Dicas para morar no México

0
163
Foto: pixabay.com
Advertisement

Dicas para morar no México.

Muitas são as perguntas feitas diariamente nas redes sociais, por brasileiros, sobre a
mudança para o México, e na forma de ficar legal no país, onde morar que tenha segurança, como alugar imóvel, escola para os filhos… e milhares de perguntas a
mais que surgem a cada momento.

Hoje vamos esclarecer dúvidas de como ficar legal no país.

O México é um país capitalista dependente, dada a falta de recursos financeiros e
tecnológicos na época foi necessário a inversão de empresários de países
industrializados que se instalaram no país e até hoje continuam investindo. É um
país em desenvolvimento que dá a oportunidade a empresários e investidores.

Existem grandes diferenças sociais, muito parecidas ao Brasil, por exemplo: empregos de garçom, empregada doméstica e jardineiro são muito mal remunerados e não contam com leis trabalhistas, seria como ter um emprego ilegal.

Quero conseguir um emprego

Atualmente, se você quiser entrar no país pensando que entra como turista e conseguir um trabalho ficando legal, isso não é possível. Para conseguir visto de emprego é preciso que uma empresa solicite sua contratação na imigração justificando o motivo pelo qual você, como estrangeiro, tem mais aptidões que o mexicano.

Se for aprovada você entrará no pais com o visto de trabalho colado no seu passaporte pela embaixada ou consulado do México aonde você realizou a entrevista (país/cidade) e estará dando continuidade quando estiver no país para poder ter assim o FM de residente temporal com direito a trabalhar.

Algumas pessoas entram como turistas e para conseguir o emprego dão entrada na imigração e saem do país para fazer a entrevista geralmente em Belize, Estados Unidos, ou Guatemala. Daí voltam a entrar no México com o visto de emprego autorizado e colado no passaporte e então dão seguimento no processo na imigração para ter o documento mesmo que eles emitem junto com a CURP, que é como o nosso CPF.

Logo depois de você ter a aprovação de Residente Temporal, terá que ser dado
de alta no IMSS (INSS), no SAT (Ministério da Fazenda).

Leia também: motivos para morar no México

Você precisa lembrar que nem todas as empresas podem contratar estrangeiros,
porque elas tem que ter uma permissão especial do Ministério de Relações Exteriores (INM) do México, já que existe prioridade de contratar um trabalhador mexicano sobre qualquer estrangeiro, ou seja, a empresa precisa justificar o porque está contratando um estrangeiro, que também conta com um limite de contratados.

Mesmo você encontrando o emprego não depende só do empregador, mas também que  a imigração aprove a contratação.

Existem muitas áreas de oportunidade de emprego para brasileiros especialmente nas áreas de atendimento a empresas no Brasil, áreas fiscais, contas por cobrar, contas por pagar, indústria petroleira, alguns ramos da medicina, hotéis, áreas de turismo (principalmente na Riviera Maya) já que culturalmente é mais aceito que sejamos atendidos por um brasileiro a um estrangeiro que fale português, não só pelo idioma senão também pelos costumes.

Existem vários tipos de visto para poder estar no México

Visto de Turista

Atualmente os brasileiros não precisam de visto, só temos uma estadia de até 90 dias, podendo ser renovada por mais 90 dias ou sair do México para assim poder entrar novamente para não ficar ilegal no país.

Visto por razões humanitárias

Você precisa de um visto por razões humanitárias para uma pessoa estrangeira vítima de catástrofe natural ou violência, cuja vida ou integridade está em perigo ou que entra para realizar ações de socorro ou resgate em situações de emergência no país ou cuidar de um membro da família por problemas de saúde séria.

Visto por unidade familiar

Um mexicano ou estrangeiro com regime de visto legal que mora no México
e deseja solicitar um visto para seus familiares no exterior. Este pode ser solicitado para pais, filhos, irmãos, desde que a pessoa estrangeira para quem o visto é solicitado seja uma criança ou adolescente que não tenha casado, ou seja, maior de idade que esteja em um estado interditado e na sua representação legal.

Visto de serviço

Ele permite que você se registre com o Governo do México para permanecer em território nacional, e durante o período possa se sustentar pela sua conta, assim como seus dependentes econômicos. Também permite que você prove se está em trânsito ou em viagens particulares, desde que seja um funcionário de outro país e / ou representante de organizações internacionais.

Leia também: costumes mexicanos

Visto de visitante sem permissão para realizar atividades remuneradas
(Longo Tempo)

Ele ajuda você a viajar para o México, é para pessoas que são viajantes frequentes com ampla solvência econômica e não pretendem residir em território mexicano.

Visto de residente temporário para estudantes

É útil para você viajar para o México com o propósito de estudar.

Mudança de Visto de Estudante ou Turista, para residente temporário por vínculo familiar (casamento com Mexicano/a, ou, com estrangeiro que tenha o status de residente temporário ou residente permanente).

Você é estrangeiro e tem o status de visitante ou residente temporário e quer residir temporariamente no país e tem vínculo com um estrangeiro ou mexicano com residente temporário ou residente permanente. Você pode alterar o status de residente ou turista para residente temporário, acreditando as suposições e requisitos indicados nos regulamentos.

Em resumo

Com a experiência que eu tenho, aconselho que você analise sua situação, assim como suas condições, e colocar na balança os prós e os contras. Eu particularmente amo o México, e considero que é um pais muito rico em vários aspectos e de muitas oportunidades, mesmas que também tem que ser analisada para cada situação que você esteja passando no momento e aonde quer chegar.

Lembre-se que qualquer tramite que for realizar sempre vão pedir FM (documento de legalidade emitido pela imigração mexicana), certidão de nascimento (apostilada e no caso de brasileiros traduzidos ao espanhol por um perito certificado), CURP (equivalente ao CPF) e comprovante de residência.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.