BrasileirasPeloMundo.com
Austrália

Kings Park, em Perth, na Austrália

 Kings Park, em Perth, na Austrália.

Ter muitos parques é uma característica de qualquer cidade australiana. Isso porque os australianos adoram  vida ao ar livre, festas de aniversário, picnic com os amigos, festas de final de ano de empresas, um drink após um dia de trabalho, correr, caminhar ou até fazer academia.

Em Perth, são 16 parques grandes e diversos pequenos espalhados pela cidade. O maior de todos é o Kings Park. Com uma área de 4.06 quilômetros quadrados, o Kings Park é um dos maiores parques urbanos do mundo, maior que o Central Park em Nova Iorque com seus 3mil quilômetros quadrados. É a atração mais visitada da Western Austrália.

Muito visitado pelos Aborígenes por milhares de anos, Kings Park já foi chamado de Mooro Katta ou Kaarta Gar. Continua sendo um local muito importante para a população original da Western Austrália. Dentro do parque está o Jardim Botânico de Perth, um centro educacional da Rio Tinto e um dos melhores restaurantes da cidade, o Fraser.

Mas o que faz esse parque ser tão especial? Posso falar da vista. Que vista! O Kings Park está localizado ao alto de Perth. Na parte mais próxima ao Rio Swan, vê-se o centro da cidade com os prédios  á esquerda. O Rio Swan que corta Perth no meio e á esquerda  South Perth (o bairro que eu moro). Sempre avistam-se barcos e pessoas fazendo esportes no rio. É uma delícia sentar em seu gramado e ficar olhando para a cidade e para o rio.O pôr-do-sol é maravilhoso.  Observar as cores do céu mudando e as luzes, aos poucos, se acendendo é de tirar o fôlego.

Vista do Kings. Park  Fonte : Arquivo pessoal

 

Picnic com os amigos no Kings Park. Fonte : Arquivo pessoal

Dentro do parque acontecem  diversas atividades, além de possuir um memorial da guerra em homenagem aos soldados da região que lutaram e morreram em Guerras, com uma chama inapagável para lembrar que nunca serão esquecidos. Os nomes dos soldados mortos, abaixo do Memorial, fazem a emoção aflorar.

Diversas trilhas no parque estão disponíveis, assim como parquinho para crianças. O parque, ainda é o maior expositor de flores selvagens do mundo contando com cerca de 3600 espécies diferentes.

A torre DNA é um dos atrativos mais interessantes do local. São 101 degraus e a vista é sensacional. Vê-se até a ilha de Rottnest, a cidade e o rio. Vale muito a pena !

Outra atração imperdível é o centro de educação da Rio Tinto, com exposições, trilhas para criança, aulas, cursos e muita pesquisa em conservação nativa. Um dos programas é ajudar as crianças a se reconectar com a natureza. Observar pássaros, as flores nativas, entender mais sobre o ecossistema e o ciclo de vida e importância da natureza em nossas vidas. Tudo isso e muito mais é discutido com as crianças nesse curso.

IMG_5875
Perth vista do Kings Park. Fonte: Arquivo pessoal

Além do parque em si, há muitos festivais, shows e até cinema ao ar livre na Primavera e no Verão. Eu já fui assistir vários shows, como Beach Boys, Hoodu Guru, Sting. O festival da primavera é muito legal e eu vou todo verão no cinema ao ar livre. Também realizam-se casamentos e sessões de fotos pois a paisagem é belíssima.

Uma coisa muito interessante é que a vegetação do parque não é composta de árvores grandes é muito verde, afinal, estamos próximos ao deserto. Achei isso muito diferente, sempre tive na cabeça a imagem de parques nacionais com muito verde. Perth é seca e como venta muito, a paisagem é composta de uma vegetação mais rasteira e amarelada.

A primeira vez que fui no Kings Park fiquei até emocionada. A vista é tão linda, parece que a cidade está aos seus pés. O rio, o verde, e o mar lá no fundo. Vi até golfinho lá de cima. Quando morava no Subiaco, um bairro nas redondezas do parque, fui muitas vezes lá, caminhar, pensar na vida, em aniversário de amigos, picnics. Depois que me mudei para Sul do rio, diminuí a frequência. Porém, mesmo assim, vamos sempre que possível.

Ano passado, fui a primeira vez no Jardim Botânico. Ele é tão misturado no parque que nem dá para saber quando começa um e termina o outro, é tudo junto. Na entrada no Jardim Botânico, encontra-se o Baôba, uma árvore trazida do deserto para Perth. Uma coisa muito bacana é que como ele está no alto, dá para ver o parque de pontos diferentes da cidade. Da minha casa, ao Sul do rio, eu o vejo. Em meu primeiro Australia Day, vi a queima de fogos de lá.

Para mim, que tenho cachorro, o único defeito do Kings park: é que  pela quantidade de flora nativa é proibida entrada de animais domésticos. Um pequeno detalhe comparado á beleza desse pedaço de Perth tão lindo.

Longe ou perto, o Kings Park é um dos lugares mais interessantes da cidade, passagem obrigatória de quem visita e passeio obrigatório dos moradores .

Related posts

8 motivos para morar em Brisbane

Tasla La Pastina Worth

Planos de celular e Internet na Austrália

Aline Arruda

Minha jornada até Brisbane

Tasla La Pastina Worth

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação