BrasileirasPeloMundo.com
Alasca Curiosidades Pelo Mundo EUA

Curiosidades sobre o Alasca

O Alasca é imenso e cheio de diversidade, mas muito mais do que isso é cheio de fatos interessantes que dão orgulho aos alascanos.

Dos 20 picos mais altos dos Estados Unidos, 17 estão no Alasca. A montanha mais alta da América do Norte, o Monte McKinley, aqui mais conhecido pelo nome dado pelos nativos, Denali, fica aqui no Alasca.

O monte Denali tem 20.320 pés (6.193m) de altitude e é uma das mecas dos alpinistas. Por essa razão um número muito grande de alpinistas vem todos os anos a Talkeetna para iniciar a escalada dessa montanha e de outras da Cordilheira do Alasca. De Talkeetna à base do Denali são 40 milhas aéreas. O acesso ao Denali e as montanhas da Cordilheira é feito por avião. Pequenos aviões pousam e decolam na geleira Kahiltna, aos pés da montanha onde os alpinistas criam o campo de base para a escalada.

Falando em geleiras, o Alasca tem uma estimativa de 100.000 geleiras, que vão desde pequenos círculos a enorme vales cobertos de gelo. O maior número de geleiras e campos de gelo do mundo habitado fica aqui. Cinco por cento do Estado, ou 29.000 quilômetros quadrados, é coberta por geleiras.

Pensando em geleiras pensamos em frio… É, o Alasca pode ser bem frio e chegar a temperaturas muito baixas. O recorde de temperatura mais baixa foi de 62°C negativos em Prospect Creek Camp no inverno de 1971. Mas no verão, com o sol brilhando o dia e a noite toda, não temos frio e as temperaturas podem chegar acima dos 30°C, o recorde de calor foi de 37,8°C em 1915 em Fort Yukon.

E por falar em calor, um dado interessante: o Alasca tem mais de 100 vulcões e campos vulcânicos ativos. A erupção vulcânica mais violenta do século 20 aconteceu aqui em 1912, quando o vulcão Novarupta entrou em erupção.

Mas o que temos mesmo no Alasca são terremotos. Todos os anos o Alasca tem aproximadamente 5 mil terremotos. Muitos são pequenos e nem sentimos, mas pelo menos mil terremotos por ano estão acima de 3.5 na escala Richter. Em 1964 a terra tremeu perto de Anchorage, balançando a parte central do Alasca. Esse foi um dos maiores terremotos registrados no planeta, com uma magnitude de 9.2 na escala Richter.

O Alasca tem mais de 3 milhões de  lagos, o que significa mais lagos do que habitantes. O maior, Lago Iliamna, abrange mais de mil quilômetros quadrados, quase do tamanho do estado de Connecticut.

O estado tem a menor densidade populacional no país, com uma pessoa por quilômetro quadrado. Se Nova York tivesse a mesma densidade populacional que o Alasca, apenas 16 pessoas estariam vivendo em Manhattan.

Alasca tem 6.640 milhas de faixa litorânea e incluindo as ilhas, tem 33.904 milhas de costa, o que é mais faixa litorânea do que o resto do litoral dos Estados Unidos somado. Só para comparar, o Brasil tem 4.650 milhas de litoral. Mas o Alasca não tem praias como as que temos no Brasil. A maioria das praias é de pedra ou de uma areia tão fina dos glaciais que parece lodo, e é perigosa como areia movediça.

O Alasca está a 55 milhas da Rússia e é o único estado a ter costas em três mares diferentes: o Oceano Ártico, o Oceano Pacífico e o Mar de Bering.

Barrow, cidade a 350 milhas ao norte do círculo polar ártico tem tanto o dia mais longo como o mais curto. Quando o sol nasce no dia 10 de maio, ele não se põe por quase três meses durante o verão. Quando o sol se põe em 18 de novembro, os moradores de Barrow não veem o sol novamente por quase dois meses durante o inverno.

As duas maiores florestas do país estão localizadas no Alasca. A Tongass no Sudeste inclui 16,8 milhões de hectares e Chugach em centro sul tem 4,8 milhões de hectares.

Área do Alaska comparada à area dos Estados Unidos Continental
Área do Alaska comparada à area dos Estados Unidos Continental

Como se tudo isso não bastasse, O Alasca é mais do que 2 vezes maior do que o estado do Texas, para frustração dos texanos e bom humor dos alascanos. Muitas das piadas do Alasca se referem ao Texas.

Related posts

Mudar para os Estados Unidos

Gabriela Albuquerque

Carreira em Medicina nos EUA

Siglia Diniz

Inexistente no Brasil, comum na França

Marcella Delfraro

7 comentários

Ana Barbosa Fevereiro 22, 2015 at 5:42 pm

Dora, adorei o teu relato. Tenho muita vontade e um grande interesse em conhecer o Alaska muito mais especificamente por assuntos dentro da minha area de atuaçao. Obrigada por um relato tao informativo e com linguagem tao leve. Saudaçoes. Aninha

Resposta
Aline Arruda Março 1, 2015 at 2:15 am

Nossa, que lugar lindo Dora. Quantos meses de frio faz ai no Alaska?
Amei as fotos do seu site, parabéns.
Beijos

Resposta
EGIDIO lEÃO Maio 19, 2016 at 3:04 pm

6 MESES DE FRIO. A TEMPERATURA NO INVERNO PODE ULTRAPASSAR OS -50°C NEGATIVOS

Resposta
Isabela Setembro 23, 2015 at 7:58 pm

Oi Dora !!! Amei saber mais sobre o Alasca e o post sobre as Auroras Boreais com imagens lindas !! Gostaria de saber o que te levou ao Alasca, um lugar tão improvável para se viver ?? Beijos !

Resposta
Marcos Francisco Outubro 8, 2015 at 3:17 pm

Dora, boa tarde.
Moro no Rio de Janeiro e vejo todos os programas na TV relacionados ao Alaska. Por ver esses programas, atualmente meu maior sonho é conhecer o Alaska, gosto do estilo de vida (auto suficiente) que os programas apresentam e se após uma visita eu perceber que gostei do lugar (pois uma coisa é ver na TV e outra é ver pessoalmente) pretendo d alguma forma (legal) fazer moradia no Alaska.
MUITO LINDO O LUGAR!

Resposta
Egídio Leão Janeiro 12, 2016 at 9:07 pm

Lugar mais espetacular do Planeta Terra. Alasca❤️❤️❤️

Resposta
Edilson Maio 19, 2016 at 8:05 pm

Boa tarde Dora! Maravilhoso seu blog. Muito importante para quem sonha com o Alaska e outros citados. Tenho 42 anos, casado, com duas filhas,Trabalhei aqui no Brasil por 27 anos no comércio com o propósito de viver o restante da minha vida no Alaska. Estou de malas prontas com o visto de turista. Sei que só poderei permanecer por seis meses. Há possibilidade de mudança de estatus estando lá ? Qual a cidade melhor para brasileiros? Espero está viajando o mais rápido possível.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação