BrasileirasPeloMundo.com
Canadá Estudando Pelo Mundo

Como se matricular em um College no Canadá

Como se matricular em um College no Canadá

Cursar um curso superior no exterior é o sonho de muita gente, por aqui existem dois tipos principais de cursos superiores: University e College. O primeiro equivale a universidade no Brasil, já o segundo são instituições mais voltadas para o mercado de trabalho especializado e oferecem diplomas e certificados, como as instituições de educação profissional brasileiras.

São instituições menores, que podem ou não fazer parte de uma universidade, e que oferecem cursos de graduação.

Recentemente eu fui aceita em uma grande universidade Canadense para cursar o College na área de Legal Assistant (esse curso não existe um equivalente no Brasil, mas se assemelha bastante ao curso de Direito). Nesse post vou contar para você um pouco do trajeto desde a escolha da Universidade até o recebimento da Letter of Acceptance – Carta de Aceitação.

1. Escolha da Universidade

O Canadá possui muitas instituições de ensino, públicas e particulares. O primeiro passo é escolher uma cidade a qual você gostaria de mudar, e nessa cidade ver qual Universidade mais combina com você. Para ajudar nessa escolha, o Governo Canadense preparou uma lista com todas as Designated Learning Institution, que são todas as instituições de ensino superior que ao ser aceito, você poderá aplicar para conseguir um visto de estudante. Pelo site você poderá pesquisar por província ou territórios, se a universidade que você gostou está na lista.

2. Pesquisa no site da escola

Todos os websites das universidades canadenses são muito claros e detalham tudo que você precisa saber e fazer para preencher a sua aplicação de matricula. Nessa parte, você terá que ler bastante, e será tudo em inglês (ou francês, depende da província). Eu já tinha um inglês básico, então não foi tão difícil. O site também irá dizer sobre as datas e prazos para enviar cada documento. E isso é extremamente importante, os canadenses levam muito a sério as deadlines e dificilmente abrem qualquer exceção. Procure preencher as aplicações o mais cedo possível, porque como estudante internacional, você precisará enviar vários tipos de documentos, sem falar que as vagas são limitadas.

3. Aplicando para um curso

Aqui no Canadá, não tem vestibular como no Brasil, existe uma prova que os alunos fazem no final do High School e enviam a nota para as universidades desejadas. Como eu fiz o ensino médio no Brasil, eu não precisei fazer essa prova, apenas preenchi online os formulários necessários.

 

Como a instituição que eu escolhi fica na província de Alberta, existe um site chamado Apply Alberta  onde você só precisa preencher um formulário geral nesse site e com ele poderá aplicar para mais de uma universidade ou college na província. Claro que para isso tem uma taxa a ser paga e o valor depende de quantas aplicações você está enviando.

4. Atendendo aos pré-requisitos

Toda a comunicação com a universidade é feita por e-mail, por isso é muito importante sempre checar a sua caixa de entrada. Para ser aceito, você precisa atender a todos os pré- requisitos dentro do prazo estipulado. Os requisitos variam, dependendo do curso ou da universidade. Mas existe um que é básico, a prova de proficiência na língua. Como a língua principal do Canadá é o inglês, é preciso fazer a prova do Toefl  ou Ielts. Algumas instituições aceitam as duas.

E claro que para as duas provas existe uma nota mínima que você precisa alcançar. A universidade que eu escolhi aceita as duas provas mas além disso, para o meu curso, Legal Assistant, também foi necessário fazer um Keyboarding Test, uma prova de digitação, oferecido pela própria escola (que tem um prazo maior para ser concluído, devido ao grande número de alunos internacionais)

5. Envio de documentos

Você também terá que enviar os originais e traduções literais e juramentadas de todos os documentos exigidos pela universidade, geralmente são os diplomas e histórico escolar do ensino fundamental, médio e superior (caso você já tenha feito algum), além de cópia de passaporte e outros documentos pessoais, algumas instituições podem pedir curriculum vitae e carta de recomendação. O envio poderá ser feito por correio.

6. Rastreando a sua aplicação

Fiquem muito atentos aos e-mails porque serão por eles toda a comunicação com a Universidade. E é por lá que você receberá qualquer informação sobre documentação pendente e até sobre a decisão da universidade. E se tudo der certo você irá receber uma OFFER OF ADMISSION, uma oferta de admissão que você precisará aceitar a vaga e pagar uma taxa para isso. Bom.. ai é só comemorar, você foi aceito (a).

7. Carta de aceitação

Por fim, você irá receber a famosa Letter of Acceptance (LOA) – carta de aceitação e é com ela que você irá aplicar junto ao Governo Canadense para conseguir o seu visto de estudante.

Todo esse processo é bem demorado, então é preciso bastante planejamento e paciência. No meu caso, eu iniciei o todo o processo em outubro de 2015, a minha LOA só saiu em fevereiro de 2016 e as minhas aulas só irão começar em setembro deste ano e eu ainda estou aguardando o meu visto de estudante.

A espera é realmente desgastante mas tenho certeza que valerá muito a pena.

Related posts

Dicas para economizar nas compras no Québec

Renata Melo

Cursos em Londres

Johana Quintana

A longevidade e a falta de cuidadores no Québec

Renata Melo

13 comentários

Isadora Costa Abril 10, 2016 at 9:34 pm

Amei Elisa!! De verdade!! Agora já sei pra quem vou pedir ajuda quando eu me mudar hahaha parabéns!

Resposta
Elisa Borges Abril 14, 2016 at 2:25 pm

Oiii Isa,
Quando quiser se mudar, mesmo que não seja para o Canadá, aqui no Blog você terá muita ajuda hehehe
Fico muito feliz que tenha gostado!
Obrigada!!
Beijos

Resposta
Isabela Abril 13, 2016 at 4:09 pm

Oi Elisa ! Queria fazer uma pergunta não relacionada ao seu post, mas é pq eu sempre quis namorar um canadense, então estou mto curiosa ! Qual app de paquera vc usou ?? 🙂

Resposta
Elisa Brenner Borges Abril 20, 2016 at 4:03 pm

Oii Isabela,
Eu usei o Tinder, conhece?
Mas eu não sou casada com um canadense não! Meu noivo é brasileiro hahaha
Mas eu tenho algumas amigas que namoram canadenses e elas são muito felizes hehe
Beijos!

Resposta
Claudio Abril 27, 2016 at 8:01 pm

Olá Elisa, tudo bem? Muito esclarecedor seu post e tirou várias dúvidas minhas. Estou pensando em aplicar para um College em Alberta na área do petróleo, que é minha área aqui no Brasil e por ser também o forte da província. Sou casado e iria com minha esposa e, como o visto neste caso permite part-time jobs para mim e full-time para ela, gostaria de te perguntar como está o mercado de trabalho por aí. Vi algumas estatísticas de emprego e parece que o desemprego tem aumentado no Canadá… mas qual sua impressão como moradora? Dá pra ganhar a vida na província de Alberta? É possível bancar os custos de um casal-vida-simples mesmo no caso de eu trabalhar apenas part-time por 2 ou 3 anos? Obrigado!!!

Resposta
Elisa Brenner Borges Abril 28, 2016 at 3:03 pm

Oi Cláudio, obrigada pelo comentário! Fico feliz que o post tenha te ajudado de alguma forma!
É verdade, o Canadá está vivendo um momento de crise, o preço de petróleo está baixo e o desemprego está aumentando. Mas por ser um país de primeiro mundo, muito bem estruturado, estamos lidando bem com esse momento. Dá para ganhar a vida aqui sim, ainda existem muitas oportunidades para quem realmente quer trabalhar!
acredito que com a sua esposa trabalhando full-time e você part-time por 2 ou 3 anos é possível sim, ter uma vida confortável e sem luxo. Desde que todo o dinheiro seja usado para as necessidades da família, quero dizer que você, no caso de estudante internacional caso não tenha bolsa de estudos, precisaria ter uma reserva para pagar os custos do College (que não é barato! Na verdade é muito caro, por volta de 10 mil dólares por termo).
Espero ter ajudado, desejo toda sorte e sucesso para vocês! Abraços.

Resposta
Claudio Abril 29, 2016 at 3:55 am

Oi Elisa. Ajudou sim! Muito obrigado.

Tenho um dinheiro guardado, carro e casa para vender e a rescisão do contrato de trabalho… Mesmo assim a ideia é levar uma vida sem luxo. Algo que já não fazemos no Brasil 🙂 O que não falta é vontade de trabalhar e acredito que o suficiente pra comer e pagar as despesas básicas a gente consegue.

Obrigado mais uma vez! Estou tomando cada vez mais coragem heheh

Resposta
Elisa Brenner Borges Abril 29, 2016 at 6:51 pm

Oi Claudio!
Que bom que vocês têm reservas suficientes para o College… Que é realmente o mais caro e que acaba desanimando muita gente!
Mais uma vez boa sorte para vocês! Que tudo dê certo ????????

Resposta
Victor Maio 31, 2016 at 12:01 am

Ola Elisa, tudo bem?

Gostei bastante do teu artigo, agregou muito! 🙂
Sera que voce poderia me tirar uma duvida?
Estou aplicando para o Lethbridge College pelo site e empaquei na parte de “highest level achieved” no historic escolar do end medio. O que voce colocou?

Obrigado!

Resposta
Elisa Brenner Borges Maio 31, 2016 at 4:27 pm

Oii Victor, tudo ótimo e você?
Fico feliz que tenha gostado, obrigada pela visita ao blog e pelo comentário.
Essa parte eu também penei bastante para entender, porque as grades dele são bem diferentes da nossa.
Eles não tem da 1 à 8 série do ensino fundamental e depois do 1 ao 3 ano do ensino médio.. aqui o esquema é de acordo com a idade.
Elementary School, grades de 1 à 8 são para as crianças de 6 à 14 anos
High School, grades de 9 à 12 são para os adolescentes de 14 à 18 anos, que é o que corresponderia ao nosso ensino médio.
No meu caso, no Highest Level Achieved eu coloquei a grade 12 (que seria o 3 ano do ensino médio) e deu certo assim.

Espero ter ajudado!

Resposta
Como requerer um visto de estudante - Casei e Mudei Junho 3, 2016 at 4:52 pm

[…] atrás eu expliquei aqui no blog sobre como se matricular em um College, depois foi publicado um texto meu sobre o mesmo assunto em um blog o qual eu sou colunista, o Brasileiras Pelo mundo. Dando […]

Resposta
Nayara Sylvestre Junho 30, 2016 at 8:45 pm

Elisa! Gostei bastante de seu artigo!
Eu também sou formada em Direito aqui no Brasil, mas eu e meu namorado temos planos de nos mudar para o Canadá daqui um ano mais ou menos. Você sabe como eu poderia fazer para advogar aí? Qual curso de adaptação eu poderia fazer? Custo, universidade, etc? Qualquer informação nesse sentido, serei muito grata!

Resposta
Canadá – Dicas de planejamento para estudar – Embarque com a Pri Dezembro 3, 2016 at 11:29 pm

[…] pensa em vir estudar em um College ou Universidade no Canadá deve começar o quanto antes a fazer um planejamento para evitar futuros […]

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação