BrasileirasPeloMundo.com
Polônia Turismo Pelo Mundo

Wrocław à primeira vista

Wrocław à primeira vista

Há umas semanas eu estava em uma farmácia aqui em Wrocław, onde moro, e fui surpreendida por um brasileiro com a frase “tem mesmo brasileiro em todos os lugares do mundo”. Demos risada e começamos a conversar. Já pensei que seria um novo morador da cidade ou que ele estaria aqui para visitar algum amigo ou parente brasileiro. Para o meu espanto, ele estava sozinho e veio sem referência nenhuma, simplesmente abriu o mapa no Google e achou a cidade.

Antes de me mudar para Wrocław eu nunca tinha ouvido falar dessa cidade. Em 2017, quando comecei minhas pesquisas para cursar um mestrado em uma cidade da Europa, me surpreendi com a beleza de Wrocław, causada principalmente pela mistura entre o velho e o novo. A cidade é capaz de manter seu encanto com a estrutura tradicional, seus prédios baixos e coloridos e, ao mesmo tempo, expandir para o mundo moderno de prédios maiores, com estruturas de vidro.

Wrocław, em alemão Breslau e em português Breslávia, tem todos esses nomes para uma única cidade localizada na baixa Silésia da Polônia. Cidade esta que foi cruelmente atingida no período tanto da Primeira, como da Segunda Guerra Mundial, já tendo sido território alemão, tcheco e até austríaco antes de voltar a consolidar-se como território polaco. Curiosamente, alguns prédios ainda possuem marcas de balas nas paredes daquele tempo.

Com aproximadamente um pouco mais de 600 mil habitantes, Wrocław é uma cidade considerada multicultural e jovem. Popularmente conhecida como sendo uma cidade de estudantes, Wrocław possui diversas universidades tradicionais que, hoje em dia, investem muito em programas de intercâmbio e cursos em inglês. Com isso, é muito comum encontrar pessoas dos mais diversos países no meio de tantos grupos de polacos.

Leia também: Mestrado em inglês na Polônia

Eu, inclusive, sou uma dessas pessoas que veio para cá cursar um mestrado em inglês em um grupo no qual tem russos, franceses, alemães, polacos, entre outros.

Para os brasileiros ainda é uma cidade pouco conhecida, talvez por estar fora de qualquer roteiro padrão de turismo. Entretanto, Wrocław é uma cidade que hoje hospeda diversas empresas multinacionais que demandam empregados principalmente na área de tecnologia, e com isso o número de brasileiros que estão vindo de mudança está crescendo cada vez mais.

Com esse aumento na quantidade de brasileiros, eventos como aniversários com bolo e brigadeiro, churrascos com música alta, festas infantis com comida brasileira têm se tornado mais frequentes.

Outra curiosidade da cidade é o fato dela ser conhecida, também, como cidade dos duendes. Com certeza não há como visitar a cidade e não se encantar com os duendes temáticos espalhados por todos os cantos. Estes duendes surgiram de embates políticos nos tempos de comunismo na Polônia (futuramente farei um texto dedicado a essas criaturinhas tão carismáticas e explicarei cada detalhe dessa história).

Falando sobre um tema frequentemente questionado pelos brasileiros, devido à sua localização geográfica, Wrocław tem uma temperatura bem mais amena se comparada ao resto das cidades polacas. Claro que para nós brasileiros é difícil achar -6ºC uma temperatura amena, mas levando-se em conta que em outras cidades faz ao mesmo tempo -15ºC, entendemos que sempre pode piorar.

Em contrapartida, o verão em Wrocław é realmente espetacular, para quem imagina que aqui não tem verão, saibam que em 2018 chegamos a quase 38ºC. Para nossa felicidade a cidade é bem estruturada para confortar essa sensação de calor.

Leia também: Quanto custa fazer supermercado em Varsóvia

Outra dúvida frequente é com relação ao idioma. Apesar do polonês ser o idioma oficial, como eu disse acima,  a cidade conta com muitos moradores estrangeiros e muitos turistas de todos os lugares o que torna possível utilizar o inglês para as necessidades básicas. A maior dificuldade está quando é preciso ir a órgãos do governo, mas nada que não seja resolvido com o auxílio de um polones.

Com relação à parte de entretenimento, a cidade conta com diversas atrações turísticas como suas pontes, parques, museus, shoppings e igrejas (afinal, estamos falando de Polônia). Além disso, a vida noturna em Wrocław é bem agitada, os bares sempre cheios e baladas para os mais diversos gostos.

Para quem quiser experimentar a tão famosa vodka polaca, com certeza não faltarão oportunidade, local e até companhia. Os polacos adoram os brasileiros e estão sempre animados a brindar com um shot de vodka.

É importante mencionar que, Wrocław é uma cidade no inverno e outra completamente diferente no verão. A estrutura física da cidade é alterada, no verão os restaurantes utilizam áreas externas, alguns bares itinerantes são montados perto de parques ou ainda na margem do rio. Já no inverno, quando temos dias com neve as paisagens ficam muito bonitas, sem falar na famosa feira de Natal, que a cada ano fica maior e mais cheia de turistas.

Leia também: Condições de trabalho na Polônia

Em 2018, Wrocław foi eleita como Melhor Destino Europeu por uma organização Europeia (European best destinations), razão pela qual o turismo aumentou ainda mais.

Hoje eu posso confirmar e endossar esse título. Uma cidade encantadora, que recebe a todos com sua simpatia e beleza, não deixando nada a desejar se comparada a destinos clássicos europeus.

Aqui é possível comer bem, andar tranquilamente em segurança, deslocar-se facilmente por meio de bondes e ônibus, viver dias e noites divertidas. É… talvez eu já seja uma dessas apaixonadas que procura as palavras mais bonitas para falar sobre sua paixão.

Wrocław ganhou meu coração e com certeza ganhará o seu também se vier visitar.

Related posts

Goa, e o passado português que nos une à Índia

Nione Cristina Claudino

Os Poloneses e o futebol

Regiane Iwanowicz

7 motivos para você visitar a ilha de Vancouver

Priscila Carda

1 comentário

Caroline Lie Março 5, 2019 at 6:46 pm

Que charme de lugar! A gente realmente associa Polônia automaticamente a frio e pessoas antigas! Muito legal ler um retrato que quebra esse paradigma. Parabéns!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação