BrasileirasPeloMundo.com
Áustria

Alpes austríacos, final de semana com cara de férias

Na Áustria o inverno é bem rigoroso e muito longo, podendo durar 6 meses que vão de novembro a abril. Inclusive em abril, quando já estamos exaustos do frio, ainda é possível ter alguns dias de neve e temperaturas bem baixas.

Essa estação do ano é bem complicada; temos noites longas, pois escurece por volta das 4 horas da tarde, e consecutivos dias cinzentos. Tudo isso e a temperatura, que chega abaixo de 15 graus.

Viena ainda tem uma característica muito peculiar: o vento por aqui não perdoa, e nos dias gélidos ele chega a dar aquela sensação de cortar a pele. Clique aqui para saber coisas que não te contaram sobre o inverno.

FullSizeRender-13

Esse época do ano é dura e chega a levar muita gente a ter tristeza profunda e até mesmo depressão. Eu mesma já tive noites de choro sem saber o motivo e depois descobri que estava com sintomas da SAD (Seasonal Affective Disorder) uma “doença” bem característica do inverno.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Áustria

Para minimizar um pouco dos efeitos negativos provocados pelo inverno é necessário criar soluções para aproveitar o que há de bom durante esses meses, e passar alguns dias nos Alpes é uma delas.

Quando se fala em Alpes, automaticamente a nossa mente associa a palavra às montanhas suíças e a neve, muita neve. Mas se tratando de Alpes, a Áustria também é bem privilegiada e tem uma paisagem de causar inveja a muitos países vizinhos, inclusive Itália e Suíça.

langelaufen
Cross country, aprendi por esses dias (Foto: arquivo pessoal)

Existem vários esportes que podem ser praticados nas montanhas cheias de neve. Entre eles o trenó, cross country, snowbording, e claro… Adivinha meu preferido? Bingo! Isso mesmo! Pra mim um dos esportes mais legais para se praticar no inverno é o esqui.

Há vários destinos no país para se praticar o esporte, que não é barato, mas é muito divertido e vale a pena.

Pra quem mora em Viena, como eu, há pistas que ficam cerca de 1 hora meia a duas horas daqui. Para quem quiser optar por ir mais longe, há destinos de 3 a 5 horas de carro, também saindo de Viena.

Que tal ter um final de semana com cara de férias?

Na Áustria isso é possível. Como tudo é bem pertinho, o acesso às montanhas é fácil e as cidades, próximas aos lagos e florestas, fazer um final de semana ter cara de férias não é difícil. Se forem dias de sol então, a cena se torna mais prazeirosa.

Eu costumo dizer que sair por dois dias para passear fora de Viena ás vezes nos dá a sensação de que estamos de férias por uma semana. Por outras vezes pegamos férias de apenas um dia, o que é bem comum na Áustria, e prolongamos o final de semana.

São tantos destinos que fica difícil escolher um. Como eu adoro o estado de Salzburg, vou contar um pouquinho da minha última experiência por lá. A região oferece muitas montanhas legais para esquiar. E se você for amador ou nunca esquiou, lá é o lugar ideal para alugar o equipamento e fazer umas aulinhas nas escolinhas existentes no local.

Existem várias cidades e vilarejos que parecem cidades cinematográficas de tão limpinhas, fofinhas e arrumadinhas.

Todos os anos vou pelo menos uma vez a Dorfgastein, uma pequena cidade a que fica a 80 km da cidade de Salzburg e a 3 horas de carro de Viena. O vilarejo é um charme e super antigo. Estivemos num hotel que existe desde 1341. O restaurante é maravilhoso e oferece porções bem servidas a preço justo, como em quase todo lugar na Áustria.

A montanha para esquiar estava super preparada, apesar de esse ano o inverno estar um pouco estranho e com pouquíssima neve se comparado a ano anteriores.

No caminho se viam canhões que “produzem” neve, deixando a pista perfeita e o melhor, quase não tinha gente nas pistas.

Geralmente eu esquio duas horas direto e depois faço pausa em uma das cabanas espalhadas pela montanha. A pausa é um bom momento para interagir, encontrar com o pessoal, comer, beber e lógico, descansar um pouco.

As cabanas, que na verdade são restaurantes, são bonitas e mais parecem casinhas de boneca, feitas de madeira e com decoração bem romântica e rústica; algumas, rústicas chic, que eu adoro. De lá, esquiamos mais um pouco.

Depois do esqui geralmente se vai para última pausa final chamada de Après Ski. É muito engraçado porque é como uma discoteca onde o pessoal fica com a roupa e sapatos de esqui.  Eu já aprendi o truque de deixar no carro um sapato extra e trocar as botas pesadas de esqui para poder ficar mais confortável.

A “festinha” acontece geralmente depois das 4 ou 5 horas da tarde, quando o acesso às gôndolas encerra e o pessoal se reúne para se divertir dançando, bebendo e comendo. O encontro sempre rende boas gargalhadas. A música que toca é uma espécie de caipira meio rock pop. É uma festa divertida, principalmente se você estiver em grupo.

Adoro esquiar, mas pra mim três dias são mais que suficiente por vez.

Não consigo tirar férias de muitos dias para esquiar; afinal, reservo cada dia para ir a destinos mais quentes.

E para quem não tiver muito tempo mas quer passar apenas um dia para esquiar, também é possível. Existem ônibus que saem de Viena e fazem o bate e volta, retornando à noite; é uma opção para quem quer aproveitar um pouco do lado bom do inverno. Agora, para quem não quiser ou não puder praticar os esportes na montanha, há em Viena pistas de patinação no gelo, que são boas pra alegrar um dia cinzento e, de quebra, ainda se pratica esporte.

E você, o que acha sobre o frio?

Related posts

Vancouver ou Viena: os ritmos diferentes das melhores cidades para se viver

Ana Luíza Aranha

Como se locomover em Viena

Bruna Schaefer

Procurando Emprego na Áustria

Mariana Gonçalves

15 comentários

Raquel Abril 18, 2015 at 4:51 am

Oi Kelly, fui no inverno (dezembro/ janeiro) para a casa do meu namorado, em Vorarlberg, e tentei esquiar um dia, por uma hora. Achei tudo muito desconfortável! Com você também foi assim na primeira vez?
Desde as muitas roupas, que te fazem suar no meio da neve, e as botas, que te impulsionam desconfortavelmente para a frente, até a “humilhação” de todos passando rápido e com prática, até criancinhas, tudo me irritou. hahahahaha
Tive uma péssima experiência, e acho que para mim a patinação no gelo seria mais legal. 😛

Fora isso e a falta de praticidade de por colocar “uma roupa qualquer pra dar uma volta”, gostei do frio!

Gosto muito dos teus posts. E já já “tô pintando” no teu blog!

Resposta
Kely Martins Abril 20, 2015 at 6:41 pm

Olá Raquel realmente o frio tem suas coisas muitas chatas e ruins. O frio é longoooooo demais por aqui. Quanto a esquiar eu odiei as primeiras vezes, mas com o tempo a gente a gente aprende e passa a gostar. eu confesso que demorei umas duas temporadas pra começar a gostar. isso significa certa de umas 20 aulas e muitos tombos.
No blog eu falo um pouco sobre morar aqui e as coisas chatas do frio. Mas vale a pena insistir. Vindo a Viena me escreva pra gente se encontrar e bater papo. Beijinhos

Resposta
Ana H. Agosto 14, 2015 at 7:04 am

Oi Kely, estava à procura de alguma informação sobre os Alpes austríacos quando descobri o teu blog (sou portuguesa, daí o uso do tu e de algumas expressões meio estranhas ahahaha). Em primeiro lugar, gostaria de te dar os parabéns pelo artigo, que não só fala das coisas bonitas do inverno e do frio, mas também fala dos seus aspectos mais negativos. Vou para a Áustria em Setembro e já fiquei com vontade de experimentar esqui, mesmo sabendo que sou tão desastrada que vou experienciar muitas quedas! Também já tive essa experiência de tristeza no Inverno durante uma temporada em que vivi em Inglaterra, porque o Inverno aqui nunca chega a ser rigoroso como em terras de sua Majestade e como já imagino que será para esses lados. Por outro lado, adoro a neve e sei que vou ficar mais feliz que uma criança quando vir os primeiros flocos a cair. Adicionaria como coisas a fazer no inverno outras que são mais “económicas” e igualmente divertidas, tais como uma guerra de bolas de neve com os amigos ou simplesmente escorregar sentada num trenó improvisado, feito de uma saca do lixo preta ahahahah. Enfim, com um pouco de imaginação dá para fazer muita coisa, arrancar uns sorrisos e aproveitar pelo menos parte da experiência 😉

Resposta
Kely Martins Janeiro 24, 2016 at 8:13 pm

Olá Ana, primeiramente por responder só agora sua mensagem.
como foi sua estadia na Austria? Beijos Kely

Resposta
Viviane Giese Janeiro 18, 2016 at 12:54 am

Oi Kely, parabéns pelo blog!
Vou à Vienna em abril e quero ir para os alpes depois. Li que uma das temporadas mais longas é em Solden e fiquei interessada em ir para lá. Você já foi, tem alguma dica de lá?
Beijos

Resposta
Kely Martins Janeiro 24, 2016 at 8:23 pm

Olá Viviane,
primeiramente obrigada por comentar sobre o post. Quanto Solden, eu nunca estive lá mas pelo que andei lendo é uma região linda. Se informa direitinho sobre os passeios em montanhas e etc. Eu fiz uma viagem incrível no verão passado e se vc quiser eu super indico visitar o Grossglockner aqui vai o link http://femmevolatil.com/2015/08/12/austria-eseus-lugares-encantadoresbrindo-lugares-encantadores/

Beijos
Kely

Resposta
Ana Maria Agosto 12, 2016 at 5:37 pm

Adoro a Àustria e,se pudesse passava lá o inverno pois adoro o frio e a neve! No verão,que detesto,.fico super

deprimida e enraivecida porque odeio o calor e não saio de casa,é um sofrimento atroz! A foto da cabana na

montanha é linda e certamente passaria lá uns dias maravilhosos! Se agora fosse jovem escolheria Viena para estudar e viver!
Um Abraço

Resposta
Lorraine Galhardone Agosto 14, 2016 at 7:23 pm

Olá Raquel, tudo bem?

Muito bom o conteúdo deste,

to pensando em ir passar uns 3 dias na Aústria, saindo da Itália ou da Grécia, qual cidade você me indicaria?
Eu, meu irmão e minha mãe.

Estou apaixonada pelas paisagens que vi em vídeos, e procurando sobre dicas e afins.

Resposta
Andrea Janeiro 28, 2017 at 10:23 am

Kely, estou pretendendo ir a Viena na metade de março, você acha que nesse período ainda consigo ver neve? Vou passar 4 dias apenas na Austria, então gostaria de uma cidade mais próxima a Viena, que cidade você me indicaria? Obrigada

Resposta
Caroline Oliveira Abril 4, 2017 at 7:38 pm

Em Agosto tem alguma chance de encontrar neve???? Sei que é final do verão… mas vai que!!!!

Resposta
Kely Martins Abril 6, 2017 at 6:40 pm

Oi Carolina, acho que pra esquiar nao! Vc consegue ver as geleiras… mas é um passeio na região de Salzkammergut. Para onde vc pretende ir.
Um Abraço
Kely

Resposta
Jesiel Rodrigues Abril 27, 2017 at 1:02 pm

Oi Kely. Reforçando o comentário anterior não respondido. Cidades próximas de Viena que dá pra esquiar, ou ao menos ver geleiras, agora em Maio ???

Abraços

Resposta
Kely Martins Abril 28, 2017 at 6:05 am

Prezado Jesiel,
antes de iniciar um comentário como esse gostaria que lesse cuidadosamente as respostas dadas as pessoas anteriores.
Como você pode ler na resposta de Carolina no dia 06 de abril de 2017 eu disse “acho que pra esquiar não! Vc consegue ver as geleiras… mas é um passeio na região de Salzkammergut” .
Jesiel,
Caso queiras detalhes que não estejam disponíveis no Google fique a vontade para entrar em contato. Posso te oferecer um serviço como um roteiro personalizado que atenda suas necessidades. Lembrando apenas que esse será um serviço e de deverá ser devidamente pago.
Atenciosamente
Kely Martins Bauer

Resposta
Jac Pirez Junho 7, 2017 at 1:02 am

Oiiii Kely! Estou querendo fazer um mochilão ano que vem junto com meu noivo e colocamos na rota os Alpes Austríacos. Nossa dúvida (kkkk) é sobre a língua nativa. Consigo com inglês intermediário me comunicar com o pessoal de lá? Obrigada pela atenção!!!

Resposta
Kely Martins Junho 7, 2017 at 8:28 am

Olá Jac,
acredito que sim:-)
Um abraço e boa viagem!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação