BrasileirasPeloMundo.com
Austrália

Austrália: como decidir o destino do intercâmbio?

Austrália: como decidir o destino de seu intercâmbio?

Uma das partes decisivas de quando se está planejando um intercâmbio é a escolha do destino. Muitas pessoas podem até achar que essa seja uma tarefa fácil, mas ela é mais complexa do que se imagina. Você precisa ter em mente vários fatores que irão contribuir para que sua experiência seja inesquecível.

É sempre bom pensar no clima, tipo de região, se prefere praia, montanha ou cidade, cidade grande ou algo mais bairrista, se o deslocamento para outros estados e países é barato, caso goste de viajar. Enfim, você precisará parar e pensar em tudo que gosta e o que quer fazer quando chegar lá. Quais são os planos para seu intercâmbio, se vai só estudar ou se precisará de um lugar onde trabalhar também é permitido.

Leia também: Expectativas e realidade de fazer intercâmbio

Quando eu decidi ir para Austrália, já estava partindo para meu terceiro intercâmbio. Então, certas coisas já foram bem mais simples para mim. Eu já tinha em mente que não iria para os Estados Unidos, pois meus dois últimos haviam sido lá, e que não queria ir para a Europa. Buscava um lugar de fácil acesso à Ásia e em que pudesse estudar e trabalhar. Fiquei em dúvida entre Nova Zelândia e Austrália, mas acabei achando a Nova Zelândia meio roots demais para mim e decidi pela “terra dos cangurus”.

 

Exatamente, a única coisa que eu sabia sobre a Austrália, naquela época, é que os cangurus moravam lá. Passei, então, a pesquisar e aprender um pouco mais sobre esse país maravilhoso. É importante dizer: muitas pessoas pensam, e eu também pensava, que chegaria até a tropeçar em cobras e aranhas gigantes e precisaria lutar com os cangurus por um lugar ao sol. Calma! Não é nada disso! Pode ficar tranquila, a Austrália não é uma selva e você não vai sentir como se estivesse no filme Jumanji, por exemplo.

A maior parte das agências de intercâmbio tentam mandar você para Sydney. Algumas oferecem Brisbane, mas pouquíssimas falam sobre Perth, Adelaide, Cairns. É muito comum você ouvir dizer que alguém foi, vai ou está indo para Sydney, porque todo mundo vai para lá. Cidade grande, conhecida pela “Opera House” e por ter muitas oportunidades. Só que eu já sabia que não queria ir pra lá. Procurava uma cidade menor, algo mais tranquilo e bem localizado. Foi quando, depois de pesquisar sobre Adelaide e Cairns, resolvi ir para Brisbane. No entanto, no momento em que estava com o intercâmbio quase fechado, me veio a ideia de ir para Gold Coast. Foi aí que eu precisei me organizar e decidir que rumo tomar e que estilo de vida estava procurando.

Leia também: Agências de Intercâmbio

Se você está na dúvida entre Brisbane e Gold Coast, esse texto é para você. Vamos lá. Na época, o que eu mais ouvia e hoje o que mais se vê nos grupos de mensagens e redes sociais é que Brisbane tem emprego o ano todo, mas Gold Coast tem praia. Brisbane tem mais opções de festa, mas as melhores são em Gold. Brisbane tem mais opções de escola, é mais barato. Mas em Gold você sai da aula e vai para a praia. Se não tem inglês, vai para Brisbane, mais fácil arrumar emprego. Mas Gold tem campeonato de surfe e fica um pulo de Byron Bay, vá que eu encontre o Thor por lá. E assim eu poderia ficar o resto do dia enumerando os prós e contras, mas decidi escrever sobre o que me levou a decidir ir para Brisbane e se achei que foi a melhor decisão.

Escolhi Brisbane para ter uma experiência de vida em uma cidade australiana e por, de qualquer forma, estar perto da praia. Brisbane, por ser maior que Gold, realmente tem mais ofertas de emprego. Quem tem mais de 30 anos vai para Brisbane, enquanto os mais jovens preferem Gold Coast. Tudo isso eu pesquisei antes e confirmei quando cheguei lá. Por Gold ser menor, em pouco tempo você já conhece todo mundo. Brisbane já é um pouco mais espalhado e demora um pouco mais para isso acontecer.

Acabei me apaixonando por Brisbane. Caminhar na beira do rio, tirar foto na frente da Story Bridge, passear em Southbank, ver o pessoal na prainha artificial, participar dos eventos e churrascos no Roma Park, ir almoçar ou fazer um lanche no Eat Street, em Hamilton, de ferry. Sem falar nas famosas baladas localizadas no bairro Fortitude Valley. Lá você encontrará diversão para todos os gostos, salsa, hip hop, música eletrônica, festa brasileira. A noite de Brisbane está toda lá. E foi nesse bairro que eu morei e trabalhei por quase todo tempo do meu intercâmbio.

Brisbane CBD, ou mais conhecido como centro da cidade, é onde praticamente todas as escolas se encontram. O lugar é bem charmosinho, você consegue fazer tudo caminhando. As maiores lojas, bancos e restaurantes estão lá. É na frente do Hungry Jacks que os brasileiros se encontram para conversar ou comprar e vender guloseimas, entregar encomendas. Prepare-se para ouvir bastante português. Há muitos brasileiros pelo centro e em Spring Hill, outro bairro bastante conhecido e frequentado pelos intercambistas. Nossa, a saudade já bateu aqui.

Apesar de amar Brisbane, quando renovei meu visto, resolvi estudar em Gold, pois assim estaria indo para lá uma vez por semana podendo ver e aproveitar o mar, coisa que eu sentia mais falta em Brisbane. Morar em Brisbane e estudar em Gold foi uma experiência bem interessante e é possível sim. Em uma hora e meia de trem você está lá. Gold é bem mais descontraída, clima de férias, sol, mar, calçadão e barzinhos. Até fui em algumas festas lá, mas acho que sempre fui a mais velha da balada. Acredito que a faixa etária dos intercambistas e mochileiros fica entre 18 e 25 anos.

Espero ter passado um pouquinho da minha experiência para vocês e ter ajudado a decidir o destino do período mais intenso e proveitoso de suas vidas. Só quem tem a oportunidade de fazer um intercâmbio sabe o quanto é importante, é a escola da vida em um modo intensivo, eu diria. Sendo assim,  pense, decida e divirta-se na terra dos cangurus.

Related posts

Como funciona o partner visa na Austrália?

Luciana Rodrigues

Trabalho na área de formação na Austrália

Lívia Campos

Como é trabalhar com atendimento ao público na Austrália

Juliana Letra

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação