BrasileirasPeloMundo.com
Culinária Pelo Mundo Holanda

Doces holandeses para você experimentar

Doces holandeses para você experimentar.

Vamos falar de um assunto delícia? É bom né?! Chegar em casa depois de um dia cansativo e estressante de trabalho, a gente só quer tomar AQUELE banho, comer alguma coisa, sentar no sofá pra relaxar e quem sabe se deleitar com algum desses 6 doces holandeses que você precisa provar. Afinal, além de dormir, que é bom demais, repor energias de forma gostosa também vale né?

Como eu sou uma formiguinha assumida, e faço exatamente o que escrevi acima, seria muito egoísmo de minha parte não compartilhar com vocês os meus 6 doces holandeses preferidos. Inclusive, estou comendo um neste exato momento, curioso pra saber qual? Continua comigo até o final desse artigo, isso se você não parar para pegar um snoepje (doce em holandês) antes!

Para quem não está aqui na Holanda é bem possível que o pensamento seja: “que tortura ela falar de doces holandeses, sendo que não temos fácil acesso”… Eu peço desculpas, mas fica a dica pra quando você vier para cá, quem sabe, de alguma forma, esse não seja mais um incentivo? Vá lá que o doce holandês não é a melhor culinária daqui, por isso meu foco são aqueles doces de supermercado. Já diferente, as sobremesas sim são um deleite, tanto para os olhos como para o paladar, prometo escrever sobre isso no blog essa semana ainda! Não deixem de conferir!

Existem tantas variedades de doces e chocolates que fica difícil se ater às marcas nacionais, porém fiz esse esforço e a lista abaixo são dos meus doces preferidos (das marcas nacionais, porém existem outros que são vendidos aqui – mais gostosos na minha opinião) e que super indico vocês experimentarem.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Holanda

Drops 

Diria que é um doce muito original e próprio do local, os drops são feitos de raiz doce, sais, açúcares, aglutinantes e outros aromatizantes e vem em diferentes formatos e geralmente na cor preta. São muito fáceis de encontrar seja em mercados ou em recepção de hotéis e lojas, por exemplo.

É o tipo de doce que vai ao extremo, ou se ama ou se odeia, não existe meio termo, de verdade, o sabor é muito especifico, marcante e viciante (para quem gosta). Para quem conhece a iguaria (considero assim) sabe que existem as versões mais suaves do drops e as mais fortes e podem ser encontrada em várias formas desde chicletes a bombons. Eu confesso que não sou fã! Mas vale a pena experimentar!

Leia também: custo de vida na Holanda

Soft Nougat 

Diria que se parece bastante com o Toblerone que encontramos no Brasil, é também naquele estilo há quem goste e quem não goste, mas ainda é possível encontrar um meio termo aqui.

Este doce (que escolhi) tem o recheio de pistache, avelã e amêndoa, e acredite É RECHEADO! E a massa é realmente bem macia e o melhor de tudo é que na embalagem maior cada doce está embalado um a um, o que garante uma durabilidade maior e o sabor fresco.

Scholiertje koek

Esses biscoitos são um dos top 3 doces que eu simplesmente não consigo parar de comer, que eu tenha visto por aqui nos supermercados tem 2 opções, o de chocolate ao leite, que é o da imagem abaixo e o da caixinha laranja que é com uma concentração de cacau um pouco maior (o tal do chocolate amargo).

Eles consistem de uma base de biscoito crocante e que dissolve com facilidade e uma camada generosa de chocolate ao leite que só de falar me dá água na boca rsrs. É uma ótima opção para quando quiser variar um pouco da barra pura de chocolate. Dentro da caixa são embalados dois pacotinhos com 6 biscoitos em cada uma, é bom que cabe dentro da bolsa e você pode levar pra qualquer canto!

Tony’s Chocolonely 

Loucura é o que posso falar desse doce, tanto de sabor quanto de sua proposta. Já pensou misturar chocolate com sal? Possivelmente você fez uma careta agora, posso até imaginar. Mas olha, confesso que tive a mesma reação, passei várias vezes em frente a essa barra de chocolate na prateleira, mas nunca dei muita atenção, a não ser o de pensar: “que coisa louca, deve ser horrível”. Deus, por que adiei tanto experimentar?

É MARAVILHOSA a sensação, é a de que você come o chocolate com pedaços de sal (marinho), mas quando engole fica na boca aquela mistura diferente que você não sabe se sente o doce do chocolate ou o sal… claro que vai ter quem não goste, mas também vale a pena experimentar! Também está no meu top 3.

Leia também: aplicativos para usar na Holanda

Stroopwafel 

Stroopwafel ou wafer com calda, no estilo caramelo com canela. De origem holandesa esse doce remete ao século 18, mais precisamente do ano de 1784 na cidade de Gouda (também famosa pelo queijo Gouda) aqui na Holanda.

A melhor forma de comer é acompanhando de chá, há quem goste com café, mas eu prefiro com chá. Uma dica importante: procure comprar o tamanho certo da tua xícara, pois ele vai servir como “tampa”, dessa forma o recheio do Stroopwafel derrete com o vapor do chá e fica um sabor maravilhoso! Sério! Você pode até acreditar no que digo, mas só vai saber o que isso significa de fato quando experimentar! O bom é que é possível encontrar no Brasil! Procurem, vale a pena!

Leia também: custo de vida em Amsterdã

Peijnenburg

Bolo artesanal feito através de um sofisticado processo de cozimento, de fato, eu nunca fui de comprar bolo de supermercado, mas esse eu dou o braço a torcer e vira e mexe tem um aqui em casa, e de preferência o de maça com canela, ô país pra fazer doces e sobremesas com maçã maravilhosas, nossa…

Além dos ingredientes principais a massa conta com grãos o que garante um teor nutritivo maior, e não bastasse o bolo ser mega gostoso, ele é molhadinho (consegue essa proeza, sendo um bolo de prateleira, nunca peguei um que trouxesse para casa e ficasse seco), tem pedaços generosos do recheio e a massa não é toda processada, digamos assim.

Falei que maçã e canela é a minha opção preferida, mas tem uma boa variação de sabores! É só fazer o sacrifício de sair experimentando um por um até chegar ao que tu mais gosta!

E pra quem ficou curioso querendo saber qual dos 6 doces holandeses eu estava me deliciando enquanto escrevia, vai ao item três e descobre! =D e pra quem também ficou curioso querendo saber qual o terceiro item que compõe o meu top 3, claro e evidente que não poderia deixar de amar o Lindor (o vermelho da marca Lindt) porém, não é marca nacional, por isso não entrou na lista!

E você, qual te deixou com mais vontade de experimentar? Me conta nos comentários! Tô curiosa! Beijos viajados e até o nosso próximo encontro!

Related posts

Como resistir à culinária da Geórgia?

Maíra Moscardini

Creches e cuidados infantis na Holanda – Parte II

Cintia Beatrice

A relação com os vizinhos na Holanda

Roberta Mellis

1 comentário

Karol Outubro 27, 2017 at 6:12 am

Eu que sou formiga amei demais a torta de maçã!!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação