BrasileirasPeloMundo.com
Austrália Vistos & Cidadanias Pelo Mundo

Residência permanente na Austrália : o que muda?

Residência permanente na Austrália : o que muda?

Quando comecei a escrever este artigo, tinha uma coisa que não saia da minha cabeça: o que não muda com a tão esperada Residência Permanente, mais conhecida como PR (Permanent Residency). Mas o que é o PR? Residente permanente é o nome dado ao cidadão não australiano que tem o visto de residência permanente para morar na Austrália. Um residente permanente possui quase todos os direitos de um cidadão australiano, exceto: o direito ao voto e a obtenção do passaporte australiano. Para alguns vistos de residência permanente, é obrigatório informar a imigração no caso de viagens internacionais.

Outros benefícios que são concedidos a residentes:

  • Saúde Pública: assim que se tornar um residente permanente, você tem direito ao sistema público de saúde. Para saber mais sobre hospitais, médicos, etc., veja meu artigo sobre Saúde na Austrália, no qual explico o Sistema Público e Privado.
  • Educação: escolas são de graça, bem como a escola infantil (childcare). Há uma ajuda do governo de acordo com a renda da família, chamado “rebate”. Seus filhos têm direito às escolas públicas e se quiserem fazer algum curso técnico ou universidade, paga-se preço de “domestic”, ou seja, como um estudante local. Mestrado e Doutorado são de graça.
  • Empréstimo Estudantil: normalmente usado para ingressar nas universidades e funciona assim: você não paga a universidade enquanto estiver cursando, mas apenas quando ingressar no mercado de trabalho. Somente o cidadão australiano tem direito a esses empréstimos.
  • “Patrocinar” ou ” Responsabilizar-se por” uma pessoa para ser residente permanente: pode ser realizado por um residente permanente, mas tem mil condições.

Para mais detalhes confira o site da imigração.

Viver como estrangeiro é pesado financeiramente, para arrumar trabalho, na saúde e pelos impostos. Sempre perguntam pelo seu visto, principalmente quem está procurando emprego. A razão é que a imigração pega bastante no pé das empresas e dos empregadores. Até no café onde trabalhei, eu precisava mostrar que podia trabalhar. Eles não só pedem seu visto, mas ligam na imigração para confirmar as informações, então não vacile com essa questão.

Eu comecei meu doutorado como estudante internacional. Em média, o valor é $12mil para quem cursa meio período e $24mil para quem cursa integral. E para residentes? NADA. Sem contar a diversidade de bolsas de estudo para estudantes domésticos, nem se compara com as duas, no máximo três, para estudantes internacionais.

Para crianças: escola infantil (childcare) tem que ser paga integralmente pela família. Custa em média $110-$80 por dia. Para residentes há uma ajuda do governo que pode chegar até a 80% de acordo com a renda familiar. O ingresso na escola é obrigatório quando a criança completa 5 anos. Para residentes há opção das escolas públicas. A melhor escola de Perth é pública, mas bem concorrida. Você tem que morar no bairro da escola para ter uma vaga. O estrangeiro paga, em média, $12mil por ano para seu filho estudar na escola pública. Uma grana!

Saúde: como mencionei acima, residentes têm direito à saúde pública. Se você ainda quiser um convênio particular, fica muito mais barato para residentes. Até isso, o preço é diferente: quando você vai a um médico particular, o medicare (saúde pública) paga uma parte e o convênio particular, outra.

Benefícios: previdência (chamada aqui de Superannuation), licença maternidade e seguro-desemprego são concedidos a residentes permanentes.

Emprego: outro fator afetado pelo status do seu visto. Muitas empresas – e dependendo do cargo – só contratam residentes, já está escrito no anúncio da vaga, em vários anúncios. Cargos públicos também, e há alguns que somente cidadãos australianos podem concorrer.

Existe uma segurança muito grande em ter a residência permanente. É o sonho de todos que chegam aqui como estudantes e até transferidos por empresas. Após um ano com o PR e quatro anos vivendo na Austrália, é possível entrar com o pedido de cidadania. Muitas pessoas não dão entrada, pois vários países não aceitam dupla cidadania, como o Japão, por exemplo. Para alemães e holandeses, para ter a dupla cidadania, a pessoa tem que justificar a necessidade de ter a cidadania australiana e de manter a do seu país. O PR tem duração de quatro anos e pode ser renovado. Para pessoas com esse problema de dupla cidadania é ótimo.

Além disso, tem que viver na Austrália pelo menos 12 meses em um período de 5 anos para não perder a residência permanente. Depois que você tiver a cidadania, poderá entrar e sair, viver onde quiser. Se você decidir obter a cidadania, terá que fazer uma prova de conhecimentos gerais sobre a Austrália, que inclui história, geografia, conhecimentos gerais, aspectos culturais; terá que saber cantar o hino e participar da cerimônia na qual se jura bandeira e receber o passaporte.

Agora como conseguir a residência permanente? Existem muitos caminhos. Vistos de trabalho que viram PR’s, patrocínio de empresas, permissão de residência para profissionais em carência na Austrália, por casamento, por nascimento. O melhor conselho é: procure um agente de imigração que conseguirá responder e ajudá-lo em todos os caminhos possíveis. E boa sorte!

Related posts

Tipos de vistos para morar em Cingapura

Fernanda Froimtchuk

Custo de vida na Austrália

Sheyne Tanaka

Roteiro de belas praias do sudoeste australiano

Aline Arruda

11 comentários

Edneia Costa Nunes Tavares Maio 19, 2017 at 10:12 am

Olá, Aline! Meu Marido tem Nacionalidade Espanhola, está na Imglaterra. Eu e meus 3 filhos estamos no Brasil. Em Dezembro iremos para Inglaterra, eu e meu marido sempre tivemos vontade de vivermos na Austrália, mas não sabemos se Com a nacionalidade Espanhola estaríamos legais aí. Então resolvi entrar no seu blog para saber se vc tem alguma informação sobre isso. Desde já te agradeço pela atenção e aguardo uma resposta sua. Beijos

Resposta
Aline Arruda Maio 21, 2017 at 12:26 am

OI Edneia,
Com a nacionalidade espanhola, voces pode ficar como turistas, mas terao vistos. A cidadania australiana nao tem nenhuma conexao com a europeia. Para mais detalhes, procure um agente de imigracao.

Boa sorte,
Aline

Resposta
Kli Junho 12, 2017 at 2:19 am

Ei Aline, ja fiz algumas perguntas pra você no outro post, que foram super úteis, mas enfim, então deixa ver se eu entendi o post kkk se eu tiver o PR ou ate se eu conseguir a cidadania australiana eu consigo fazer mestrado e doutorado de graça? O.O ate animei agora… meu noivo veio aqui ao Brazil, ficou tres meses odiou, e agora está na australia tentando emprego mas está praticamente impossível ele reclama direto e olha q ele tem a cidadania australiana… meu deus estou super desanimada.. é dificil assim emprego? Ele mora na região southern australia.

Resposta
Aline Arruda Junho 12, 2017 at 2:22 am

Oie,
Entao, dependendo do Estado sim. Doutorado eh de graca mas mestrado depende do Estado que voces estiver. Por isso que ‘e sempre bom checar com a universidade.

Quanto a emprego, esta dificil sim. Uma baita crise por aqui e ainda por ser inverno nao ajuda os empregos em bares e restaurantes. Espero que ele consiga logo. Bem, se ele tem cidadania, voces casando ou fazendo contrato de uniao estavel te da o direito tambem. Beeeem mais facil a vida com PR, muda tudo.

Boa sorte

Resposta
Daniel Agosto 29, 2017 at 5:58 am

Olá Aline, tudo bem?

Moro em Sydney ha 7 meses (visto sponsor 457) e tenho oportunidade de tirar a PR. Porém aqui na austrália não me sinto em casa e penso voltar para o Brasil em 2 anos. Neste caso acho que nem vale a pena tirar a PR, certo? Pois entendo que com a PR eu não consigo sacar meu super annuation que é uma quantia expressiva considerando 2 anos de trabalho. A minha única motivacão era tirar a PR pois caso eu me arrependesse noBrasil, eu poderia voltar para a Australia mas ainda assim tem aquelas regrinhas de ter morado 2 anos com PR para poder tirar o resident return etc . Considerando essas regrinhas e também que vou deixar de sacar meu super annuation não sei se corro o risco….. O que acha?

Resposta
Aline Arruda Setembro 4, 2017 at 11:30 pm

Daniel, tudo bem?
Como suas dúvidas são muito específicas, liga no super ou fala com um agente. Não sei por certo como funcionam as regras para PR. Agora, a vida com PR muda muito. Se você se arrepende e resolve voltar, terá que começar do zero.
Boa sorte,
Aline

Resposta
Josefa T M Moura Novembro 21, 2017 at 2:28 pm

ola aline, eu estava lendo o site da imigração, e lá não falava sobre comprovação financeira, depois que receber o ita vc manda tais documentos e não fala sobre comprovação.
precisa comprovar algum valor?

Resposta
Tamiris Janeiro 24, 2018 at 1:51 am

Aline, boa noite!

É verdade que existe uma nova que quem tem PR não pode voltar ao Brasil por dois anos para tirar a cidadania?
Meu namorado mora em Sidney, ele alega que não pode voltar ao Brasil, pois, se voltar ele pode perder o visto dele, que ele tem que ficar lá até o fim de 2019 para conseguir a cidadania!
Obs: ele mora lá já faz 1 ano!

Você pode confirmar essa informação para mim?

Aguardo o retorno!

Obrigada .

Resposta
Liliane Oliveira Janeiro 24, 2018 at 2:17 pm

Olá Tamiris,
A Aline Arruda parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Austrália, Luciana Rodrigues e Sheyne Tanaka que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Maria Fevereiro 5, 2018 at 5:29 am

Hey, tenho PR mas estou vivendo aqui deste 2006 e ate hj nao renovei meu visto. Agora estou indo para o Brazil a passeio. Renovei meu passaport, e preciso novo visto. terei problema para pegar o visto, ja que nesses anos, nunca renovei?

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 5, 2018 at 12:59 pm

Olá Maria,
A Aline Arruda parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Austrália que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação