BrasileirasPeloMundo.com
Austrália Comemorações Pelo Mundo

Australia Day: o feriado mais importante da terra dos cangurus

Logo que você chega aqui começa a reparar em como a Austrália se orgulha de ser colônia britânica. Eles chamam a Inglaterra de “Terra Mãe”. Os jornais sempre passam notícias da Inglaterra (o ano que cheguei foi o ano que pegaram o príncipe Harry em Vegas nadando nu). Eles interrompiam notícias daqui para falar do Harry o tempo todo, comemoram feriados ingleses (dia da rainha, dia do jubileu). O aniversário da rainha é importantíssimo, com várias celebrações no país inteiro.

Australia Day é considerado o dia oficial da Austrália. É celebrado todo dia 26 de janeiro e comemora o aniversário da chegada em 1788 do primeiro navio britânico na costa australiana em Port Jackson, em New South Wales, e o hasteamento da bandeira da Grã Bretanha pelo governador  Arthur Phillip. Como estudamos na escola, a colonização australiana teve início com a Austrália sendo uma prisão da Inglaterra, local para onde eram enviados os criminosos que não tinham mais esperança de reabilitação. A ideia era criar um local para plantação no qual os condenados trabalhariam. Como o solo não é produtivo e os condenados não tinham conhecimento de agricultura, foi necessário um grande esforço do incansável e persistente Arthur Phillip para fazer o projeto prosperar.

Atualmente as comemorações visam a diversidade da sociedade e as belezas naturais da nação, e a celebração é comunitária. As cerimônias de cidadania dando boa vindas aos novos imigrantes acontecem na mesma data.

O significado do ‘Australia Day’ mudou com o passar dos anos assim como o nome que já foi “dia do aniversário”, “dia da invasão” ou “dia da fundação”. Dia 26 de janeiro de 1788 marca a proclamação da soberania da Inglaterra na costa leste australiana.

Mesmo não sendo conhecido como “Australia Day” por quase 100 anos, registros da celebração em 26 de janeiro existem desde 1818. Na véspera de Ano Novo em 1901 as colônias britânicas fundaram a Federação, marcando o nascimento da história moderna na Austrália. Somente em 1935 os Estados australianos adotaram o nome “Australia Day” e somente em 1994 foi considerado feriado nacional.

É o feriado mais importante da Austrália, sendo feriado nacional e muito comemorado país afora. Se o dia 26 caiu em um final de semana ele é automaticamente transferido para a segunda-feira subsequente.

Uma curiosidade: o nome “Austrália” significa “que fica pro sul” em latim. E bota sul nisso. Não é a toa que um dos apelidos da Austrália é “Down under” (“abaixo do abaixo”).

Como é comemorado

Por ser um feriado nacional, está todo mundo de folga. Na semana anterior, as casas começam a ser decoradas com bandeiras, cangurus, luzes com as cores da bandeira, cartazes. O final de semana inteiro é de muita festa a eventos gratuitos na cidade inteira.

No dia 26, logo pela manhã acontece o “Australia Day Thong Challenge” ou Desafio do chinelo havaianas no Australia Day, patrocinado e organizado pelas Havaianas (sim, as legítimas brasileiras). Funciona assim: você entra no site e compra o ticket para participar do evento que custa esse ano AU$30. No dia, das 8 da manhã até meio-dia as pessoas vão até uma das praias mais lindas da região, Cottlesloe (e minha favorita) pegam as suas havaianas infláveis gigantes – brinde do evento – e caem na água, literalmente. O desafio é bater o recorde mundial de quantas havaianas gigantes estão na água ao mesmo tempo. No ano passado, só em Perth foram 2 mil pessoas na água.

Em Sidney o evento ocorre em Bondi Beach, em Melbourne em Torquay Beach, Mooloolaba em Queensland, e Glenelg em South Australia. O dinheiro arrecadado no evento é revertido para as comunidades de surfistas locais. Até 2014 foram arrecadados AU$334,710.

Aqui em Perth o evento é bem grande, considerado o evento favorito do verão. Esse ano eu estarei lá na água fazendo parte dessa grande festa (uhuuu).

O desafio das Havaianas (não as bailarinas, mas as legítimas)
O desafio das Havaianas (não as bailarinas, mas as legítimas)

Eu acho o máximo um evento como esse, de uma marca brasileira ser tão popular na Austrália. Imagina que delícia entrar em sites australianos e ver reportagens comentando o evento.

Quem quiser saber mais e até acompanhar o evento é o só entrar no site.

Após sair da praia, o grande evento: a queima de fogos. As pessoas começam a se dirigir para os locais do evento cedo, levam barraca, comida (porque na Austrália fazer farofa é chique). A queima de fogos acontece no meio do Swan River na parte central da cidade e pode ser visto do centro da cidade(Langley Park) ou do outro lado do rio. Meu primeiro ano aqui, em 2012, vimos do Kings Park, um parque bem no alto da cidade e vi meio que de lateral os fogos. Ano passado vi do lado sul, bem de frente.

australia day 1 (1)

australia day 1 (4)

Como as pessoas passam o dia no parque você vê de tudo. Todo mundo vestido com algo da Australia (quando não é tudo), afinal, é o dia de se comemorar ser australiano. Em Sidney e Melbourne tem até desfile com carros alegóricos temáticos e banda.

Com a pontualidade quase britânica, começam as queimas de fogos. Se você assiste de Langley Park tem uma música sincronizando os fogos. De qualquer outra parte do rio, é só ligar o rádio e terá uma estação transmitindo ao vivo as músicas para acompanhar.

A queima de fogos é maravilhosa. São quase 30 minutos de fogos, sincronizados com a música, várias formas e cores. Até fogos com formato de coalas e cangurus tem. Em grande estilo para celebrar “ser australiano”.

Related posts

Como economizar em Sidney?

Evelyn Nigri

Thingyan, o Ano Novo birmanês

Natalie Lima

5 passeios imperdíveis pelos arredores de Melbourne

Sheyne Tanaka

4 comentários

Cleo Vassiliou Janeiro 21, 2015 at 9:12 pm

Oi Aline,
Adorei seu texto. Além história claro, achei interessante o evento das havaianas (não as bailarinas, mas as legítimas)…rs… E que curioso os fogos durarem 30 minutos! Nem os americanos, que são tão patriotas, queimam fogos por tanto tempo…rs…

Beijos

Resposta
Aline Arruda Janeiro 22, 2015 at 2:06 am

Cleo, muito obrigada pelo comentário.
Semana que vem eu publico no BPM as fotos de como foi esse ano. Comprei bandeira, bandeirinhas temáticas. Vou decorar minha casa esse ano.
E quanto ao evento das havaianas, estou super ansiosa. Vou tirar fotos de nós no mar. O ano passado foram exatos 30 minutos de fogos. Lindissimo e não sei se nos EUA é assim, mas é soncronizado com a musica. E olha, fiquei orgulhosa da AUS agora hahaha. Mais fogos que americano? uhuu!!!
Beijos

Resposta
Manuel Ribeiro Fevereiro 12, 2017 at 6:14 pm

Chega a ser anedotico fazer do dia em que começou a colonizaçao inglesa o dia nacional da Australia.
Este ano tive a felicidade de assustir em Sidney as comemorações e adorei.
Deixo um apelo: mudem o dia, porque os ingleses nao merecem, a sua colonização foi uma exploração ai e em todas as que fizeram pelo planeta.
Parabens, gostei muito da Australia. Um grande país

Resposta
Aline Arruda Fevereiro 13, 2017 at 11:50 am

Ola Manuel, pois e, essa é uma data bem controversa aqui sim. Os abor;igenes chama de “dia da invasão”.
Fico feliz que tenha gostado da Austrália.
Abraços
Aline

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação