BrasileirasPeloMundo.com
EUASeattle

EUA – Vem chegando o verão

Depois de alguns anos longe do Brasil, as pessoas perguntam: do que você mais sente falta? Respondo: além da família e amigos, sinto saudade do sol, praias e feriados prolongados! Só que olhar para trás cria uma barreira para ser feliz num país diferente. Por isso, o lance é conhecer os hábitos da população local e se jogar em novas experiências.

A chegada do verão é antecipada pelo ciclo bem definido das estações do ano, indicadas pelas cores de cada período: tons de laranja e marrom das folhas secas do outono; o acinzentado das árvores e plantas desfolhadas no inverno, a primavera rosa e branca graças ao florescimento das cerejeiras, e finalmente o colorido do verão graças às flores das plantas anuais.

Por ficar no Puget Sound – baía do Oceano Pacífico que contorna a costa noroeste do Estado de Washington – Seattle tem praias que ficam às margens de lagos e de água fria (para não dizer gelada). Durante metade do tempo, chove. E a temperatura média no verão é de 24°C, podendo chegar a 32°C – clima ameno se comparado ao Brasil. Em contrapartida, o verão é uma estação seca (chega de chuva!) e os dias, longos.

Assim, quando chega o calor gostoso do verão, dá vontade de aproveitar cada raio de sol. Aliás, é incrível como a gente passa a valorizar o sol – no Brasil, muitas vezes nem percebemos, talvez porque temos um dos maiores índices de radiação solar do mundo. O lance, portanto, é sair de casa: encarar uma caminhada no calçadão da praia, piquenique (farofada mesmo!) e hiking nos inúmeros parques da região.

unnamed (2)
Alki Beach, em Seattle: para fazer piquenique, jogar vôlei de praia e caminhar

Diferente de muitas regiões dos Estados Unidos, as pessoas que moram na Grande Seattle têm tendência fitness e natureba. Sem exageros. Muita gente pratica esporte ou curte uma atividade outdoor. Seja para andar com seu pet, andar de bicicleta, tomar sol, fazer um churrasco, há diversas opções e muitos lugares gostosos para curtir. Portanto, a única desculpa para não sair de casa… é a preguiça.

Aqui listo algumas atividades para fazer durante a primavera e verão. São poucas, perto da variedade de coisas que estão à disposição.

Hiking

A Washington Trails Association mantém uma lista de trilhas e parques. Há mais de 3 mil opções para todos os níveis e perfis: montanhas, lagos, cachoeiras, trilhas curtas e longas, íngremes, para ir com cachorro ou crianças, e por aí vai. É só escolher e enjoy the ride!

Praias e lagos

As praias ficam à beira de lagos ou localizadas no Puget Sound. A água é gelada, mas calma. Caiaque e stand-up paddle (dá para alugar por hora) tornam a água mais convidativa. Para os esportistas, tem vôlei de praia, caminhada, bike e corrida. A infraestrutura nas praias é bacana: banheiros limpos, churrasqueiras e mesas estão disponíveis para quem quiser fazer um piquenique ou churrasco. Sim, aqui a “farofa” não é uma coisa baranga. Na verdade, é um jeito bem norte-americano de se divertir, e é simples, barato e gostoso.

Algumas das muitas praias: Alki Beach, em West Seattle, que tem calçadão com vista para Seattle, restaurantes e cafés; Golden Gardens Park, no bairro de Ballard, em Seattle, mistura praia e parque, com trilhas, local para pesca, vôlei de praia; as praias da cidade de Kirkland, a leste de Seattle, com ótimas opções de bares e restaurantes.

Marina de Kirkland: no verão a criançada encara a água fria e há aluguel de stand-up paddle
Marina de Kirkland: no verão a criançada encara a água fria e há aluguel de
stand-up paddle

Ilhas

Ah, as ilhas! Há um complexo de ilhas acessíveis de balsa e bacanas de visitar tanto na primavera quanto no verão. Por exemplo: a apenas 35 minutos de balsa, partindo de Seattle, fica Bainbridge, com opções de parques e praias – mas gostoso mesmo é curtir a cidade, incluindo o centro histórico Winslow. Há também o complexo de San Juan Islands que reúne inúmeras ilhas – as principais são Orcas, San Juan, Lopez e Shaw Islands. Vale um final de semana, pois há bons restaurantes, atividade aquáticas, trilhas e uma paisagem maravilhosa! Outro exemplo é Whidbey e Camano Islands onde dá para visitar vinícolas, e há atividades outdoor, parques, além de lojinhas de antiguidades e restaurantes.

unnamed
Gorge: O público se espalha pelo gramado do Gorge Amphitheatre para assistir aos shows e, de quebra, apreciar a paisagem

Shows!

Além das atrações nos parques, como cinema ao ar livre no Marymoor, em Redmond, vale uma ida ao Gorge Amphitheatre, a 240 km de Seattle. Os espetáculos acontecem somente no verão. O espaço é ao ar livre e tem uma vista maravilhosa. Os mais conservadores podem comprar o acesso a cadeiras marcadas. Mas legal mesmo é estender uma esteira, farofar e tomar seu lugar no enorme gramado que rodeia o palco. Lá de cima, além do show, vê-se um pôr do sol lindo. Vai gente de tudo quanto é tipo, mas é importante estar animado – o estacionamento é num pasto e tem que andar bastante. Vale a experiência! Ah, Dave Mathews Band bate cartão todo ano, e em 2015 tem Foo Fighters.

Esportes

Em vários parques, tem-se acesso a quadras de futebol, tênis, vôlei, basquete. Em alguns lugares, há times treinando sério, mas em outros, a galera se junta para brincar. Um esporte muito praticado é o ultimate frisbee. Seattle tem um dos melhores times do mundo. Sim, o esporte é profissional e pouco tem a ver com o frisbee que jogamos na praia – tem jogadas aéreas lindas. Para quem já pratica, é só chegar num dos vários pick-up games em que não precisa ser parte de um time. É chegar e jogar.

Bem, essas são algumas dicas para aproveitar o sol por aqui.

Não se trata de um guia de viagem. Longe disso. É que só quando veio o primeiro verão parei para pensar como aproveitar o calor numa região tão diferente do Brasil. E foi um alívio quando descobri que há atividades locais bacanas, e ajuda quem vem de fora a se sentir em casa.

 

Related posts

Eleições nos EUA e resumo dos candidatos

Thais Amaral Tellawi

EUA – E eles ainda estão juntos?

Alessandra Ferreira

Dicas para viagem “low-cost”nos EUA

Lorrane Sengheiser

3 comentários

Elizabeth Alves May 21, 2015 at 10:45 am

Ah Seattle, como amei morar nesta cidade, o verão então, nem se fala…Um dos melhores em todos os lugares em que já morei 😀
Obrigada Flávia pelo seu excelente post 🙂
Bjinhos,
Elizabeth

Resposta
Jessica March 31, 2016 at 4:04 am

Estivi aí começo do ano e simplesmente amei tbm. Fiquei Bellevue, mas conheci bem Seattle. Estou pra voltar agora e ficar até setembro. Você sabe me dizer se eh muito quente ou eh menos calor que aqui no Brasil?!

Resposta
Cristiane Leme April 2, 2016 at 1:52 pm

Jessica, a Flávia parou de colaborar com o blog.
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação