Polônia – Wielkanoc/ Páscoa

4
797
Foto: Ann Moeller
Advertisement

Os poloneses, por serem um povo que segue com muito respeito as tradições cristãs e as têm mantido ao longo de gerações e gerações, na quaresma eles permanecem em um longo jejum de 6 semanas. Neste período dedicam-se a abstinência do álcool, das carnes, doces e de alguns prazeres a mais! Isto porque é um momento de reflexão espiritual, importante para a preparação da chegada do domingo de Páscoa.

O Domingo de Ramos dá inicio a semana Santa, comemorando a entrada de Jesus em Jerusalém, na semana que antecede a sua morte. Desta forma, os poloneses passaram a improvisar ramos de
plantas e flores silvestres para representar as palmas. E estes são levados a igreja para receber as bênçãos do padre e depois utilizadas nas casas como decoração e proteção da família. Esse hábito virou um costume tradicional, e hoje mesmo com as palmas disponíveis, a confecção dos raminhos de flores, e plantas perduram de forma muito forte.

Na sexta-feira, que fecha a semana santa, os católicos costumam dar inicio a vários eventos nas igrejas, e o mais curioso; pintar e decorar ovos de galinha cozidos, ou até mesmo ovos em madeira esculpida (foto acima). A família se reúne para a decoração dos ovos conhecidos como Pisanki. Na tradição polaca, esta decoração deverá ser feita primeiro com o tingimento dos ovos a base de beterraba ou cebola e com formas de flores, geométricas e animalescas.

BoloPascoa1

Ainda neste dia, os ovos são benzidos nas igrejas, junto das cestas de comidas pré-reservadas para o domingo.

Wielkanoc significa, de forma bem liberal, “A grande Noite” e é tão importante quanto a noite de Natal. A confraternização entre os familiares é certa, podendo receber amigos, e pessoas que de alguma forma estariam sozinhas neste momento. Esta noite só termina com o nascer do sol e então os sinos das igrejas começam a tocar, chamando jovens e idosos nas ruas para uma alegre procissão nos arredores da igreja. Depois desta missa todos retornam as suas casas para o almoço.

DSC03910

Então come-se os ovos cozidos e decorados, que foram presenteados entre si com desejos de felicidades, os bolos conhecidos como Babka, além das carnes que voltam a mesa em grande estilo.

A segunda feira após a Páscoa ainda é feriado. E as pessoas costumam sair às ruas, molhando todos que encontram para atrair boa sorte, conhecido como śmigus-dyngus. Vale baldes de água, copos, esborrifadores entre outros. Tudo que possa ser fonte de água é atirada contra o outro porque diz a tradição que deve-se molhar o máximo possível o maior número de pessoas. Mais informações e fotos aqui.

BoloPascoa2

Então gostaram? Que acharam da nossa tradição Pascoalina?

Feliz Páscoa para vocês!

4 Comentários

  1. Oi Rê! Quando era Natal, uma polonesa publicou um convite na página dos estrangeiros na Dinamarca, convidando duas pessoas que estivessem sozinhas para o Natal, para vir passar com ela e com o marido. Eu achei uma tradição muito linda. É assim também na Páscoa? E aproveitando, adorei os ovinhos e o bolo de carneiro, uma graça!
    Beijos, linda

  2. Legal o texto, Regiane! So achei meio audacioso o costume de se jogar agua nos outros na segunda de Pascoa. Acho que eu nao ia curtir muito essa ideia nao. Adorei as fotos, super bem ilustrado o seu texto! Bjs

  3. […] Polônia – esse povo segue a tradição à risca e iniciam um jejum de 6 semanas durante a quaresma, abstendo-se de bebidas alcoólicas, carne, doces e alguns hábitos cotidianos como penitência. Eles também pintam os ovos de galinha, mas é uma reunião familiar e tem todo um ritual para isso, que começa na sexta feira santa. […]

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui