BrasileirasPeloMundo.com
Au Pair Pelo Mundo EUA

Programa Au Pair nos EUA

Em meu post de estreia aqui no BPM, falei um pouco sobre o programa Au Pair. Quem não teve a oportunidade de ler ainda, pode conferir aqui. Este mês volto com o mesmo assunto, porém desta vez falarei um pouco sobre as vantagens e desvantagens desse intercâmbio que tem se tornado bastante popular entre os jovens brasileiros.

Minha intenção não é deixar ninguém assustado com os pontos negativos de ser Au Pair, apenas tenho o objetivo de alertar que há desvantagens também. Da mesma forma, não quero passar a ideia de que a vida de Au Pair é um sonho, ao ler as vantagens que são muitas. Cada pessoa tem uma experiência diferente, podendo essa ser boa ou ruim. Lembre-se que até mesmo em tópicos que considero como vantagem, pode ter alguém que os considere como desvantagem e vice-versa.

Desvantagens do programa Au Pair:

  • Processo longo

A maioria das agências tem um processo bem longo de preparação até o embarque. O processo envolve entrevista com a agência, teste de nivelamento de inglês, preenchimento de um dossiê, que é o perfil que as famílias têm acesso na hora da escolha do Au Pair, busca por uma família, visto e, finalmente, o embarque.

  • Morar no local de trabalho

Morar na mesma casa onde você trabalha é bem difícil. Além da falta de privacidade, há aqueles dias em que, após um dia estressante, só queremos chegar em casa e descansar, mas nesse caso você não tem essa alternativa, você não sai do trabalho.

  • Cuidar de crianças

A principal função de um Au Pair é cuidar de crianças, mas muitas pessoas apenas pensam no programa como uma alternativa para ter uma experiência no exterior, gostando de crianças ou não, o que pode causar problemas de insatisfação no futuro.

  • O valor de US$195,75 é baixo

Principalmente quando comparamos o valor que uma babá ganha por hora nos Estados Unidos, porém, Au Pairs não têm gastos com moradia e outros.

  • Diferenças culturais

Essas são bem presentes no início do programa, o que faz com que os 3 primeiros meses sejam os mais difíceis para a adaptação, segundo muitos Au Pairs. Porém, passada essa fase, você começará a compreender e a aceitar essas diferenças.

  • Diferenças de personalidade

Muitos Au Pairs chegam em famílias que têm personalidades bem diferentes, além da diferença cultural que já é esperada, não ocorrendo uma boa adaptação entre eles. Para essas situações existe o processo chamado rematch, que é quando um Au Pair busca por uma nova família já estando aqui nos Estados Unidos.

  • Abandonar a carreira no Brasil

Muitos Au Pairs deixam suas carreiras no Brasil e se aventuram nessa experiência, mas ter esse intervalo de tempo longe da carreira muitas vezes pode causar uma deficiência profissional, trazendo dificuldades na busca por empregos na volta ao Brasil.

Vantagens do programa Au Pair:

  • Intercâmbio barato

Principalmente quando comparado a outros intercâmbios. Com o valor pago por um programa de Au Pair, você pagaria um curso de inglês nos Estados Unidos por mais ou menos 4 semanas apenas. Como Au Pair, você mora nos Estados Unidos por no mínimo um ano.

  • Passagem paga pela agência

Um gasto a menos que você tem sendo Au Pair; talvez isso compense todo o gasto que você terá com teste de tuberculose, consulta médica, PID (Permissão Internacional para Dirigir), visto, entre outros.

  • Bolsa de estudos

Como Au Pair, você tem direito a uma bolsa de estudos no valor de US$500 paga pela família e precisa cumprir 6 créditos em uma instituição de ensino superior. Esse valor não é muito alto, pois o ensino nos Estados Unidos é caro, porém, ter um curso em uma instituição estrangeira no currículo é uma grande vantagem.

  • Melhorar o inglês

Você pode estudar um idioma por anos no seu país, mas quando você tem a oportunidade de fazer uma imersão cultural, o idioma se desenvolve muito mais rápido e você começa a compreender muitas ciosas que você aprende na sala de aula de um curso de inglês.

  • Cuidar de crianças

Para quem gosta de crianças, essa é uma super vantagem, afinal, nada melhor do que fazer o intercâmbio que você quer/precisa, fazendo aquilo que você gosta.

  • Ganhar pelo trabalho

Na maioria dos intercâmbios você apenas gasta para viajar, mas como Au Pair, você ganha pelo seu trabalho, o que acaba pagando o valor que você investe no seu processo.

  • Programa regulamentado

Você terá um visto específico para o programa (J-1) e todos os direitos e deveres respaldados pelo governo americano através da lei 22 CFR 62.31 – Au Pairs.

  • Conhecer lugares

Você terá a chance de conhecer a cidade em que morará por um ano e também de fazer viagens para outros estados, até mesmo outros países, como muitos Au Pairs  que vão para o México ou até mesmo para a Europa.

  • Não ter gastos com moradia

Au Pairs têm direito a moradia e alimentação na casa da família hospedeira e algumas dessas famílias ainda fornecem carro e telefone, sendo os dois últimos apenas agrados e não uma obrigação.

  • Morar no trabalho

Essa é uma vantagem quando você pensa que não precisa dirigir ou usar transporte público até chegar ao trabalho.

  • Férias

Você terá duas semanas de férias remuneradas, além de um dia e meio de folga por semana e, no mínimo, um final de semana inteiro por mês.

  • Conhecer pessoas de vários lugares

Sendo Au Pair você fará parte de um grupo de Au Pairs na região onde mora e isso te dará a oportunidade de conhecer pessoas de diferentes países.

Lista de vistos para morar nos Estados Unidos

  • Crescimento pessoal

A maior vantagem que eu vejo nesse intercâmbio é o amadurecimento pessoal. Deixar família, amigos, emprego e tudo mais que você tem e se jogar em uma experiência internacional, morar com uma família que você não conhece pessoalmente, em um país diferente, enfrentando a barreira do idioma e as diferenças culturais, você nunca mais será a mesma pessoa que deixou o país um ano atrás.

Nossas experiências sempre serão diferentes, porque, afinal, nós somos diferentes, muitas pessoas não se adaptam a esse intercâmbio, outras acham que foi a melhor experiência que tiveram, mas meu conselho é: VENHA! Se aventure, saia de sua zona de conforto e, se não der certo, tenho certeza de que você terá sua família te esperando no Brasil. E você voltará com uma bagagem bem maior do que somente uma mala cheia, você voltará com experiência de vida que dinheiro não compra.

Related posts

10 curiosidades sobre a Páscoa nos Estados Unidos

Mari Proença

Abrace a diversidade

Gabriela Albuquerque

Onde estudar em São Francisco

Flávia Criss

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação