BrasileirasPeloMundo.com
Áustria Culinária Pelo Mundo

10 dicas sobre comida em Viena

Viena é uma cidade com muitas opções para quem curte gastronomia. Além de muitos restaurantes internacionais a comida local é bem interessante. Acredito que uma das formas de conhecer uma cultura é experimentando sua culinária e, aqui na Áustria, não é diferente.

Confesso que quando cheguei aqui não me adaptei tão rapidamente aos costumes locais. A comida é bem pesada, mas com o tempo me acostumei. Não sinto falta de arroz com feijão, mas carne em geral é sempre bem-vinda.

Observo também que alguns leitores do Brasileiras pelo Mundo sempre nos perguntam onde comer e o que comer na capital austríaca.

Vamos às dicas, então?

1- Naschmarkt- É o mercado central da cidade e o nome é a junção de duas palavras: nasch que vem do verbo petiscar (naschen) e mercado (markt). Ele existe desde 1786 e no formato atual, desde 1910.

É um lugar delicioso! Funciona de segunda a sábado com mais de 120 tendas com frutas frescas e desidratadas, verduras, queijos, pães e outras delícias do paladar. Lá também é possível fazer uma pausa para aproveitar cafés, restaurantes e bares de diversas nacionalidades.

IMG_1179
Naschmarkt – Foto: arquivo pessoal

Se você adora frutos do mar eu indico o restaurante Umar que é no início da feira e o restaurante Nautilus que que fica no meio do mercado. Além do serviço ser bom, a comida é maravilhosa, e claro que deve ser acompanhada de um delicioso vinho branco austríaco. A dica serve tanto para o almoço quanto para o jantar. Eu aconselho fazer reserva por telefone, pois normalmente dependendo do dia e do horário o lugar é bem disputado. Detalhes nos sites: http://www.nautilus-fischrestaurant.at e http://www.umarfisch.at.

Vale lembrar que quem gosta de antiguidade e for ao mercado aos sábados, pode aproveitar para visitar o mercado das pulgas, que fica bem ao lado.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Áustria

2- Salsicha – Em 1971 foi inventada na Áustria a melhor salsicha que existe. Desculpem-me os alemães, mas a especialidade austríaca bate o recorde em delícia. Batizada de Käsekrainer, ela é feita de carne de porco e no seu interior tem um queijo que ao ser cozido derrete. Ela é cortada em pedaços acompanhada com pão preto e servida com mostarda. E é possível comprar nas barraquinhas de salsichas espalhadas pela cidade chamada de Würstelstand. Outra opção é a salsicha no formato de hotdog, ela vai inteirinha dentro de um pão bem comprido.

3- Sachertorte e Apfelstrudel – Vou ser crucificada aqui, mas eu particularmente não gosto muito da Sachertorte. Acho ela um pouco seca. É uma torta de chocolate e no meio há um pouquinho de compota de damasco. Já experimentei algumas vezes e não me arregalou os olhos. E olha que eu adoro doce. Então se for para ficar com um doce tradicional eu indico a Apfelstrudel que é a torta de maçã. Mas se quiser experimentar a famosa torta de chocolate, vá à confeitaria onde você encontrará a original que fica no Hotel Sacher. O ambiente é super gostoso e por lá há outras opções gastronômicas. Informação no site: http://www.sacher.com.

Zimtschnecken-Scheiterhaufen mit vanielleeis
Zimtschnecken-Scheiterhaufen mit vanielleeis, uma delícia dos deuses!

4- Apfelstrudel – Eu experimentei no final do mês o doce mais gostoso de Viena. A Apfelstrudel é boa em quase todo lugar. Não tem erro. Mas eu agora descobri o restaurante Lugeck. Ele é relativamente novo e pertence ao dono da casa mais tradicional de Wienerschnizel (vamos falar em seguida). Lá eles servem o Zimtschnecken-Scheiterhaufen mit vanielleeis. O doce é servido com três porções. Uma espécie de torta quente de maçã com canela e suspiro por cima, servida ao lado de uma compota de maçã e para finalizar, sorvete de baunilha. Uma sobremesa dos deuses. Se o tempo estiver bom, procure reservar uma mesa do lado de fora. http://www.lugeck.com

Schnitzel
A famosa milanesa austríaca encontrada em diversos restaurantes

5- Schnitzel – A comida mais amada em Viena é sem dúvida a tradicional Wiener Schnitzel. Criada em 1831, é um bife fininho de vitelo à milanesa. Há também o Schnitzel que é feito com carne de porco. O prato é acompanhado de salada de batatas cozidas, um pouquinho de vinagre, cebola, cebolinha e rodelas de limão, ou pode ser também servido com batatas fritas. A casa mais tradicional de Viena é o Figlmüller, onde a porção é servida em apenas um enorme pedaço bem fininho, mas outros restaurantes também servem o delicioso prato. As porções geralmente são grandes e dependendo da fome, servem duas pessoas.

6 – Cafés – Difícil definir onde ir, já que a cada esquina se encontra um café gostoso em Viena. Se você quiser ter a sensação de voltar no tempo e estar num lugar requintado e ao mesmo tempo despojado, indico o Demel. Os doces são bem gostosos por lá.

Há também o Café Central. Meu lugar preferido na cidade. Lá, além de ser super elegante não tem frescura. Os doces são fabulosos e quem quiser ainda pode fazer pequenas refeições. A visita vale nem que seja pelo ambiente.

Sorvete de damasco
Sorvete de damasco

7- Tichy – Imagina uma bola de sorvete cremoso e dentro, pedaços de damasco. O sorvete é único e um sucesso. Você pode consumir no local ou levar para casa e deixar no congelador. A loja fica longe do centro, mas vale a pena a visita. O ambiente nos lembra dos filmes dos anos 50, com atendentes vestidas com uniforme listrado vermelho e branco e na cabeça elas usam um chapéu no formato de barquinho. Fofo demais. http://www.gastroweb.at/tichy-eis/

8- Picanha – A gente sempre associa picanha a churrasco, não é mesmo? Mas na Áustria se come a carne cozida. Chamada Tafelpitz, a carne é cozida numa sopa de verduras que se toma logo no início da refeição. Depois da sopa, a carne é servida com três molhos. Um feito de raiz-forte com maçã ralada (Apfelkren), outro feito de uma espécie de creme de leite e iogurte com cebolinha picada (Schnittlauchsauce) e um molhinho de pãozinho (Semmelkren). Além disso, para acompanhar há batatas tostadas e um creme delicioso de espinafre.

A melhor picanha cozida da cidade é sem dúvida a do restaurante Plachutta, lembrando que fazer reserva é fundamental e os preços são justos. http://www.plachutta.at/de/home/

E por falar em picanha, a última dica é pra quem está com saudade de casa!

9- Churrascaria –Acho que não preciso nem dizer como funciona, não é mesmo? O ambiente é simples e a comida, uma delícia. É tudo bem brasileiro: a decoração, a língua, o cardápio e os garçons. Definitivamente é um lugar para matar a saudade do Brasil. http://www.churrascaria.at

E por último uma dica importante:

10 – Na hora de pagar a conta – na Áustria não se cobra 10% de serviço. Então, se você aprovou o serviço e a comida, inclua a gorjeta no pagamento da conta. Aqui geralmente a gente arredonda o preço. Além de facilitar o troco, ainda contribui com o salário do garçom.

Outra coisa interessante é que a conta pode vir junta ou separada. Se você falar para o garçom que quer pagar a conta separada, ele vai calcular a sua parte e assim ele vai cobrando separadamente de cada pessoa na mesa – o que simplifica muito, principalmente quando se está num grupo grande.

Em outro post irei falar das tavernas e a tradição de vinhos por aqui.

Mahlzeit! Bom apetite!

 

Related posts

Culinária belga

Elisa Penna

Dez comidas típicas egípcias

Michelle Bastos

Cinco pratos típicos de Taiwan

Gisela Melo

7 comentários

Christine Marote Julho 24, 2015 at 1:42 am

Aiii, pelo visto manter a forma aí é algo quase impossível, não é? hahahaha
E eu já prefiro a torta de chocolate do que a de maça… sou louca por ela. Mas para tudo a questão é o paladar.
Parabéns pelo texto, dá vontade de ir agora para aí e experimentar tudo…hehehe
Abraço.

Resposta
10 dicas sobre comida em Viena | Femme Volátil Novembro 18, 2015 at 11:07 am

[…] quem não viu a matéria delicia publicada em julho desse ano que saiu no blog Brasileiras pelo mundo aqui vai de novo. É claro que tem muito mais coisa pela cidade, quem sabe como tempo vou […]

Resposta
Meu roteiro de dois dias em Viena – o que fazer, onde ficar, o que comer e beber, quanto custa | Fui, gostei, contei | por Carla Boechat Dezembro 15, 2015 at 9:01 am

[…] post aqui do blog Brasileiras Pelo Mundo tem dicas de outras comidinhas que você não pode deixar de experimentar […]

Resposta
Marcelo Silva Março 11, 2016 at 7:17 pm

Bem esclarecedor simples e objetivo como deve ser. Estaremos ( eu e minha mulher) na Áustria do dia 02 até dia 08 de abril em Viena a partir do dia 05 hotel Leonardo bom ponto?

Resposta
Kely Martins Março 13, 2016 at 6:03 pm

Olá Marcelo Silva,
obrigada por comentar aqui no post. O hotel é super bem localizado perto da maior avenida de comprar e bem pertinho tem metro que te leva pra todos os lugares.
Aproveite muito Viena e se quiser saber mais coisas veja no blog http://www.femmevolatil.com
Divirta-se e se precisarem de algo avisa.
Abraços
Kely

Resposta
Kely Martins Março 16, 2016 at 9:51 pm

Olá Marcelo Silva,
obrigada por comentar aqui no post. O hotel é super bem localizado perto da maior avenida de comprar e bem pertinho tem metro que te leva pra todos os lugares.
Aproveite muito Viena e se quiser saber mais coisas veja no blog http://www.femmevolatil.com
Divirta-se e se precisarem de algo avisa.
Abraços

Resposta
Ana Paula Juliani Julho 26, 2016 at 5:18 am

Vou para a Áustria no mês de outubro com marido e filho de 6 anos. Chegaremos da Itália em Innsbruck. Pretendemos ir a Salzburg, Lienz( tenho amiga lá) e Vienna. Temos 12 dias. Você acha interessante alugarmos um carro ou trem seria melhor? O que vc sugeriria de roteiro para nosso perfil familiar aí na Áustria? Temos experiência c viagens e falamos Inglês e Italiano fluentes e me viro no Francês. Adoramos drscobrir lugares deliciosos de turismo local.Aguardo suas dicas. Muito obrigada.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação