BrasileirasPeloMundo.com
Inglaterra

Hora da mudança

No post de hoje irei relatar um pouco sobre a saga da minha mudança. E olha que depois de casamento, mudança de continente, mudança de cidade, eu acredito já estar quase adquirindo meu diploma de doutorado em mudança. Brincadeiras à parte, no post anterior falamos sobre a compra de um imóvel e como isto acontece na Inglaterra, sendo assim vale salientar que a mudança ocorre no dia da entrega das chaves, que aqui é conhecido como troca de contratos (Exchange of contracts, em inglês). Neste dia todos os envolvidos na compra e venda das casas entram em seu imóvel, se assim quiserem, né.

No Brasil, após se comprar o imóvel ele precisa, em até 60 dias, ser desocupado, garantido por lei. Este processo é um pouco diferente na Inglaterra, pois no momento que você trocou o contrato tem que estar com sua malinha na porta para partir para o que te espera no futuro.

No nosso processo demos sorte, pois a data da nossa troca de contratos era depois da data combinada com o banco, logo, foi passado para o mês seguinte e com isso ganhamos mais um mês para dar aviso de saída para o proprietário do apartamento onde morávamos e com tudo isso tivemos um mês do nosso novo lar e contando com o apoio do antigo para mudar com calma.

Normalmente, as pessoas alugam vans, caminhões e afins para mudar, como qualquer ser humano normal, mas nós não. Afinal, morávamos em um apartamento que já estava montado e possuíamos poucas coisas adquiridas neste quase dois anos em que vivemos nele. Ledo engano! Eu fico impressionada como nós, seres humanos, conseguimos acumular tantas coisas em tão pouco tempo. Gente, não façam o que fizemos, foi surreal!

Tudo o que você precisa saber para morar na Inglaterra!

A nossa intenção era ir mudando cômodo por cômodo e ir já ajeitando, limpando e deixando cada lugar com cara de casa aos poucos. Só que não contávamos com o detalhe que nos escapou: as coisas que iam para a casa nova lá ficavam e começamos a ficar sem ter onde morar conforme as coisas iam partindo para seu novo lar. E assim moramos em duas casas e, ao mesmo tempo, em nenhuma por 1 mês.

Prós

  1. Não tivemos que desmontar os móveis, colocamos na mala do carro e já chegavam montados
  2. Tivemos tempo para limpar a casa antes dos móveis grandes chegarem.
  3. Compramos os móveis tentando balancear com o que já tínhamos em casa.
  4. Não tivemos que pagar um caminhão de mudança. Fizemos tudo e isso economizou uma grana.
  5. Não ficamos meses encaixotados, pois já íamos colocando as coisas no lugar conforme iam chegando.
  6. Não passei meses arrumando a casa.
  7. Tivemos tempo de medir a casa e comprar os móveis grandes.
  8. Os móveis grandes chegaram antes da mudança oficial.

Contras

  1. Chegou uma hora que tínhamos pratos e talheres nas duas casas.
  2. Os produtos de limpeza estavam nas duas casas ou tivemos que comprar mais, pois o apartamento antigo tinha que ser entregue limpo e decente.
  3. Não tivemos onde dormir no final das contas.
  4. As roupas estavam divididas em duas casas e na época que mudamos ainda não estava com o tempo firme. Era um dia com cachecol e outro de short. E tínhamos que trabalhar, né?!
  5. Chegamos a um ponto de não ter utensílios de cozinha para cozinhar e tivemos que comer fora mais vezes.
  6. As roupas foram lavadas na lavanderia, pois não dava tempo de secar e organizar as coisas com o caos da mudança (lembrem que moramos no hemisfério norte e não era verão). E isso é bem custoso no dia a dia.

Primeiros passos e onde comprar

Após nos organizarmos para a mudança e com um cantinho para ficarmos era a hora de decidir o que comprar primeiro. Acho que não preciso dizer para ninguém o que precisa ter numa casa, que acho que isso é bem pessoal, mas vou escrever algumas dicas do que fizemos primeiro e nos ajudou a ter uma cara de lar mesmo sem estar totalmente completo. Gente, existem milhões de lojas, não estou fazendo propaganda de nada, apenas o que foi nossa escolha.

Quarto

Quem não precisa de uma cama confortável e quentinha? E um bom colchão foi algo que sempre prezamos para ter uma boa noite de sono. Nossa escolha foi pela Bensons for bed. O ruim daqui é que as coisas demoram um pouco pra chegar e nossa cama levou 3 semanas para ser entregue na nossa casa.

Sala

Compramos nosso sofá na DFS, uma loja especializada em sofás. Tinham outras possibilidades, mas preferimos ir para uma loja que nos dava garantia e algo um pouco mais personalizado que lojas como a Ikea. Nada contra a Ikea, compramos bastante coisas lá, mas o preço/qualidade nos levou diretamente para a nossa loja escolhida.

Cozinha e lavanderia

Na maioria das casas a lavanderia fica na cozinha. Ainda não consegui me acostumar com isso, mas é a vida!! Existem algumas lojas que nos agraciaram com seus produtos e preços. Foram a Argos e Currys, compramos aspirador de pó, máquina de lavar roupa e secar. É fácil encontrar as mais variadas marcas e valores e ajuda bastante na busca dos recém chegados, né?

Banheiro

Gente, quase tudo do nosso banheiro é da IKEA. O paraíso das coisas fofas e com um preço acessível.

Nosso quarto de hóspedes também foi quase todo mobiliado pelas belezas da IKEA. Compramos sofá-cama e várias peças de decoração nessa loja.

Claro que uma casa nunca está completamente pronta ou, se está, queremos mudar algo, né? E estamos sempre em um processo de mudança. Espero ter ajudado a quem está se mudando com alguns nomes para começar a procurar móveis e adereços para a casa.

Feliz casa nova!

Related posts

National Trust

Maria Eduarda Johnston

Como fazer amigos na Inglaterra

Betina Vargas

Helena Oliveira, enfermeira brasileira em Londres

Ann Moeller

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação