BrasileirasPeloMundo.com
Áustria

Governo austríaco apoia a cultura brasileira em Viena

Outubro é um mês bem interessante na Áustria e é bem gostoso avaliar a mudança de tempo que passa do verão para o outono.

A chegada da estação é comemorada com festas tradicionais das colheitas e os austríacos aproveitam alguns eventos para tirar do armários suas roupas típicas e fortalecer suas culturas e tradições. E como moramos num país estrangeiro acabamos adquirindo alguns hábitos, como já dito anteriormente neste post aqui. Porém, além de incorporar as tradições do país que vivemos é fundamental não esquecermos das nossas raízes.

Nessa direção e aproveitando uma época tão animada, a pedagoga Vanessa Noronha Tölle, que nasceu numa região cheia de festividade como é conhecido o nosso nordeste brasileiro, mais especificamente em Sergipe, resolveu trazer para a Áustria um pouquinho da nossa cultura.

Vanessa é fundadora da Sociedade Austro-Brasileira de Educação e Cultura Papagaio, uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, inaugurada em 2009. De lá para cá, já realizou diversos curso da língua portuguesa tanto para adultos e especialmente para os filhos de brasileiros que moram no país. A ONG também promove um evento anual para a divulgação da cultura brasileira na Áustria.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Áustria

A associação possui uma excelente reputação e é bem conhecida na comunidade brasileira pelas atividades educativas e culturais. Além disso o governo austríaco, que promove o curso de português para crianças conforme esse post aqui, acredita na instituição e apoia alguns eventos como o festival de Cultura do Brasil em Viena.

 

Eliezer Setton propaganda

Festival Cultural – Esse ano acontece a terceira edição do festival promovendo exibições de filmes, oficinas diversas, criações, música, dança, literatura entre outros.

Segundo Vanessa, “o festival é uma maneira de desmistificar os negativos clichês brasileiros principalmente relacionados à sensualidade, além de trazer uma cultura positiva e despertar o interesse para o turismo no Brasil”.

O evento acontece nos dias 29, 30 e 31 de outubro, tendo como maiores parceiros o museu austríaco Weltmuseum Wien e a Embaixada do Brasil.

Com uma vasta programação, cada atividade cultural é precedida de uma explicação despertando ainda mais a curiosidade dos espectadores sobre as apresentações. O festival contará com a presença de artistas brasileiros que moram em Viena, como a artista plástica Rosangela Scheithauer e a escola de Samba Baturim, com mais de 40 componentes vindos de diversos países da Europa.

Vindos do Brasil teremos a presença da artista plástica e escritora Márcia Guimarães, que lançará o seu livro Inquietudes, além da exposição de suas belas aquarelas. Chiquinho do Além Mar participará da Mesa Literária com a temática sobre o Cordel. Márcio Garcez fará uma exposição fotográfica sobre o Barco de Fogo já exposta em Recife e em Salamanca, na Espanha.

Além do forró cantado por Eliezer Setton e o Trio Gabriel Moraes, Thatiana Gomes e Matheus Jardim farão um tributo a Luiz Gonzaga e Dominguinhos. Contará, ainda, com a participação do trio Forró de Mala e Cuia com seu autêntico forró-pé-de-serra.

Acontecem, também, oficinas de dança em parceria com o Forró Viena e oficina de percussão com Jaques Setton. O acesso é gratuito.

foto2Mudando para o Brasil – O festival realmente tem despertado a paixão do austríaco em relação à nossa cultura. Um caso interessante relatado por Vanessa foi sobre um austríaco aposentado que visitou o evento e resolveu ver de perto o nordeste brasileiro. Encantou-se tanto pela alegria e simplicidade do nosso povo que esse ano vai voltar ao país para passar 3 meses e, quem sabe, se tudo der certo, deve ficar por lá.

Se vasculharmos um pouquinho mais, há outros casos de amor por nossa cultura.

 

Por que aprender português? – A grande paixão de Vanessa está relacionada à cultura e ao ensino da nossa língua. Segundo a pedagoga, a língua brasileira é fascinante. Ela nos conta ainda os motivos que despertaram o interesse dos alunos para o aprendizado do português brasileiro.

1. O Brasil é um país fascinante, exótico, com um passado rico e pessoas incríveis;
2. Música: compreender a poesia das letras em português;
3. Viagens: a maioria das pessoas não fala inglês no Brasil;
4. Melodia: a pronúncia do português é muito linda;
5. Para conhecer gente nova.

É nessa troca de informação que a relação austro-brasileira vai se fortalecendo.

Parabéns à iniciativa de mais uma brasileira que, com muito sacrifício, inclusive apoiando financeiramente alguns eventos, contribui para a divulgação e valorização da arte, da língua e da cultura do nosso país.

Quem quiser mais detalhes pode acessar os sites:

Papagaio:  http://papagaioat.wix.com/papagaio

Festival Cultural: http://festivalbrasileiro.wix.com/fcbv

Um abraço e até o próximo post!

 

Related posts

Centro de profissionalização feminina na Áustria

Ana Dietmüller

Coisas que não gostamos do verão na Áustria

Kely Martins

Que tal conhecer 10 invenções feitas por austríacos?

Kely Martins

5 comentários

Governo austríaco apoia a cultura brasileira em Viena | Femme Volátil Outubro 30, 2015 at 5:02 am

[…] A cultura brasileira ganha espaço em Viena. Você já viu a linda matéria no site: http://www.brasileiraspelomundo.com? […]

Resposta
luiz roberto Novembro 2, 2015 at 12:17 am

Kely, mais uma vez uma legítima representante da nossa cultura..ou do melhor que nela existe.

Resposta
Kely Martins Novembro 2, 2015 at 6:25 am

Obrigada abraços Kely

Resposta
Rosangela Scheithauer Novembro 13, 2015 at 6:35 am

Kely, parabéns pela excelente reportagem. Parabéns também à Vanessa Noronha Tölle, idealizadora deste importante projeto de celebrar a cultura brasileira, divulgar nossa arte, música e mostrar um lado diferente da violência mostrada nas capas dos jornais. Por ser difusor da língua portuguesa e da cultura brasileira, além de influenciar na formação de opinião sobre o Brasil, o programa adquire importância estratégica para a divulgação da realidade brasileira no exterior.
A promoção qualificada da imagem brasileira no exterior é muito importante para nós, artistas brasileiros, pois é a forma de podermos mostrar o nosso trabalho. Quero, portanto, deixar aqui os meus mais sinceros agradecimentos à Vanessa por ter nos dado essa honra e satisfacao de ter feito parte do Festival da Cultura do Brasil em Viena – 2015. Rosangela Scheithauer, artista plástica/escritora/poeta.

Resposta
Kely Martins Novembro 17, 2015 at 8:08 pm

Olá Rosangela,
Obrigada pelo comentário e estamos muito felizes por contribuir com a divulgação de um trabalho tão brilhante.
Um beijo enorme Kely

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação