BrasileirasPeloMundo.com
Austrália Empreendedorismo Pelo Mundo

Como empreender na Austrália

Trabalhar com o que ama, tirar aquela renda extra que ajuda a pagar as contas, melhorar o currículo ou simplesmente realizar o sonho de ser a sua própria chefe. São muitos os motivos que levam a nós, brasileiras, a empreender fora do país.

Aqui na Austrália, o governo promove políticas de incentivo ao trabalhador autônomo como forma de aquecer a economia, que é a 13ª maior do mundo e mantém o recorde de mais longo crescimento ininterrupto da história moderna.

Mas ao contrário do que se pensa, não são somente pessoas com alto capital de
investimento e estrutura que podem ser empresárias na Austrália: se você cozinha bem, é designer, freelancer ou, como eu, é jornalista, saiba que você também pode oferecer o seu serviço e se tornar empresária, de maneira bem simples.

Leia também: Principais desafios para se recolocar profissionalmente na Austrália

Passo a passo

Antes de começar a trabalhar no seu negócio, é importante estar bem informada sobre os seus direitos e, principalmente, deveres enquanto empresária em terras australianas. A Embaixada do Brasil em Camberra e o Governo Brasileiro lançaram, em 2018, um guia completo sobre como empreender na Austrália, com informações que vão desde registro de marca até pagamento de impostos e autorizações para comercialização de serviços e produtos.

Mas você deve estar se perguntando se o visto pode ser um impedimento para abertura de empresa. A resposta é não, desde que você não esteja patrocinado (visto de sponsor) por alguma empresa ou esteja como turista. Basta checar o número de horas que o seu visto lhe permite trabalhar e ficar atenta para não ultrapassar esse número de horas, pois terá que comprová-lo à imigração.

Após verificar sua possibilidade legal de ser empresária, acesse o site do Australian Business Register e crie o seu ABN (Australian Business Number) como sole trader, que nada mais é do que uma pessoa autônoma que vende um produto ou serviço.

Aqui, já partimos do pressuposto que você já tem um TFN (Tax File Number), que é como se fosse um CPF e, em geral, é algo que os imigrantes fazem assim que chegam ao país, pois é ele que te permitirá, dentre outras coisas, receber salário.

assessoria de imprensa para a cantora Juliana Areias

É também importante ficar atenta a questões como licenças, seguros, registros, autorização para exercer um serviço, dentre outras exigências do governo. Nesse processo, é altamente recomendável a contratação de um contador, pois são muitas informações e termos específicos em inglês que podem te atrapalhar na aplicação do seu negócio e também durante o processo, como emissão e recebimento de notas.

A boa notícia é que, na Austrália, existem brasileiros trabalhando como contadores e que podem te ajudar! É bom lembrar que, como empresária, você será responsável pelo pagamento do seu imposto, então lembre- se de anotar todo o valor que entra e sai do negócio para você calcular o imposto quando acabar o ano fiscal. Na Austrália, recebendo menos de $18 mil por ano, você não paga imposto.

No meu caso, a ajuda de um contador foi essencial para que eu pudesse exercer o trabalho como empreendedora dentro da lei. No ano em que cheguei na Austrália, comecei a trabalhar como social media de uma life coach brasileira, cidadã australiana residente em Perth (WA). Ela me recomendou para outra empresária brasileira, que me recomendou para outra…de repente, estava com quantidade suficiente de clientes para abrir a minha empresa.

Foi então que, com ajuda de um amigo brasileiro, que é designer, fiz minha marca,
site, cartão de visita e flyers digitais para mandar via e-mail.

Leia também: Como morar na Austrália com visto de trabalho 

Divulgação

Assim como no meu caso, a comunidade brasileira acaba sendo um bom holofote para o seu negócio. Ou, pelo menos, o pontapé para que tudo comece a fluir. Existem diversos grupos de brasileiros que moram na Austrália, no Facebook, onde as pessoas pedem ajuda, dicas, compartilham experiências e, claro, divulgam os seus serviços.

Essa é a maneira mais simples, barata e eficaz para fazer com que todos saibam da sua empresa e cheguem até você. Aproveite esses espaços!

Na hora de pensar o marketing da sua empresa, busque informações sobre produtos e serviços similares que já estão sendo oferecidos na sua cidade e tente fazer diferente! Se não tiver ninguém fazendo o que você pretende fazer, melhor ainda!

Se você é nova na cidade e não tem muitos contatos, uma ótima ideia é oferecer o seu serviço de graça ou com preço bastante convidativo. Uma estratégia similar e que funciona é buscar fazer parcerias online e offline com outras empresas já consolidadas. Essa estratégia funciona bastante para ampliar networking e sair da bolha da comunidade brasileira.

Como hoje em dia muita gente presta serviços na área de social media, eu consegui achar o meu nicho ao focar o trabalho em empresas brasileiras na Austrália.

Mais fácil do que parece

Tornar-se uma trabalhadora autônoma ou simplesmente abrir a própria empresa pode ser a forma mais rápida de começar a ganhar dinheiro na Austrália. Nós, mulheres brasileiras, somos criativas, temos garra e podemos converter as nossas habilidades em uma nova profissão. Muitas de nós deixam o país de origem com anos de carreira profissional consolidada e, nem sempre, é possível começar a vida em um outro país trabalhando na nossa área.

Talentos como cozinhar bem, desenhar peças gráficas, ter habilidades como coaching, fazer unha e cabelo, administrar redes sociais etc, pode ser o pontapé de uma vida como empresária trabalhando com algo que realmente gosta.

É uma missão muito mais fácil do que parece ser, especialmente quando se tem perseverança, dedicação e muita vontade de trabalhar.

Related posts

6 lugares para conhecer enquanto estiver na Austrália – Parte I

Sheyne Tanaka

Natal na Tasmânia

Letícia Hughes

Turismo em Perth

Aline Arruda

1 comentário

Márcia Maria Andrade de Carvalho Maio 4, 2019 at 4:47 pm

Sou profissional de Educação Física especializada em vôlei de praia. Teria alguma chance de dar aulas particulares lá na Austrália?

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação