BrasileirasPeloMundo.com
Canadá Profissões Pelo Mundo Universidades pelo Mundo

Curso de LLM em Vancouver no Canadá

Sempre quis sair do Brasil. Desde que fiz intercâmbio, aos 18 anos, resolvi que viveria em outro país, ainda que por apenas alguns anos. Sendo advogada brasileira, entretanto, morar e trabalhar no exterior não seria a coisa mais simples, como costumamos ver em outras profissões. Assim, a idéia de fazer um LLM no exterior me pareceu a melhor forma de realizar esse sonho, já que além de viver no exterior como eu sempre quis, eu ainda daria um “up” na minha carreira.

A idéia inicial era estudar nos Estados Unidos, mas resolvi pesquisar outros países nos quais fazer um mestrado poderia ser interessante. Nessa busca, encontrei o LL.M em Common Law da University of British Columbia (UBC) aqui em Vancouver, no Canadá, e essa acabou sendo a minha escolha. Até então, nunca tinha sequer visitado o Canadá, de forma que essa escolha acabou sendo um pouco maluca… mas a minha vontade de morar fora era tão grande que lá fui eu, de mala e cuia, para Vancouver!

A grande vantagem desse curso é que ele foi desenvolvido para advogados estrangeiros que querem se tornar advogados aqui no Canadá, e quem é advogado sabe que exercer a profissão em outro país é razoavelmente complicado. Se contabilidade, engenharia e medicina, por exemplo, têm as mesmas regras básicas, o mesmo não pode ser dito da profissão jurídica.

Cada país tem as suas regras e suas leis, ainda que sejam parte de um sistema jurídico comum, de forma que para um advogado poder ser licenciado em outro país, ele precisa aprender as leis desse país, exceção feita, é claro, ao advogado internacional, hoje figura comum em muitos países, como nos Estados Unidos.

No Canadá, entretanto, a figura do “foreign associate” só pode praticar a lei do seu país. Eu, portanto, poderia trabalhar como foreign associate aplicando apenas a lei brasileira, mas não a canadense.

O LLM-CL, como é chamado aqui na universidade, permite ao estudante aprender as leis nas principais áreas jurídicas do Canadá para que o candidato complete parte das matérias exigidas pelo National Committee on Accreditation, que é o órgão responsável pela avaliação das credenciais do advogado estrangeiro a fim de admití-lo como advogado no Canadá.

Uma vez feito o pedido de avaliação, esse órgão emitirá um documento com todas as matérias que devem ser cursadas pelo advogado, o que eles chamam de “assessment”.

Para um estudante brasileiro, por exemplo, as matérias obrigatórias são constitutional law, contracts, business organizations, administrative law, evidence, criminal law, ethics, torts (que é a nossa responsabilidade civil) e properties (equivalente ao nosso direito real). O LLM/CL, entretanto, não oferece, ao menos até o momento, os cursos de torts e properties, de forma que mesmo após o programa, o candidato ainda precisará fazer exames do NCA para essas matérias.

Aliás, é importante dizer que o LLM/CL é bastante diferente dos cursos de LLM dos Estados Unidos e Londres. Enquanto estes últimos são basicamente uma pós-graduação, em que o advogado geralmente escolhe a área sobre a qual quer ampliar seus conhecimentos, o LLM/CL é quase uma faculdade.

Considerando todas as matérias requeridas pelo NCA, o candidato geralmente mal tem tempo para cursar matérias de seu interesse, mas apenas as matérias obrigatórias – o que eu, particularmente, achei um pouco maçante!

Outra coisa que me marcou muito é a quantidade de horas de estudo que despendemos com a faculdade. Lembro-me de ouvir de muitos amigos que “só” estudamos durante o curso – já que, no Brasil, estamos acostumados a estudar e trabalhar ao mesmo tempo -, mas o estudo toma o seu tempo integral.

Claro que dá tempo de se divertir, sair com os novos amigos e até de dormir, mas o estudo toma grande parte de seu dia, como um dia de trabalho em um escritório. Eu, particularmente, não esperava tanto estudo… é MUITO diferente do que vemos no Brasil. Diferentemente do Brasil, a faculdade de direito por aqui é das mais difíceis de se ingressar. A profissão, igualmente, é das mais admiradas.

Após o reconhecimento do diploma pelo NCA, o candidato passa a ser considerado um “bacharel em direito” aqui no Canadá. Começa, então, a segunda fase processo, que é a necessidade de fazer um estágio obrigatório, chamado de “articling”.

O articling tem duração de um ano, durante o qual você trabalha sob a supervisão de um advogado que é chamado de “principal”. Como“articling student”, o bacharel passa a tomar conhecimento da prática do direito aqui no Canadá, e após esse um ano, pode finalmente tirar o BAR e tornar-se advogado.

Aqui na Colúmbia Britânica (BC), o bacharel apenas faz a prova do BAR após o ano de articling. Em Ontario, entretanto, ele pode fazer a prova do BAR tão logo termine a faculdade, porém só poderá advogar após o estágio obrigatório.

Em resumo, apesar de o curso ter sido desenvolvido para permitir a advogados estrangeiros tornarem-se advogados por aqui, o processo é longo e pode levar, para advogados formados no sistema de civil law, 3 anos ou mais. Eu acabo de terminar o meu curso (que é de 1 ano), e atualmente estou candidatando-me para “articling” e começando os preparativos para as provas de torts e properties em outubro.

Apesar do longo processo pela frente, estou feliz com a minha escolha e mal posso esperar pelos próximos passos!

Boa sorte a todos que pretendem fazer carreira como advogado no Canadá!

Related posts

Como abrir conta bancária no Québec

Renata Melo

Universidade de Aveiro

Gabriela Monteiro

Dicas para conseguir o Canadá Express Entry

Guaciara Rhein Pereira

179 comentários

Aline Arruda Julho 15, 2014 at 12:25 pm

Amiga, arrasou! Admiro demais a sua coragem e determinação em ser advogada em outro país. Parabéns, o céu é o limte. Muito orgulho. Amo muito
Beijos

Resposta
Renata Julho 16, 2014 at 9:51 pm

Obrigada amiga! =)

Resposta
Nara Maio 24, 2015 at 8:29 pm

Renata, e nos EUA e na Inglaterra, sabes como funciona? Sabes onde consigo informações sobre a advocacia em países de língua francesa?

Resposta
Rafaella menezes Setembro 21, 2015 at 2:05 pm

Renata, tudo bom?
Sou advogada, tenho 26 anos e moro em
Brasília.
Gostaria de saber sobre os valores desses cursos. Você acha que existe a possibilidade de trabalhar ai no Canadá em
Outra área (qualquer área mesmo!) apenas para ajudar a pagar esses cursos? Aguardo sua resposta.
Obrigada!

Resposta
Carolina Cunha Novembro 30, 2016 at 2:26 am

Olá, Renata e Rafaella. Tudo bem?

A minha dúvida é a mesma da Rafaella: custos. Tenho 24 anos e estou me formando em Direito agora, tenho pesquisado sobre minhas oportunidades internacionais, sobretudo no Canadá, e essa questão acaba pesando.

Obrigada e abraços,

Resposta
Luis Março 15, 2015 at 5:05 am

Bom dia Renata!
Eu sou graduando em Direito e tenho a pretensão de morar no exterior depois de me formar. Poderia me dizer se o Estagiário ai no Canadá é remunerado?

Obrigado!

Resposta
Roberta de Oliveira Junho 24, 2015 at 1:38 am

sim.

Resposta
Paulo Arruda Julho 15, 2014 at 5:19 pm

Parabéns pelo texto! Tudo de bom.

Resposta
Renata Julho 16, 2014 at 9:52 pm

Obrigada Paulo!

Resposta
Karine Flor Julho 16, 2014 at 3:04 am

Parabéns! Continue com essa coragem e determinação.

Resposta
Renata Julho 16, 2014 at 9:52 pm

Obrigada Karine! =)
Abraço

Resposta
Elisa Brenner Julho 16, 2014 at 1:44 pm

Oi Renata!! Incrível o seu post, quase um resumo da minha vida hahah
Acabei de formar em direito no Brasil e estarei mudando para o Canadá em 2015 e tenho planos de fazer o L.L.M, mas ainda estou meio perdida e buscando informações, é muito bom conhecer quem já passou pela experiência!
Será que você poderia me dar algumas dicas e qual universidade você aconselha, se é muito difícil, se vale a pena…
E por favor continue publicando novidades sobre o seu artcling 🙂
Parabéns pela determinação, muito sucesso
Beijos

Resposta
Renata Julho 16, 2014 at 7:03 pm

Olá Elisa! Por enquanto existem duas universidades que oferecem esse LLM CL, a UBC, onde cursei, e a Osgoode, que fica e Toronto ( http://www.osgoodepd.ca/llm_special/llm_canadian_common_law/ccl_specialization.html). Ambos os cursos são novos e acredito que bem parecidos. Dá uma olhada no site das universidades! Quanto ao curso, confesso que fácil não é. Eu, particularmente, achei bastante trabalhoso! Estuda-se muito, muito mesmo. Acho que para quem quer exercer a profissão de advogado aqui essa é a melhor forma, até porque para que advogados formados em civil law exerçam a profissão no Canadá exige-se pelo menos algum treinamento em common law. Ou seja, você tem a opção de fazer um LLM comum (que é como o nosso mestrado, com apresentação de tese ao final) e fazer todas as provas no NCA, ou fazer esse e já eliminar a maioria das provas, já que as notas desse LLM valem para o NCA!

Ainda vai levar um bom tempo para eu começar o articling, já que preciso fazer as provas restantes. Mas escreverei com com certeza sobre tudo o que vou passar para vocês! =)

No meu próximo post escreverei sobre como me preparei para aplicar, etc. Quem sabe te ajuda também!

Um beijo e boa sorte!

Resposta
sergio mattos Janeiro 19, 2017 at 10:34 pm

Olá, poderia informar se ao se fazer o LLM, eu posso advogar na área específica.
Obrigado
sérgio Mattos

Resposta
Caio Buffone Julho 16, 2014 at 6:16 pm

Renata, parabéns pelo texto, quando vi o título mal acreditei, pois procurando, nunca vi nada tão preciso e específico sobre o exercício da advocacia aí no Canadá. É um desejo, mas sinto falta de informações à respeito. Você saberia dizer se este é o único LL.M CL no Canadá? E a respeito de custos, e possibilidade de trabalho no decorrer do curso, como são? Grato desde já.

Resposta
Renata Julho 16, 2014 at 7:11 pm

Olá Caio!
Existem atualmente duas universidades que oferecem o curso por aqui, a UBC, onde cursei, e a Osgoode, em Toronto ( http://www.osgoodepd.ca/llm_special/llm_canadian_common_law/ccl_specialization.html). No site eles apresentam todas as informações sobre o custo do curso. Quanto à possibilidade de trabalhar durante o curso, no mês de junho de 2014 eles mudaram as regras em benefício de estudantes estrangeiros. Quando eu vim eu não tinha autorização para trabalhar off campus, só poderia trabalhar em lugares na própria universidade. Entretanto, agora eles dão essa autorização, então você pode trabalhar para ajudar nos custos. Eu trabalhei aqui de 8 a 10 horas por semana e confesso que era bastante pesado. A carga de estudo que temos no curso é grande, os alunos passam geralmente o dia todo trabalhando nas leituras que são passadas. Eu tinha que ler de 50 a 100 páginas por matéria por aula! E se você não se prepara não consegue (ou pelo menos dificulta) acompanhar a aula, que é baseada nas leituras. Mas impossível não é! Eu precisei trabalhar também pra ajudar com custos e no final deu tudo certo! =)

Fique atento a futuros posts, vou explorar mais a questão de custos, application, etc. E boa sorte! =)

Resposta
Renata Agosto 20, 2016 at 1:38 am

Olá, adorei seu texto! Obrigada por compartilhar sua experiência conosco. Minha pergunta é: qual o custo por ano para estudar no LLM em Vancouver e o custo por mês para se manter com alimentação e necessidades básicas?

Resposta
Danielle Tavares Roseno De Camargo Daniel Setembro 4, 2014 at 2:27 am

Quase infartei quando encontrei seu artigo!!!!
Que alegria encontrar alguém na mesma situação que eu rs.
Renata, parabéns pelo blog e muitíssimo obrigada por compartilhar sua experiência conosco.
Acabei de voltar do Canadá, mas não pude conhecer Vancouver, uma pena.
Estava estudando ontem acerca do LLM em Toronto, mas os valores são realmente altos e no meu caso, somos em 2.
Em Toronto, pra estudante internacional o curso girava em torno dos 32 mil dólares por ano.
Encontrei a opção de fazer o college pra Paralegal, a fim de entrar no mercado canadense e depois fazer o LLM.

Resposta
Luciano Março 13, 2015 at 10:30 pm

Renata parabéns pela conquista. Danielle, tudo bem? Em meados de 2014, terminei o curso de Direito e hoje estou na labuta advogando. Pelo cenário político e econômico que estamos passando no Brasil, vejo no Canadá um futuro promissor. Mas a minha pergunta é: quais as vantagens do College Paralegal?
Grato!

Resposta
Luiz Novak Fevereiro 24, 2016 at 11:14 pm

Olá, 32 mil dolares por ano? Existe a possibilidade de trabalhar em estagios para ajudar a pagar o custo? Se sim, o salario da pra bancar o curso?

Obrigado!

Resposta
thadeu Julho 20, 2014 at 2:09 am

Renata, meus parabéns! Queria saber se VC teve que fazer o ielts ou TOEFL para entrar ou tem outra maneira TB? E quais seriam as pontuações. ABS. Sucesso.

Resposta
Renata Julho 20, 2014 at 6:46 pm

Obrigada Thadeu! Sim, tem que fazer um dos testes de proficiência em inglês. Eu fiz o TOEFL, e para o TOEFL eles exigem no mínimo 100 pontos dos 120 possíveis. Abs.

Resposta
Elisa Julho 23, 2014 at 12:38 am

Oi Renata!! Desculpa te encomodar de novo!! Você é a única pessoa que eu ‘conheço’ que já passou por isso.. Tenho tantas dúvidas, será que você poderia me ajudar mais uma vez? Tenho só um questão simples… Se eu preciso aplicar para a NCA para saber quais matérias eu devo cursar mesmo se eu já souber as que eu tenho que fazer (que são essas 6 que você citou no texto)
Achei bem caro e bem demorado o processo da NCA, parece que são 3 meses e quase C$400,00… Ou existe alguma outra forma que eu não to sabendo?
Agradeço muitooo a sua boa vontade e paciência!! Mais uma vez, boa sorte nas provas!! Torcendo por você!! Beijos

Resposta
Renata Julho 25, 2014 at 8:33 pm

Nossa, escrevi uma resposta mas acho que nao submeti… vamos de novo… rs
Na verdade, se voce aplicar para o NCA antes de fazer o curso, a resposta que recebera deles e’ que voce precisa voltar pra law school, fazer o JD. O que eles recomendam aqui (e que a maioria vem fazendo) e’ aplicar para o NCA apenas apos iniciar o ultimo trimestre do cursoou apos termina-lo, assim eles ja consideram que voce tem experiencia em common law.

E’ importante que voce saiba que o NCA considera cada application unico, de forma que eles podem acabar exigindo materias diferentes dos candidatos. No geral, as que eu mencionei sao as que eles exigem. Nada impede, todavia, que eles exijam outras, como family law, civil procedure, etc.

O application realmente e’ bem caro, mas infelizmente, se voce quiser se tornar advogada por aqui, precisara passar por isso em algum momento….

Um beijo e pode perguntar o que quiser! =)

Resposta
leila Julho 23, 2014 at 12:42 pm

Renata, a minha dúvida é semelhante a da Elisa. Gostaria de saber se o assessement feito pelo NCA é pré-requisito de admissão no curso. Pelo q eu entendi, seria, até porque se vc não tiver a nota mínima eles não permitem, é isso mesmo? E como vc fará com os cursos q não teve na faculdade, tem avulso ou algo do gênero?
Se não tem os professores explicam onde conseguir as informações, dão dicas de materiais de estudo e coisas similares?
Muito obrigada pelo texto, bem escrito e informativo!
Leila

Resposta
Renata Julho 24, 2014 at 5:40 pm

Ola Elisa!

O assessment do NCA nao e’ requisito de admissao para o LLM. Como expliquei acima para a Elisa, se voce aplicar para o NCA sem o LLM a resposta que vai receber deles e’ que precisa voltar para a law school e fazer os 3 anos do JD. Nao sei se entendi o que voce quer dizer com nota minima, voce poderia por gentileza esclarecer?

Para as materias que o curso nao oferece voce pode estudar por conta – o site do NCA coloca mastigadinho tudo o que voce precisa fazer, como os editais de concurso – ou fazer a materia avulso. A UBC, por exemplo, esta com um novo curso online de properties. Entretanto, voce paga 400 dolares para fazer a prova do NCA e 4000 para fazer o curso. Eu sinceramente nao estou disposta a pagar 10 vezes mais e resolvi estudar por conta. E possivel, muita gente faz isso, e com o que voce aprendeu no curso, nao fica tao dificil! =)

Obrigada e boa sorte!

OBS: desculpe a falta de acentos, estou num teclado nao adaptado para o portugues….

Resposta
Malini Julho 25, 2014 at 8:45 pm

Re! Simplesmente maravilhoso. Muito parabéns, principalmente por servir de exemplo para as pessoas que querem mudar! Sua vida é um exemplo de que “é possível”! Tenho muito orgulho de ser sua amiga.
Saudades sempre. Que todos os seus sonhos se realizem <3
Hare Krsna!

Resposta
Renata Julho 29, 2014 at 5:10 am

Aaaaah Mazinha, obrigada amiga!! Beijos e saudades eternas! <3

Resposta
Maria Rubia Julho 31, 2014 at 3:21 pm

Oi Renata.
Nossa foi muito bom encontrar este seu post! Já estava desesperada atrás de cursos de Direito em Vancouver que é a cidade que eu pretendo morar com minha família e iremos tentar o Canadian Experience. Como tenho um inglês bem mais avançado que meu marido, eu que vou aplicar o visto de estudo e queria muito na minha área mesmo que no inicio tenha que voltar a estagiar, mas agora tenho a esperança que poderei advogar depois.
Quando vc irá postar a sua experiência com aplicação para o curso? Demorou muito? Vi no site da UBC que se eu quiser estudar em Setembro do próximo ano já tenho que aplicar até 1 de Dezembro de 2014 e ainda nem comecei a estudar para o IETLS. Me bateu um desespero pq não queria deixar para 2016, já não sou mais tão nova, eu e meu marido estamos chegando na casa dos 40.
Não sei se entendi bem e se vc pode me esclarecer, este curso é de 1 ano e depois me dá direito a estagiar por 1 ano… Depois disto posso trabalhar como para legal e se quiser advogar é que faço o NCA? O visto que recebeu foi de quanto tempo? Quanto teve que comprovar para conseguir o visto?
Outra coisa já tenho pós-graduação lato sensu em LL.M pelo Ibemec, isto me ajudaria em alguma coisa?
Aí credo quanta pergunta q fiz, né!?! Desculpa, mas como mencionaram acima, vc foi a única que encontramos na Internet que está passando por esta experiência. Imagino o sufoco que foi para aplicar e se mandar para o Canadá!
Enfim, são muitas dúvidas que tenho mas não ficarei te alugando.
Muito obrigada pelo seu post e parabéns… e posta logo o texto sobre como vc se preparou para aplicar, custos e tal…..kkkkkkkkk…estou muito precisada!

Resposta
Renata Agosto 6, 2014 at 8:39 pm

Ola Maria Rubia,

Na verdade, para estrangeiros a data de inicio do curso e’ maio e nao setembro. Eu resolvi que queria fazer o curso no ano anterior, comecei a organizar toda a documentacao por volta de maio para aplicar em dezembro. Eu fiz o TOEFL no final de agosto. Nao sei o Ielts, mas leva um tempo para sair o resultado, entao nao recomendo deixar muito pra ultima hora.

O curso tem duracao de um ano (maio a abril) e depois vc tem direito a renovar a sua permissao de estadia por mais um ano, como work permit. Isso nao significa que vc va estagiar ou conseguir o estagio imediatamente, ate porque o estagio e’ muito concorrido, e’ um verdadeiro processo de trainee com datas especificas para aplicar e comecar. Ate que voce consiga o seu assessment e faca as demais provas, leva um bom tempo ainda. Nesse meio tempo voce pode trabalhar na area juridica como legal assistant, legal secretary ou ate paralegal se der sorte – digo isso porque paralegal aqui e’ uma faculdade, de forma que muitos escritorios procuram pessoas com o diploma de paralegal.

A sua pos-graduacao no Ibmec e um plus para o processo de application com certeza, mas como ainda e’ em civil law, dificilmente te ajudara a eliminar materias…

Espero ter ajudado!

Abraco,
Renata

Resposta
Maria Rubia Agosto 7, 2014 at 3:43 pm

Obrigada, Renata!
Já comecei a corre atrás da documentação e me preparar para Ielts, quero fazer a prova no começo de outubro.
Vou te incomodar só mais um pouquinho… Vc aplicou e fez tudo sozinha ou teve ajuda de alguma agência?
As cartas de referências e os documentos da faculdade e pós devem ser enviados diretos para UBC pelas pessoas e instituição ou posso juntar tudo e eu enviar para lá?É tudo enviado pelos correios né?
Preciso comprovar a minha renda para UBC ou só para tirar o visto?
E uma última pergunta, eles demoraram muito para lhe dá uma resposta e carta?

Resposta
Renata Agosto 22, 2014 at 6:01 pm

Eu não contratei agência não, mas tive a ajuda de amigos que aplicaram em anos anteriores para outros LLM’s. Se vc tiver esses documentos lacrados e assinados, como eles pedem, você mesma pode enviar. Eu enviei por UPS, não precisa ser necessariamente por correio. Comprovação de renda só para o visto. Eu tive a minha resposta pelo meio de janeiro. Boa sorte!

Resposta
Carina Junho 15, 2016 at 12:41 am

Olá Maria e Renata,

Estou começando a me preparar para o IELTS com a intenção de aplicar para uma pós ou mestrado no Canadá. Já estou bem colocada profissionalmente aqui, não seria o caso de advogar no Canadá mas apenas passar 2 anos para estudo e experiência de vida para mim e em especial para os meus dois filhos de 12 e 10 anos. Qual curso part time me indicaria, pois teria que dividir tempo de estudo com dedicação a filhos. Maria, conseguiu aplicar já?
Estou analisando muitas possibilidades, Por favor, Compartilhem as experiências!

Obrigada,
Karen

Resposta
Raony Agosto 6, 2014 at 5:05 pm

Renata, bom dia.
Estou com uma duvida quanto ao pagamento dos tutions. Na UBC o LL.M custa $9,384.69 per installment e $28,154.07 per year. São estes mesmos os valores? Ou você paga por créditos mesmo? E qual as datas de pagamentos, você paga o ano todo logo de uma vez, ou paga a cada installment? Muito grato, estas são as minhas últimas dúvidas.

Resposta
Renata Agosto 6, 2014 at 8:43 pm

Ola Raony, voce paga tres parcelas de $ 9.384,69, a primeira quando inicia o curso em maio, a segunda em setembro e a ultima em janeiro, no inicio de cada term. O valor e’ esse mesmo. Acredito que a outra universidade sai um pouco mais barato, mas nao tenho certeza….

Abs,
Renata

Resposta
Eddie De Los Santos Agosto 27, 2014 at 5:34 am

Saudações, Renata, futura advogada canadense.
Você disse que demoraria cerca de 03 anos para o advogado estrangeiro até conseguir ser advogado no Canadá. Mas, ao final, você fala de 01 ano de curso e possivelmente mais um ano de “articling”, ou seja, dois anos. Então, dois ou três? Ou não li corretamente?
Mais uma questão: o exame para poder advogar (BAR) é difícil aí?
Obrigado, Renata, e até mais!

Resposta
Renata Setembro 2, 2014 at 9:12 pm

Olá Eddie. Considere 3 anos, já que você não vai conseguir o articling tão logo terminar o curso. Você ainda terá exames para fazer para o NCA, e leva um tempinho ainda para conseguir o assessment. Ademais, conseguir uma posição como articling student aqui não é fácil, leva tempo.
Quanto ao exame, depende muito da província. Aqui em BC, ouvi dizer que não é dos piores. Em Ontario, onde fica Toronto, já dizem que é bem difícil….

Boa sorte!

Resposta
Edy Glaydson Dos Santos Janeiro 28, 2015 at 3:38 am

Obrigado, Renata.
Mais uma pergunta, a qual acho de valia considerável: ainda fazendo aqui os cálculos, vejo que está faltando um ano aí: um ano de study permit, mais um ano de pgwp…e, diante do que você colocou que são dois anos até conseguir finalizar tudo, de onde se tirará o outro “um” ano para permanecer no Canadá?

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:35 pm

Boa pergunta Edy! Essa é na verdade uma das grandes dificuldades para alunos estrangeiros acredito eu. Eu não tive problema porque o meu namorado, com quem vivo em união estável, é canadense e, com isso, consegui entrar com pedido de residência. Mas acredito que existem duas formas de conseguir ficar um terceiro ano pelo menos: prolongar o seu tempo de estudo – parece-me que se estudar por mais de um ano, o post graduate work permit é válido por um tempo maior. A segunda forma seria aplicar para residência por um dos programas de imigração do Canadá, como o express entry. Não tenho maiores informações sobre como funcionam esses programas, precisaria chegar com agentes de imigração especializados.

Resposta
Rômulo Setembro 1, 2014 at 3:09 pm

Ola Renata!

Observei que você já manifestou informação sobre trabalhar e estuda ao mesmo tempo, mas quero me referir agora é da seguinte situação um brasileiro que não tem nenhuma renda para se manter ai no canada ele ao chegar ai tem como procurar um emprego normal de uma salario minimo e estudar ao mesmo tempo também e sobre a legislação nacional de imigrar apos adquirir o licenciamento da profissão advocatícia a pessoa pode se naturalizar por esse motivo fica a pergunta
um beijo e abraço.

Resposta
Renata Setembro 2, 2014 at 9:17 pm

Olá Rômulo,

Para que você consiga o visto de estudante, além de apresentar a carta convite da universidade, deverá comprovar que possui renda para pagar o curso e se manter pelo tempo do curso no Canadá. Eles pedem pra você dizer o quanto acha que gastará com moradia, comida, etc, e deve ter esse valor em caixa. Se não tiver, pode não conseguir o visto.

Quanto a arrumar emprego aqui, houve uma alteração na legislação e agora os estudantes ganham também um work permit ouvi dizer, que te permite trabalhar em qualquer estabelecimento.

Você só pode entrar com pedido de residência se tiver trabalhado na sua área por pelo menos um ano. O seu visto post graduate, que te permite trabalhar por um ano após o curso, pode ajudá-lo a conseguir emprego, mas dificilmente você estará na sua área já por um ano, de forma que precisará que alguém te patrocine um novo visto de trabalho e, posteriormente, a residência. Adianto que o processo não é fácil.

Abs

Resposta
Guilherme Setembro 4, 2014 at 2:53 pm

Olá Renata, parabéns pela iniciativa e pela disponibilidade em ajudar.
Estou começando a pensar nessa possibilidade, então ainda não pesquisei muito a respeito.
Tenho algumas dúvidas quanto ao processo de admissão no LLM.
É muito concorrido? O que acredita que te ajudou a conseguir, boas notas na gradução?
Sabe se ter especialização e trabalhar na área, no caso no serviço público, em Tribunal, conta para o processo de admissão?
Abs.

Resposta
Renata Setembro 8, 2014 at 8:16 pm

Olá Guilherme!
O número de candidatos que aplicaram e que foram aceitos você pode ver no site https://www.grad.ubc.ca/prospective-students/graduate-degree-programs/llm-master-of-laws-common-law, em data. Aqui eles consideram muito as notas que você teve, inclusive colocam requisitos mínimos em relação às notas. Acredito que o que me ajudou também foram a minha experiência em escritório de grande porte e as cartas de recomendação que consegui, de grandes profissionais. Acredito que tudo conta, mas infelizmente não saberia o que especificamente foi considerado. Existem alunos que nunca trabalharam que foram aceitos também. Eles não abrem o que consideram importante.

Boa sorte!

Renata

Resposta
Monica Setembro 5, 2014 at 8:06 pm

Olá Renata.
Como vai você?(espero que bem, claro…)

Primeiramente, gostaria de te agradecer por dividir a sua experiência e ajudar tantas outras pessoas.
Estou com algumas dúvidas, quando você tiver um tempinho será que você pode me (nos – já que estamos num blog…risos…) responder? :O)

São elas:
1) Você sabe qual a diferença da advocacia no Brasil em relação ao Canada – já ouvi relatos que o trabalho do adv. canadense é mais brando pois é cercado de law clerk e o peticionamento é padronizado – o que subentendi que a função aí é mais simples. (Será que estou subestimando a informação?)

2) Como mencionou acima, você não recomenda submeter o diploma brasileiro ao NCA uma vez que este pode exigir que o candidato faça uma law school no CA, certo?
Porém, neste curso aqui eles exigem que seja feito primeiro a submissão ao NCA como mencionei – então você sabe mais a respeito?
Aqui a info http://www.itlp.utoronto.ca/admissions-eligibility/admission-criteria-for-the-comprehensive-program/what-you-need-to-apply/

3) Já dá para você fazer um panorama das semelhanças e das diferenças nos cursos que teve no LLM em relação ao que estudou aqui no Brasil?

Muitíssimo obrigada desde já,
Monica

Resposta
Renata Setembro 8, 2014 at 8:36 pm

Olá Monica!

Respondendo as suas perguntas:

1) Olha, eu não diria que é mais brando não. Eu ainda não trabalho como advogada ou em escritório, então não posso te dar dados concretos sobre as diferenças além do que tenho ouvido. Ouço que é um trabalho bem diferente do que estamos acostumados no Brasil. Como advogado aqui, você tem que debitar muito, e tem os seus próprios clientes. Aqui a produtividade é alta, ninguém sai pra almoçar, a maioria come na própria mesa. Almoço, como estamos acostumados no Brasil, só se você tiver uma reunião com cliente. Meus amigos canadenses que estão fazendo o articling trabalham muito, cerca de 12 horas por dia, incluindo pelo menos um dia do final de semana!

2) Eu nem sabia da existência desse curso, mas se você notar, a admissão está condicionada a você ser um residente, cidadão ou ter vindo para o Canadá na condição de refugiado – dá uma olhada no terceiro item do final checklist.

De qualquer forma, um advogado formado em civil law receberá como resposta que deverá voltar para a law school. Nada impede que você faça esse curso e aplique novamente para o NCA após terminá-lo. Alguns colegas meus aqui fizeram isso. Aplicaram, recebaram a negativa e, após já terem cursado a maioria das matérias e dizerem que estavam fazendo o programa LLM/CL, aplicaram novamente. Aí receberam as matérias restantes que precisariam fazer prova.

3) Não sei se entendi bem a sua pergunta. O ensino aqui é bem diferente do que estamos acostumados no Brasil, bem puxado. Muito mais puxado. Muita leitura para preparar para as aulas (se você não tiver feito as leituras, dificilmente segue as aulas), o estilo de provas deles é bem diferente também. Se você se refere ao conteúdo, com exceção de contratos, que possui muitas semelhanças, contudo algumas diferenças relevantes, o resto é bem diferente.

Espero ter ajudado!

Abs,
Renata

Resposta
Rita Veloso Setembro 17, 2014 at 4:07 am

Olá Renata!
Fiquei contente em encontrar este blog, bem como por notar que você responde a todos os questionamentos, achei muito bacana de sua parte!!
Minha pergunta pode não ter muito a ver com o tema, porém vou arriscar:
Para quem é somente Bacharel em Direito no Brasil, compensa fazer um college como Paralegal no Canadá? Seria bem mais tranquilo do que todo esse processo pelo qual você tem passado, correto? Após o período de curso e mais 1 ano de trabalho tentar a imigração, você acha viável?
Confesso que devido a minha idade (34 anos), todo esse tempo para se recolocar no mercado de trabalho assusta, porém, existe uma grande vontade de recomeçar em outro País…
Bem, não quero me estender demais, espero ter sido clara para que possa me ajudar com tua opinião.
Parabéns pela iniciativa!
Grande abraço,
Rita Veloso

Resposta
Renata Setembro 19, 2014 at 6:19 pm

Olá Rita!
Olha, eu acho que compensa sim! O curso de paralegal aqui, salvo engano, é de dois anos, e geralmente os escritórios contratam paralegals que tenham feito o curso. Acho super válido! Estando aqui como estudante por dois anos, você pode estender o seu visto, após o curso, por mais dois anos, e nesse meio tempo se colocar no mercado. Trabalhando na sua área por um ano, você já pode entrar com o pedido de residência. Pelo menos isso é o que eu ouço por aqui (prefiro não te dar certeza, já que não sou advogada de imigração né… rsrs). Aliás, a lei está mudando e os paralegals estão tendo cada vez mais autonomia, já podem inclusive tocar ações mais simples sozinhos, sem advogados. Acho, também, que como paralegal já dá pra ter uma qualidade de vida razoável sabe, no que diz respeito a salário.

Boa sorte e um abraço!

Resposta
Carol Fernandes Janeiro 7, 2015 at 10:15 pm

Renata, muito obrigada por compartilhar sua experiencia. Fiquei muito feliz em ler tudo o que escreveu e justamente ia fazer a mesma pergunta que a Rita, mas como ja respondeu gostaria de saber qual a sua opiniao sobre o mercado de trabalho como paralegal, e facil procurar emprego nessa area por ai? A demanda de escritorios que procuram paralegal e alta?
(desculpe me, mas meu teclado nao tem acento kkkk)

Obrigada, mto mto mto obrigada mesmo!
Vc me ajudou a esclarecer muitas duvidas

Com carinho
Carol Fernandes

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:09 pm

Olá Carol! Infelizmente eu não tenho maiores informações sobre o mercado para paralegais. Existem diversos cursos por aqui e sei que os escritórios estão sempre à procura de legal secretaries e algumas vezes, paralegais. Mas o serviço é bem diferente do de uma advogado, e o salário bem menor. Boa sorte!

Resposta
Maicon Setembro 19, 2014 at 11:23 am

Nossa, finalmente um post decente sobre o assunto. Estou planejando fazer o mesmo que você, mas tenho um problema: como ficar aí tanto tempo? Com visto de estudo? Como conseguir o visto de residente permanente se em BC eles exigem uma proposta de emprego para isso? Tks

Resposta
Renata Setembro 19, 2014 at 6:27 pm

Olá Maicon,

Quando você vem para fazer o curso, vc ganha o visto de estudante. Após o término do curso, você pode renovar o seu visto de permanência como worker por mais um ano (o visto tem a validade do tempo do seu curso). O pedido de residência pode ser feito caso você esteja atuando na sua área por um ano, e dificilmente esse será o seu caso, pois ainda terá que satisfazer os requisitos faltantes do NCA. Porém, acredito que se você tiver um outro emprego, esse outro empregador possa te dar uma carta para que você, eventualmente, estenda o seu período de permanência no país. O único problema é que você fica preso a esse empregador, não pode mudar de emprego senão perde o work permit. Mas, estando trabalhando por aqui por um determinado período de tempo, você pode entrar com o pedido de residência. Eu realmente não sei quanto tempo precisa e demais detalhes. Sugiro que você converse com profissionais de imigração, eles poderão te informar tudo isso melhor…

Abs,
Renata

Resposta
Maicon Setembro 20, 2014 at 2:49 am

Ok Renata, muito obrigado pela resposta.

Mais uma coisa: esses subjects que não estão compreendidos no LLM você tem que cursar em uma universidade ou apenas estudar sozinho e fazer um teste diretamente no NCA? São testes difíceis?

Ah, esqueci de avisar, a U of T também tem um LLM desse tipo, porém é bem caro: http://www.law.utoronto.ca/academic-programs/graduate-programs/gpllm

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:10 pm

Você pode fazer qualquer um deles. Eu estou estudando por conta. Dá pra fazer, mas precisa estudar!

Resposta
Maicon Setembro 22, 2014 at 1:21 pm

Ok Renata, muito obrigado pela resposta.

Mais uma coisa: esses subjects que não estão compreendidos no LLM você tem que cursar em uma universidade ou apenas estudar sozinho e fazer um teste diretamente no NCA? São testes difíceis?

Ah, esqueci de avisar, a U of T também tem um LLM desse tipo, porém é bem caro: http://www.law.utoronto.ca/academic-programs/graduate-programs/gpllm

Resposta
Renata Setembro 25, 2014 at 1:30 am

Você pode estudar por conta própria ou fazer curso online. A U of T, por ex, tem o curso online. Eu vou estudar por conta própria. No NCA, vc precisa acertar 50% pra ser aprovado, o que não parece ser tão difícil… mas ainda não fiz as provas, então não sei te dizer ao certo…. =)

Vi esse LLM depois que a Monica, acima, comentou… nunca tinha ouvido falar! Obrigada!

Resposta
Canadá – Preparação e Documentos Para o LLM Outubro 3, 2014 at 4:03 pm

[…] o Canadá para fazer um LLM e, eventualmente, tornar-me advogada por aqui. No meu primeiro texto Exercício da Advocacia, expliquei a estrutura do curso e, em linhas gerais, o que nós, brasileiros, precisamos fazer […]

Resposta
Paola Outubro 15, 2014 at 4:18 pm

Olá Renata, A minha dúvida é quanto ao tempo desse LLM? Não entendi no post se são 3 anos e meio ou 1 ano. E depois é 1 ano de estágio para então tirar o certifcado, certo? Fiquei confusa nessas durações. Att. Paola

Resposta
Fátima Outubro 23, 2014 at 10:58 pm

Primeiramente, parabéns pela coragem! Certamente, você terá uma vida plena de realizações, afinal, faz muito por merecer.
Você poderia fazer um breve paralelo entre o curso que você fez e o curso voltado para atuar como Paralegal (existe em Vancouver?), em termos de duração, investimento necessário e possibilidade de ingresso no mercado de trabalho?
Obrigada!

Resposta
Mércia Novembro 2, 2014 at 12:28 am

Olá Renata!! Adorei o seu blog!!!
Estava pesquisando a respeito das oportunidades para advogados no Canadá e encontrei seu blog. Sou advogada também, há algum tempo cogito a possibilidade de uma eventual mudança para o Canadá, mas até então, sabemos que as leis são outras e nossa OAB certamente não servirá pra coisa alguma no país. Então, você foi para o Canadá, já era advogada no Brasil???

Resposta
Tatiane Lima Novembro 13, 2014 at 1:39 am

Renata, parabéns pelo blog e pelas informaçōes!!! Confesso que de uns tempos pra cá comecei a procurar saber mais sobre advogar no exterior, mas minha idade me prende um pouco (30 anos e meio).

Me diga, fora o canadá, que outro país seria a sua segunda opção?? Como nossa raiz de formação é o civillaw assim como varios países da europa, não seria menos demorado o processo de inserção e com menos provas em país como alemanha por ex? Pergunto isso pois achei o processo todo muito complicado (e caro) e diversas vezes vc avisa que não é impossível, mas é muito difícil e árduo.

E outra questão. Um paralegal aí ganha pouco? Vi que o processo para se tornar um é mais fácil, mas vc náo falou que pensou em fazer isso e tal, então estou a pensar o porquê. Um paralegal aí seria como um juiz arbitral aqui no brasil? ou falei besteira?

bjos e boa sorte aí.

Resposta
Renata Maio 13, 2015 at 3:44 pm

Olá Tatiane,

Sim, o processo talvez seja menos complicado em países que sigam também o sistema de civil law. O processo é sim muito longo e complicado, e o aprendizado da common law também é challenging. É um sistema legal completamente diferente, como aprender do zero.

Eu não tenho informações sobre quanto ganha um paralegal, mas o pouco que sei é que o salário é, obviamente, mais baixo do que o de um advogado. Eu não pensei em fazer esse programa porque eu vim com a intenção de ser advogada e fui aceita no curso. Eu poderia, agora, conseguir uma posição de paralegal e ficar por lá, mas eu prefiro seguir com o processo, ainda que longo e demorado.

Quanto às responsabilidades de um paralegal, ele faz pesquisas para os advogados, alguns contratos mais simples e pode até aparecer na corte para defender casos menores. Não é parecido com juiz arbitral. Se você já assistiu Suits e The Good Wife, é mais ou menos aquilo que você vê por lá.

Resposta
ovidio Janeiro 7, 2015 at 6:30 pm

Post perfeito! Lí muita coisa e já salvei a página para prosseguir. Muito me interessa, acabei de voltar de passeio dos EUA, tive a mesma sensação que vc outrora, e o sonho de trilhar esse caminho que você já desbravou é grande. Parabéns pela coragem!

Resposta
Célio Fevereiro 2, 2015 at 4:07 am

Meu Deus, há uma luz no fim do túnel. Me desculpe a expressão,mas algum tempo eu queria imigrar para o Canadá mas encontrei alguns artigos que não davam esperança a advogados. Estou cursando a faculdade de Direito ja falo francês fluente, começarei ainda este aaino inglês e depois do seu post ja sei qual caminho seguir.Muito obrigado.

Resposta
Renata Maio 13, 2015 at 3:45 pm

Se você fala francês fluente, veja de ir para Quebec, pode ser uma opção melhor. Boa sorte.

Resposta
DrHelder Vieira Fevereiro 17, 2015 at 8:51 pm

Olá Renata, Primeiramente gostaria de te parabenizar pela excelente matéria e esclarecimentos. Tenho procurado na Net e muitos falam muitas coisas, mas não com tanta riqueza de detalhes e clareza.

Sou Advogado e pretendo morar no Canadá e com suas dicas com certeza será mais fácil, apenas gostaria de te perguntar acerca de família, pois tenho esposa e filho e gostaria de saber se enquanto eu faço o LLM poderia levar a família?. É difícil conseguimos o visto para todos?, o que você poderia sugerir.

Um abraço e sucesso.

Resposta
Renata Maio 13, 2015 at 3:46 pm

Acredito que eles consigam ir com visto de esposa e filhos (estudantes). Seria melhor verificar com alguém que trabalhe com imigração ou até perguntar no próprio consulado aí no Brasil.

Resposta
Karla Keunecke Fevereiro 22, 2015 at 7:08 pm

Olá, Renata! Tudo bem? Qual o horário das aulas no programa full time? São de segunda a sexta o dia todo? Poderia me dar detalhes sobre o dia a dia na Universidade? Obrigada!

Resposta
Renata Maio 13, 2015 at 4:01 pm

Karla, depende do seu currículo de aulas. Não é todo dia e nem o dia todo, mas você pode ter aulas de manhã, a tarde ou a noite. Ou seja, alguns dias de manhã, outros a tarde e a noite. No resto do(s) dia(s), você precisa estudar. Ou seja, acaba ocupando o seu dia todo.

Resposta
duartedelimaeparreiras Fevereiro 27, 2015 at 6:39 pm

Qual o custo aproximado para todo o procedimento?

Resposta
Marielli Queiroz Março 4, 2015 at 12:12 am

Olá, agradeço pelas informações e desejo muito sucesso!
Mas tenho algumas dúvidas ..
Você foi formada em Direito para o Canada ? E quando chegou ai começou a trabalhar pra se manter? como você se desenvolveu financeiramente quando chegou?
Meus planos é terminar a faculdade de Direito aqui no Brasil e ir pra o Canadá , mas receio , pois preciso saber como vou me manter financeiramente ..
Att Marielli

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:29 pm

Marielli, eu vim com dinheiro suficiente para pagar o curso e me manter aqui durante um ano. E já por aqui, comecei a trabalhar on campus durante o curso e, depois, em outros empregos fora da área jurídica para me manter.

Resposta
Roberta Março 10, 2015 at 8:10 pm

Oi Renata,
Adorei teu post…super completo…só fiquei com uma dúvida agora:
Tu fez o Toefl como prova de ingles né? Esse exame tem, como Ielts, uma prova nivel academico? Pra dar entrada no NCA tu sabe se precisaria fazer uma prova comum ou essa de nivel academico?
Abraços,
Roberta

Resposta
Augusto de Almeida Maia Março 10, 2015 at 11:50 pm

O “estágio” no Canadá é remunerado? Sou advogado e gostaria de morar em Vancouver. Gostaria de já trabalhar em algum escritório, seja como secretário ou qualquer cargo, para depois ser “estagiário” e depois advogar. Mas se o “articling” não for remunerado, a vida ficaria bem difícil, pois eu não teria renda.

Resposta
Renata Maio 13, 2015 at 3:58 pm

O estágio é sim remunerado. Trabalhar durante o curso, em especial em empregos full time, não é possível durante o curso. Você pode até conseguir empregos part time, mas dificilmente ligado a algo juridico. O ideal é vir com o dinheiro que precisa já do Brasil.

Resposta
Domenica Paula Março 19, 2015 at 6:18 pm

Parabens!! estou pensando em fazer algo parecido sua pagina ajusou muito

sucesso

Resposta
Lana Abril 30, 2015 at 6:18 pm

olá Renata, gostaria de parabenizá-la pelas informações sinceras e muito informativas que vc vem passando. Gostaria de continuar ouvindo as suas experiências pelos próximos dois anos, pois é o tempo que falta para eu me mudar para o Canadá.
Eu já tenho emprego certo, mas o meu marido vai largar tudo para me acompanhar, e como temos dois filhos e ele já não é tão novo, estou estudando a possibilidade de ele fazer um college de paralegal ao invés de tentar o caminho árduo e corajoso que vc vem seguindo. Por isso , gostaria de saber um pouco mais sobre o mercado de trabalho para o paralegal
E continue escrevendo, pois fico entusiasmada e feliz em ver a sua determinação. Lindo exemplo para os jovens!

Resposta
Renata Maio 13, 2015 at 3:49 pm

Olá Lana, infelizmente não posso ajudar. Como não planejo ser paralegal, nunca pesquisei sobre o assunto. Talvez seja interessante você fazer essas perguntas para o próprio college aqui, eles devem te responder. Boa sorte.

Resposta
Beatriz Oliveira Bezerra Maio 6, 2015 at 6:28 pm

Oii Renata!Tudo bem, flor? Primeiro gostaria de parabenizar a iniciativa de compartilhar informações preciosas conosco! Segundo, queria te pedir uma dica. Faço faculdade de Direito aqui no Brasil e estou no 4 semestre. Estou começando a ver Processo e me apaixonando mesmo pelo curso, sabe.Até já estagiei voluntário por 2 mêses no fórum e foi bom. Meu pai vem sugerindo a um tempo que eu fizesse intercâmbio, mas o que sempre empacava essa idéia era o fato de ser difícil aproveitar cadeiras que eu fizesse em um país com leis e sistema jurídico tão diferentes do Brasil. Penso em trancar a faculdade e passar 5 mêses no Canadá fazendo curso de Inglês e talvez um curso de Inglês jurídico e noções de Direito Canadense, que a SEC – Vancouver oferece.Foi a única coisa que achei meio parecido com meu curso. Mas também penso em ir nas minhas férias e passar apenas 2 ou 3 mês fazendo só o Ingles. Estou em uma dúvida dolorosa kk pois já passei em concursos pra estágio(AGU, MP) e to amando a faculdade pra ter coragem de “parar” assim no meio, bem como tenho receio de quando eu voltar ficar tudo atropelado demais: estágio e 6/7 cadeiras pra me formar no tempo certo. Também sei que é uma oportunidade única e que dificilmente terei de novo, principalmente porque penso muito em seguir a carreira pública (MP ou magistratura), embora não descarte advogar. Sempre fui muito responsável com os estudos e até esse semestre adiantei 2 cadeiras, to fazendo 7, pensando nos 5 mêses de intercâmbio. Tá um pouco pesado e cansativo, mas to tirando proveito e indo bem! Mas to hiper confusa de quanto tempo e como fazer: se tranco e faço 5 mêses, deixando o estágio e a faculdade em si adormecidos por esse período, ou se faço 2/3 meses nas férias e faço a faculdade direitinho e o estágio tb. To precisando muito de uma luz!! Me dá uma opinião, por favor? Beijoos!!

Resposta
Renata Maio 13, 2015 at 3:55 pm

Beatriz, fazer um intercâmbio durante a faculdade só enriquecerá o seu currículo, então eu super recomendo! Se você pensa em seguir carreira pública e está mais ou menos certa de que é isso que quer, sugiro que você faça seu intercâmbio em países que sigam a civil law e que são o berço do direito no Brasil, como por exemplo Portugal e Alemanha. O sistema jurídico daqui é completamente diferente, e acho que algumas idéias aqui podem ser aproveitadas aí, mas não o conteúdo em si. Não se preocupe em se formar 6 meses ou um ano depois, uma experiência no exterior nunca será prejudicial, mas apenas benéfica. Eu no seu lugar faria o intercâmbio mas se fosse para estudar direito mesmo. Veja na sua faculdade se eles não tem programas de intercâmbio com outras escolas no mundo, muitas têm. O inglês você pode estudar depois que terminar a faculdade. Boa sorte e parabéns!

Resposta
Paola Maio 12, 2015 at 3:22 am

Olá Renata, tudo bem?
Encontrei seu post no Google pesquisando como advogar fora do país rs. Sou advogada e trabalho em sp, e assim como você, tenho muita vontade de morar fora do Brasil. Fui recentemente fazer um curso na Espanha e me falaram que lá também é possível fazer mestrado ou mba. Porém, estou procurando há dias e não encontro. Você saberia me informar alguma coisa da Espanha?

Resposta
Renata Maio 29, 2015 at 3:31 pm

Não conheço nada sobre a Espanha, tente dar uma olhada em Espanha aqui no site.

Resposta
Mariana Maio 22, 2015 at 5:36 am

Adorei seu post, sabe me dizer se existem tabeliães no canada e como Exercer essa profissão aí? Grata

Resposta
Renata Maio 29, 2015 at 3:32 pm

Mariana, não sei como funciona, tente dar uma pesquisada. Boa sorte!

Resposta
Paula Maio 24, 2015 at 8:57 pm

Desde sempre sonho em morar no Canadá. Estou cursando Direito e penso em fazer o LLM ai, gostaria de saber por onde começo, tendo o TOFEL/IELTS e todos os documentos necessários, apenas mando para faculdade e sendo aceita, tenho que pagar por isso e já posso comprar minha passagem de aviao para começar os estudos?

Resposta
Renata Maio 29, 2015 at 3:34 pm

Paula, ser aceito pela faculdade é apenas o primeiro passo. Depois disso, você precisa aplicar para o visto, que pode ou não ser concedido. Para isso, você precisará provar que poderá se manter no Canadá por um ano, pagando tudo o que precisa pagar (aluguel, faculdade, celular, plano de saúde e básicos) por um ano. Sem isso eles nem te dão o visto. E nem pense em comprar passagem sem visto.

Resposta
Roberto Maio 28, 2015 at 2:24 pm

Renata, já conseguiu iniciar o seu período de articling? Meu maior medo seria de terminar o curso, mas não conseguir um lugar para fazer esse 1 ano de articling.

Resposta
Renata Maio 29, 2015 at 3:36 pm

Roberto, essa é a parte mais complicada. Eu ainda estou em fases de exame do NCA, escrevo o último em agosto. O articling aqui é bastante disputado e está sendo um problema grande para os graduados em direito, estão faltando vagas para a quantidade de alunos que se formam. Isso é sim algo para se pensar. Imagine que todo o seu processo vai levar pelo menos 3 anos. E que você precisa se manter durante esse tempo.

Resposta
Paula silva Junho 9, 2015 at 3:09 am

Oi Renata. Para dar aula de direito, precisa também fazer este curso? Onde encontro os requisitos necessários?

Resposta
Renata Junho 22, 2015 at 6:59 pm

Oi Paula. Não sei quais os requisitos para ser professor aqui, precisa dar uma pesquisada. Imagino, contudo, que seja necessário ser formado em direito aqui.

Resposta
Paula Pitta Junho 16, 2015 at 2:37 pm

Olá Renata, Bom Dia! Primeiro gostaria de parabenizá-la pelo post. Me deu uma nova visão das coisas por aí. Gostaria de tirar uma dúvida.
Sou advogada aqui no Brasil, trabalho na área consultiva (contratos e societário) e tenho interesse de ir para Toronto, mas para continuar na minha área. Desta forma, gostaria de fazer um LLM em contratos, mas não sei se isso me autorizaria prestar o BAR (pelo que li, parece que somente fazendo esse LLM que você fez que eu conseguiria eliminar as matérias e posteriormente prestar o BAR para trabalhar como advogada).
Além disso, se eu não fizer o LLM ou o curso de paralegal, posso trabalhar como assistente jurídico na área de contratos?
Sabe quanto um paralegal e um advogado na área de contratos (não sei se aí existem áreas segregadas, mas imagino que os advogados se especializem em determinados assuntos) ganha por hora?

Muito obrigada!
Abs.

Resposta
Renata Junho 22, 2015 at 6:58 pm

Olá Paula. Quando você se refere a um LLM na sua área, você quer dizer que quer fazer um mestrado comum, com tese no final? Se for esse o caso, você pode fazer o NCA posteriormente, porém precisará fazer provas das matérias que não tiver feito durante o seu programa e que são consideradas centrais para a prática do direito aqui no Canadá (as que cito no meu artigo). Quanto a conseguir emprego como assistente e paralegal, é possível, apesar de eles darem preferência a candidatos que tenham feito o college de paralegal. Não sei quanto se ganha, pelo que ouço é em média em torno de 20 a 40 mil ano, mas não muito mais que isso.

Resposta
Raul Zorob Junho 26, 2015 at 3:33 am

Olá Renata.

Eu gostaria de indagar, se não for impertinente, quanto você teve de custos com o LL.M/CM e como foi o processo para ter o visto aceito.

Agradecido.
Raul Zorob.
OAB/SP 364.593

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:12 pm

Eu vim para cá com R$ 100.000,00. Para conseguir o visto você precisa ter a carta-convite da universidade.

Resposta
Bruna Kiarelly Junho 30, 2015 at 5:00 pm

Olá Renata,
Tudo bem?
Um dos requisitos para admissão no LLM é realizar um ” research proposal”.
Será que você poderia dizer quais os tópicos que devem estar presentes e a forma que deve ser escrita. Se tem algum padrão, como deve ser feito o questionamento sobre a tese. Por exemplo, o LLM será em Common law, dentro desse tema eu devo realizar um questionamento sobre o sistema do common law ou devo escolher um assunto que diz respeito ao modo que é enfretado no sistema?
Obrigada

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:13 pm

Bruna, o curso que eu fiz não precisa de research proposal. Existem outros que precisam, mas o LLM/CL não é um deles.

Resposta
Henrique Junho 30, 2015 at 10:11 pm

Olá Renata, parabéns pelo blog, trata-se de um mapa para todos aqueles que desejam advogar no Canadá. Gostaria de saber se há restrição de idade, principalmente por parte dos escritórios como requisito de contratação.

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:13 pm

Henrique, para o curso, certamente não. Para escritórios, não sei informar, mas imagino que não também.

Resposta
Ellen Julho 1, 2015 at 5:05 pm

Olá, Renata. Por coincidência, era justamente esse LLM-CL que eu estava analisando antes de encontrar o seu post. E, antes de eu pensar em enviar alguns questionamentos para a UBC, você já me deu as respostas. Eu queria saber sobre o work permit. Obrigada!
Agora, você disse que é possível trabalhar na universidade. Isso durante o LLM? Em termos financeiros, vale a pena? Grande abraço!

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:15 pm

Ellen, como disse em comentários anteriores, quando eu vim eu não tive direito ao work permit, por isso só podia trabalhar on campus. Parece-me que agora os alunos ganham também o work permit, mas não tenho certeza. Trabalhar durante o curso é permitido apenas 20 horas por semana. Os salários on campus vão de 13 a 18 dólares por hora.

Resposta
Patrícia Julho 2, 2015 at 5:30 pm

Oi Renata! Parabéns pelo blog! Para uma estudante de direito, no 3 período, com vontade de migrar para BC… Você indica parar o curso no Brasil, fazer um college em paralegal aí (para ir se mantendo) e consequentemente iniciar um novo Bacharel em Law ou terminar o curso por aqui e fazer a conversão por ai quando estiver pronta? O que será mais efetivo e menos oneroso? Desde já te agradeço! Abç!

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:18 pm

Para poder cursar direito aqui, você precisa ter um undergrad (ou já ter terminado a faculdade no Brasil). Não sei se o college de paralegal conta como undergrad, precisa pesquisar. Além disso, precisa passar no LSAT. A aprovação no curso de direito aqui no Canadá é bastante concorrida, portanto difícil. Quanto a preços, eu não sei te informar. Você pode dar uma olhada quanto sairia o curso de paralegal e depois o de direito no site das universidades que pretende cursar. Boa sorte!

Resposta
Isabelle dahmer Julho 2, 2015 at 6:05 pm

Poxa! Fiquei super feliz em ler seu depoimento! Minha mãe mora no Canadá, me formo final de 2016 e já estava me preparando pra fazer faculdade do zero. Você pode me tirar uma dúvida? Qual o processo de seleção para o mestrado? É muito rigoroso? Só tem na província da Colúmbia britânica?

Isabelle

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:20 pm

Olá Isabelle, o site da universidade (e um outro post meu aqui no blog) contam quais os documentos necessários para aplicar. Eles não falam abertamente o que levam em consideração na escolha, então não sei informar. O curso existe em BC, em Ontario e agora também em Alberta.

Resposta
LEONARDO GASPARINI Julho 3, 2015 at 1:17 pm

OBRIGADO PELAS INFORMAÇÕES E DICAS, AGORA ACREDITO QUE ESSAS DICAS VÃO FAZER A DIFERENÇA EM MINHA VIDA, JÁ QUE PENSO EM IR MORAR NO CANADÁ…

PARABÉNS, ABRAÇO,

LEONARDO GASPARINI.

Resposta
Luana Monteiro Julho 14, 2015 at 6:21 pm

Como vc vai solicitar o 3º ano de visto? o 1º ano fazendo o LLM, 2º renova com o work permit e o 3º? Pq vc ainda está fazendo as provas do NCA para depois tentar o articling, entendi correto? Vc tem algum plano B, caso não consiga o articling?

Resposta
Renata Julho 20, 2015 at 6:27 pm

Luana, ótima pergunta sobre o visto! Realmente, o terceiro ano de visto é a maior dificuldade, acredito eu. Todas os estrangeiros que conheço que fizeram o curso já estavam no Canadá como residentes. O meu caso acaba entrando na categoria de diferente porque o meu namorado é canadense e eu consegui entrar com o pedido de residente permanente como common law partner, que é a nossa união estável. Caso contrário, eu provavelmente teria que ter tentando aplicar pelos diversos programas que o Canadá oferece, como o express entry. Não tenho como dar mais detalhes sobre esses programas pois não os conheço, para isso precisaria contatar um profissional de imigração. Outra possibilidade seria estender o curso – fazer mais matérias depois de um ano – e conseguir um novo visto. Com mais de um ano de estudo, o post graduate work permit é válido por 2 ou 3 anos.

Resposta
Alini Melo Julho 27, 2015 at 4:05 pm

Bom dia, Renata!
Obrigada pelo seu post e todas as informações esclarecedoras!
Gostaria de tirar algumas dúvidas:
a) Qual a sua opinião sobre o mercado de trabalho aí para advogados, notadamente advogados brasileiros?
b) Qual o valor do LLM?

Agradeço, desde já!

Resposta
Renata Setembro 3, 2015 at 5:39 pm

Alini, no momento que vc se torna bacharel aqui, você é equiparado aos canandeses. Ser brasileiro não te trará nenhuma vantagem. O mercado é bastante concorrido, bastante mesmo, até para os próprios canadenses. Eu paguei 28 mil no curso quando fiz, sem contar custos com hospedagem e etc.

Resposta
Lucyanna Julho 30, 2015 at 2:13 am

Pena que os valores me assustam =[ Que sonho que você vive!

Resposta
Carol Gomes Julho 31, 2015 at 1:54 pm

Renata, quero fazer exatamente como você, mas tenho algumas dúvidas, quatro que me atormentam mais.

1- Esse curso que você está fazendo é uma pós-graduação ou é uma “conversão” do título de graduação?
2- Qual o coeficiente que precisa ter durante a faculdade para ser aceito?
3- Esse valor que você cita, inclui a acomodação no campus da UBC?
4- Quanto as cartas de recomendação, um professor com doutorado e outro com mestrado em Portugal, redigindo essas carta daria um UP nas minhas chances?

Muito obrigada pelos seus posts, me esclareceram muito. Se puder me passar seu e-mail, tenho mais algumas dúvidas que queria esclarecer.

Resposta
Renata Setembro 3, 2015 at 5:37 pm

O curso é um mestrado. Não sei te dizer os critérios de aceitação, eles não abrem… as demais informações você consegue tirar suas dúvidas pelos links fornecidos. Boa sorte!

Resposta
Lara Agosto 5, 2015 at 8:36 pm

Renata, vc saberia dizer se posso fazer o PHD em vez do LLM e se valeria para o NCA da mesma forma? Ou tem que ser obrigatoriamente o LLM?
Obrigada!

Resposta
Renata Setembro 3, 2015 at 5:35 pm

Lara, se você fizer o PHD, terá que fazer todas as provas do NCA depois, as notas não contarão. Tem que ser esse LLM específico, mesmo o LLM de dois anos com tese não te libera das provas.

Resposta
Bruna Demes Agosto 8, 2015 at 1:04 pm

Renata, esse LLM que você faz é pago? Como é a forma de ingresso?

Resposta
Renata Setembro 3, 2015 at 5:39 pm

Bruna, entre no link fornecido, lá terá as informações que procura.

Resposta
Marina Agosto 26, 2015 at 9:16 pm

Olá, tudo bem? Estou exatamente na mesma situação que você. Me vi na sua história e gostaria de saber se existe algum guia para aplicar, etc. E os preços também. Você conseguiu bolsa? Obrigada

Resposta
Renata Setembro 3, 2015 at 5:40 pm

Marina: Eles dão um award de 3 mil dólares para alguns alunos, mas não mais do que isso. Você terá que pagar pelo curso.

Resposta
Vanessa Setembro 6, 2015 at 6:17 pm

Boa tarde Renata, li atentamente os 2 artigos que escreveu. Sou portuguesa, fiz a licenciatura de direito (4 anos) em Portugal. Não fiz a ordem dos advogados nem o mestrado.

1- Somente com licenciatura posso me candidatar?

Vi que solicitam média de 16 (0 – 20) como requisito. Acontece que aqui em Portugal as médias não vão muito mais além de 12, 13, ou 14 sensivelmente, numa pública.

2 – Com média de 13 é possível entrar?

Eles no site indicam um valor de 957,24$ per credit.

3 – Quantos créditos são por ano? Ou seja, quanto de propina terei de suportar por ano?

4 – Vi que oferecem 3.000$/por ano aos estudantes internacionais. Existem bolsas a que me possa candidatar, uma vez que a minha família não tem grandes possibilidades?

Obrigada pela ajuda e desejo-lhe imensas felicidades e sucesso na sua carreira !

Resposta
Renata Setembro 9, 2015 at 5:15 pm

Olá Vanessa,

Segundo um amigo português, você não precisa da licença para o mestrado. Quanto à média, ele disse que o melhor seria você mandar um documento que mostre o que representa a média em “ECTS”, isto é, na qualificação uniforme da União Européia. O curso é de um ano e você precisaria curstar pelo menos 8 matérias. O problema é que cada matéria tem um número de créditos específico, mas tenta dar uma olhada no site nas que eu falei que fiz e em mais um seminário e veja quantos créditos cada uma teria. Eu acho que no final sairá por conta do valor que paguei, não mudará muito, mas realmente não sei. Não existem bolsas pela UBC e mesmo pelo Canadá é difícil de conseguir como aluno internacional. Será que você não consegue aí em Portugal mesmo? Boa sorte e obrigada pelos votos.

Resposta
Igor Setembro 12, 2015 at 4:58 am

Olá Renata, tudo bem? Vi que seu artigo data do ano passado, gostaria de saber se poderia (e gostaria) dar uma atualização sobre sua situação, só pra termos uma base 🙂

Também, gostaria de saber, na sua opinião, o que valeria mais a pena pra alguém ja formado em Direito no Brasil, esse curso de LLM ou um curso regular…

Por fim, acha que está valendo a pena? 😀

Espero que tenha sucesso em sua jornada!

Grato pela atenção,
Igor

Resposta
Renata Setembro 23, 2015 at 6:50 pm

Olá Igor,

Eu ainda estou no processo. Terminei minhas provas agora em agosto, o resultado sai em novembro e acredito que a partir de dezembro eu já possa começar o estágio. Estou agora procurando uma vaga, o que é o mais dificil.

O LL.M regular não vale como nota para o NCA caso você pretenda advogar aqui, de forma que você precisaria fazer todas as provas depois. Entretanto, ele te dá um visto de trabalho de 3 anos depois ao invés de 1.

Quanto a valer a pena, note que estou aqui faz mais de 2 anos e ainda estou no processo. Ele é longo mesmo, então isso é pessoal de cada um.

Resposta
Igor Outubro 5, 2015 at 5:21 am

Muito grato pela sua resposta Renata! Lhe desejo sorte e sucesso em sua carreira!

Resposta
raphael teixeira marge Setembro 17, 2015 at 5:30 pm

Ola tudo bem ?
primeiramente parabéns pelo texto, e obrigado por tirar tao pacientemente as nossas duvidas
gostaria de saber como faço para começar uma faculdade de direito do zero ai no canada?
quanto tempo demora ?

desde ja agradeço muito

Raphael Teixeira Marge

Resposta
Renata Setembro 23, 2015 at 6:51 pm

Raphael, no site das universidades eles colocam tudo o que você precisa fazer para ser aceito na faculdade de direito como JD, tenda dar uma olhada. Uma das coisas que você vai precisar fazer é o LSAT.

Resposta
Vinicius Cháboli Setembro 28, 2015 at 4:56 pm

Renata, boa tarde!
Ótimo texto, e, antes de mais nada quero parabeniza-lá pelo esforço!
De outro outro lado, acredito que já tenha visto a crise que o Brasil vem enfrentando nesse percurso anual. Então, estou pensando em me mudar para o Canada´- Vancouver, daqui há alguns anos.
Me formei em Direito/2014, ainda não tenho a OAB, estou estudando pra tira-lá (porem, tenho muita experiência na prática jurídica), Só não quis tira-la antes pois não me senti preparado..
Gostaria de alguma dicas de como faço pra poder exercer a profissão fora do Brasil.
Estou pesquisando e realmente muita gente menciona que não vale a pena, vez que o curso é caro, trabalhoso e desgastante. Mas, realmente não me vejo fazendo outra coisa.
Por favor, poderia me dar algumas dicas?
Sei que isso poderia tomar seu tempo, mas não vejo outra solução, a não ser ter o ponto de vista de uma brasileira com experiência.

email: [email protected] (prefiro pelo email, pois não consigo acessar o blog diariamente).

Obrigado!

Resposta
Vinícius Costa Outubro 1, 2015 at 12:37 pm

Bom dia, Renata. Gostaria de saber como é o custo de vida por aí. Minha amiga e eu queremos passar por todo esse trâmite que você fez, mas precisamos ter noção do quanto iremos gastar mais ou menos.
Outra coisa, você acha que vale a pena tentar? Está gostando de viver aí? Recomenda?
Atenciosamente.
Se puder, poderia responder por email? [email protected]

Resposta
Michel Vieira Outubro 4, 2015 at 6:00 pm

Olá!!!Tem um tipo certo de admiração quem estuda lá fora pelos seus grandes esforços.Eu porém estudo aqui no Brasil mais com uma intenção buscada lá fora,faço direito,minha faculdade não tem intercambio oque eu faço para conseguir um.

Resposta
franciscomelojr Novembro 4, 2015 at 6:52 pm

Ola Renata, gostei bastante, gostaria de saber como andam as coisas. Na verdade eh assim, faco o doutorado no quebec, e minha namorada eh advogada ja formada, com oab e tals. Gostariamos de saber se nao existe algum trabalho que ela possa exercer aqui enquanto nao termina esse processo, visto que ela pode ter o visto de trabalho (work permit) pois sou full-time student.
Abs e obrigado

Resposta
ledy Novembro 9, 2015 at 1:39 am

Boa Noite Renata.
Primeiramente adorei seu texto, realmente um dos melhores que tive a oportunidade de ler sobre este assunto.
Eu sou advogada no Brasil, e pretendo estar mudando para o Canadá, mas apenas por volta do ano de 2018, e uma das minhas maiores preocupações é em torno na regulamentação da profissão. Como você disse, demora em torno de três anos o processo ai, mas durante este período eu consigo trabalhar na área?
Outra coisa, o mercado de trabalho ai no Canadá tem um campo bom para a profissão?
Muito obrigada pela atenção e parabéns pelo site.

Resposta
Polay Kwarto Novembro 11, 2015 at 7:21 am

^_^ where can I get information on the express entry program to immigrate to Canada as a skilled worker?

Resposta
yan Novembro 12, 2015 at 6:41 pm

Queria saber porque assim eu ainda não tenho faculdade de direito e gostaria de saber se é mais facil eu fazer a faculdade no Canada, ou fazer no Brasil e depois fazer LLM como voce fez ?

Resposta
Air Vieira Novembro 14, 2015 at 8:59 pm

Olá Renata,
Parabéns pelo post e pela força e atenção que você tem. Bem gostaria de saber se a algum limitador no quesito idade! Uma vez que ainda sou acadêmico de direito com meus 35 anos e concluirei o curso em 2017. Também gostaria de saber se o francês basta ou exigisse o inglês também? E uma última dúvida no seu intendimento no meu caso faz bem apostar no curso de university ou vale investir em curso college
Pois tenho formação técnica na área da saúde aqui no Brasil. Pois assim consigo manter minha empreitada pois direito e o eu quero para minha vida.
meu e – mail: [email protected]
Grato por sua atenção.

Resposta
Catharina M. Novembro 20, 2015 at 12:55 am

Ainda sou estudante de direito em universidade privada aqui no Brasil, curso o 6º período. Gostaria de saber se posso cursar direito no Canadá sem ter de ser do início ( equivalente ao 1º período aqui) e aproveitar algumas disciplinas que já cursei no Brasil. Ainda me restam 2 anos para concluir, mas penso em ir para o Canadá ( Vancouver ou Toronto) no segundo semestre de 2015. Existe essa possibilidade, já que você foi formada, já tinha aprendido tudo de acordo com as regras e legislação brasileira, e no meu caso, eu ainda tô cursando, ou seja, ao invés de aprender algumas disciplinas relacionadas a realidade do nosso país, aprenderia a do Canadá. O que você sugere?Poderia verificar essa possibilidade?

Resposta
Andy Alves Novembro 22, 2015 at 11:32 pm

O que seria esse LLM? Desculpe pela ignorância

Resposta
tallison0 Dezembro 5, 2015 at 4:28 pm

Incrível, nossa se eu tivesse a mesma oportunidade, faria exatamente a mesma. Advogar no Canadá, nos USA que sonho! O problema é que é muito caro o curso superior no exterior, daí resta ficar por aqui. Se eu tivesse condições financeiras, não me importaria em começar do 0 a faculdade de direito no CAN ou USA. 🙁

Resposta
Débora Guimarães Oliveira Dezembro 8, 2015 at 1:46 am

Adorei a sua matéria e gostaria de saber se você pode me informar acerca de referências canadenses em conciliação e mediação. Se tiver alguma rede social e puder gentilmente me informar qual o seu login.

Desde já grata pela atenção,
Débora Guimarães Oliveira

Resposta
Miklael Dezembro 14, 2015 at 5:08 pm

Ola Teve Retorno?

Resposta
Ana Dezembro 16, 2015 at 2:38 pm

Oi Renata, tudo bem?
Li e reli seu post sobre advogar no Canadá, pois sou advogada no Brasil há anos, iniciei meu processo de imigração e tenho pesquisado bastante sobre o mercado de trabalho canadense. Existe muito pouco conteúdo sobre o assunto, ou seja, sobre a experiência de advogados brasileiros no Canadá. Pelo que entendi, existem 2 possibilidades: vc imigra e vai trabalhar no que chamam de entry level job, ou seja, vai trabalhar de peão até conseguir algo melhor ou vai estudar para ser advogado ou paralegal. Você sabe se um advogado brasileiro consegue trabalhar como legal assistant, por exemplo, sem ter que fazer college, só com a experiência de advogado em outro país?
Também fiquei curiosa sobre a questão da prova do BAR nas províncias: vc disse nos comentários que a prova de Ontário é muito mais difícil do que a de BC. Seria maior concorrência ou a prova é mais difícil mesmo? Seria bacana você falar um pouco mais sobre isso, se puder.
Desde já agradeço a atenção e sigo o coro em elogiar sua coragem em tentar a sorte como advogada no Canadá.
beijos

Resposta
Bythia Janeiro 9, 2016 at 3:03 am

Fantástico ! Amei Suas divas e respostas. Estou pensando em ir em 2017. Eu quero muito fazer um mestrado e, melhor ainda, advogar por aí !

Resposta
Nácia Janeiro 12, 2016 at 8:28 pm

Ola Renata,
Achei ótima suas dicas, mas tenho somente uma dúvida, estou ainda cursando a faculdade de Direito no Brasil e pretendo ir para morar no Canadá, mas tenho dúvidas, se continuo a faculdade aqui ou tranco e começo uma no Canadá, uma vez que o diploma do Brasil não é reconhecido lá, tenho medo de terminar aqui e perder tempo.
Se puder me dar umas dicas nesse sentido.
Obrigada,

Resposta
MAICON Março 20, 2016 at 4:42 pm

Nácia, como você ainda não terminou a faculdade, existe a possibilidade de você fazer o aproveitamento de algumas disciplinas, e sem soma de dúvidas terias uma diploma que te possibilitaria com muito mais rapidez exercer ativ. como advogada. Se não terá que “penar” um pouco, é o caso da brava Renata.

Resposta
Jennifer Janeiro 14, 2016 at 5:43 pm

Renata, uma coisa que não entendi… Um brasileiro pode ser advogado no Canadá para trabalhar com as leis canadenses ou só as leis brasileiras dentro do Canadá (foreign lawyer)? Um brasileiro naturalizado canadense pode se tornar juiz no Canadá?

Obrigada!

Resposta
Jonatan Fevereiro 6, 2016 at 5:37 pm

Desejo sucesso e persistência. Você abriu minha mente. Obrigado.

Resposta
César Matos Março 7, 2016 at 3:58 am

Dra Renata em relação a todas as suas experiências só tenho a dizer que são muito valorosas para todos nós e que eu estou indo ao Canadá, Winnipeg, tenho família lá que estão a dois anos. Obrigado pelo seu exemplo de profissionalismo e dedicação. Sucesso! E irei na possibilidade de estudar e fazer um mestrado. O seu exemplo de profissionalismo, dedicação, insistência, inteligência e amor pela profissão, me fizeram ir mais além e acreditar que tudo é possível. Obrigado! Sucesso e felicidades. Abraços. César Matos.

Resposta
César Matos Março 7, 2016 at 4:02 am

Infelizmente a realidade é a seguinte… melhor ser entry level job no Canadá de que ser advogado no Brasil, Infelizmente.

Resposta
Natasha Messias Março 14, 2016 at 5:29 pm

Oi Renata, adorei seu post!

Estou com intenção de me mudar para o Canadá tbm sou advogada e gostaria de saber qual é o processo para entrar na University of British Columbia e qual o valor do curso!

Você indica alguma outra instituição?

Obrigada,
Natasha

Resposta
Larissa Março 15, 2016 at 8:12 pm

Renata, adorei o seu post. Claro e direto. Tirou quase todas as minhas dúvidas. A única que sobrou é a seguinte: Tenho interesse no Master of Laws (LL.M.) in Law (Thesis) – Environment, na McGill University. Fazendo esse mestrado, pelo que eu entendi, ainda assim eu não poderia trabalhar como advogada no Canadá, correto? Eu ainda precisaria do reconhecimento do diploma pelo NCA e do articling, correto? Minha dúvida é se fazendo esse mestrado que eu quero, ainda assim eu precisaria cursar o LLM-CL que você fez.
Grata

Resposta
Renata Dezembro 7, 2016 at 1:06 am

Oi Larissa. Nao, cursando qualquer mestrado aqui vc pode fazer o NCA e articles depois.

Resposta
Leonel Soares Neto Março 24, 2016 at 1:09 pm

Parabéns pelo seu sucesso!!! Preciso de ajuda ! Quero saber como recuperar um dinheiro que esta retido por um de site . Se voce pode indicar alguem que faz esse tipo de serviço ou que abra um processo para recuperação financeira.

Resposta
Camila Rocha Abril 11, 2016 at 12:16 pm

Renata, adorei o seu post porque me fez ter uma visão da vida após a faculdade. Eu estou cursando o terceiro semestre aqui no Brasil mas já sinto vontade de trabalhar fora há muito tempo e estou começando a achar melhor começar novamente a faculdade, já no meu país de escolha, do que ter que fazer toda essa revalidação depois de formada. O que vc acha? Pode me dar alguma dica quanto à isso? Muiito obrigada!!

Resposta
Bruna Santos Abril 18, 2016 at 8:01 pm

A mesma duvida que a minha.

Resposta
DENISE PADILHA Abril 22, 2016 at 3:22 am

Renata, boa noite. Bom, estou me formando em direito e tenho planos de morar no Canadá. Lendo o seu blog vi que existe a possibilidade de ser advogada ai ne? que bacana, mas vi tambem que precisa obedecer vários tramites e demora um booom tempo.

Qual seria o passo inicial? tenho a possibilidade de fazer uma pos ai ou tenho que fazer esse curso? e em relação a valores, custa quanto?

Obrigada pelas informações,

Att, denise

Resposta
Eddie dos Santos Maio 5, 2016 at 2:18 pm

A pergunta é: e se eu quiser somente fazer a validação, tenho direito a um visto de estudante? Este mesmo visto me daria direito a PGWP?
Obrigado pelos eventuais esclarecimentos.
Até mais

Resposta
Camila Junho 8, 2016 at 1:05 pm

Renata,

primeiro, obrigada pelo post. Sou PR desde 2010, mas voltei ao Brasil por 3 anos e estou de volta há um tempo. Também sou formada em Direito no Brasil e, apesar de conhecer outros brasileiros na mesma situação, você é a primeira que eu vejo que optou pelo cmainho do LLM. Os outros que conheço fizeram a faculdade de novo aqui, foram pra outras áreas ou cargos administrativos (eu mesma fui Legal Secretary uns anos e tirei o certificado de Law Clerk). Eu estava me preparando pra aplicar pra faculdade, daí comecei a repensar, principalmente pelo tamanho da dívida no final.

Segundo, haja paciência! Parabéns por ter voltado aqui pra responder a tantos comentários. Tive blog sobre imigração pro Canadá e sei como nos custa receber comentários de quem não fez pesquisa nenhuma, de quem parece acreditar que você é o oráculo do mundo, com todas as respostas. Admirável sua atenção com os comentários.

Terceiro, estou, obviamente, curiosíssima pra saber em que ponto você está hoje. Quando der, escreve outro post, ou aqui nos comentários, uma atualização. Como foram as provas, e o articling?

Sobre as informações que você postou, estranhei só a recomendação por fazer primeiro o LLM e depois pedir o assessment to NCA. Pelas minhas pesquisas, tinha entendido o contrário, que, idealmente, você faz o assessment para saber quais matérias precisa fazer e daí vai atrás de cumprir todos os requisitos pra pegar o certificado do NCA. Enfim, estou escrevendo aqui só pra quem estiver lendo ir atrás dessa informação. Você já está way past this 🙂

De novo, obrigada e parabéns por toda a determinação!

Camila.

Resposta
Renata Dezembro 7, 2016 at 1:08 am

Camila,

Sem ter nenhum estudo em common law, o seu assessment dira que vc precisa voltar pra law school. Pedindo o assessment depois que ja tiver comecado ou quando tiver terminado, ai eles reconhecem que vc ja estudou common law e dizem quais materias extras vc tem que fazer. Por isso e’ melhor o assessment depois.

Resposta
Michele Agosto 31, 2016 at 12:21 pm

Parabens pela matéria, fiquei muito interessada no assunto. Adoro estudar e sempre quis morar fora do Brasil., Esses estudos ai no Canadá precisa preencher algum requisito alem de ser advogado? Teria como me dar mais informações, por favor? Tem algum limite de idade?Universidades? Mais uma vez parabens e admiro muito quem corre atras de seus sonhos.

Resposta
Samira Setembro 15, 2016 at 4:09 am

Renata, parabéns pelas informações. Estou cheia de dúvidas e apesar de ter pesquisado muitoooooooo não consigo encontrar muitas coisas a respeito.
Também sou advogada no Brasil e gostaria de saber se você teve algum motivo profissional mais específico por ter escolhido o Canadá? Pergunto isso pois estou vendo outros países é realmente, por não ter muita coisa na internet, fico sem saber por onde Começar a correria atrás dessa sonho que é ser advogada fora do país.
Queria saber se na prática há certo preconceito por ser brasileira? Meu maior medo é fazer tudo isso e depois ficar de certo modo restrita para exercer minha profissão no Canadá. Muito obrigada!!
Samira

Resposta
Samira Setembro 15, 2016 at 4:11 am

Desculpe os erros…. Foi esse corretor automático do celular!!! ????
Abraços

Resposta
Paulo Ferreira Outubro 7, 2016 at 12:48 am

Eu tenho 16 anos estou cursando o segundo ano e gostaria de ser advogado no Canadá. Pelo o que entendi você já tinha se tornado uma advogada aqui no Brasil,me corrija se estiver errado. Eu gostaria de saber como é o processo para eu entrar na UBC no curso do direito.

Resposta
Aline da Silva Rios Dezembro 13, 2016 at 8:34 pm

Olá Renata,
Como funciona a questão do paralegal em Vancouver?
Precisa fazer algum colege?

Resposta
ranieli Fevereiro 3, 2017 at 9:13 pm

Olá Renata,
estou me formando do ensino médio e gostaria de saber
se seria mais facil para conseguir entrar em uma universidade ai no
Canadá, ou é melhor fazer aki primeiro e depois ir p i?

e se tem algum tipo de bolsa para alunos de paises diferentes!

Resposta
Lorrayne Abril 5, 2017 at 3:33 pm

Olá Renata, me manda um oi no meu e-mail porque preciso falar com você.

Resposta
tais Abril 19, 2017 at 9:36 pm

Renata, preciso muito de um help. Moro em Vancouver estou fazendo PDD em Business, mas sou advogada no Brasil, estou com meus filhos aqui com vistos de estudo condicionados ao meu. Estou querendo sair do Business e voltar para minha área, mas não quero voltar tanto e fazer um paralegal entende? Qual LLM vc recomendaria? visto que tem vários e vários valores. Obrigada.

Resposta
Paulo Chaves Abril 30, 2017 at 11:27 pm

Olá Renata!!!

Gostaria de uma informações que ninguém perguntou ainda….

Quanto ganha um advogado no Canada?

Junior…
Pleno…
Sênior….

Obrigado e boa sorte!!

Resposta
FELLIPE ANDRE ANDRADE Junho 26, 2017 at 4:19 pm

Você sabe se as mesmas regras continuam se aplicando? E como você fazia para se sustentar? Trabalhava?

Resposta
Kaike Victor Lacerda Lopes Agosto 7, 2017 at 3:19 pm

Renata, bom dia. Como faço para entrar em contato com a Dra.

Resposta
Ann Moeller Agosto 9, 2017 at 7:12 pm

A Renata não colabora com o BPM, foi apenas convidada a escrever alguns textos e não temos autorização para passar o contato dela, desculpe. Obrigada. Equipe de Editoras BPM

Resposta
Welyson Magalhaes Agosto 21, 2017 at 2:22 pm

Bom dia Renata, tô terminando o curso de Direito e quero fazer uma pós em Direito internacional privado, vc sabe me dizer se essa pós pode me ajudar, e até mesmo facilitar as coisas pra eu advogar futuramente no Canadá

Resposta
Rita Lima Agosto 22, 2017 at 5:40 pm

Boa tarde!! Renata sou advogada e estou encerrando a minha carreira. Infelizmente ser advogada no Brasil não é fácil, mesmo para quem tem conhecimento. O meu foco agora são minhas filhas. Tenho uma de 18 anos que está no segundo ano de direito e outra com 20 anos e está cursando o primeiro ano de medicina. Como os governantes e uma grande parte da nossa poopulação não leva o País a sério quero tirar minhas filhas do Brasil assim que se formarem, mas quero que continuem na profissão que escolheram no País que forem morar. parabéns, não volte, construa a sua vida em outro País em que você possa construir uma família e viver com dignidade. Tenho um irmão que mora nos EUA tem 17 anos, ambos os filhos fazem medicina lá e ele não volta a morar no Brasil. Está muito feliz.

Resposta
MARIA SERET FERRARI NETA Setembro 13, 2017 at 9:56 pm

Parabéns pelo Post Renata, super esclarecedor.
Me tornei residente permanente há um mês, estou morando em Calgary, Alberta. No Brasil eu era advogada na área cível, mais especificamente família e consumidor, tenho pós nessas áreas. Seria um sonho poder exercer essa profissão aqui, mas acho que esbarro em duas coisas: inglês (o meu é de básico ao intermediário) e a outra seria grana já que os valores são bem salgados.
Mas nada é impossível, quem sabe um dia, e com certeza sua história me inspira.
Sucesso, abraços

Resposta
Marjorie Janeiro 17, 2018 at 12:23 am

Olá, vi que o texto e as dúvidas respondidas são 2014. Como estou pensando em fazer o llm é a validação do diploma, gostaria de saber o que aconteceu depois disso. Como foi a prova? Você conseguiu a validação? E hoje esta trabalhando como advogada no Canadá?

Pessoal do blog, como o tema é relevante e continua sendo atual, vocês não conseguiriam entrar em contato com ela?
Obrigada,
Marjorie

Resposta
Liliane Oliveira Janeiro 17, 2018 at 2:55 pm

Olá Marjorie,
A Renata Lutke parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Canadá que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
ana Gonzalez Março 4, 2018 at 9:52 pm

Olá, Renata.
Só hoje encontrei o sei artigo…
Imagino que você já tenha terminado o seu LLM e já tenha feito a prova do BAR. Bacana!
Sou advogada da área tributária e estou me mudando para o Canada onde moram os meus filhos. Tenho mestrado pela PUC/SP e MBA pela FGV. Trabalho na área tributária há mais de 20 anos. Pensei em fazer doutorado ai no Canada para depois seguir carreira acadêmica, mas é um investimento alto ($) e que também demanda tempo. Será que com o Doutorado eu terei oportunidade de trabalhar como professora? Será que as universidades contratam professores estrangeiros? O que você acha? Alguma outra sugestão?
Obrigada.
Bjs

Resposta
Liliane Oliveira Março 5, 2018 at 2:14 pm

Olá Ana,
A Renata Lutke parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Canadá que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Luisa Gouveia Março 14, 2018 at 12:24 pm

Liliane, eu gostaria de entrar em contato com a Renata pra conversar sobre o post dela. Tem alguma forma pela qial eu possa fazer isso?

Resposta
Liliane Oliveira Março 14, 2018 at 1:28 pm

Olá Luisa,
A Renata Lutke parou de colaborar conosco há algum tempo. Não passamos o contato direto de ex-colaboradoras, mas vale dizer que temos outras colunistas no Canadá que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Camila Março 9, 2018 at 8:11 pm

Foi muito importante essa informação! Fiz intercâmbio para O Canadá e desde então sonho em mudar para lá, estou fazendo Direito e estava achando impossível trabalhar na área em outro país, agora já sei mais ou menos por onde seguir graças a essas informações, irei pesquisar mais sobre o assunto e me preparar. Grata!

Resposta
Lais Gonçalves Junho 6, 2018 at 1:59 pm

Renata, bom ler o seu artigo. Tbm sou colunista no BPM e advogada (no BR). Criamos um grupo para advogados no Canadá, hoje moro em Toronto. Seria muito bom tê-la no grupo para ajudar ou dar dicas para os iniciantes. Me manda msg privada e trocamos os contatos. Abraço.

Resposta
Pedro Farias Julho 15, 2020 at 2:02 pm

Oi Renata, tudo bem? Depois de terminado o LLM vc pode conseguir um articling em qualquer província do Canadá ou só na província que vc fez o LLM?

Outra dúvida rápida, vc precisa fazer primeiro o NCA e depois conseguir o articling, ou vc pode conseguir um articling e depois fazer o NCA

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação