BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Ucrânia

Cinco curiosidades sobre a Ucrânia

Cinco curiosidades sobre a Ucrânia.

Ao longo dos meus quase 3 anos morando e estudando na Ucrânia, descobri algumas coisas interessantes sobre este calmo, hospitaleiro e bonito país. Foram informações sobre as quais fui tomando conhecimento nas aulas, com meus colegas e professores, nas ruas, com amigos e até desconhecidos. Afinal, ninguém melhor que um taxista, ou um feirante, por exemplo, para nos contar algo novo e surpreendente sobre um país onde somos estrangeiros. Eu me lembro bem de quando ainda estava no Brasil e pesquisava sobre a Ucrânia e não achava quase nada; vim parar aqui sem fazer ideia do que ia encontrar. Agora é muito gratificante poder escrever sobre o país e repassar esses fatos e curiosidades adiante. Convido você a ler e seguir algumas das minhas descobertas e observações.

1 – As 7 maravilhas da Ucrânia

Vou começar pelo fato que eu descobri mais recentemente, enquanto escrevia um artigo sobre a moeda ucraniana, a grívnia, ou hryvna. A cédula de 10 hryvnas contém em uma das suas faces o mosteiro Petchersk Lavra (em ucraniano, Печерська Лавра), um mosteiro cristão ortodoxo localizado em Kiev. É um dos mais antigos do país e um dos lugares santos da religião ortodoxa oriental. Em 1990 foi declarado patrimônio da humanidade pela UNESCO, junto com a catedral de Santa Sofia de Kiev. O fato é que em 2007 também foi eleito uma das 7 maravilhas da Ucrânia, escolhidas por votação pela Internet (76,889 votos) e por um levantamento de 100 estudiosos, historiadores, especialistas em cultura e em turismo.

As 7 maravilhas eleitas foram:

  1. Castelo de Kamianets-Podilski
  2. Mosteiro Petchersk Lavra, em Kiev
  3. Parque Sofiyivsky
  4. Catedral de Santa Sofia
  5. Chersoneus Taurica
  6. Fortaleza de Khotyn
  7. Khortytsia

Pretendo escrever um artigo falando mais sobre cada um desses lugares, mas se tiver curiosidade, pode escrever no Google Сім чудес України (sete maravilhas da Ucrânia); se não entender ucraniano, vai pelo menos encontrar muito mais fotos do que quando se faz a pesquisa em português.

2 – Comer na rua

Em geral, não é comum ver os ucranianos comendo na rua, com exceção de uma coisa: pão! A princípio eu ria muito desse costume. Achava muito estranho, pois via meninas super lindas e maquiadas no shopping subindo a escada rolante e comendo pão. Eu continuo achando engraçado – e não sou a única, pois já ouvi muitos estrangeiros comentando sobre isso.

Os ucranianos naturalmente apreciam muito a comida local e quando moram fora do país e voltam pra Ucrânia, uma das primeiras coisas que gostam de fazer é matar a saudade do pão ucraniano, que é realmente gostoso – mas, às vezes, tudo que eu queria é um bom pão francês ainda quentinho! Aqui é possível encontrar uma grande variedade de pães e existem inúmeros tipos diferentes de pães integrais.

3 – Os magníficos parques

Todas as cidades ucranianas têm, no mínimo, um parque. Eles são grandes, lindos e muito agradáveis. Além de muito arborizados, têm fontes e estátuas espalhados por toda parte. É lindo admirar as mudanças de estações na paisagem dos parques, que no verão ficam totalmente verdes e é quando os esquilos passeiam livremente entre as pessoas. Junto com o sol e calor também encontramos pessoas tomando sol deitadas na grama. Eu me lembro muito bem da primeira vez que vi uma mulher de biquíni tomando sol no parque; primeiro, achei muito estranho, depois percebi que é super normal e que temos mesmo que aproveitar cada segundo da curta estadia de sol que temos.

Com a chegada do outono todas as folhas ficam amarelas e depois caem, é magnifico. O inverno traz consigo a neve, que não é impedimento nenhum pra um passeio no parque. Eu admito que passar por um inverno no qual as temperaturas podem chegar a -25 graus não é fácil, ainda mais porque a vida, os estudos e trabalho não podem parar. De qualquer forma, nada é mais divertido que brincar na neve. Depois de tanto frio e tantos meses sem ver nada além de uma paisagem branca e gélida, é mágico ver a neve derreter e observar as plantas renascendo e a primavera florindo e perfumando cada cantinho da paisagem.

ukraine-178426_640

Passear no parque é um hábito que está inserido no estilo de vida dos ucranianos. Não existe lugar melhor pra levar as crianças pra brincar. Depois passa a ser um ótimo ponto de encontro para os jovens. São lugares marcantes na vida amorosa dos ucranianos, aliás é muito comum ver casais nos parques fazendo fotos no dia do casamento. A terceira idade gasta seu tempo no parque pra se exercitar, jogar jogos de tabuleiro, passear com os netos ou bater papo com os amigos. Fica muita clara a importância desses lugares ao longo de toda a vida dos ucranianos.

Eu aprendi a amar passear em parques, e toda vez que eu visito uma cidade ucraniana eu faço questão de conhecer o parque da cidade.

Leia também: a beleza da mulher ucraniana

4- O bonito hábito de presentear

Durante o meu primeiro ano morando na Ucrânia eu morei com duas garotas ucranianas. Como sou muito observadora, pude aprender muito sobre eles. Reparei que toda vez que vinha alguém visitá-las, sempre trazia consigo um presentinho, normalmente chocolate, doces ou torta. Coisas doces são de longe os presentes mais comuns em visitas e, com certeza, o preferido dos ucranianos. Não tem como errar! Dependendo da pessoa e da situação, bebidas também podem agradar muito.

Funciona basicamente da seguinte maneira: o visitante traz algo doce e o anfitrião prepara o chá pra acompanhar. É tão bonitinho. Adoro esse costume, essa receptividade e demonstração de respeito e educação são algo que pretendo levar pra vida!

Se voce é uma pessoa que fica triste quando esquecem seu aniversário, então se mude pra Ucrânia! Garanto que isso nunca mais vai acontecer. Aqui, essa é uma data extremamente especial. Na faculdade, no aniversário de todos da turma, os colegas se juntam e compram um presente, cantam parabéns e te felicitam. Os nossos professores ganham chuvas de flores, chocolates, doces, bebidas, etc. É um uma falta de respeito não presentear os professores no aniversário, dia dos professores, entre outras datas.

Quando eu morava no Brasil eu detestava aniversário. A Ucrânia mudou totalmente minha concepção e me ensinou o quão importante e especial esse dia deve ser, e que devemos comemorar da forma mais intensa que pudermos. E também que não devemos esquecer o aniversário das pessoas que amamos e que convivem conosco. O mesmo vale para qualquer outra data comemorativa.

5 – Dar flores é muito importante

Se você vier pra Ucrânia, caminhar pelas ruas e não ver mulheres carregando buquês de flores, te aconselho a verificar se está mesmo na Ucrânia ou acabou parando em algum outro país por engano! Aqui o ato de dar flores é definitivamente muito comum. Um bom namorado ucraniano sempre presenteia sua dama com flores. Datas comemorativas têm que ter flores. É muito fácil encontrar onde comprar, até porque há muitas senhoras ou até crianças que ficam sentadas nas calçadas vendendo flores. Presentear, por aqui, é algo que ajuda a demonstrar educação, respeito e a passar uma boa impressão.

Related posts

Como circular de carro em Madri – parte 2

Erika Menezes

Raridades encontradas nas Maldivas

Camilla Nobre

O que são Brocantes?

Lilian Moritz

33 comentários

DBP Setembro 22, 2016 at 12:15 am

Parabéns!! )) Admiro-te pela tua disposição, sempre encontrar um tempo para compartilhar tuas experiências/vivências! Continua assim!! 🙂

Resposta
Maria Elaine Iactuk Setembro 23, 2016 at 7:55 pm

DBP Muito obrigada pelo reconhecimento. . . Abraço. . . ????????????????????????????

Resposta
Ivan Kuchpil Setembro 22, 2016 at 11:37 am

Maria Elaine, parabéns pelos comentários e informações sobre a vida e costumes na Ucrânia.
Algumas passagens me levam a minha infância na cidade de Apucarana, onde morávamos numa Colônia, denominada Nova Ucrânia, pois 90% ou mais dos moradores eram Ucranianos ou descendentes. Neste contexto se incluíam os meus avós, tanto paternos como maternos, todos vindos da Ucrânia.
E boa parte dos costumes que você descreveu, como por exemplo levar doces, era bastante comum na Colônia.
Gostei muito do artigo que você escreveu.
Em 2011 fomos a Ucrânia em uma caravana de 186 pessoas, para comemorações dos 120 anos da Imigração Ucraniana para o Brasil e os 20, anos da Independência da Ucrania, oportunidade em que visitamos, além da Capital KIEV, também as cidades de Ternópil, Ivano-Frankivsk, Zolote e Lviv
A viagem se deu no verão ucraniano (agosto) e tive a oportunidade de observar os Partques nas cidades que visitamos.
Tal como você descreveu nesse belo artigo, as pessoas se reunem nos parques, que realmente são muito grandes. Há diversão de todos os tipos.

Resposta
Maria Elaine Iaciuk Outubro 10, 2016 at 12:03 pm

Olá Ivan….
Muito obrigada pelo comentário… É extremamente gratificante para mim receber uma resposta das pessoas que leêm meus textos…
Conheço a sua apreciação pela Ucrânia…
Graças a Deus eu também vivi alguns anos em uma colônia ucraniana e hoje são as melhores lembranças da minha infãncia….
Abraço!!!!

Resposta
Maria Elaine Iaciuk Outubro 10, 2016 at 12:04 pm

Olá Ivan….
Muito obrigada pelo comentário… É extremamente gratificante para mim receber uma resposta das pessoas que leêm meus textos…
Conheço a sua apreciação pela Ucrânia…
Graças a Deus eu também vivi alguns anos em uma colônia ucraniana e hoje são as melhores lembranças da minha infância….

Resposta
Oksana Boruszenko Setembro 22, 2016 at 3:32 pm

Parabéns Maria Elaine ! Suas observações sobre a Ucrânia são muito pertinentes. Percebo que Você está encantada com o país que é lindo mesmo. Eu passei também por este encantamento quando lecionei em duas Universidade de lá, porém não cheguei a conhecer a cidade onde Você está, pois minha base era a cidade de Львів e Київ, e o mais longe que cheguei foi Полтава е Чеpнігів. Porém a Галичина toda, encantou-me, sobretudo os Гори Карпати, e a cidade de Чернівці, que já fica em outra Область.Vale a pena Você conhecer quando for até Львів,que é uma verdadeira cidade renascentista, não é mesmo ? Desejo-lhe muito sucesso em seus estudos e aconselho-a a viajar o mais que puder, não só para conhecer a pátria de seus ancestrais, mas para armazenar lembranças inesquecíveis.Um grande abraço da Profa. Oksana
PS. Caso precise de qualquer coisa sobre ucranianos no Brasil, peça o meu e-mail para o Dr.Vitório Sorotiuk.

Resposta
Maria Elaine Iaciuk Outubro 30, 2016 at 6:34 am

Olá querida Oksana…
A Ucrânia é linda, maravilhosa e eu sou muito grata a Deus por ter essa oportunidade.
Eu moro atualmente em Sumy (fronteira com a Rússia) e nas férias gosto de ir pra Lviv, é uma viagem longa e sempre tenho que esperar em Kiev pelo próximo trem, então eu pego o metrô e vou ver o sol nascer nas margens do Rio Dnipró. A sensação é surreal, sinto que realmente tenho raízes aqui….
É muito gratificante encontrar alguém como voce, que conhece a Ucrânia e quando lê minhas singelas palavras, consegue entender o peso de cada uma delas.
Grande abraço.

Resposta
Oksana Boruszenko Setembro 22, 2016 at 3:42 pm

Parabéns Maria Elaine ! Você captou a verdadeira Ucrânia.. Desejo-lhe muito sucesso em seus estudos e aconselho-a a viajar o mais que puder, para conhecer a terra de seus ancestrais e armazenar lembranças inesquecíveis. Um grande abraço da Profa.Oksana.
Caso precise de qualquer coisa sobre ucranianos no Brasil, peça meu e0mail ao Dr. Vitório.

Resposta
Virgilio Pereira Junior Setembro 28, 2016 at 10:34 pm

Gostei excelente matéria assim fico conhecendo um pouco da Ucrânia.

Resposta
Maria Elaine Iaciuk Outubro 10, 2016 at 12:06 pm

Olá Virgilio…
Seja sempre bem vindo…
Espero sempre ser útil na tarefa de espalhar um pouco da cultura ucraniana e informações sobre a Ucrãnia….
Abraço….

Resposta
Maria Elaine Iaciuk Outubro 10, 2016 at 12:08 pm

Olá Virgilio…
Seja sempre bem vindo…
Espero ser útil na tarefa de espalhar um pouco da cultura ucraniana e informações sobre a Ucrânia….
Abraço….

Resposta
Leonardo Lakonski Dezembro 7, 2016 at 4:46 pm

Таке може бути тільки в Україні. Quando chegou na Ucrânia você sabia se comunicar bem e entendia bastante o que as pessoas falavam? Pergunto isso porque o idioma ucraniano conservado pelos descendentes no Brasil é uma língua arcaica e obsoleta que só é falada no Brasil e nenhum outro lugar do mundo, os idiomas se transformam muito com o tempo, e eu considero a linguagem da Ucrânia bem diferente desse ucraniano preservado no Brasil, o fonema é outro e também com palavras e expressões diferentes, gostaria de saber sua opinião sobre isso. E também não entendi por que você não está morando mais em Lviv, agora em Sumy. Любіть Україну, всім серцем любіть. Дякую!!!

Resposta
Maria Elaine Iactuk Fevereiro 8, 2017 at 6:33 am

Ola Leonardo…
Quando eu cheguei eu nao sabia praticamente nada em ucraniano… Voce esta certo, realmente o ucraniano falado no Brasil se difere do falado aqui, apesar de que qualquer forma ainda serve pra se comunicar…
Estudei ucraniao em Lviv, e em Sumy eu estudo medicina, nao por escolha propria mais por escolha do Ministerio, ja que eu estudo por uma bolsa tenho que seguir as exigencias que me foram colocadas….Mais morro de saudades de Lviv, e sempre passo ferias la… e “outro mundo“, se percebe uma diferenca enorme entre o leste e o oeste da Ucrania…
Obrigada pelo comentario… Volte sempre!!! )))))))

Resposta
Leonardo Lakonski Junho 29, 2017 at 5:17 pm

Muito Obrigado por você me responder!!! Sumy é pequena e tem todo um ar soviético, parece que lá ainda é URSS, isso sem falar que o idioma predominante é o Russo. Parabéns a você pelas conquistas!!!

Resposta
Josué Camargo de Castro Março 6, 2017 at 8:01 pm

Parabéns Maria Elaine pelos seus comentários, gosto de tudo que vem deste país, desde a cultura até as tradições. Sou ucraniano de coração e se tiver oportunidade quero estudar e até morar na Ucrânia, independente da situação econômica e financeira ruim que atualmente passa este país. Quero que este país seja livre e próspero e que acabe de vez esta guerra que não leva a lugar algum. Glória a Ucrânia. Ucrânia acima de tudo.

Resposta
Maria Elaine Iactuk Junho 23, 2017 at 5:52 am

Olá Josue… Que comentário lindo… Me identifiquei totalmente… Realmente o amor pela nossa Ucrânia mora em seu coracão…
Obrigada pelo comentário…
Glória a Ucrânia!

Resposta
ZENOVIA POPOWICZ Março 7, 2017 at 10:50 pm

REALMENTE A LINGUA,OS COSTUMES UCRANIANOS SÕA MUITO LINDOS,SOU DESCENDENTE DE UCRANIANOS TENTANDO PRESERVAR A TRADIÇÃO COM MUITO ORGULHO.PARABENS MARIA ELAINE PELA MATERIA

Resposta
Maria Elaine Iactuk Junho 23, 2017 at 5:56 am

Olá Zenovia…
Voce não imagina o quanto os ucranianos ficam felizes e impressionados quando eu conto o quanto os decendentes mantem das tradicões e amam a Ucrânia…
Espero que esse amor pela nossa descendência não se perca nunca…
Obrigada pelo comentário…
Abraço…

Resposta
Beatriz Março 18, 2017 at 3:42 pm

Olá Maria Elaine! Que bom que é brasileira e estudante de medicina. Gostaria de sua ajuda, para informações sobre tratamento de saúde em LVIV, que nos foi indicado.
Se for possível, nos comunicarmos por e-mail….. Agradeço muito se puder auxiliar sobre isso.
Seu texto é ótimo e sua descrição é muito boa…nos remete a Ucrania.
Que Deus lhe abençoe!
Conto com sua ajuda.
Obrigada

Resposta
Maria Elaine Iactuk Junho 23, 2017 at 6:05 am

Olá Beatriz…
Desculpas pela demora estou no ano mais dificil da faculdade de medicina por aqui, estava offline por um longo tempo…
Meu email é [email protected]
Obrigada pelo comentário…
Abraço

Resposta
Antonio Roque Junho 2, 2017 at 10:56 am

Olá Maria Elaine, de facto eu a parabenizo pela partilha da sua experiência na Ucrânia. Eu não sou ucraniano e nem descendente, mas me interesso pelo país desde que me apaixonei por uma ucraniana 🙂
Pretendemos casar em 2017 e eu ao invés de ficar morando em Portugal, decidi ir morar em Zaporizhzhya.
Eu gostei imenso do seu texto e gostaria de continuar a acompanhar as suas crónicas, pois você de facto consegue transcrever a realidade daquele país 🙂
Te desejo os maiores sucessos pessoais e profissionais e continue nos informando da sua estadia na Ucrânia.
Obrigado 🙂

Resposta
Maria Elaine Iactuk Junho 23, 2017 at 6:13 am

Olá Antonio…
Te parabenizo pelo casamento e te desejo muita sorte…
Estou terminando uma fase muito complicada na faculdade depois disso pretendo escrever uns textos bem legais, considero uma forma de contribuicão pras pessoas poderem entender e sentir a Ucrânia de verdade…
É sempre bom ter pessoas que falam português por aqui…
Seja bem vindo…
Abraço…

Resposta
claudio zasycki Julho 13, 2017 at 5:45 pm

Estive na Ucrânia no verão de 2000 e fiquei admirado com a beleza das mulheres ucranianas.
Eram muito bonitas, modernas e elegantes. Na época usavam muito mini saias, as vezes, quase transparente. Usam ainda? Era muito difícil encontrar uma usando calça jeans. Era comum vê-las andando com um buque de flores. Não vejo hora de voltar e matar a saudade. Cláudio Curitiba – PR

Resposta
Luciana Julho 17, 2017 at 1:27 am

Olá Maria, tudo bem? Espero que a fase difícil da faculdade esteja chegando ao fim para poder ler seus futuros textos.
Eu me chamo Luciana Cosin Uzhyk, sou casada com um Ucraniano e me mudo para Ucrânia no próximo dia 29. Já visitei a cidade do meu esposo por duas vezes Kharkiv mas nunca tinha pensado que eu iria me mudar definitivamente para lá.
Gostaria muito te fazer amizades com Brasileiros para não me sentir tão sozinha, eu ainda não falo Russo ( em Kharkiv a maioria das pessoas falam russo) e quero aprender para poder estudar (faculdade).

Resposta
Larissa Synyebok Agosto 16, 2017 at 4:04 am

Oi Luciana! Tudo bem? Como ta a ansiedade? Daqui a pouco vc chega em Kharkov, que bacana!! Te desejo desde já muita felicidade nesse novo caminho! Eu me chamo Larissa, moro na província de Kherson (ao sul, próxima da Criméia) desde final de 2014. Se quiser conversar, meu email é [email protected] . Fico feliz de ver mais brasileiros chegando por aqui, também passo a me sentir menos sozinha :). Abraço!

Resposta
Leonardo Lakonski Agosto 25, 2017 at 7:10 pm

Olá Larissa Synyebok, eu assisti a um hangout seu com Snizhana Maznova, eu gostei do vídeo. Achei interessante sua opinião sobre a Ucrânia.

Resposta
Eduardo Mari Agosto 13, 2017 at 2:30 am

Maria Elaine, às vezes converso pelo Facebook com pessoas que moram na Ucrânia, em Kiev ou Donetsk e fico impressionado que nenhuma dessas pessoas falam ucraniano, só russo! Até fiz para mim, um mapa com a porcentagem de russos que moram em cada “oblast” ucraniano e fiquei impressionado: Como tem cidadãos russos vivendo dentro da Ucrânia!!! E eles se recusam a aprender o idioma do país, pelo que constatei: Que Desaforo, hein!? (alguns ainda falam mal dos Ucranianos).
Aliás, devo dizer que nada sei de russo ou qualquer idioma eslavo (só aprendi o som das letras ilíricas) Converso em Inglês, quando a outra pessoa sabe ou então, escrevo em Português e traduzo, no Google, para o russo com o cuidado de saber se a tradução se aproxima daquilo que quero dizer…é divertido!
Abraços!!!

Resposta
Larissa Synyebok Agosto 16, 2017 at 3:55 am

Oi Maria Elaine! Tudo bem? Adorei seus textos! Gostaria de tê-los lido há cerca de 3 anos, quando me mudei pra Kherson. Assim teria mais ideia de que mundo encontraria quando cheguei nesse maravilhoso país sem falar nada nem de Russo ou de Ucraniano. Hoje arranho o Russo, mas confesso que o Ucraniano vou demorar um pouco mais pra aprender. Eu possuo residência permanente e gostaria de ingressar em uma universidade, mas confesso que estou meio perdida na parte burocrática. Se vc tiver qualquer informação que possa ajudar (ou quiser apenas fazer amizade 🙂 ), por favor me passa um email?
[email protected]
Obrigada e boa sorte na universidade!

Resposta
Miltair Junior Novembro 17, 2017 at 8:27 pm

Oi Maria, moro em Dublin e minha namorada é Ucraniana, estamos juntos á pouco tempo, mas mas que ela faz aniversário. Gostaria de saber o que poderia dar ou fazer pra ela (algo típico da Ucrânia), que deixaria ela feliz e supreendesse ela?
Obrigado!

Resposta
Liliane Oliveira Novembro 18, 2017 at 4:34 pm

Olá Miltair Junior,
A Maria Elaine Iaciuk parou de colaborar conosco e, infelizmente, não temos outra colunista morando no país.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Maria Isabel Fevereiro 27, 2018 at 1:39 am

Ola Maria Elaine!
Gostaria do seu contato, pois irei para Ucrânia daqui 2 meses a negócios e estou procurando um tradutor que more ai.

Obrigada.

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 27, 2018 at 2:18 pm

Olá Maria Isabel,
A Maria Elaine Iaciuk parou de colaborar conosco e, infelizmente, não temos outra colunista morando no país.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Samuel Agosto 18, 2020 at 2:17 am

|Ainda vou conhecer !!!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação