Acessibilidade durante a Copa do Mundo na Rússia

0
63
Advertisement

Acessibilidade durante a Copa do Mundo na Rússia.

Já estamos na final da Copa do Mundo na Rússia e os torcedores que vieram sem saber como seria já estão bem mais adaptados ao país e aos estádios.

Todos os dias, as ruas de Moscou estão lotadas de pessoas de todos os lugares do mundo, a festa é enorme e parece carnaval.

Mas será que a Copa está sendo acessível para absolutamente todos os torcedores?

Minha mãe tem problemas de locomoção e estamos tendo uma excelente experiência com a assecibilidade dos estádios para cadeirantes, pessoas com dificuldade de locomoção e obesos. Neste artigo eu vou contar um pouco sobre quais os padrões da Fifa para incluir absolutamente todo mundo que quer participar dessa grande festa do futebol.

Para garantir a facilidade de acesso, os torcedores com problemas de locomoção, cadeirantes e obesos, tinham a oportunidade de comprar ingressos especiais. Os ingressos de cadeirante e de pessoas com locomoção limitada incluem um acompanhante, que tem seu ingresso emitido sem nenhum custo. Ou seja, o cadeirante compra o ingresso dele e ganha um segundo ingresso para quem for acompanhá-lo. Além disso, esses ingressos especiais têm preço muito mais em conta: preço equivalente a categoria 3 para não residentes e categoria 4 para residentes na Rússia. Eu cmprei ingressos de cadeirante residente para a minha mãe. Conseguimos comprar todos os ingressos dos jogos de Moscou, incluindo abertura, semifinal e final. Os 12 ingressos saíram por menos de 500 dólares. E os meus, claro, saíram de graça.

Com os ingressos na mão, os torcedores dessas categorias especiais tinham direito a redenciais de estacionamento. Com elas, é possível ir com mais conforto ao estádio, já que vamos de carro e o estacionamento especial é o mais próximo possível do estádio.

O caminho do estacionamento ao estádio é tranquilo: há várias rampas para ajudar os cadeirantes e também cadeiras de rodas, caso alguém com mobilidade reduzida necessite. A entrada na segurança também é especial, já que existe a passagem apenas para prioridades. Sendo assim, nunca há filas e os procedimentos de segurança não demoram mais que 5 minutos.

Após passar pela segurança, é preciso chegar até seu portão no estádio. Para isso, vários carrinhos de golfe adaptados foram disponibilizados e são dirigidos por voluntários muito educados e solícitos. O carrinho leva os torcedores até o portão exato de entrada, onde também há uma passagem especial. Após verificarem o ingresso, os voluntários levam os torcedores até o elevador. Os elevadores do estádio são exclusivos para torcedores com ingressos especiais, portanto há sempre um voluntário conosco. Na chegada ao andar correto, outro voluntário nos leva até nosso lugar no estádio.

 

Carrinho de golfe que leva os cadeirantes até o portão

Uma amiga que tem mobilidade reduzida foi a um jogo no estádio do Spartak e disse que sua experiência foi incrível. O assento dela era comum, mas bem embaixo, para que ela não precisasse subir scadas. Segundo ela, ela assistiu o jogo quase dentro do campo, de tão bom que era o lugar. Já eu tenho experiência com a parte reservada aos cadeirantes. Nos dois estádios de Moscou tem funcionado muito bem. A área fica entre as arquibancadas inferios e superior, bem no andar onde ficam os bares e lanchonetes. A vista é excelente, de qualquer localização. O cadeirante tem o espaço para parar com sua cadeira e, logo ao lado, fica o assento para seu acompanhante. A área é toda isolada, só quem tem ingresso especial pode entrar. Dali, o acesso aos bares e lanchonetes é excelente e há vários banheiros para pessoas com deficiência por perto.

O único problema é na saída do jogo. Como muita gente sai ao mesmo tempo, os carrinhos de golfe não podem ficar trafegando entre as pessoas. Portanto, os cadeirantes precisam aguardar um tempo após o término da partida para poderem ir até o estacionamento. Mas isso é quase nada perto do tratamento de primeira que eles dão aos torcedores com necessidades especiais.

A experiência com a acessibilidade nos estádios tem sido incrível. Tudo é feito para que cadeirantes, pessoas com mobiidade reduzida e pessoas obesas possam ter o maior conforto possível na Copa e possam aproveitar cada momento dos jogos. Os voluntários são extremamente solíticos, educados, bem humorados e pacientes. Eles estão espalhados por todos os lugares e aos montes. É só precisarmos de um que ele está lá.

Minha mãe tem aproveitado muito o campeonato e está muito feliz de poder passar por essa experiência tão única. Já eu estou muito feliz não só de poder também assistir aos jogos, como em proporcionar essa alegria a ela. Ainda temos uma semifinal e uma final para assistirmos e espero que nossos corações sejam fortes para tanta emoção!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.