Como os países vão celebrar a Copa do Mundo?

2
808
Foto: pixabay.com
Advertisement

Como os países vão celebrar a Copa do Mundo?

Algumas colunistas contam como está o clima da Copa do Mundo no país onde moram. Alguns animados, outros nem tanto.

Ann – Inglaterra

A Inglaterra tem sempre um time forte e os ingleses, claro, são fanáticos por futebol, esporte nacional. Vários bares vão ter telão passando os jogos do país e grupos de amigos estarão por todos os lados comemorando. Londres sendo uma cidade cosmopolita veremos camisas de quase todas as seleções mundiais andando pelas ruas. Famílias multiculturais estarão exibindo alegremente as cores dos seus países de origem. A comunidade brasileira na cidade é gigante, então o que não faltará serão bares e restaurantes para assistir aos jogos do Brasil e de todo o campeonato. Só não queria ver Inglaterra e Brasil na final, aí vai ficar complicado torcer, risos.

Vivian – Polônia

O clima ainda não está como no Brasil em tempos áureos, mas em breve o país vai parar, pois o povo polonês está animado com a classificação da seleção biało-czerwony (alvirubra) em sua 8a Copa do Mundo, em plena era Lewandowski. Aliás, o atacante do Bayern de Munique está para a Polônia como o Neymar está para o Brasil; ele é uma verdadeira estrela por aqui, sobretudo desde a realização da Eurocopa aqui na Polônia (juntamente com a Ucrânia, em 2012) e após a ótima campanha do país na última Eurocopa, em 2016, quando foi desclassificada pela campeã Portugal. Aliás, eu assisti esse jogo com o coração na goela, pois me emocionei com a emoção dos poloneses, era como se estivesse vendo a seleção brasileira. A Copa, inclusive, é especial para mim pois cheguei à Polônia no dia da final da Copa de 2014. Está passando um filme em minha cabeça e, por isso, estou esperando a Copa. Que comecem os jogos!

Gabriela – Nova Zelândia

Infelizmente o país não se classificou para a Copa e portanto pouco se fala sobre o Campeonato por aqui. Além disso, por conta do fuso horário, a maioria dos jogos será de madrugada. Para assistir, as pessoas precisam ter assinatura do canal de TV paga Sky TV (eles irão transmitir todos os 64 jogos ao vivo, durante toda a Copa). Por estes motivos, ainda que os neozelandeses gostem muito de futebol e esportes em geral, não há muito clima da Copa do Mundo por aqui. Uma pena. Obviamente os brasileiros estão se organizando e alguns eventos locais em bares e cafes que podem ser encontrados anunciados em grupos de brasileiros vivendo no país (especialmente os grupos do Facebook).  Quem não for a estes encontros, pode também combinar de assistir a alguns jogos em casa de amigos para ficar mais animado. A dica é o jogo Brasil vs Costa Rica que – para nós – será a meia noite do dia 23 de junho. 

Clarissa – Alemanha

Aqui na Alemanha, até duas semanas atrás nem se ouvia falar da Copa. Depois da última vitória da seleção na Copa passada, o vergonhoso 7X1 que nos deixou derrotados, essa edição do campeonato não animou os alemães. Pelo que tudo indica, eles não estão colocando muita fé na escolha dos jogadores e os jogos amistosos não tiveram bons resultados. Ainda assim, o movimento teve início na última semana com vários bares anunciando a transmissão dos jogos aqui em Berlim e bandeirinhas da Alemanha nas sacadas de apartamentos e em alguns carros. Com tanta diversidade cultural na cidade, vai ser difícil escolher em que bar assistir aos jogos, mas com certeza a experiência será interessante e, quem sabe, melhor do que ver o Brasil perder de lavada dos alemães estando na Alemanha (que ainda bem não foi o meu caso!).

Ana – Panamá

Este ano será a primeira vez na história desta competição que uma equipe panamenha disputa a Copas do Mundo, e os torcedores locais estão enlouquecidos. A classificação, em outubro do ano passado, levou todo mundo para comemorar pelas ruas da cidade e, no dia seguinte, foi declarado feriado. A poucos dias do começo do torneio não há outro assunto no país, e onde quer que você vá, do supermercado à loja de ferragens, todo mundo está vestindo a camisa da seleção. Devido ao fuso horário, muitas partidas serão de manhã, e por isso muitos cafés transmitirão as partidas e farão promoções para quem quer ver a
equipe local jogar antes do trabalho. Agora resta ver se tanta efervescência se traduz em resultado em campo: o Panamá estreia na Copa na próxima segunda, dia 18.

Tamyris –  Portugal

Essa é a minha primeira Copa em Portugal… e já estou entrando no ritmo deles. Na semana passada fui ao mercado e recebi umas figurinhas da moça da caixa para colar no álbum do Mundial (como eles se referem a copa por aqui), e entreguei as embalagens para o meu cunhado de 9 anos para incentivá-lo! E pronto, passado uns dias ele já estava vidrado com o álbum na mão e as figurinhas todas tortas, mas coladas com muito entusiasmo! Então veio o fim de semana e olhei na janela e lá estava… a bandeira de Portugal na janela do vizinho! Dia 15 haverá um jogo e o pessoal já anda super animado! No trabalho do meu marido já estão combinando até de levar “comes e bebes” para a hora do jogo! Além disso, o verão está vindo de pouco em pouco para alegrar ainda mais os portugueses. Já estou gostando muito do clima da nação que está confiante que após terem ganhado a taça da Europa, a Copa será o próximo título!

Daiane – Espanha

Como futeboleira que sou, confesso que estou decepcionada com os espanhóis no quesito Copa do Mundo. A Espanha, por ser um país ativo no futebol, com os dois times europeus mais importantes como Real Madrid e Barcelona, eu esperava uma importância maior nesse acontecimento que é Mundial. Estamos praticamente à 1 dia para a abertura e não vi nenhuma movimentação, não se escuta os espanhóis falarem sobre, nem propagandas em canais de televisão, muito menos algum tipo de decoração pela cidade. Isso para mim é muito triste, ainda mais acostumada com nossa animação em torno da Copa, com bandeiras pelas ruas, lojas com vitrines decoradas e com toda paixão que torcemos. Claro que eu não esperava a animação que nós brasileiros temos, somos um caso a parte, futebol está presente em nós desde sempre. Mas tinha a Espanha como uma amante do futebol também, principalmente por ser um dos países com mais times no campeonato Europeu e pela presença de vários craques, inclusive jogadores brasileiros. Enfim, esperarei, talvez eu esteja enganada e durante o campeonato eles revelam esse amor ao futebol e torçam com alegria para o seu país, assim como fazem os brasileiros. Só sei que eu vou torcer em cada momento pelo Hexa!!

Jesuela – Costa Rica

A Copa do Mundo na Costa Rica é uma loucura! Os costarricenses amam futebol tanto quanto os brasileiros ou mais. Na empresa as televisões do andar onde eu trabalho serão ligadas para os jogos da Costa Rica, o jogo contra o Brasil será as 6h da manhã aqui. A Sele, como é chamada a seleção pelos ticos, foi destaque em 2014 pois estava no grupo da morte. Se classificou e foi eliminada invicta já que não perdeu nenhum jogo no tempo regulamentar e sim nos penaltis para a Holanda. A expectativa por parte deles não está tão alta já que a Sele não vem fazendo bons jogos. A comunidade brasileira que eu conheço vai se reunir dia 17/06 para o primeiro jogo do Brasil, ainda tem muita piada com o fatídico placar de 7×1, mas o Brasil é favorito por boa parte dos ticos, inclusive nas apostas no jogo contra a Costa Rica o placar é favorável ao Brasil.

Flávia – Canadá

O Canadá não tem tradição no futebol e nem participa da Copa, mas por ser um país que reúne, entre seus residentes, dezenas de nacionalidades, acaba sendo comum ver as pessoas combinando encontros para assistir aos jogos. Entre os Brasileiros, nos grupos de Facebook a movimentação esta animada e, para a estreia do Brasil, alguns bares e restaurantes preparam encontros com comidas típicas e cerveja. Também existe uma movimentação bem curiosa por conta do álbum de figurinhas, ja que uma empresa local distribui os mesmos e organiza troca-troca semanais. Ja vi até gente completando o álbum por aqui! Em relação aos outros dias da primeira fase, os Brasileiros residentes em Toronto estão preocupados, pois os jogos caem no horário de trabalho e aqui ninguém para de trabalhar por causa de jogo. Na minha casa, por exemplo, teremos uma cerimônia de final de ano da pré escola do meu filho mais novo bem na hora do segundo jogo, dia 22/06 e não temos como faltar. O jeito vai ser acompanhar pela internet e torcer baixinho enquanto estivermos na escola. 

Lívia – Colômbia

Aqui na Colômbia o país todo está na expectativa para o mundial desde que a Colômbia conseguiu a vaga no finalzinho das Eliminatórias. Por pouco ela não ficou fora, o que traria uma grande frustração aos colombianos. Porque eles estão muito empolgados!

E, agora já mais perto do início dos jogos, vemos a cada dia, o país mais dentro do clima. Um pouco diferente do Brasil, entrar no clima, não significa ruas pintadas nem bandeiras nas cores da seleção espalhadas pelas cidades. Isso aqui não vemos. Vemos,  sim, muita gente falando e comentando sobre a Copa, fazendo previsões, assunto frequente nas conversas entre amigos, pessoal combinando e montando a agenda pra assistir os jogos, restaurantes e bares se organizando pra transmitir as partidas e por aí vai.. Alem disso, muita camisa e acessórios à venda em toda parte: rua, loja, mercados. E o curioso é que encontramos coisas não só da Colômbia mas de varias equipes, pelo menos das principais ou favoritas, como Brasil, Argentina, Portugal, Espanha, França, Alemanha.. Eu mesma pedi pra minha mãe comprar uma camisa do Brasil pra minha filha lá no Brasil e ela não encontrou, dias depois encontrei aqui e comprei! 

Com todo o clima e empolgação que vemos aqui, parece até que a Colômbia é favorita ao título, mas de fato não é, e todos os colombianos com quem conversei veem Brasil como favorito! E a verdade é que a animação deles é que está nos contagiando e nos fazendo um pouco mais crentes no nosso potencial, porque seja pelo efeito 7 x 1 ou por todas as mazelas que temos visto em nosso país, não é que estávamos assim empolgados para a Copa! Mas eles estão, seja pra torcer pra Colômbia, pra o Brasil ou pra quem de fato mereça e ganhe este mundial. Ao que parece, o que importa aqui não é (só) ser o time favorito, mas sim torcer e viver tudo o que de melhor o mundial pode oferecer: reunião entre amigos, ver um bom futebol, se alegrar um pouco e fazer festa.. isso por aqui não vai faltar e os colombianos, assim como nós brasileiros, são muito bons nisso! 

2 Comentários

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.