BrasileirasPeloMundo.com
Alemanha

Inverno na Alemanha: dicas para se adaptar

Para quem ama praia, dias de sol e temperaturas altas como eu, o inverno alemão pode parecer um pesadelo. Pois além de muito frio, é longo e escuro, até mesmo por isso acho super importante compartilhar algumas dicas ótimas que me ajudaram na adaptação às baixas temperatuas por aqui.

Eu cheguei na Alemanha no início do inverno, em dezembro. E logo na minha primeira semana enferentei temperaturas de até -8°C, sim eu disse MENOS 8°C. Foi um grande choque para mim,  no começo eu fiquei admirada com tanta beleza ao ver tudo branquinho pela neve, mas algumas semanas depois essa admiração ganhou um companheiro desagradável: o desânimo.

Eu ficava desesperada só de pensar em  sair naquele frio, por isso estava sempre em casa, só saia quando era obrigada. E para isso reclamava a toda hora como se o tempo fosse melhorar só porque eu queria. Depois de alguns meses sem ver o sol, pois aqui ele quase não aparece nessas épocas , acho que já estava um pouco depressiva. Eu sei que parece exagero, mas é a mais pura verdade e tenho alguns amigos estrangeiros que também se sentiam assim. Agrego tudo isso ao costume e a falta de informação, afinal eu antes não tinha ideia de como era viver o frio assim, eu vivia no Paraná e lá o inverno dura 2 ou 3 meses e normalmente fica entre  10 e 20°C.

Como no resto do mundo, teoricamente aqui cada estação dura 4 meses, mas as temperaturas são outras: no outono para mim já é super frio, você sempre vai precisar de um casaco pois elas  variam de 5°C à 15°C. No inverno normalmente ficam entre -5°C até 5°C é congelante. Na primavera podem chegar até 20°C quando está muuuito quente. E finalmente calor mesmo, de até 30 °C (o que não acontece muito),  somente de julho à setembro que é também quando você vê o sol diariamente.  munique fotos 1106

(Primavera 2013: tempo fresquinho mas com sol e as flores mais lindas do mundo)

O meu segundo inverno aqui foi mais tranquilo,  eu estava começando a me adaptar, pois eu já sabia o que esperar  e talvez por isso, não sofri tanto. Vou dar agora algumas dicas que aprendi nesse tempo e que podem te ajudar:

  1. Aceite, é frio

Não espere o tempo melhorar para viver a vida. Eu sei que é comum no Brasil as pessoas deixarem de sair ou resolver coisas do dia a dia em dias de frio extremo ou muito chuvosos, isso é possível porque a tendência é sempre melhorar, ficar mais calor, mais seco. Mas aqui não dá para se esconder o inverno todo ou você vai passar boa parte do ano sem fazer nada. Então quanto mais cedo você aceitar os dias cinzentos, frios e tocar sua vida normalmente mais rápido vai se adaptar a eles.munique fotos 754

(Dezembro 2012: chuva + frio e ninguém fica de bobeira em casa)

  1. Aproveite o sol

Um dia de sol é uma exceção, então se deu sol saia de casa, porque amanhã ele provavelmente não vai estar lá de novo. Aproveite para ir tomar um café com os amigos, ir ao parque fazer uma caminhada, não importa a atividade, apenas saia de casa. Todo mundo aqui sabe como é importante  aproveitar um dia claro como esses, você  vai notar que o seu humor melhora muito nesses dias.

  1. Não subestime o frio

Quando recebi minha família aqui eu aconselhava à todos para se vestirem bem quentinhos pois iríamos caminhar pela cidade, alguns não me escutaram porque tiveram a sensação de que lá fora não estava tão frio como eu dizia. É fácil se confundir  com as temperaturas quando dentro de casa está sempre 20°C por causa dos aquecedores. Aliás todo lugar é aquecido, mercados, lojas, bancos, etc. Então se você vai de carro direto à um restaurante por exemplo, tudo bem não vestir tanta roupa, mas para andar no frio é melhor estar protegido.  O segredo é ter bons casacos, assim você não vai precisar usar tantas blusas e ficar desconfortável. Invista em botas resistentes à água e humidade, para o seu pé não gelar. Também use luvas, gorros, cachecóis. Sempre digo que é melhor ter que tirar uma peça de roupa do que passar frio.

  1. Pare de reclamar

Eu parei de reclamar quando percebi que já estava irritando algumas pessoas com tantas lamentações por causa do tempo. E a verdade é que isso não te ajuda em nada, você acaba ficando mais negativa e concentrando muito suas atenções em coisas que você não gosta e de jeito nenhum pode mudar. Eu passei então a ressaltar os pontos positivo de estar naquele frio. Como por exemplo: é lindo ver a mutação da natureza nessas épocas, as folhas amarelinhas caindo, a neve fofinha cobrindo tudo. Também é gostoso estar em casa tomando bebidas quentinhas e sopas o tempo todo, usar pantufa é muito melhor e mais confortável que Havaianas,  e ainda é ótimo não suar nem se quer uma vez no dia.

É isso meu povo, são coisas simples que você pode fazer para melhorar o seu dia a dia, você vai perceber que é tudo uma questão de tempo e aceitação. Eu mesma depois de quase 3 anos já  me considero quase uma alemã nessa questão, na data em que escrevi essa matéria estavam 12 °C na minha cidade e eu estava super feliz porque estava “quente”. Haha! Você vai se acostumar também.

DSC_0471

(Essa é a vista da minha janela no dia em que escrevi esse post. 10/11/15)

Se ficou alguma dúvida é só escrever nos comentários que eu respondo!

Related posts

A Importância do Casamento na Alemanha

Bárbara Poplade Schmalz

Quanto custa morar na Alemanha?

Munique Rossoni

Como decidi fazer mestrado na Alemanha

Larissa Wittig

7 comentários

Camila Duarte Dezembro 28, 2015 at 11:42 pm

Muito legal seu post! Amei as dicas e concordo com vc: quando aceitamos e paramos de reclamar a adaptação acontece de forma mais rápida e mais fácil! Beijao

Resposta
Maninho Sá Dezembro 28, 2015 at 11:48 pm

Se nome é Munique mesmo ou é só uma homenagem a mais maravilhosa cidade do mundo??? Ah,lindas suas fotos na neve!!!

Resposta
Adriano Dezembro 29, 2015 at 12:54 am

Muito bom VC descreve exatamente o que eu penso sobre tal assunto e foi muito bom ler seu artigo ao lado de minha esposa pois ela teme o frio acredito que ainda mais que VC temia , Parabéns pelo trabalho!!!!

Resposta
Joabe Dezembro 29, 2015 at 1:28 pm

Muito Boa dica passei por tudo isso , mais n conseguir me acostumar me tornei uma pessoa chata por reclama o tempo todo do frio eu passei a vida inteira sonhando em viver em Zurich em fim quando realizei meu sonho de está lá tive que volta por falta de informações e medo eu tinha medo de morrer mesmo, eu não tinha roupas apropriadas e nem informações esperava o tempo todo pelo Sol voltei pro Brasil até hoje tento me recuperar desde trauma eu poderia está levando uma vida feliz e digna la a pontualidade a segurança tudo no país ainda me a encanta hoje eu dois anos depois eu penso em volta , mais com muito receio uma Boa dica ajuda muito .

Resposta
marina Fevereiro 12, 2016 at 4:17 pm

Marina Bem
Adorei as dicas, muito importante para quem está pensando em se aventurar como eu. Eu e minha família estamos pensando em irmos morar na Alemanha. As dicas está me ajudando muito. Me apaixono e também um frio na barriga. Agora que estamos vendo tudo, documentação, passaporte…Somos um casal e um filho de 19 e um de 8. Parabéns pelo site, um abraço

Resposta
Renata Gomes Abril 20, 2016 at 4:59 pm

Oi Marina! Vi sei comentário e não resisti a perguntar como vão as coisas pra vc e sua família nesse processo… Também estamos planejando vender tudo e ir com filhos pequenos tentar a vida na Europa.
Se puder depois compartilhar como está sendo isso tudo pra vc, agradeço! Um abraço.

Resposta
Samantha Maio 24, 2016 at 1:58 pm

Oi Marina. Tambem estou indo para a Alemanha. Ja tenho meu passaporte europeu. O que.vc acha de trocarmos informaçoes? Se quiser me manda im email
[email protected]
Meu nome é Samantha

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação