BrasileirasPeloMundo.com
Política Pelo MundoPolônia

Partidos políticos na Polônia

Partidos políticos na Polônia

Este artigo traz os principais partidos que existem na Polônia, com informações básicas de cada um. A lista está organizada por data de criação, dos mais antigos aos recentes, e pode ser consultada como um pequeno guia. As referências de maioria no parlamento consideram os últimos 20 anos.

Principais partidos

Partido Popular Polonês | PSL – Polskie Stronnictwo Ludowe (1895)

Também conhecido como Partido dos Agricultores, o PSL é um dos partidos mais antigos da Europa Central. Após décadas sem poder participar diretamente das eleições polonesas, ressurgiu com a redemocratização do país. Encontra-se na posição de Centro e Centro-Direita no espectro clássico de divisão política.

O PSL teve maioria no parlamento polonês de novembro de 2007 a novembro de 2015. É oposição ao atual governo.

Tem como ideologias, conforme arquivos públicos, o Conservadorismo, a Causa da Agricultura e a Democracia Cristã.

As principais figuras políticas associadas a este partido são Władysław Kosiniak-Kamysz, Janusz Piechociński, Waldemar Pawlak, Adam Struzik e Jarosław Kalinowski

O partido se declara pró-União Europeia.

Aliança Democrática de Esqueda | SLD – Sojusz Lewicy Demokratycznej (1991)

Um dos primeiros partidos a ser formar após a redemocratização do país, o SLD encontra-se na na posição de Centro-Esquerda no espectro clássico de divisão política.

SLD teve maioria no parlamento polonês de outubro de 2001 a outubro de 2005. É oposição ao atual governo.

Tem como ideologias, conforme arquivos públicos, a Social Democracia e é um dos partidos parte da aliança da social democracia europeia, que atualmente é governo na Suécia, França, Itália, Áustria, Croácia, República Tcheca, Portugal e Eslováquia.

Leia também: Teto de vidro feminino e a Polônia

As principais figuras políticas associadas a este partido são Aleksander Kwaśniewski, Leszek Miller e Włodzimierz Czarzasty.

O partido se declara pró-União Europeia.

Plataforma Cidadã | PO – Platforma Obywatelska (2001)

A coalisão encontra-se na posição de Centro e Centro-Direita no espectro clássico de divisão política.

PO teve maioria no parlamento polonês de novembro de 2007 a novembro de 2015. É oposição ao atual governo.

Tem como ideologias, conforme arquivos públicos, o Conservadorismo Liberal, o Liberalismo e a Democracia Cristã.

As principais figuras políticas associadas a esta coalisão são Donald Tusk, Ewa Kopacz, Grzegorz Schetyna e Hanna Gronkiewicz-Waltz.

O partido se declara pró-União Europeia.

Direito e Justiça | PiS – Prawo i Sprawiedliwość (2001)

O partido encontra-se na posição de Direita e Extrema-Direita no espectro clássico de divisão política.

PiS teve maioria no parlamento polonês de outubro de 2005 a novembro de 2007, de novembro de 2015 até hoje. Atualmente é o governo.

Tem como ideologias, conforme arquivos públicos, o Nacional Conservadorismo, o Populismo de Direita, o Nacionalismo Polonês e a Direita Católica.

As principais figuras políticas associadas a este partido são Lech Kaczyński (falecido) e seu irmão gêmeo Jarosław Kaczyński, Andrzej Duda, Beata Szydło e Mateusz Morawiecki

O partido não declara abertamente ser pró-União Europeia, mas utiliza símbolos dúbios em suas aparições.

Moderna | Nowoczesna (2015)

O partido encontra-se na posição de Centro no espectro clássico de divisão política.

Nowoczesna foi parte dos governos do PO, por meio da Coalisão Cívica | Koalicja Obywatelska. É oposição ao atual governo.

Tem como ideologias, conforme arquivos públicos, o Liberalismo.

As principais figuras políticas associadas a este partido são Katarzyna Lubnauer e Ryszard Petru.

O partido se declara pró-União Europeia.

Esquerda (ou Nova Esquerda) | Lewica (ou Nowa Lewica) (2019)

A coalisão encontra-se na posição de Centro-Esquerda e Esquerda no espectro clássico de divisão política.

O Lewica é a coalisão formada pelos partidos Lewica Razem, Wiosna. É oposição ao atual governo.

Tem como ideologias, conforme arquivos públicos, o igualitarismo, a justiça social e secularismo (princiapalmemnte a separação do estado e religião).

As principais figuras políticas associadas a esta coalisão são Włodzimierz Czarzasty, Adrian Zandberg, Robert Biedroń e Krzysztof Gawkowski.

O partido se declara amplamente pró-União Europeia.

Juntos | Razem (2015)

O partido encontra-se na posição de Esquerda no espectro clássico de divisão política.

Atualmente faz parte da coalisão Esquerda (ou Nova Esquerda) | Lewica (ou Nowa Lewica). É oposição ao atual governo.

Tem como ideologias, conforme arquivos públicos, a democracia social, o socialismo eco, feminista e sindicalista.

As principais figuras políticas associadas a este partido são Adrian Zandberg e Marcelina Zawisza, mas o partido se identifica com a liderança coletivista.

O partido se declara amplamente pró-União Europeia.

Outros partidos usualmente citados

Confederação Independência Polonesa | Konfederacja Polski Niepodległej (1979)

O partido encontra-se na posição de Extrema-Direita no espectro clássico de divisão política.

Um de seus líderes, Janusz Ryszard Korwin-Mikke, chegou a ser suspenso por realizar a saudação nazista no Parlamento Europeu, além de recorrentemente apresentar opiniões misóginas de uma suposta inferioridade feminina e defendendo discriminação por força de lei.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Polônia

Comitê Eleitoral da Minoria Alemã | Komitet Wyborczy Mniejszość Niemiecka/Wahlkomitee der Deutschen Minderheit (1990)

O partido encontra-se na posição de Centro no espectro clássico de divisão política.

Movimento Verdadeira Europa – Europa Christi | Ruch Prawdziwa Europa – Europa Christi (2019)

O partido encontra-se na posição de Extrema-Direita Religiosa no espectro clássico de divisão política.

Também controverso, o partido é liderado por Tadeusz Rydzy um padre católico, por muitos considerado fanático, e ligado à estação de rádio e televisão religiosa Radio Maryja e Telewizji Trwam.


Quer saber mais sobre o BPM? Siga-nos também no Instagram e no Facebook

Related posts

10 motivos para morar em Varsóvia

Vivian Oliveira

Dia de Reis na Polônia

Vivian Oliveira

Dia 11 de novembro: PiS, independência e nacionalismo na Polônia

Vivian Oliveira

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação