Nunca, jamais, em hipótese alguma, falamos sobre salário. A não ser que haja muita intimidade. Mesmo assim, eu jamais abordaria o assunto primeiro. Nunca conheci alguém que não achasse isso indiscreto e deselegante.

7. Tire um dia de férias quando quiser – Mas acostume-se com a ideia de não tirar um mês inteiro de férias. Você provavelmente terá 25 dias úteis de férias (em média) e pode usá-los ao longo do ano. Não é muito comum tirar todos os dias de uma vez, algumas vezes a empresa nem permite. Claro, há exceções. Já trabalhei do Brasil por duas semanas e já comprei férias também.                                          

8. Marmitas & afins – Pode confiar em deixar sua marmita/suco/sobremesa na geladeira da empresa. Mesmo que sua comida esteja com uma cara ótima, ninguém vai pegar. Falo isso porque no Brasil já passei por situações bem chatas e apesar de saber que gente sem noção tem em qualquer lugar, nunca tive problema com isso aqui.

9. Bons drinks?- Isso talvez se aplique mais para quem trabalha em empresas menos formais: cerveja no trabalho é permitido. Toda sexta-feira, fim da tarde, é só pegar na geladeira. Na verdade, nas duas agências em que trabalhei, a bebida era liberada todos os dias depois das cinco da tarde.

10. Hora extra – Somente em caso de extrema necessidade. Chega o fim do expediente as pessoas levantam e vão embora aproveitar o resto do dia. Qualidade de vida e equilíbrio entre trabalho e vida pessoal são bem respeitados.

11. Chá com leite – E, claro, para fechar com a principal diferença (e a que inspirou este post): quando você menos esperar vai estar preparando um chá com leite ao invés de um cafezinho fresco naquela pausa no meio da tarde!

E vocês, o que mais reparam de diferente no ambiente de trabalho dos países onde moram? Alguma curiosidade diferente? E o que acham dessa cultura dos escritórios ingleses? Conte para mim nos comentários!

Leia mais sobre a Inglaterra: Tudo o que você precisa saber para morar na Inglaterra!

Related posts

Apresentação

Ann Moeller

Como retomei a minha carreira na Nova Zelândia

Gabriela Nunes

Custo de vida no interior da Inglaterra

Juliana Brandão

2 comentários

Daniela Madureira Agosto 19, 2016 at 9:16 pm

Eu também moro no UK, mas na Escócia. Algumas coisas, como as férias, hora extra e o comportamento dos colegas, são iguaizinhas na minha experiência.
Mas outras coisas variam muito de empresa. Onde eu trabalho tem os aparatos (chaleira, geladeira, microondas, etc), mas a comida e bebida, incluindo seus próprios chás, cada um traz de casa. E eu vejo um equilíbrio entre quem prefere café e quem prefere chá 🙂
Marmita é suuuper comum aqui, junto com os sanduíches prontos e meal deals.

Sobre escovar os dentes depois do almoço, só no Brasil que existe esse hábito.

Abraços!

Daniela

Resposta
Nathália Braga Bannister Agosto 22, 2016 at 9:14 am

Obrigada pelo comentário, Daniela! Acho que algumas coisas variam mesmo de empresa para empresa, né? Obrigada por compartilhar um pouco da sua experiência!
Abs,
Nathália

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação